A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BRUNI Slides de apoio ao livro Todo o conteúdo dos slides está apresentado no livro A Contabilidade Empresarial, publicado pela Editora Atlas. Adriano.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BRUNI Slides de apoio ao livro Todo o conteúdo dos slides está apresentado no livro A Contabilidade Empresarial, publicado pela Editora Atlas. Adriano."— Transcrição da apresentação:

1

2 BRUNI Slides de apoio ao livro Todo o conteúdo dos slides está apresentado no livro A Contabilidade Empresarial, publicado pela Editora Atlas. Adriano Leal Bruni Versão 2

3 BRUNI Programação didática Objetivo Objetivo Discutir o processo de registro e gestão de informações contábeis. Discutir o processo de registro e gestão de informações contábeis.

4 BRUNI Capítulos 1. Conceitos 2. O Balanço Patrimonial, 3. A Demonstração do Resultado do Exercício 4. Outros Demonstrativos Contábeis 5. Contas, Livros e Registros 6. Operações com Mercadorias 7. O Modelo CONTAFACIL.XLS.

5 BRUNI Capítulo Conceitos 1

6 BRUNI Para fixar o aprendizado Todo o conteúdo dos slides está apresentado com maior profundidade no Capítulo 1 do livro A Contabilidade Empresarial, publicado pela Editora Atlas. Para adquirir o livro visite:

7 BRUNI Algumas dúvidas cruéis... Minha empresa é um bom negócio? Quanto eu estou ganhando? Quais as melhores decisões a tomar?

8 BRUNI Uma resposta possível... É preciso entender as Finanças e a Contabilidade do negócio!!!

9 BRUNI Pensando com carinho... Linha do Tempo Contabilidade Objetividade Documentação hábil e idônea Finanças Informações

10 BRUNI Entendendo a Contabilidade O que é a Contabilidade? Como ela pode me ajudar na gestão do meu negócio?

11 BRUNI Algumas.... Definições de Contabilidade !!!

12 BRUNI Contabilidade É a ciência que registra os acontecimentos verificados no patrimônio de uma entidade Escreve, oficializa Possuem denominador financeiro comum Conjunto de bens direitos e obrigações Definição formal...

13 BRUNI Uma historinha sobre... A história da Contabilidade

14 BRUNI A informação do dono É preciso REGISTRAR o que EU tenho!

15 BRUNI Há mmmuuiiitttooo tempo... Informação contábil Usuários Internos Externos Dono ou Executivo CredorFiscoMinoritário

16 BRUNI Pensando com cuidado... Quem parte, reparte e não fica com a maior parte...

17 BRUNI Conclusão... É preciso cuidar do mais indefeso...

18 BRUNI Resposta.... Antes de fornecer informações para os externos, é preciso conferir sua qualidade! Auditoria Externa

19 BRUNI Antes de auditar... É preciso estabelecer e, depois, cumprir as regras, normas e procedimentos...

20 BRUNI Assim... Informação contábil Usuários Internos Externos Executivo CredorFiscoMinoritário Auditoria Normas Procedimentos Contabilidade Gerencial ContabilidadeFinanceira

21 BRUNI As duas contabilidades Financeira Gerencial X

22 BRUNI Uma terceira e especial FinanceiraGerencial Custos

23 BRUNI Neste curso.... Ênfase será dada para a Contabilidade Financeira

24 BRUNI Princípios, convenções e normas Princípios Convenções Normas Objetividade

25 BRUNI Para refletir... Os registros devem ser objetivos Os registros devem ser objetivos Baseados em documentação hábil, idônea, temporal e referente à entidade Baseados em documentação hábil, idônea, temporal e referente à entidade Cadê a Nota Fiscal?

26 BRUNI Princípios a) Entidade b) Continuidade c) Custo histórico como base de valor d) Competência dos exercícios e) Oportunidade f) Atualização monetária g) Prudência

27 BRUNI a) Entidade O patrimônio é o objeto da Contabilidade. O patrimônio pertence à Entidade, mas a recíproca não é verdadeira. O patrimônio de seus proprietários não se confunde com o da Entidade e vice-versaO patrimônio é o objeto da Contabilidade. O patrimônio pertence à Entidade, mas a recíproca não é verdadeira. O patrimônio de seus proprietários não se confunde com o da Entidade e vice-versa

28 BRUNI Uma coisa é uma coisa... DonoEmpresa Entidade

29 BRUNI b) Continuidade A Entidade é um organismo vivo que irá operar por um período de tempo indeterminado, a não ser que fortes indícios mostrem o contrário. Não obstante, a continuidade ou não da entidade deve ser considerada quando das classificações e avaliações das mutações patrimoniaisA Entidade é um organismo vivo que irá operar por um período de tempo indeterminado, a não ser que fortes indícios mostrem o contrário. Não obstante, a continuidade ou não da entidade deve ser considerada quando das classificações e avaliações das mutações patrimoniais

