A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Antecedentes da Guerra Econômicos Rivalidade industrial entre Inglaterra e Alemanha Perda da Alsácia – Lorena pela França. Produção de ferro e carvão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Antecedentes da Guerra Econômicos Rivalidade industrial entre Inglaterra e Alemanha Perda da Alsácia – Lorena pela França. Produção de ferro e carvão."— Transcrição da apresentação:

1 Antecedentes da Guerra Econômicos Rivalidade industrial entre Inglaterra e Alemanha Perda da Alsácia – Lorena pela França. Produção de ferro e carvão. Estrada de ferro Berlim – Bagdá Políticos Nacionalismos Movimento pela Grande Sérvia Pan-eslavismo (todos os eslavos da Europa Oriental constituíam uma grande família.) Revanchismo francês Pangermanismo

2 O sistema de alianças > Este sistema se desenrola desde o final da Revolução Francesa, sendo tratados pactos de acordo com os interesses dos países. Formam-se os dois blocos político-militares que iniciaram o conflito. Tríplice Aliança: Alemanha, Áustria-Hungria e Itália. Tríplice Entente (Aliados): Inglaterra, França, Rússia.

3

4 O período da paz armada Questão Marroquina: Acordos entre França e Inglaterra causam o descontentamento da Alemanha.

5 O período da paz armada > Questão Balcânica: Império Austro-Húngaro (com o apoio da Alemanha) anexa a Bósnia e a Hezergovina. A Bósnia reage devido à idéia do pan- eslavismo, apoiada pela Rússia.

6 O Estopim da Guerra : Atentado em Sarajevo

7 Primeira fase: Guerra de Movimento. Alemães ocupam a Bélgica para invadir a França:

8 Primeira fase: Guerra de Movimento. Inglaterra tem que garantir a neutralidade Belga. Alemanha nega o pedido, tendo a guerra declarada.

9 Primeira fase: Guerra de Movimento. A Itália ainda se mantinha neutra. Seus acordos com a Alemanha e a Austria-Hungria eram apenas defensivos. A Alemanha queria derrotar a França, entrando no país através da Bélgica. Foram detidos a 25 km da capital, Paris. Inicia-se a Guerra de Trincheiras. Alemães cavam trincheiras para garantir o território já conquistado, franceses fazem o mesmo. Esta frente de guerra foi chamada Frente Ocidental, e cada pedaço de terra era disputado sem muitos avanços. Formou-se também a Frente Oriental, onde, ao contrário, os alemães conseguem conquistas sobre os russos.

10 FRONT OCIDENTAL

11 FRONT ORIENTAL

12 No decorrer do conflito, mais países entram na Guerra. Japão

13 Ataques de submarinos alemães à americanos trazem a entrada dos EUA na Guerra, em 1917.

14 Em 1917 eclode a Revolução Russa, fazendo com que o país saia da Guerra em O novo governo faz um acordo com a Alemanha e cede parte do seu território em troca do fim dos conflitos. Mas estes conflitos continuam a ocorrer no front ocidental, com sucessivas derrotas e desgastes em ambos os lados. A Alemanha se enfraquece durante o processo, tendo pouco apoio popular ao conflito. Devido a este enfraquecimento, a Alemanha cede à oferta de armistício feita pelo então presidente norte-americano Woodrow Wilson, que propõe uma paz honrosa, firmando um acordo conhecido como Os 14 pontos de Wilson. A Guerra vê seu fim no ano de 1918, dia 11 de novembro, com a assinatura do Armistício de Compiégne.

15 Os 14 pontos: 1) acordos públicos, negociados publicamente", ou seja a abolição da diplomacia secreta: 2) liberdade dos mares; 3) eliminação das barreiras econômicas entre as nações; 4) limitação dos armamentos nacionais "ao nível mínimo compatível com a segurança"; 5) ajuste imparcial das pretensões coloniais, tendo em vista os interesses dos povos atingidos por elas: 6) evacuação da Rússia; 7) restauração da independência da Bélgica; 8) restituição da Alsácia e da Lorena à França; 9) reajustamento das fronteiras italianas, "seguindo linhas divisórias de nacionalidade claramente reconhecíveis"; 10) desenvolvimento autônomo dos povos da Austria- Hungría; 11) restauração da Rumania, da Sérvia e do Montenegro, com acesso ao mar para a Sérvia; 12) desenvolvimento autônomo dos povos da Turquia, sendo os estreitos que ligam o Mar Negro ao Mediterrâneo "abertos permanentemente"; 13) uma Polônia independente, "habitada por populações indiscutivelmente polonesas" e com acesso para o mar; e 14) uma Liga de Nações.

16 O Fim da Guerra A vitória fora finalmente conquistada, mas que trágica vitória! 42 milhões mobilizados pelos aliados. Destes, 7 milhões perderam a vida ( 5 milhões em batalhas ou por ferimentos, os demais foram dados como desaparecidos). Mais de 3 milhões ficaram incapacitados e mutilados. Sendo assim, vemos que quase 25% dos soldados perderam suas vidas no conflito. A guerra que seria "o fim de todas as guerras" não fez mais do que lançar as sementes de um novo e pavoroso conflito no futuro. Além disso, a Primeira Guerra Mundial nada fez para reprimir quer o militarismo, quer o nacionalismo. Vinte anos depois de finda a luta havia quase duas vezes mais homens em armas do que em e as rivalidades nacionais e ódios raciais estavam mais profundamente arraigados do que nunca. Esses fracassos não se deveram ao fato de terem os Aliados ganhado a guerra, mas sim, como veremos, ao de terem perdido a paz.


Carregar ppt "Antecedentes da Guerra Econômicos Rivalidade industrial entre Inglaterra e Alemanha Perda da Alsácia – Lorena pela França. Produção de ferro e carvão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google