A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CUSTOS DE PRODUÇÃO DE CANA-DE-AÇÚCAR, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL SAFRA 2011/2012 Carlos Xavier João Rosa

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CUSTOS DE PRODUÇÃO DE CANA-DE-AÇÚCAR, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL SAFRA 2011/2012 Carlos Xavier João Rosa"— Transcrição da apresentação:

1 CUSTOS DE PRODUÇÃO DE CANA-DE-AÇÚCAR, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL SAFRA 2011/2012 Carlos Xavier João Rosa Brasília Agosto, 2012

2 HISTÓRICO DE PARTICIPANTES Nordeste Expansão Tradicional 2 Pesquisa realizada a 5 safras, 6ª safra, 2012/13, será analisada a partir de outubro

3 AMOSTRA SAFRA 2011/ Milhões t de cana (30% da produção nacional) 18 dos 30 maiores grupos Apoio dos representantes estaduais

4 METODOLOGIA DO CUSTO OPERACIONAL COE Custo operacional efetivo COT Custo operacional total CT Custo total Agrícola - Tratos soca e Colheita (Maquinário *, Mão de obra, Insumos); Arrendamento; Despesas administrativas e Juros de financiamento. * Basicamente refere-se a gastos com reparos e manutenção / seguros. Industrial - Mão de obra industrial, Insumos, Manutenções, Administrativo. Administrativo - Cargos e salários, capital de giro, outras despesas. Agrícola - Preparo de solo, plantio e tratos planta (Maquinário, Mão de obra, Insumos) (Amortização/Depreciação da formação do canavial); Depreciação de máquinas, implementos, benfeitorias e irrigação e ; Remuneração do proprietário. Basicamente refere-se a gastos com reparos e manutenção / seguros. Industrial – Depreciação das instalações industriais. Agrícola - Remuneração da terra; Remuneração do capital investido na formação do canavial, máquinas, implementos, benfeitorias e irrigação. Industrial – Remuneração do capital investido nas instalações industriais 4

5 CUSTO AGRÍCOLA DA USINA 5 73,58 67,17 68,53 Custos agrícolas homogêneos no Brasil!

6 CUSTOS FORNECEDORES * COE + DEP + RP = COT * COT + RT + RC = CT * DEP = Depreciações * RP = Remuneração do proprietário * RT = Remuneração da terra * RC = Remuneração do capital 78,83 62,23 79,09 Custos agrícolas maiores que das usinas, exceto Expansão em função das melhores produtividades dos fornecedores.

7 PRINCIPAIS CHOQUES NA SAFRA (Região Tradicional) 7 Produtividade: ↓ 16%Preço ATR: ↑ 27%

8 ↓ 16,6% ↓ 16,1% EVOLUÇÃO DE HORAS DE MOAGEM 8

9 PREMISSAS AGRO-INDUSTRIAIS 9 INDICADORTRADICIONALEXPANSÃONORDESTE Produtividade da cana própria (t/ha) 70,368,762,3 ATR (kg/t)136,0135,1131,5 % Cana Própria62,6%74,4%61,8% % Área arrendada72,1%70,4%31,4% Preço ATR (R$/kg)0,51200,47570,5448 Mix Açúcar51,2%36,4%65,9% Mix Etanol48,8%63,6%34,1% Perdas LBTI7,7%7,4%10,6% Rendimento de fermentação 89,2%88,8%87,2% ↓ produtividade CS ~ 16% ↓ ATR cana ↓ rendim. fermentação ↑ preço ATR CS ~ 27% ↓ Perdas LBTI ↑ mix açúcar ↓ preço ATR NE ~ 7% ↓ ATR cana ↓ rendim. fermentação ↑ produtividade NE ~ 5% ↑ mix açúcar

10 PRODUTIVIDADE AGROINDUSTRIAL 10 INDICADORTRADICIONALEXPANSÃONORDESTE Açúcar branco (t/ha)9,28,97,6 Açúcar VHP (t/ha)9,29,07,7 Etanol anidro (m³/ha)5,65,44,5 Etanol hidratado (m³/ha)5,95,74,8 Produtividade CS: ↓Açúcar ~21% ↓ Etanol ~ 22% Produtividade NE: ↑Açúcar ~3% ↑ Etanol ~ 2%

11 Produtividade agroindustrial etanol hidratado (m³/ha) 11 ∆ = 123%

12 CUSTOS CANA-DE-AÇÚCAR FORNECEDORES 12

13 CONFIGURAÇÃO AGRÍCOLA (FORNECEDORES) CONSIDERANDO VIDA ÚTIL DE HORAS OU 10 ANOS... 13

14 CUSTO DO PROCESSAMENTO INDUSTRIAL ,50 104,18 100,02 CUSTO AGRÍCOLA

15 CUSTO DO PROCESSAMENTO INDUSTRIAL ,50 104,18 100,02 CUSTO INDUSTRIAL

16 CUSTO DO PROCESSAMENTO INDUSTRIAL ,50 104,18 100,02 CUSTO ADMINISTRATIVO

17 CUSTOS AÇÚCAR SAFRA 2011/12 17 Remuneração Açúcar branco e VHP (NE) ~ 35% Remuneração VHP 10% CS, melhor no NE (dolar)

18 CUSTOS ETANOL SAFRA 2011/ Remuneração maior no etanol anidro ~7% contra ~ 3% Remuneração açúcar branco 25% p.p melhor que o etanol.

19 MARGEM EVOLUÇÃO CT, PREÇO E MARGEM – AÇÚCAR VHP % Custos: ↑ 12,2% a.a % Custos: ↑ 13,9% a.a % Custos: ↑ 9,7% a.a MARGEM

20 % Custos: ↑ 12,7% a.a MARGEM EVOLUÇÃO CT, PREÇO E MARGEM – HIDRATADO MARGEM % Custos: ↑ 11,3% a.a % Custos: ↑ 6,4% a.a MARGEM

21 PERSPECTIVAS SAFRA 2012/13 21 RegiãoExpansãoTradicionalNordeste % Área Plantada23,3%21,1%11,3%

22 ÍNDICE DE INFLAÇÃO (CANA) PECEGE/FAPESP 129 itens compõem a cesta de inflação 140 informantes participam da pesquisa Índices para 8 diferentes mesorregiões de São Paulo e Paraná 22

23 COMPARATIVO ÍNDICE DE INFLAÇÃO (CANA) Out/11 a Jul/12 23

24 CONCLUSÕES 2.Açúcar obteve margem de até 25 p.p maior que o etanol e essa diferença tende a aumentar 4.Alta dispersão de produtividade agroindustriais; Oportunidades de GANHOS MARGINAIS com o melhor uso da capacidade industrial; 5. Expectativas de que índice de preços não comprometam custos na próxima safra; 1. CUSTOS ALTOS dos produtos industriais são acompanhados de preços remuneradores da produção; 6. Investimentos em replantio já começaram!


Carregar ppt "CUSTOS DE PRODUÇÃO DE CANA-DE-AÇÚCAR, AÇÚCAR E ETANOL NO BRASIL SAFRA 2011/2012 Carlos Xavier João Rosa"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google