30 BRUNI c) Custo histórico como base de valor Os componentes do patrimônio devem ser registrados pelos valores originais das transações com o mundo exterior, expressos a valor presente da moeda do PaísOs componentes do patrimônio devem ser registrados pelos valores originais das transações com o mundo exterior, expressos a valor presente da moeda do País

31 BRUNI d) Competência dos exercícios As receitas e despesas devem ser incluídas na apuração do resultado do período em que ocorrerem, sempre simultaneamente quando se correlacionarem, independentemente de recebimento ou pagamento. A receita é considerada quando do momento da venda ou da prestação de serviço, independentemente da realização efetiva em caixa. A despesa é considerada efetivada quando do reconhecimento de uma obrigação a pagar relativa ao exercício, independentemente da efetiva saída de caixaAs receitas e despesas devem ser incluídas na apuração do resultado do período em que ocorrerem, sempre simultaneamente quando se correlacionarem, independentemente de recebimento ou pagamento. A receita é considerada quando do momento da venda ou da prestação de serviço, independentemente da realização efetiva em caixa. A despesa é considerada efetivada quando do reconhecimento de uma obrigação a pagar relativa ao exercício, independentemente da efetiva saída de caixa

32 BRUNI Entendendo o lucro Receitas - Consumos =Resultado Deduções Custos Despesas IR e CS Lucro Prejuízo Regime de competência

33 BRUNI Entendendo o caixa + Entradas - Saídas =Movimento + Saldo inicial = Saldo final Regime de caixa Recebimentos Pagamentos Ingressos Desembolsos

34 BRUNI e) Oportunidade Refere-se, simultaneamente, à tempestividade e à integridade do registro do patrimônio e das suas mutações, determinando que este seja feito de imediato e com a extensão correta, independentemente das causas que as originaramRefere-se, simultaneamente, à tempestividade e à integridade do registro do patrimônio e das suas mutações, determinando que este seja feito de imediato e com a extensão correta, independentemente das causas que as originaram

35 BRUNI f) Atualização monetária Os efeitos da alteração do poder aquisitivo da moeda nacional devem ser reconhecidos nos registros contábeis através do ajustamento da expressão formal dos valores patrimoniais. A atualização monetária não representa nova avaliação, mas, tão somente, o ajustamento dos valores patrimoniais para determinada dataOs efeitos da alteração do poder aquisitivo da moeda nacional devem ser reconhecidos nos registros contábeis através do ajustamento da expressão formal dos valores patrimoniais. A atualização monetária não representa nova avaliação, mas, tão somente, o ajustamento dos valores patrimoniais para determinada data

36 BRUNI g) Prudência O princípio da prudência determina a adoção do menor valor para os componentes do Ativo e do maior valor para os componentes do Passivo, sempre que se apresentem alternativas igualmente válidas para a quantificação das mutações patrimoniais que alterem o patrimônio líquidoO princípio da prudência determina a adoção do menor valor para os componentes do Ativo e do maior valor para os componentes do Passivo, sempre que se apresentem alternativas igualmente válidas para a quantificação das mutações patrimoniais que alterem o patrimônio líquido

37 BRUNI Entendo a... Contabilidade Financeira e Objetividade

38 BRUNI Pense bem... Como classificar os gastos com publicidade da empresa? Investimento Direito de ganhos futuros Despesa Valor consumido ou Como não existe documentação hábil e idônea...

39 BRUNI Pense melhor... Como registrar na Contabilidade Financeira o valor da minha marca, do meu know-how, da minha carteira de clientes.... Como registrar na Contabilidade Financeira o valor da minha marca, do meu know-how, da minha carteira de clientes.... Sem documentação hábil e idônea não é possível fazer o registro!!! Sem documentação hábil e idônea não é possível fazer o registro!!!

40 BRUNI Pensando na... Contabilidade Financeira

41 BRUNI O que é Contabilidade? Conjunto de técnicas que registra o patrimônio Oficializa, transcreve Documentação idônea

42 BRUNI Patrimônio... O que eu tenho! Meu apartamento Meu carro … meus BENS … Minhas aplicações … meus DIREITOS …

43 BRUNI Sob o ponto de vista técnico... É preciso incluir as obrigações !!!

44 BRUNI Conceito técnico de patrimônio Conjunto de bens, direitos e obrigações …

45 BRUNI Balanço Patrimonial Total $50 mil Um exemplo didático … Apartamento $50 mil Empréstimo $30 mil Patrimônio $80 mil ????? Total $50 mil Bolso $20 mil Ativos Passivos Patrimônio Líquido

