A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ClaudiaTravassos Proqualis/Icict/Fiocruz II Seminário Internacional sobre Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente Qualisus - Ministério da Saúde Brasília.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ClaudiaTravassos Proqualis/Icict/Fiocruz II Seminário Internacional sobre Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente Qualisus - Ministério da Saúde Brasília."— Transcrição da apresentação:

1 ClaudiaTravassos Proqualis/Icict/Fiocruz II Seminário Internacional sobre Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente Qualisus - Ministério da Saúde Brasília - 13 e 14 de Agosto 2013

2 Roteiro  Iniciativas de Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente no Brasil  Investigação em Segurança do Paciente no Brasil  Disseminação de Informação em Segurança do Paciente no Brasil

3 Iniciativas de Segurança nos Setores Público e Privado

4 Linha do Tempo - Brasil Acreditação Hospitalar Auditoria Médica (Revisão de Casos) Garantia de Qualidade Qualidade Total Gestão Melhoria dos processos Segurança do Paciente Auditoria Médica (fraude e adesão às normas de certificação) Normas para licenciamento de Unidades de Saúde Normas federais para controle de infecção Normas e padrões de prática estabelecidas por Sociedades Médicas* Criada a Comissão Nacional de Qualidade e Produtividade em Saúde (1994) no contexto do Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade Diretrizes da Estratégia de Garantia de Qualidade Indicadores de resultados Estabelecimento de um Programa Nacional de Acreditação Ênfase na Qualidade Total e Melhoria Contínua da Qualidade Estabelecimento de Diretrizes Clínicas por Sociedades Médicas Controle comunitário* Prêmio Nacional de Qualidade Acreditação – ONA Programa Nacional de Controle de Infecção Hospitalar - ANVISA Próximo slide Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente

5 Linha do Tempo – Brasil (cont.) Melhoria dos Processos Segurança do Paciente Slide anterior HumanizaSUS Rede Sentinela/Notivisa- ANVISA - segurança de produtos e fomento ao uso racional de medicamentos Política Nacional de Sangue e Hemoderivados – MS Programa Nacional de Avaliação dos Serviços de Saúde – PNASS/MS Adesão às iniciativas da OMS - “Higienização das Mãos” e “Cirurgia Segura Salva Vidas” ANVISA/MS PROQUALIS IDSUS – Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica" - PMAQ – AB (MS) Qualisus Rede (MS) Portal Saúde Baseada em Evidências (MS) Rede Cegonha (MS) SOS Emergências (MS) Qualiss (divulgação e indicadores) – ANS Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP)- MS - Portaria nº 529 1/4/2013(MS) Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente

6 Programa Nacional de Segurança do Paciente Criar Núcleos de Segurança do Paciente Envolver os pacientes e familiares nas ações de segurança do paciente Ampliar o acesso da sociedade às informações relativas à segurança do paciente Produzir, sistematizar e difundir conhecimentos sobre segurança do paciente Fomentar a inclusão do tema segurança do paciente na formação de RH (ensino técnico, graduação e pós-graduação) na área da saúde Elaborar e apoiar a implementação de protocolos, guias e manuais de segurança do paciente Incentivar a produção de investigação Portaria nº 529 1/4/2013 Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP)

7 Programa Compromisso com a Qualidade Hospitalar (CQH - Selo de Qualidade) – Associação Paulista de Medicina e Cremesp 1991 Prêmio Nacional da Qualidade – Fundação Nacional da Qualidade1991 Acreditação Internacional de Serviços de Saúde – CBA (Metodologia JCI)1998 Acreditação Nacional de Serviços de Saúde – (Metodologia ONA)1999 Projeto Diretrizes AMB-CFM2000 Projeto Sinha (Sistema Integrado de Indicadores Hospitalares) ANAHP2002 Projeto Melhores Práticas Assistenciais ANAHP2004 Acreditação Internacional de Serviços de Saúde Metodologia Canadense2006 Programa Brasileiro de Segurança do Paciente (Instituto Qualisa de Gestão)2008 REBRAENSP2008 Programa Farol de Indicadores de Saúde - SINDHRIO2009 Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos - ISMP Brasil 2009 Iniciativas - Setor Privado

