A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Curso de Extensão em Grandes Eventos Conforme Portaria nº 3.233/2012-DG/DPF, de 10/12/2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Curso de Extensão em Grandes Eventos Conforme Portaria nº 3.233/2012-DG/DPF, de 10/12/2012."— Transcrição da apresentação:

1 Curso de Extensão em Grandes Eventos Conforme Portaria nº 3.233/2012-DG/DPF, de 10/12/2012

2 Nossa empresa, Formusseg - Centro de Formação e Reciclagem em Segurança Ltda., trata-se de escola profissionalizante especializada no segmento de vigilância e segurança, ministrando cursos de Formação, Reciclagem e de especialização. Com 03 anos de existência, podemos afirmar que, seguramente, já formamos e ministramos cursos para mais de 5000 alunos, demonstrando a plena capacidade de perfeito atendimento. FORMUSSEG -BREVE HISTÓRIA

3 NOSSA MISSÃO: “Formar pessoas que, com paixão, desejam se tornar ou se aprimorar na área de VIGILÂNCIA, através de um ambiente digno e de ensino qualificado."

4 A COPA DO MUNDO E A SEGURANÇA PRIVADA Como todos sabemos, muito em breve teremos a realização da Copa do Mundo, e as Olimpíadas em 2016, e com elas, diversas novas oportunidades acabaram por surgir de forma geral para nosso País. Dentre essas oportunidades, as regras gerais da FIFA sobre segurança nos estádios de futebol acabaram por trazer para o Brasil uma nova oportunidade para a área de Segurança Privada, e consequentemente, para a classe dos Vigilantes.

5 O Regulamento de Segurança da FIFA aborda todos os aspectos necessários sobre a segurança nos grandes eventos futebolísticos, dentre eles: princípios fundamentais, arredores e perímetros do estádio, vias de acesso e evacuação, medidas e equipamentos de segurança, proteção contra fogo e primeiros socorros, proibição de bebidas alcoólicas, código de conduta, integração da polícia de segurança pública e seguranças privados, e suas tarefas.

6 Sendo novidade, para a execução da segurança dos estádios durante a Copa do Mundo, será realizada uma coordenação entre as Forças de Policia e os Seguranças Privados, onde, a PM fará a segurança nas vias públicas e os seguranças privados no domínio territorial do estádio. Assim, o Curso de Extensão em Grandes Eventos, tem a finalidade de justamente levar aos vigilantes os conhecimentos necessários para sua atuação, de forma coordenada com a Policia Militar, estabelecendo quais serão suas atribuições, bem como, preparando o vigilante para cada tarefa a ser realizada.

7 PAPEL DO VIGILANTE NA ESTRUTURA DE SEGURANÇA EM RECINTOS DE GRANDES EVENTOS

8 Realizar serviço de segurança nos estádios de futebol, promovida pela pessoa física ou jurídica promotora do evento, conforme conveniência e oportunidade, com emprego nas bilheterias, controles de acesso e internamente nos estádios durante o evento principal, cujo planejamento operacional, medidas de controle e equipamentos previstos no § 2º do art. 1° desta Lei serão elaborados de comum acordo com a polícia ostensiva responsável pela segurança pública para cada evento, podendo ainda a segurança privada fazer a segurança de rotina nas concentrações, estadias das equipes, acompanhamento nos deslocamentos, transporte de valores pessoais e das equipes e segurança nos locais de treino, conforme regulamentação infralegal. VISÃO DO VIGILANTE

9 A partir do momento em que o estádio abre suas portas, deverá ser garantida e mantida a ordem. Isto implica na implementação das disposições estipuladas no presente regulamento. Para realizar as tarefas listadas no parágrafo anterior será constituído um serviço de ordem composto por assistentes de ambos os sexos. Estes assistentes deverão ser maiores de idade e dignos de confiança. Os assistentes da ordem (seguranças privados) deverão usar uniformes, facilmente reconhecidos e refletivos. No mínimo, deverão utilizar jaquetas com as palavras “Assistentes da ordem (seguranças privados). Os assistentes chefes serão distinguidos pela cor diferente.

10 VIGILANTES EM AÇÃO

11 ARENA CORINTHIANS

12 BEBIDAS ALCÓLICAS

13 1. “Estão proibidas a venda e a distribuição de bebidas alcoólicas antes e durante a partida em todas as imediações do estádio.” 2. “Em caso de se descobrir no estádio pessoas alcoolizadas ou sob influência de outras substâncias que afetem suas faculdades, a polícia e as forças de segurança deverão expulsá-las do estádio imediatamente.” 3. “As bebidas serão vendidas somente em copos plásticos.” REGULAMENTO DE SEGURANÇA FIFA ART.19