46 BRUNI = Total Ativo Balanço Patrimonial Bens + Direitos Obrigações Total Passivo Patrimônio Líquido Ativos Passivos

47 BRUNI Confrontando... FinanceiraXGerencial

48 BRUNI O Restaurante Boa Mesa Caixa $ a receber MóveisPrédioFornecedoresBancos $ dos sócios Na Contabilidade Financeira Sucesso ao longo dos anos... Carteira de clientes MarcaPonto Outros ganhos dos sócios Na Contabilidade Gerencial

49 BRUNI Uma constatação importante Muito cuidado ao analisar a Contabilidade de empresas intensivas em intangíveis, como marketing ou tecnologia

50 BRUNI Cenas do próximo capítulo Terminologia contábil básica Terminologia contábil básicaInvestimentosversusDespesas Foi consumido? Será consumido?

51 BRUNI Para fixar o aprendizado Todo o conteúdo dos slides está apresentado com maior profundidade no Capítulo 1 do livro A Contabilidade Empresarial, publicado pela Editora Atlas. Para adquirir o livro visite:

52 BRUNI Capítulo Balanço Patrimonial 2

53 BRUNI Para fixar o aprendizado Todo o conteúdo dos slides está apresentado com maior profundidade no Capítulo 2 do livro A Contabilidade Empresarial, publicado pela Editora Atlas. Para adquirir o livro visite:

54 BRUNI Analisando as informações e … RelatóriosContábeis Balanço PatrimonialBalanço Patrimonial Demonstrativo de ResultadoDemonstrativo de Resultado do Exercíciodo Exercício

55 BRUNI Entendendo o … Balanço Patrimonial

56 BRUNI Lembre-se, sempre!!! O Balanço Patrimonial representa uma fotografia do Patrimônio da Entidade!!!

57 BRUNI = Total Ativo Já vimos anteriormente … Bens + Direitos Obrigações Total Passivo Patrimônio Líquido Ativos Passivos

58 BRUNI Uma fotografia...

59 BRUNI Para nunca esquecer … Construa os Balanços

60 BRUNI Construindo o Balanço Alguns dados financeiros da Pepê Indústria e Comércio Ltda. estão apresentados a seguir. Com base nestes números elabore o balanço patrimonial da entidade. Alguns dados financeiros da Pepê Indústria e Comércio Ltda. estão apresentados a seguir. Com base nestes números elabore o balanço patrimonial da entidade.

61 BRUNI Dados da Pepê Imóvel$1.200,00Fornecedores a pagar $300,00 Obrigações longo prazo $500,00Caixa$700,00 Estoques$300,00Capital$2.300,00 Contas a receber $500,00Participação em outras empresas $600,00 Impostos a pagar $400,00Aplicações longo prazo $200,00 Resposta

62 BRUNI Gabarito … AtivosPassivosTotalTotal Patrimônio Líquido

63 BRUNI Facilitando a extração de... Informações... Usuário (a) Relatórios Contábeis Informações Decisões

64 BRUNI Não existindo restrição.... Qual a melhor maneira de organizar suas contas a pagar? Por ordem de vencimento, claro!!!

65 BRUNI Assim, o BP deve ser ordenado Com base na exigibilidade dos passivos Com base na liquidez dos ativos

66 BRUNI Ordenando as contas AtivosPassivosTotalTotal Patrimônio Líquido Pago já Pago em breve Pago a perder de vista Recebo já Recebo em breve Recebo a perder de vista

67 BRUNI O timming das contas Linha do tempo 12 meses muito mais que 12 meses Curto Prazo Longo Prazo Longuíssimo Prazo Circulante Ativo Circulante Passivo Circulante LP Realizável LP Egixível LP Ativo Permanente Patrimônio Líquido

68 BRUNI Um conceito elementar … AC RLP AP PC ELP PL Liquidez Exigibilidade

69 BRUNI Para fixar... Organize as contas a seguir Contas a receber Estoques Caixa Qual conta vira $ mais rápido? Caixa E depois? Contas a receber E depois? Estoques

70 BRUNI Utilizando os conceitos A importância da visão contábil

71 BRUNI Uma situação real passada A concorrência está incomodando! Precisamos de uma contra ofensiva!

72 BRUNI Uma contra ofensiva! Vamos ampliar o prazo de pagamento dos clientes! Sim! De 7 para 14 dias!!!

73 BRUNI Continhas básicas AtivosObrigações Patrimônio Líquido Vendemos $1 milhão Prazo 7 dias Clientes $7 milhões C/R 7 milhões

74 BRUNI Continhas básicas AtivosObrigações Patrimônio Líquido Vendemos $1 milhão Prazo 7 dias Clientes $7 milhões 14 dias $14 milhões C/R 7 milhões 14 milhões De onde 7 milhões ????