8 Investigação

9 Grupo de Pesquisa Fiocruz Victor Grabois Suely Rozenfeld Ana Luiza Pavão Bárbara Caldas Camila Lajolo Maria de Lourdes Moura Fabíola Giordani Cano José Noronha

10 Folha de São Paulo, 29/07/ h00 Até 73% dos erros cometidos em hospitais no país são evitáveis Até 73% dos erros que acontecem dentro de hospitais brasileiros, como medicações trocadas ou operação de membros errados, poderiam ser evitados. É o que apontam estudos da Fiocruz apresentados no QualiHosp (congresso de qualidade em serviços de saúde) e que ajudaram o Ministério da Saúde a criar novas normas de segurança hospitalar que passam a valer a partir de As pesquisas, feitas em três hospitais públicos do Rio, encontraram uma incidência média de 8,4% de eventos adversos, semelhante aos índices internacionais..... link texto completo: erros-cometidos-em-hospitais-no-pais-sao-evitaveis.shtmlhttp://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2013/07/ ate-73-dos- erros-cometidos-em-hospitais-no-pais-sao-evitaveis.shtml * Fonte: Mendes W et. al. The assessment of adverse events in Brazilian hospitals. International Journal for Quality in Health Care 2009 :1-6. Brasil – aplicação dos instrumentos do HMPS EstudoCasosEA (%)Evitabilidade (%) Incidência*1.3038,666 Prevalência3598,373

11 IBEAS-Brasil Estudo de prevalência de eventos adversos em hospitais brasileiros Baseado no “Iberoamerican study of adverse events” (IBEAS/WHO Study) Estudo de prevalência conduzido em 35 hospitais em 5 países da América Latina. Aranaz-Andrés el alli. BMJ Quality and Safety July 6.

12 58,8% sexo masculino; Média de idade: 59 anos; Prevalência de EAs: 8,3% (10,5% IBEAS); Proporção de EAs evitáveis: 73,3% (60% IBEAS); Média de permanência devido ao EA: 26,5 dias (mediana de 19 dias); Gravidade: moderado - 56,7% dos casos e grave - 13,3%. Causas: IRAS: 40% (37% IBEAS); Procedimentos invasivos: (27%) IBEAS-Brasil Resultados

13 Limitações e Conclusão O n foi muito pequeno (já foram feitas pesquisas em mais 2 hospitais). A segurança do paciente é baixa em hospitais brasileiros. Mesmo com a diferença em tamanho o resultado se assemelha com os da América Latina. Estudos de prevalência são adequados para monitorar EAs, entretanto para o Brasil o método IBEAS Brasil necessita adaptação.

14

15

16

17 Disseminação de Informação

18 Proqualis Contribuir para a melhoria da qualidade do cuidado e da segurança do paciente no Brasil e em outros países de língua portuguesa, facilitando o acesso ao conhecimento científico, a experiências bem sucedidas e a tecnologias. Ser uma base técnica de apoio às políticas de Qualidade e Segurança do Ministério da Saúde. Portal cujo conteúdo produzido e divulgado é de acesso aberto, respeitando os direitos autorais de conteúdos produzidos por terceiros.

19

20 Segurança do Paciente

21 Eventos Adversos

22 Medicamentos

23 Experiências Brasileiras

24 Aulas, Vídeos e Entrevistas

25 Protocolos

26 Cursos - tradução e adaptação

27 Presença nas Redes Sociais

28 Parceiros

29 Don Berwick A Promise to learn – a commitment to act Inglaterra, agosto 2013 “ The NHS can do that [move on to improve safety] better than any other system in the world... In the core and concept, the NHS has been and remains a world-leading example of commitment to health and healthcare as a human right – the endevour of a whole society to ensure that all people in their time of need are supported, cared for, and healed... As a universal healthcare system, free at the point of use, with common goals, structures and systems... has the potential to be the safest healthcare system in world.”

30 Obrigada


Carregar ppt "ClaudiaTravassos Proqualis/Icict/Fiocruz II Seminário Internacional sobre Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente Qualisus - Ministério da Saúde Brasília."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google