A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Movimentos Migratórios Até 1808 proibidas imigrações de não portugueses Após a independência e principalmente entre 1830 e 1930 ocorreu a entrada de 5.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Movimentos Migratórios Até 1808 proibidas imigrações de não portugueses Após a independência e principalmente entre 1830 e 1930 ocorreu a entrada de 5."— Transcrição da apresentação:

1 Movimentos Migratórios Até 1808 proibidas imigrações de não portugueses Após a independência e principalmente entre 1830 e 1930 ocorreu a entrada de 5 milhões de imigrantes

2 Períodos de Migração 1º – imigrantes – excesso de mão de obra escrava 2º – imigrantes – lei Eusébio de Queiroz 3º – apenas 2% do total que entrou nos últimos 50 anos

3 Imigração Alemã Blumenau – Joinville – Novo Hamburgo

4 Imigração árabe 1888

5 Imigração Eslava 1870 – 1886 russos poloneses e ucranianos

6 Imigração Espanhola

7 Imigração Italiana 1870 – 1914 até 1886 Sul – após São Paulo

8 Imigração Japonesa O. do Estado – S. do Estado – periferia São Paulo

9 Migrações Internas Pólos de Repulsão: -Nordeste – principalmente o Sertão -Sulistas década de 80 – para o Centro Oeste e Norte -Em 1920, apenas 20% da pop brasileira vivia em cidades. -Cinqüenta anos depois, em 1970, esse percentual já era de 55,9% -De acordo com o Censo de 2000, 81,22% da população brasileira é urbana.

10 -Estima-se que entre 1950 e 2000, 50 milhões de pessoas migraram do campo para as acidades, fenômeno conhecido como êxodo rural. -Transumância e Movimento Pendular -Favelização

11 - Segundo dados do IBGE, em 2001, 41% dos habitantes do país não eram naturais do município de residência, e cerca de 16% deles não eram da unidade de federação em que moravam. Esses números mostram que predominam movimentos migratórios dentro do Estado de origem. -Isto é, movimentos de fluxos urbano urbano e intrametropolitano conhecido como movimento pendular ou diário.

12 UFSE Em geral, o migrante reluta antes de optar pela saída de seu lugar de origem. Não é diante das primeiras dificuldades que arruma as malas e vai embora. Tenta, primeiro, manter-se naquele lugar que lhe é familiar, até ser irremediavelmente expulso. (Regina Bega dos Santos. Migração do Brasil, 1994) Em geral, no Nordeste brasileiro, o principal fator de expulsão dos migrantes têm sido os aspectos a) físicos, como a seca na zona da Mata. b) políticos, decorrentes dos conflitos de terra. c) socioeconômicos, como a fome e a miséria. d) ambientas, decorrentes da erosão dos solos. e) financeiros, como o alto custo da produção agrícola.

13 UFRRJ O interior de São Paulo está mudando de cara. Cidades que tinham sua economia fundamentada na agricultura e na pecuária, há cerca de uma década, estão se transformando em núcleos industriais, muitas vezes de alta tecnologia. Empresas que, há pouco tempo, estavam concentradas na região metropolitana de São Paulo começam a viajar alguns quilômetros em busca do interior. Texto adaptado do Jornal Valor Econômico, ano I, nº 45, 04/07/2000, Brasil especial interior 6, p. 4. Explique a concentração metropolitana anterior e a atual busca do interior de que trata o texto.


Carregar ppt "Movimentos Migratórios Até 1808 proibidas imigrações de não portugueses Após a independência e principalmente entre 1830 e 1930 ocorreu a entrada de 5."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google