75 BRUNI Analisando a proposta Financeiro Comercial

76 BRUNI Refletindo sobre... Finanças versus Contabilidade Financeira... As duas analisam $ e tempo

77 BRUNI Pensando com carinho... Linha do Tempo Contabilidade Objetividade Documentação hábil e idônea Finanças Informações

78 BRUNI Para refletir... Alguns nomes diferentes... Alguns nomes diferentes... Bens+DireitosObrigações PL Para a Contabilidade... AtivosPassivos Em Finanças... Investimentos Financiamentos Balanço: Total Ativo = Total Passivo Balanço: Equilíbrio entre Investimentos e Financiamentos

79 BRUNI Para nunca esquecer … Organize o Balanço

80 BRUNI Para os dados da … Pepê Indústria e Comércio Ltda. Coloque as contas em ordem!!!

81 BRUNI Gabarito … AtivosPassivosTotalTotal Patrimônio Líquido Ativo Permanente Passivo Circulante Ativo Circulante Exigível L.P. Realizável L.P. Resposta

82 BRUNI Nas minúncias... Os subgrupos do Balanço Patrimonial

83 BRUNI Entendendo os componentes AC RLP AP PC ELP PL

84 BRUNI Um dos lados... Lado Esquerdo

85 BRUNI Ativos Bens e direitos... AC RLP AP Recebíveis em até 12 meses Recebíveis em mais que 12 meses Recebíveis à perder de vista Caixa Contas a receber (-) PDD (-) Desc Estoques Investimentos Imobilizado (-) Deprec Acum Diferido

86 BRUNI Contas especiais... Retificadoras Retificadoras Redutoras Redutoras Sinal negativo Sinal negativo (-) Depreciação acumulada (-) Provisão para Devedores Duvidosos, PDD (-) Duplicatas descontadas

87 BRUNI Aquisição de veículo Ano012345Veículo (-) Deprec Acum $40 mil RIR: Vida = 5 anos

88 BRUNI Contas a receber... Contas a receber$50 mil Loja A Porém, deste valor é preciso extrair a futura inadimplência!!! Provisão para Devedores Duvidosos (-) PDD ($5 mil) E caso eu desconte alguns títulos de clientes? (-) Dupl Desc ($15 mil)

89 BRUNI Extraindo informações... LojaAB C/R (-) PDD (20)(1020) Liq Eu vou matar o gerente da Loja B !!!

90 BRUNI Imobilizado Correspondem a recursos da empresa, necessários à manutenção de suas atividades Diferido São gastos executados, recuperáveis no futuro. Grupos do Ativo Permanente Investimentos Correspondem a ativos de renda da empresa

91 BRUNI Pensando sobre... Ativos diferidos Mertiolate, esparadrapo, gaze??? De consumo postergado no tempo

92 BRUNI Agregando valor... Suinocultura Focinho de Tomada

93 BRUNI Produz e vende... Sem diferenciação... Preço de Mercado

94 BRUNI No politicamente correto... Poderia cobrar mais caro se ofertasse um produto diferenciado... Poderia cobrar mais caro se ofertasse um produto diferenciado... Pensando.... Pensando.... Huuummmmmm.... Huuummmmmm.... Light Leitão

95 BRUNI Uma perguntinha... Como isso seria possível???

96 BRUNI Uma respostinha...

97 BRUNI Durante as pesquisas... Bens+DireitosObrigações PL AtivosPassivos $ Ativo Diferido Finalizou a pesquisa Deu certo! Custo Despesa Deu errado. Sai como despesa Amortizações

98 BRUNI Um dos lados... Lado Esquerdo

99 BRUNI Representam as fontes de recursos da entidade, sejam de terceiros ou sócios. Passivo e PL Bens+DireitosObrigações PL Financiamentos

100 BRUNI Grupos do passivo oneroso Exigível a Longo Prazo Representam as obrigações da entidade que deverão ser pagas em um prazo superior a 12 meses. Passivo Circulante Representam as obrigações que vencerão nos próximos 12 meses.

