A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Conjunto de dados que relacionados entre si nos transmitem conhecimento Mecanismos automáticos (electrónicos) que fazem o Tratamento, Armazenamento e Comunicação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Conjunto de dados que relacionados entre si nos transmitem conhecimento Mecanismos automáticos (electrónicos) que fazem o Tratamento, Armazenamento e Comunicação."— Transcrição da apresentação:

1 Conjunto de dados que relacionados entre si nos transmitem conhecimento Mecanismos automáticos (electrónicos) que fazem o Tratamento, Armazenamento e Comunicação da Informação Tecnologias de Informação

2 Revolução Agricula Revolução Industrial Revolução Tecnológica Passou a trabalhar a Terra Utilizou a Terra como Recurso Passou a trabalhar com Máquinas Utilizou as Matérias Primas como Recurso Passou a trabalhar os Dados e a Informação Utilizou o Conhecimento como Recurso A História da evolução da Sociedade Humana...

3 Sociedade da Informação O homem desde que vive em sociedade tem necessidade de partilhar conhecimento. Interage com o meio que o rodeia e troca informação para melhorar o seu nível de vida. O ser humano recolhe os dados que necessita e processa-os no cérebro para armazenar na memória ou transmitir os resultados. No entanto somos um ser limitado em termos de memória e processamento e não conseguimos transmitir a informação a grandes distancias em velocidades desejadas. O aparecimento e a disseminação de novas tecnologias capazes de Processar, Armazenar e Comunicar grandes volumes de informação, teve um efeito na evolução das sociedades a tal ponto de vários historiadores se referirem ao século XX como a Sociedade de Informação.

4 Troca de Informação entre as pessoas Fraca velocidade de processamento do cérebro humano Incapacidade Humana de reter toda a informação Sociedade da Informação Organização e Selecção da Informação Execução de cálculos e tarefas complexas em curto espaço de tempo Comunicar a longa distancia em tempo real Computador e sistemas Informáticos Suportes de Armazenamento, Base de Dados. Telecomunicações

5 Televisão por Cabo Internet com acesso de Banda Larga Sistemas de GPS Telemóveis da 3º Geração (Norma UMTS) PDA, Notbooks, Terminais POS e ATM Sistemas de armazenamento digitais Leitores de musica de vários formatos Redes de computadores Computadores Servidores (MainFrames) Bases de Dados ( Civis, Genéticos, Veículos ) Computadores pessoais (PC )

6 Intervenção de sistemas informáticos no controlo de mecanismos e processos industriais SATD, Cad-Cam, Robôs Controlo e Automação Domótica Utilização de meios informáticos para gestão das tarefas domésticas Controlo automático ou remoto da Iluminação, Aquecimento, Estores, Rega...

7 Aplicação de meios informáticos no tratamento da informação que circula num escritório Suites de Produtividade (Office), Redes e dispositivos de comunicação Utilização conjunta de meios informáticos com dispositivos de comunicação à distancia. Satélites (GPS), Internet (Telnet, ), TV-Digital (Vídeo on Demande, Vídeo Conferencia, Tv-Interactiva) BURÓTICA TELEMÁTICA

8 INFORMÁTICA Ciência do Tratamento Automático da Informação, utilizando para tal máquinas automáticas INFORmação autoMÁTICA

9 Entrada de Dados Processamento Saída de Informação Função de um Sistema Informático

10 Exemplo de uma máquina ATM (Máquina de Multibanco). Que operações são necessárias para fazer um levantamento de $ 1)Introduzir o cartão 2)Marcar o código pessoa 3)Escolher a operação (levantamento de $) 4)Aguardar um momento 5)Retirar o cartão 6)Retirar o dinheiro e o talão Funcionamento de um Sistema Informático

11 Entrada de Dados Processamento Saída de Informação Funcionamento de um Sistema Informático

12 Parte física de um Sistema Informático. Conjunto de equipamentos e peças que constituem fisicamente o computador. Tudo que é visível e palpável. Componentes de um Sistema Informático Parte lógica de um Sistema Informático. Conjunto de programas (instruções lógicas) que servem para comandar e programar o computador. HARDWARE SOFTWARE FIRMWARE Conjunto de Hardware e Software que se destina a gestão de operações de entrada e saída de dados do computador

13 Componentes de um Sistema Informático Software Shareware Programas de partilha para demonstração ( Tempo parcial ou versões reduzidas) Aplicação (Programas comerciais com fins específicos) Sistema Software de Base (Sistemas Operativos) Utilitários (Ferramentas para efectuar tarefas comuns Freeware Programas de aquisição gratuita (Publicidade e Promoção)

14 Esquema dos principais componentes de Hardware que compõem um Sistema Informático CPU Output PERIFÉRICOS DE SAIDA PERIFÉRICOS DE ENTRADA Input DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO DISPOSITIVOS DE ARMAZENAMENTO

