A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Laboratório de Acessibilidade da Unicamp como agente democratizador da informação: com a voz os atores da inclusão Raphael de Jesus Pinto VII Senabraille.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Laboratório de Acessibilidade da Unicamp como agente democratizador da informação: com a voz os atores da inclusão Raphael de Jesus Pinto VII Senabraille."— Transcrição da apresentação:

1 O Laboratório de Acessibilidade da Unicamp como agente democratizador da informação: com a voz os atores da inclusão Raphael de Jesus Pinto VII Senabraille - Campinas 2011 Universidade Estadual de Campinas Laboratório de Acessibilidade – Unicamp

2 A universidade brasileira frente a inclusão Lei n /2000 Portaria n /2003 Questionamento Acesso a informação para a PCD na universidade (Unicamp) Interesse: Laboratório de Acessibilidade (LAB)

3 Por dentro do LAB: Informações Inicio das atividades: 2003 Localização: BCCL (1º andar)Função Promover acesso a informação para PCD Espaço de convergência de pesquisadores de diversas áreas (aporte multidisciplinar)

4 Por dentro do LAB: Serviços Digitalização, ampliação e conversão (áudio) de textos; (BRASIL 1998); Orientação ao uso das TCI Confecção de tabelas, gráficos e mapas táteis; Localização e obtenção de documentos; Normalização de trabalhos científicos.

5 Por dentro do LAB: TCI disponíveis Sintetizadores de voz e leitores de tela Ampliadores de tela e autocontrate, Programa tradutor de impressão Braille, Programas para digitalização e impressão de partituras em Braille; Impressoras Braille, máquina Perkins, scanners; Acervo de livros Braille e áudio livros.

6 Por dentro do LAB: Equipe 1 bibliotecária de referência; 5 bolsistas SAE Unicamp; 2 voluntárias da comunidade externa; 6 usuários ativos; 5 com deficiência visual (cegueira total); 1 baixa visão (comunidade externa).

7 Metodologia Pesquisa exploratória de cunho qualitativo; Aporte da pesquisa bibliográfica e fontes documentais. Coleta de dados Quinze questionário (DOC) com 3 questões abertas (inclusão no ensino superior); Sujeitos: bolsistas, funcionários, voluntários e usuários (2011)

8 Primeira Questão Conceito de inclusão Papel do LAB para a formação do conceito

9 Resultados: Primeira questão Inclusão estão ligados a um caráter social (abrangente); Promoção de oportunidades e coexistência; Necessidade de eliminação das desigualdades sociais;

10 Resultados: Primeira questão Acesso ao conhecimento (atendimento educacional especializado); Acessibilidade não pode estar ligado apenas aos ambientes especializados; O LAB contribuiu para a formação do conceito inclusão para estes indivíduos.

11 Relação ambiente inclusão

12 Segunda Questão Relação entre o LAB e seus usuários Adaptação de materiais como processo: - Conjunto ou - Unilateral ( acesso à informação de maneira imposta).

13 Resultados: Segunda Questão O diálogo entre LAB e usuários é caracterizado como: - Produtivo: existe uma satisfação na produção do material; - Divisão de tarefas: eficácia do serviço prestado;

14 Resultados: Segunda Questão - Atenção recebida pelos usuários frente a suas demandas pelo LAB; - O caráter das trocas afetivas entre usuários e o LAB; - O aprendizado com relação ao conhecimento de outras áreas.

15 Terceira Questão Experiências pessoais que o LAB proporcionou frente ao processo de inclusão na Unicamp

16 Resultados: Terceira Questão Proporcionou uma experiência na área de inclusão e acessibilidade além se um sentimento de ser útil para a sociedade; A produção de trabalhos acadêmicos(livros teses de mestrado e doutorado e participações em congressos); Ampliação de uma rede de contatos ;

17 Resultados: Terceira Questão Proporcionou questionamentos sobre o ambiente universitário e suas barreiras com relação às pessoas com deficiência; Viabilizou o acesso a informação, por meio da preparação de material bibliográfico; O LAB como uma peça importante nas políticas de acessibilidade na universidade e a viabilidade de se desenvolver um ambiente mais inclusivo na Unicamp.

18 Conclusão Perceber que o trabalho adaptação de material bibliográfico para um formato acessível proporcionou o acesso democrático à informação dos usuários; LAB como exemplo na questão da democratização da informação para setores envolvidos na difusão da informação;

19 Conclusão O LAB mostrou-se como um pólo de relevância no sentido de promover o debate sobre a inclusão; LAB contribui para transcender a discussão sobre as questões ligadas a acessibilidade e inclusão para além dos muros universitários.

20 Obrigado!! Agradecimentos A todos os que integram o LAB e que proporcionaram a realização deste trabalho. Contato:


Carregar ppt "O Laboratório de Acessibilidade da Unicamp como agente democratizador da informação: com a voz os atores da inclusão Raphael de Jesus Pinto VII Senabraille."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google