101 BRUNI PatrimônioLíquido Ou PL, representa os recursos dos sócios colocados na entidade Dinheiro dos sócios... Capital Social Lucros anteriores Lucro exercício Reservas

102 BRUNI Entendendo o … Capital de Giro

103 BRUNI Pensando sobre o CDG O Capital de Giro é a graxa do negócio!!!

104 BRUNI Um conceito elementar … AC RLP AP PC ELP PL Capital de giro CDG = AC - PC

105 BRUNI Em Finanças.... Investimentos de giro Investimentos estruturais Financiamentos de Giro Financiamentos estruturais Capital de Giro

106 BRUNI Entendo os prazos Analisando os ciclos do negócio!

107 BRUNI Prazos e ciclos Tempo Pagamento Compra PMP Recebimento Venda PME PMRV Ciclo operacional Ciclo financeiro Fornecedores Estoques Contas a receber Ativo Circulante Passivo Circulante (-) Capital de Giro

108 BRUNI Tempo Pagamento Compra PMP Recebimento Venda PME PMRV Ciclo operacional Ciclo financeiro Ciclo econômico Ciclos e prazos

109 BRUNI Tempo Pagamento Compra PMP Recebimento Venda PME PMRV Ciclo operacional Ciclo financeiro Fornecedores Estoques Contas a receber Ativo Circulante Passivo Circulante (-) Capital de Giro Ciclo econômico Capital de giro...

110 BRUNI Com Impostos a pagar Pagamento Fornecedores Compra PMP Recebimento Venda PME PMRV Ciclo operacional Ciclo financeiro Fornecedores Estoques Contas a receber Ativo Circulante Passivo Circulante (-) Capital de Giro Ciclo econômico PMROF Impostos a pagar Pagamento OF

111 BRUNI Para fixar ainda mais... Resolva os exercícios do livro

112 BRUNI Capítulo A Demonstração do Resultado do Exercício 3

113 BRUNI Para fixar o aprendizado Todo o conteúdo dos slides está apresentado com maior profundidade no Capítulo 3 do livro A Contabilidade Empresarial, publicado pela Editora Atlas. Para adquirir o livro visite:

114 BRUNI Do capítulo anterior... Balanço Patrimonial Balanço Patrimonial Fotografia do Patrimônio Fotografia do Patrimônio Bens+DireitosObrigações PL Estático Fotografia

115 BRUNI Entre duas fotografias... O que ocorreu entre ambas? Novos relatórios e informações

116 BRUNI Entendendo o … Demonstrativo de Resultado do Exercício O que ocorreu com o dinheiro do dono?

117 BRUNI Novas informações AtivosPassivosFotografia 2004AtivosPassivosFotografia 2005 O que ocorreu? Lucro Caixa Demonstrativo do Resultado do Exercício

118 BRUNI Em linhas gerais... (+) Receitas do Exercício (-) Consumos do Exercício (=) Resultado do Exercício Lucro Prejuízo

119 BRUNI Entendendo caixa e lucro É preciso separar a forma de pensar da Contabilidade (Lucro, Competência) da de Finanças (Caixa, Dinheiro no Tempo)

120 BRUNI As diferenças... Contabilidade: Competência Contabilidade: Competência (+) Receitas do período (-) Consumos do período (=) Resultado do período Finanças: Caixa Finanças: Caixa (+) Recebimentos (-) Desembolsos (=) Movimento de caixa do período

121 BRUNI Entendendo os nomes do DRE É preciso entender a terminologia dos gastos

122 BRUNI Pensando sobre a … Terminologia dos gastos

123 BRUNI Gastos, custos e despesas... Gastos Investimentos Produto ou Serviço DespesaCusto Consumo para estoque Consumo no tempo

124 BRUNI Qual o custo? Qual o custo? Salário fabril: $500,00 Salário fabril: $500,00 Compra de máquina: $400,00 Compra de máquina: $400,00 Matéria-prima consumida: $200,00 Matéria-prima consumida: $200,00 Salário administrativo: $300,00 Salário administrativo: $300,00 Depreciação industrial: $700,00 Depreciação industrial: $700,00 A conta, por favor... $1.400,00

125 BRUNI Analisando um nome errado... Custo da Mercadoria Vendida

126 BRUNI Em uma loja... Loja Exterior Mercadoria Estoque ReceitaCaixa CMV Lucro Supondo Receitas maiores que CMVs DREBalanço Ativo Passivo e PL Lucro O Lucro é o cordão umbilical que liga BP e DRE

127 BRUNI Retirando do estoque O CMV representa as retiradas do estoque!!!

128 BRUNI Demonstração de Resultado Entendendo os custos CapitalEquipamentos Fornecedores Materiais Funcionários Estoques Finais Balanço Patrimonial Receitas (-) Deduções (-) CPV (-) Despesas (=) Lucro Tributável (-) IR (=) Lucro Líquido Consumo para estoque Consumo no tempo CPV … Custo ou despesa? Depreciação

129 BRUNI Conceito básico de custo Consumo para a produção de bem ou serviço Custo

130 BRUNI Fixando a aprendizagem … Industrial, fabril, produtivo = custos

131 BRUNI Fixando mais ainda … Administrativa, comercial, financeira = depesas

132 BRUNI No mundo real... Sob a óptica do empresário, para uma empresa que acumula estoque, é melhor ser custo ou despesa?