15 É responsável pelo tratamento dos dados que são introduzidos no computador de forma a fornecer informação útil ao utilizador. Tipo de Caixa Tower Mini-Tower Desktop CPU - Unidade Central de Processamento Fonte de Alimentação Ventoinha Ligação de Periféricos Placa Gráfica Placa de Som LPT1 (Porta Paralela) Com1, Com2 (Portas Serie) Portas USB Conectores Teclado e Rato

16 Componentes do CPU MotherBoard - Placa Mãe Placa de Circuito Impresso, onde se encontram fixados todos os componentes da CPU e os conectores de expansão onde vão ligar os Periféricos

17 Componentes do CPU Processador É o coração de todo o sistema. É onde se executam a maior parte das operações de Processamento. A sua velocidade é medida em (MHz milhão de instruções por segundo) Marcas: Intel, AMD, Cyrix... Gerações: 286, 386, 486, Pentium... Velocidades Actuais: 1Ghz-2,5Ghz

18 Componentes do CPU Unidade Aritmética e Lógica (UAL) É onde se efectuam todas as operações aritméticas (Cálculos matemáticos e operações lógicas) Funciona como máquina de calcular d o computador. Nos computadores que trabalham com aplicações gráficas é necessário também utilizar um coprocessador matemático para auxilio dos cálculos mais complexos.

19 Componentes do CPU Memória Cache Dispositivos de memória bastante rápidos que são utilizados para eliminar estados de espera. Funciona como sala de espera de um consultório, onde os dados esperam pela sua vez para serem conduzidos ao processador onde serão tratados.

20 Componentes do CPU Memória Principal Dispositivos de armazenamento onde são guardados os dados de forma Temporária ou Permanente quando estão a ser utilizador pelo CPU. Memória Ram Memória Temporária, onde são carregados todos os programas que estão a ser utilizados no computador. O primeiro programa a ser carregado é o sistema operativo. É uma memória volátil porque quando se encerra o computador ou há uma falha de energia todo o seu conteúdo é removido. É uma memória Dinâmica porque funciona como um caderno de apontamentos onde se pode escrever, ler e apagar a informação em qualquer altura. A memória é colocada na Motherboard em Sims ou Dims (Placas de Memória) sendo a sua capacidade mediada em Mbytes. Memória Rom Memória Permanente apenas de Leitura. Funciona como livro de instruções de arranque do computador, configurações de Hardware e instruções para o regular funcionamento do computador. Vem gravada do fabricante e não pode se r alterada. Dentro desta memória encontra-se uma pequena memória chamada BIOS –Contem as instruções que permitem a comunicação com todos os periféricos e as rotinas necessárias ao arranque do computador. A quantidade de memória Ram é um dos factores mais importantes para o desempenho do computador pois pode condicionar o tamanho dos programas que o computador pode correr e a sua velocidade de funcionamento.

21 Periféricos de Entrada Dispositivos (Peças e equipamentos) que permitem fazer a introdução de dados no computador. Teclado Rato Scanner Caneta Óptica Microfone Leitores Magnéticos Smart Cards Mesas Digitalizadoras Joy Stick Touch Screen

22 Rato (Mouse) Funciona como uma extensão do braço e permite movimentar um apontador que indica a posição em que se encontra o cursor. Pointing Device Track Ball Touch Pad

23 Teclado (Keyboard)

24 Periféricos de Saída Dispositivos (Peças e equipamentos) que permitem apresentar os resultados dos processamentos efectuados Monitor Impressora Plotter Projector de Vídeo Datashow Colunas

25 Monitor (Display) CRT (Tubos de Raios Catódicos) LCD (Display de Cristais Líquidos) Tipos de Écran

26 Tamanho do monitor medido pela diagonal do écran em polegadas (2,54 Cm). Os monitores mais vulgares têm 14ou 15, para aplicações gráficas utilizam-se modelos maiores de ou mesmo 21. Monitor (Display) Dimensão Física

27 Numero máximo de pontos (Pixel) que conseguimos representar no monitor. A resolução actuais dos monitores situam-se entre os (média resolução) e (alta resolução). Resolução Gráfica Monitor (Display) X Y Pixel Y=800 X=600

28 Conjunto de Hardware e Software (Firmhare) que oferecem um determinado número de funções standard de Gestão de imagem de saída do monitor. À medida que foram crescendo as necessidades de melhorar a qualidade de imagem do écran nomeadamente em termos de cores, os adaptadores de vídeo foram evoluindo: Controlador de Vídeo (Placa Gráfica) Monitor (Display) Hércules (Monocromático) CGA (Só 5 ou 6 Cores) EGA (16 Cores) VGA (256 Cores) SVGA (Maior Resolução) 8 Bits - (2 8 ) 256 cores 16 Bits - (2 16 ) cores 32 Bits - (2 32 ) Milhões de Cores

