A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RESPOSTAS DOS SERVIÇOS DE SAÚDE BRASILEIROS AOS PROBLEMAS DECORRENTES DO USO DO ÁLCOOL FRANCISCO CORDEIRO Ministério da Saúde.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RESPOSTAS DOS SERVIÇOS DE SAÚDE BRASILEIROS AOS PROBLEMAS DECORRENTES DO USO DO ÁLCOOL FRANCISCO CORDEIRO Ministério da Saúde."— Transcrição da apresentação:

1 RESPOSTAS DOS SERVIÇOS DE SAÚDE BRASILEIROS AOS PROBLEMAS DECORRENTES DO USO DO ÁLCOOL FRANCISCO CORDEIRO Ministério da Saúde

2 Antecedentes históricos Ausência de política específica para o álcool no Sistema Único de Saúde Deliberações da III Conferência de Saúde Mental (2001)

3 Iniciativas do Ministério da Saúde Grande virada: 2002 – Transição para modelo comunitário e territorializado de atenção – Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) – Lógica da saúde pública Legislação específica – Financiamento específico – CAPSad – Formação de profissionais

4 Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPSad) – Desenhados para cidades com mais de habitantes – Base comunitária e territorial – Atenção diária – Prioridade aos casos mais graves – Ações de tratamento, prevenção, formação e redução de danos Centros de Atenção Psicossocial I Iniciativas do Ministério da Saúde

5 2003: Formalização das diretrizes do Ministério da Saúde para álcool e outras drogas – Intersetorial – Extra-hospitalar – Redução de danos – Lógica da saúde pública Iniciativas do Ministério da Saúde

6

7 2003 Política específica para o álcool Grupo de Trabalho Interministerial (GTI) para elaborar política sobre o álcool, criado pelo Presidente Lula Representantes de vários ministérios, sociedade civil, univerrsidades, mídia, indústria, usuários Início de debate com ampla participação Iniciativas do Ministério da Saúde

8 Recomendações do GTI Alteração do conceito de bebida alcoólica Medidas visando restrição da propaganda (horários, conteúdo) Proteção de populações mais vulneráveis (crianças e jovens) Taxação Restrição do acesso Acessibilidade ao tratamento Estratégias de redução de danos

9 AVANÇOS pós-GTI Inclusão do tema álcool na agenda brasileira Criação de associações da sociedade civil para controle do álcool Criação da Câmara Especial de Políticas Públicas sobre Álcool no Conselho Nacional Antidrogas – Consulta pública sobre propaganda de bebidas alcoólicas – Projeto de Prevenção de Danos, Acidentes e Situações de Conflitos Interpessoais Associados ao Consumo do Álcool Realização desta Conferência para discutir políticas sobre álcool

10 Expansão da rede de atenção CAPSad funcionando no país CAPS I que atendem demandas de saúde mental e álcool/outras drogas em cidades pequenas - Implantação de Serviços Hospitalares de Referência para Álcool e Drogas (em hospitais gerais) - Articulação com a estratégia de Saúde da Família: equipes, agentes comunitários de saúde RESULTADOS (em 4 anos)

11 Ausência de política > diretrizes claras Priorização para o álcool Rede assistemática > rede sistematizada Orçamento específico ( ): R$ ,00 (US$ 13 milhões) – Incentivos e custeio Atendimentos ( ):

12 DESAFIOS AMPLIAR A REDE E ACESSO COOPERAÇÃO REGIONAL PARA AÇÕES INTEGRADAS QUALIFICAR ATENDIMENTO AVALIAR CAPSad AMPLIAÇÃO DE ESTRATÉGIAS DE REDUÇÃO DE DANOS MUDANÇA NA LEI QUE REGULAMENTA A PROPAGANDA (início com a CP da ANVISA)

13 CONTATOS Fone: /3415 Fax:


Carregar ppt "RESPOSTAS DOS SERVIÇOS DE SAÚDE BRASILEIROS AOS PROBLEMAS DECORRENTES DO USO DO ÁLCOOL FRANCISCO CORDEIRO Ministério da Saúde."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google