133 BRUNI Pensando bem... CustoEstoque CMV Balanço Patrimonial DRE Receitas Despesas LAIR (-) IR LL

134 BRUNI Pensando no agora! Despesa!!!!

135 BRUNI No mundo (ir) real... E para aumentar o lucro, é melhor ser custo ou despesa?

136 BRUNI Nem um nem outro !!! Investimento!!!!

137 BRUNI Analisando a... Contabilidade Criativa

138 BRUNI Remunerando o executivo... SalariozinhozinhoParticipaçãozona Para ganhar mais... Preço da ação deve subir... Quanto maior o lucro, melhor !!!

139 BRUNI Refletindo... Bens+DireitosObrigações PL Receitas (-) Despesas Lucro Desembolso de $400 mil Direito de uso e ganho futuro Consumo temporal Sem direito de uso e ganho futuro Reduz Lucro Reduz IR a pagar

140 BRUNI Uma solução mágica... Despesas classificadas como Investimentos Despesas classificadas como Investimentos Maior lucro Maior lucro Maior IR a pagar Maiores preços das ações Maiores preços das ações Maior remuneração dos executivos... Até que um dia...

141 BRUNI Usando a terminologia no DRE É preciso organizar as idéias!!!

142 BRUNI Calculando o Resultado Receita bruta de vendas (-) Deduções Receita líquida de vendas (-) Custo Mercadoria Vendida Resultado bruto (-) Despesas Resultado operacional (-) IR e CS Resultado líquido DevoluçõesDescontos Impostos sobre vendas Custo do serviço prestado Custo do produto vendido Administrativas Comerciais Financeiras Sobre Lucro Real ou Sobre Faturamento?

143 BRUNI Finanças versus Contabilidade Contabilidade Finanças AC RLP AP PC ELP PL Investimentos de giro Investimentos estruturais Financiamentos de Giro Financiamentos estruturais Receita bruta de vendas (-) Deduções Receita líquida de vendas (-) Custo Mercadoria Vendida Resultado bruto (-) Despesas Resultado operacional (-) IR e CS Resultado líquido Receita bruta de vendas (-) Deduções Receita líquida de vendas (-) Custo Mercadoria Vendida Resultado bruto (-) Despesas adm e comerciais LAJIR (-) Juros LAIR ou Resultado operacional (-) IR e CS Resultado líquido LAJIR e LAIR

144 BRUNI Para pensar sobre juros... Pedro Paga Juros andava preocupado... Pedro Paga Juros andava preocupado... O DRE do seu negócio indicava a presença de sucessivos prejuízos... O DRE do seu negócio indicava a presença de sucessivos prejuízos... Ele estava cético e desmotivado... Ele estava cético e desmotivado...

145 BRUNI DRE de Pedro Ano123 Receita (-) Ded-50 (-) CMV-250 (-) Desp Resultado

146 BRUNI Comentou com um especialista Preocupado com a situação. Pedro Procurou Armando Gastos Distintos, seu amigo há muitos anos, que entendia um pouco de Finanças. Preocupado com a situação. Pedro Procurou Armando Gastos Distintos, seu amigo há muitos anos, que entendia um pouco de Finanças. De imediato, Armando resolveu questionar o empresário. De imediato, Armando resolveu questionar o empresário. Alertou que seria preciso pensar com mais cuidado. Alertou que seria preciso pensar com mais cuidado. Boa parte das despesas do DRE são juros, decorrentes do alto endividamento, não inerente ao negócio! Boa parte das despesas do DRE são juros, decorrentes do alto endividamento, não inerente ao negócio!

147 BRUNI Armando Gastos Distintos É preciso separar os juros! Juros decorrem do endividamento e não do negócio!

148 BRUNI Alterando a forma de pensar Ano123 Receita (-) Ded-50 (-) CMV-250 (-) Desp Resultado (-) Desp Pr-50 LAJIR (-) Juros LAIR É preciso separar os juros das demais despesas adm e com

149 BRUNI Em Finanças.... Investimentos de giro Investimentos estruturais Financiamentos de Giro Financiamentos estruturais OperacionalFinanceiro

150 BRUNI Pensando em... Outro ponto importante!

151 BRUNI Pensando no leão … Imposto de renda sempre sobre Lucro Real

152 BRUNI Tributação das empresas Lucro real Lucro realReceitas (-) Gastos (=) Lucro real (-) IR e CS (=) Lucro líquido (=) Lucro líquido Lucro presumido Lucro presumidoReceitas (*) Base de cálculo (=) Lucro presumido (-) IR e CS Necessidade de comprovação! Pode ser mais vantajoso em função da estrutura de gastos ou documentação

153 BRUNI A melhor tributação Antes de escolher pela forma de tributação, a empresa deve analisar sua estrutura de gastos formais.