29 A imagem do écran não é constante. Ela mantém-se no écran muito pouco tempo, mas é refrescada várias vezes por segundo o que faz com que o olho humano pene que a imagem é sempre a mesma. A velocidade de varrimento é medida em Hertz. Actualmente a maior parte dos monitores tem velocidades de varrimento na ordem dos 70 a 80 Hertz o que significa que a imagem é refrescada 70 a 80 vezes por segundo. Varrimento ou Refrescamento Monitor (Display)

30 Impressoras (Printer) Periféricos de saída mais vulgar que permite ao computador escrever em suporte de papel os resultados do processamento. Existem vários tipos de impressoras que utilizam tecnologias diferentes para diferentes fins: Matriciais (Agulhas) Jacto de Tinta Lazer Térmicas

31 Impressoras (Printer) Matriciais (Agulhas) Vantagens : Custo reduzido; Imprimir em triplicado Desvantagens: Ruído; Monocromáticas; Fraca qualidade Áreas de Aplicação: Pequenas e média empresas para impressão de facturas e em papel continuo Dispõe de uma cabeça de impressão contendo várias agulhas (tipicamente 7,9 ou 24). Cada agulha funciona como um pequeno martelo que ao ser accionado provoca um impacto numa fita de impressão colocada entre a cabeça e o papel. Cada impacto provoca a impressão de um ponto no écran. Esse conjunto de pontos formam os caracteres impressos. Imprimem Caracter a Caracter. Tecnologia:

32 Impressoras (Printer) Vantagens : Melhor relação Custo/Qualidade; Imprimem a cores; Silenciosas Desvantagens: Manutenção elevada, (Consumiveis - Tinteiros são caros); Em impressões que levem muita tinta a folha pode ficar enrugada. Áreas de Aplicação: Pequenas e Médias Empresas, Escolas, Utilização doméstica, Escritórios Consiste na produção de pequenas bolhas de tinta que são atraídas para o papel, formando as imagens. Para produção de documentos a cores as impressoras representam a opção de melhor relação Custo/Qualidade. Tecnologia: Jacto de Tinta

33 Impressoras (Printer) Vantagens : Rapidez, Qualidade de Impressão. Desvantagens: Custo elevado, principalmente impressoras lazer a cores. Áreas de Aplicação: Grandes Empresas Baseiam-se na Tecnologia das fotocopiadoras. Produzem resultados de extrema qualidade de impressão. Imprimem uma página de cada vez sendo por isso bastante rápidas. Tecnologia: Lazer

34 Impressoras (Printer) Vantagens : São silenciosas, relativamente rápidas e baratas Desvantagens: com o tempo a impressão tende a desaparecer e exige o uso de papel especial. Áreas de Aplicação: Gráficas, produção de brindes como autocolantes Utilizam um papel revestido de uma substancia sensível ao calor (papel térmico) A escrita é feita produzindo calor junto do papel que ao ser aquecido fica negro. Tecnologia: Térmicas

35 Periféricos Mistos (input - output) Dispositivos (Peças e equipamentos) que permitem introduzir os dados no computador e apresentar os resultados dos processamentos efectuados Modem Terminais ATM Terminais POS Drive Disquetes Gravador de CD Placa de Rede Placa de Som

36 Informação Digital BIT – Binary DigIT Unidade Elementar de Informação. A mais pequena unidade que podemos utilizar para quantificar o espaço de armazenamento num suporte informático. Corresponde a um código binário capaz de representar 2 estados (0) e (1) O computador trabalha com um sistema digital. A informação é armazenada segundo um código binário que representa 2 estados possíveis.

37 Unidades para quantificar a informação armazenada Byte – 8 Bits KiloByte (KB) = 1024 Bytes MegaByte (MB) = 1024 Kbytes Bytes GigaByte (GB) = 1024 Mbytes Bytes TeraByte (TB) = 1024 Gbytes Bytes

38 Dispositivos de armazenamento Secundário Suportes de Informação São suportes onde se podem guardar programas e informações que os utilizadores do computador necessitam armazenar ao longo do tempo. Suportes de Papel Papel Opaco Papel continuo Papel Solto Papel Transparente Cartão ou Fita Perfurada Suportes Magnéticos Suportes Ópticos Banda Magnética Cassetes, Bobines, Cartuchos Discos Magnéticos Fixo Disco Rígido Amovível Disquete CD-ROM (Read Only Memory) CD-R (WORM) Write Only Read Many CD-RW Read and Write DVD Digital Video Disk


Carregar ppt "Conjunto de dados que relacionados entre si nos transmitem conhecimento Mecanismos automáticos (electrónicos) que fazem o Tratamento, Armazenamento e Comunicação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google