14 CONTROLE DE ACESSO EM GRANDES EVENTOS

15 O controle de segurança dos espectadores será realizado nas vias de entrada e saída dentro do perímetro interno e externo do estádio, assim como nos pontos de ingresso às zonas não autorizadas ao público em geral. Nos controles de segurança dos canais de entrada será verificado se as pessoas: têm uma autorização válida para entrar no estádio; não portam armas ou objetos perigosos ou que sejam proibidos em virtude de disposições legais, incluindo cartazes agressivos ou racistas e dispositivos a laser; entrem sem bebidas alcoólicas; não estejam sob a influência de álcool ou outras substâncias tóxicas. Nos postos de controle, as pessoas e seus pertences serão revistados. Qualquer pessoa que oponha a mencionada revista não poderá ingressar no estádio. Os VIGILANTES não deverão revistar de maneira obrigatória às pessoas que se oponham. VISÃO DO VIGILANTE

16 REVISTA PESSOAL

17 VISÃO DO VIGILANTE Se objetos proibidos que violem as disposições do item n º 2, forem encontrados deverão ser entregues a polícia ou depositados em lugar provisório de custódia. Se constatado algum delito, as forças de segurança poderão deter temporariamente a pessoa e entregá-la a polícia sem demora. Se as pessoas renunciarem ao direito de propriedade ao uso dos objetos proibidos e não cometeu nenhum delito que obrigue sua entrega a polícia, os objetos confiscados serão guardados em lugar seguro até sua destruição. Se o controle de segurança evidencia que alguma pessoa está embriagada ou sob a influência de outras substâncias tóxicas, sua entrada será proibida no estádio.

18 PROCEDIMENTOS PARA REVISTA PESSOAL Solicitar ao torcedor, prévia autorização antes de iniciar a revista, lembrando que NÃO se trata de um procedimento obrigatório, todavia, conforme o item 2 da resolução da Lei da Copa, as pessoas que se opuserem a realizar a vistoria, deverão ser impedidas de acessar as dependências do estádio. O procedimento deverá ser realizado por pessoas de ambos os sexos, sendo que homens revistam homens, e mulheres revistam mulheres, devem ser realizados de forma rápida e precisa, percorrendo na pessoa pontos fundamentais que possam conter qualquer tipo de ilícito. Além de revistar as pessoas, o vigilante também deverá realizar a vistoria nos pertences pessoais das pessoas seguindo as mesmas orientações da revista pessoal.

19 BASTÃO DETECTOR DE METAIS P/ REVISTA PESSOAL

20 REVISTA C/ BASTÃO DETECTOR DE METAIS Em determinados casos, as revistas serão realizadas com o emprego de detectores de metais, estes equipamentos tem a finalidade de detectar metais como: chumbo, ferro, aço, entre outros. Os detectores tem a eficiência de encontrar estes metais sem ter contato direto com as pessoas revistadas, apenas por aproximação, possuem sinal de alerta sonoro ou vibratório o que ajuda a manter a descrição no momento da inspeção.

21 REVISTA C/ BASTÃO DETECTOR DE METAIS

22 POSSE DE ARMAS

23 PROCEDIMENTO EM CASOS DE POSSE DE ARMAS Havendo a ocorrência de posse de armas de qualquer natureza, nos casos de arma de fogo portadas por policiais, civís e/ou integrantes das forças armadas, o profissional de segurança privada deve informar a supervisão de segurança (imediato direto), para que este conduza ao orgão competente dentro do estádio, para que sejam tomadas as medidas cabíveis, a fim de manter a ordem e a segurança de todos os espectadores.

24 MONITORAMENTO

25 MONITORAMENTO Durante os jogos, todos os arredores dos estádios, como: vias públicas, portões de acesso das delegações, além das bilheterias, arquibancadas, portões de acesso ao público e campo de jogo, serão monitoradas em tempo real por central de monitoramento, que atuará de forma conjunta com os vigilantes.

26 ILICITOS / ENTORPECENTES

27 Havendo a ocorrência de posse de drogas de qualquer tipo ou quantidade, o profissional de segurança privada deverá deter o portador e informar a chefia de vigilância que ficará encarregada de encaminhar o ilícito e seu portador até o posto policial dentro do estádio para que sejam tomadas as medidas legais.

28 CONSIDERAÇÕES FINAIS ‘’ Se queremos progredir, não devemos repetir a história, mas fazer uma história nova. ‘’ Este é um momento único e especial para todos nós, Profissionais de segurança Privada, a nós, é confiado o sucesso de uma Copa do Mundo, onde pela primeira vez em nossa honrosa história, poderemos demonstrar todo nosso profissionalismo para o mundo. Mahatma Gandhi Mahatma Gandhi

29 Considerações Finais Este é um momento único e especial para todos nós, Profissionais de segurança Privada, a nós, é confiado o sucesso de uma Copa do Mundo, onde pela primeira vez em nossa honrosa história, poderemos demonstrar todo nosso profissionalismo para o mundo. Mahatma Gandhi Mahatma Gandhi ‘’ Se queremos progredir, não devemos repetir a história, mas fazer uma história nova. ‘’


Carregar ppt "Curso de Extensão em Grandes Eventos Conforme Portaria nº 3.233/2012-DG/DPF, de 10/12/2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google