154 BRUNI Entendendo a... PerversidadeTributáriaBrasileira

155 BRUNI No Brasil... Prestação de serviço Valor: $100,00 PF(CPF) PJ(CNPJ) Valor$100 INSS $20 (-) ISS ($5) (-) IR ($27,5) (-) INSS ($11) $120 ($43,5) $56,5 $100 Impostos ($17) $83 46,9%

156 BRUNI Impostos presumidos Impostos Base de cálculo AlíquotaSubtotal Contribuição Social Sobre o Lucro (CSSL)32%9%2,88% Imposto de Renda (IR)32%15%4,80% Programa de Integração Social (PIS)0,65% Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS)3,00% Imposto sobre Serviços (ISS)5,00% Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF)0,38% Soma16,71%

157 BRUNI Para fixar ainda mais... Resolva os exercícios do livro

158 BRUNI Capítulo Outros demonstrativos contábeis 4

159 BRUNI Para fixar o aprendizado Todo o conteúdo dos slides está apresentado com maior profundidade no Capítulo 4 do livro A Contabilidade Empresarial, publicado pela Editora Atlas. Para adquirir o livro visite:

160 BRUNI Demonstrativos contábeis Já vimos anteriormente: Já vimos anteriormente: Balanço Patrimonial Balanço Patrimonial Demonstrativo de Resultado do Exercício Demonstrativo de Resultado do Exercício

161 BRUNI Outros demonstrativos... Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, DMPL Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, DMPL Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados, DLPA Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados, DLPA Demonstrativo das Origens e Aplicações dos Recursos, DOAR Demonstrativo das Origens e Aplicações dos Recursos, DOAR

162 BRUNI Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, DMPL Evidencia a mutação do PL em sentido global, destacando o resultado do exercício, as novas integralizações, os ajustes de exercícios anteriores, dividendos, reavaliações e outros, e em sentido restrito, destacando transferências de reservas e lucros, incorporações de reservas ao capital e outros. Evidencia a mutação do PL em sentido global, destacando o resultado do exercício, as novas integralizações, os ajustes de exercícios anteriores, dividendos, reavaliações e outros, e em sentido restrito, destacando transferências de reservas e lucros, incorporações de reservas ao capital e outros.

163 BRUNI Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados, DLPA Evidencia a composição da conta Lucros ou Prejuízos acumulados. De um modo geral, revela a mutação da conta Reserva de Lucros ou da conta Prejuízos a Recuperar durante o exercício social. Ou seja, exibe exclusivamente a coluna em apresentada em negrito na DMPL apresentada anteriormente. Logo a DMPL abrange a DLPA, que é um subconjunto da primeira. Evidencia a composição da conta Lucros ou Prejuízos acumulados. De um modo geral, revela a mutação da conta Reserva de Lucros ou da conta Prejuízos a Recuperar durante o exercício social. Ou seja, exibe exclusivamente a coluna em apresentada em negrito na DMPL apresentada anteriormente. Logo a DMPL abrange a DLPA, que é um subconjunto da primeira.

164 BRUNI Exemplo de DLPA Saldo no início do exercício ,00 (+ ou -) Ajuste de exercícios anteriores - Saldo ajustado ,00 (-) Parcela incorporada ao capital social (2.000,00) (+) Reversão de reservas - (+ ou -) Lucro ou prejuízo do exercício ,00 (-) Reserva legal (500,00) (-) Reserva estatutária (500,00) (-) Outras reservas - (-) Lucros ou dividendos pagos ou creditados (3.000,00) Saldo no final do exercício ,00

165 BRUNI Demonstrativo das Origens e Aplicações dos Recursos, DOAR Apresenta quais foram as origens e aplicações de recursos da entidade no período analisado. Seu objetivo básico consiste em explicar a variação ocorrida no Capital Circulante Líquido, apresentando as mutações ocorridas no Ativo e Passivo Circulante, relacionando às fontes e usos de recursos durante o período de um ano. Apresenta quais foram as origens e aplicações de recursos da entidade no período analisado. Seu objetivo básico consiste em explicar a variação ocorrida no Capital Circulante Líquido, apresentando as mutações ocorridas no Ativo e Passivo Circulante, relacionando às fontes e usos de recursos durante o período de um ano.

