A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Otávio Cunha Presidente Executivo Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos - NTU Brasília/DF, 12 de Novembro de 2013 CIDADES INTELIGENTES:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Otávio Cunha Presidente Executivo Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos - NTU Brasília/DF, 12 de Novembro de 2013 CIDADES INTELIGENTES:"— Transcrição da apresentação:

1 Otávio Cunha Presidente Executivo Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos - NTU Brasília/DF, 12 de Novembro de 2013 CIDADES INTELIGENTES: transformando a qualidade de vida urbana por meio de serviços SIMBRACS

2 2 Evidências Saúde: No mundo, 1,3 milhão de mortes no mundo são causadas pela poluição urbana, por ano; No mundo, 1,3 milhão de mortes no mundo são causadas pela poluição urbana, por ano; Em São Paulo: Em São Paulo: são gastos 500 milhões de dólares em internações; são gastos 500 milhões de dólares em internações; 12% das internações respiratórias são atribuíveis à poluição do ar; 12% das internações respiratórias são atribuíveis à poluição do ar; morrem 4 mil anualmente devido a poluição urbana; morrem 4 mil anualmente devido a poluição urbana; FONTE: Dr. Paulo Saldiva. Coordenador do Laboratório de Poluição Atmosférica da USP.

3 3 Evidências Segurança: No Mundo: No Mundo: 1,2 milhão de pessoas morrem em acidentes de trânsito; 1,2 milhão de pessoas morrem em acidentes de trânsito; O custo dos acidentes de trânsito em 2002 no mundo foi estimado em US$ 518 bilhões. Estima-se que em 2012 esse valor seja de US$ 800 bilhões; O custo dos acidentes de trânsito em 2002 no mundo foi estimado em US$ 518 bilhões. Estima-se que em 2012 esse valor seja de US$ 800 bilhões; No Brasil: No Brasil: Custo total dos acidentes para o ano de 2012, estimado em 52,15 bilhões de reais, corresponde a cerca de 1,21% do PIB brasileiro previsto, de 4,3 trilhões de reais. Custo total dos acidentes para o ano de 2012, estimado em 52,15 bilhões de reais, corresponde a cerca de 1,21% do PIB brasileiro previsto, de 4,3 trilhões de reais. FONTE: Carlos Dora. Coordenador do Departamento de Saúde Pública e Meio Ambiente da OMS. (FSP) e Coca Ferraz - USP. Segurança Viária

4 4 Evidências FONTE: Eduardo A. Vasconcellos. Diretor, Instituto Movimento, OS CUSTOS DOS CONGESTIONAMENTOS URBANOS. Congestionamentos: Na maioria dos estudos, o custo do congestionamento gira em torno de 1 a 3% do PIB; Na maioria dos estudos, o custo do congestionamento gira em torno de 1 a 3% do PIB; Nos EUA, custo da ordem de USD 121 bilhões e consumo adicional (DESECONOMIAS) de 5,5 bilhões de horas e 10 bilhões de litros de gasolina; Nos EUA, custo da ordem de USD 121 bilhões e consumo adicional (DESECONOMIAS) de 5,5 bilhões de horas e 10 bilhões de litros de gasolina; Em São Paulo, aumento de 15,8% nos custos de operação dos ônibus; Em São Paulo, aumento de 15,8% nos custos de operação dos ônibus;

5 5 Evidências Poluição: FONTE: NTU (2013

6 6 Evidências FONTE: NTU (2013) Panorama da mobilidade urbana: diagnóstico e propostas para o transporte público por ônibus. Congestionamentos:

7 7 Resultados internacionais (UITP, 2013) Evidências

8 8 (Weisbrod e Reno, 2009) Evidências

9 Evidências Cidades brasileiras atendidas por sistema organizado por ônibus (IBGE, 2012) municípios Passageiros transportados por dia 40 milhões Empregos diretos Empresas de ônibus urbano Frota de ônibus urbanos veículos Distância percorrida pela frota de ônibus urbano por ano 7,9 bilhões de km Empregos indiretos 1,7 milhão 4

10 Usar o Transporte público como instrumento de transformação 10 Proposta Ações específicas: Qualificação e Priorização; Qualificação e Priorização; Redução da carga tributária incidente sobre o setor; Redução da carga tributária incidente sobre o setor; Investimentos contínuos; e Investimentos contínuos; e Subvenção – Política Tarifária. Subvenção – Política Tarifária.

11 11 Proposta

12 Diminuição dos custos dos serviços; Diminuição dos custos dos serviços; Melhoria da produtividade da mão de obra; Melhoria da produtividade da mão de obra; Redução do Custo Brasil; Redução do Custo Brasil; Aumento do mercado interno (ATIVIDADES); Aumento do mercado interno (ATIVIDADES); Redução da emissão de gases de efeito estufa; Redução da emissão de gases de efeito estufa; Viabilização de políticas de uso de bioenergia. Viabilização de políticas de uso de bioenergia. 12 Impactos positivos

13 13 Obrigado! Otávio Vieira da Cunha Filho Presidente da Diretoria Executiva Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) Site NTU: Portal BRT Brasil:

14 14 Proposta Cumprimento da Lei /2012 – Política Nacional de Mobilidade Urbana Diferenciação entre a remuneração dos operadores e os valores de passagem cobrados dos usuários: Tarifa Pública Valor da passagem paga diariamente pelo cidadãoX Tarifa de Remuneração A soma do preço pago pelo usuário à receita procedente de outras fontes de custeio definidas pelo poder público municipal Subvenção – Política Tarifária


Carregar ppt "Otávio Cunha Presidente Executivo Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos - NTU Brasília/DF, 12 de Novembro de 2013 CIDADES INTELIGENTES:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google