166 BRUNI Exmplo de DOAR ORIGENS$ Lucro líquido do exercício ,96 Depreciação do período ,40 Aumento do capital em dinheiro ,00 Aumento do passivo exigível a LP - Redução do ativo realizável a longo prazo 2.500,00 Alienação do Investimento - Alienação do imobilizado 3.510,00 Total da origens ,36 APLICAÇÕES$ Lucros ou dividendos distribuídos - Aumento do ativo permanente ,00 Aumento do ativo realizável a LP - Redução do passivo exigível a LP ,00 Total das aplicações ,00 - Variação capital circulante ,36

167 BRUNI DOAR (Cont.) CONTAS31/12/200331/12/2004Variação Ativo circulante , , ,04 Passivo circulante , ,86(49.127,68) Variação59.769,36

168 BRUNI Outras informações... Complementos às Demonstrações Financeiras Relatórios da Diretoria (ou da Administração) Notas Explicativas Parecer dos Auditores

169 BRUNI Novos tempos... Novas Demonstrações Contábeis Novas Demonstrações Contábeis Demonstração do Fluxo de Caixa Demonstração do Fluxo de Caixa Balanço Social ou Demonstração do Valor Adicionado Balanço Social ou Demonstração do Valor Adicionado

170 BRUNI Para fixar ainda mais... Resolva os exercícios do livro

171 BRUNI Capítulo Contas, Livros e Registros 5

172 BRUNI Para fixar o aprendizado Todo o conteúdo dos slides está apresentado com maior profundidade no Capítulo 5 do livro A Contabilidade Empresarial, publicado pela Editora Atlas. Para adquirir o livro visite:

173 BRUNI Pensando sobre... O lançamento contábil

174 BRUNI Um lançamento contábil... Consiste no registro manual ou através de sistemas dos fatos contábeis das alterações no patrimônio de uma entidade. Consiste no registro manual ou através de sistemas dos fatos contábeis das alterações no patrimônio de uma entidade. A escrituração representa a técnica contábil de se fazer os registros escritos com o objetivo de extrair informações sobre o patrimônio. A escrituração representa a técnica contábil de se fazer os registros escritos com o objetivo de extrair informações sobre o patrimônio. Os requisitos para uma boa escrituração consistem em: Os requisitos para uma boa escrituração consistem em: a) Documentação hábil e idônea a) Documentação hábil e idônea b) Existência de símbolos escritos que identifiquem os elementos patrimoniais b) Existência de símbolos escritos que identifiquem os elementos patrimoniais c) Livros próprios para registro dos fatos c) Livros próprios para registro dos fatos d) Observância dos princípios fundamentais da contabilidade d) Observância dos princípios fundamentais da contabilidade e) Utilização de método e linguagem próprios e) Utilização de método e linguagem próprios

175 BRUNI Conta ou rubrica contábil Consiste na representação gráfica que identifica os elementos patrimoniais. Consiste na representação gráfica que identifica os elementos patrimoniais. Correspondem à rótulos que identificam elementos de mesma natureza, sejam contas patrimoniais ou de resultado. Correspondem à rótulos que identificam elementos de mesma natureza, sejam contas patrimoniais ou de resultado. Todos os lançamentos contábeis são feitos através das contas. Todos os lançamentos contábeis são feitos através das contas.

176 BRUNI Organizando os registros... O plano de contas

177 BRUNI Modelo de plano de contas 1.Ativo 1.Ativo 1.1.Circulante 1.1.Circulante Disponível Disponível Caixa Caixa Bancos conta movimento Bancos conta movimento Aplicações financeiras Aplicações financeiras Clientes Clientes Duplicatas a receber Duplicatas a receber Duplicatas descontadas (conta credora) Duplicatas descontadas (conta credora) Provisão para dividendos duvidosos (conta credora) Provisão para dividendos duvidosos (conta credora) Outros Créditos Outros Créditos Promissórias a receber Promissórias a receber Empréstimos a receber Empréstimos a receber Dividendos a receber Dividendos a receber Adiantamento de salários Adiantamento de salários ICMS a recuperar ICMS a recuperar IRRF a recuperar IRRF a recuperar

178 BRUNI Sintéticas e analíticas ContaClassificação 1.AtivoSintética 1.1. CirculanteSintética EstoquesSintética MercadoriasAnalítica

179 BRUNI Plano de contas simples Ativo Ativo Caixa Caixa Contas a receber Contas a receber Estoques Estoques Veículos Veículos Imóveis Imóveis Passivo Passivo Fornecedores Fornecedores Outras contas a pagar Outras contas a pagar Financiamentos CP Financiamentos CP PL PL Capital Capital Resultados acumulados Resultados acumulados DRE DRE Receitas Receitas Custos Custos Despesas Despesas

180 BRUNI Aprendendo sobre... A transação contábil e os métodos de registro

181 BRUNI Dois métodos importantes... Método das partidas simples: envolve o controle de um só elemento. Por exemplo, livro Caixa Método das partidas simples: envolve o controle de um só elemento. Por exemplo, livro Caixa Método das partidas dobradas: permite controle de todos os elementos patrimoniais, Método das partidas dobradas: permite controle de todos os elementos patrimoniais, Não há devedor sem que haja credor. Não há devedor sem que haja credor. Cada débito deve corresponder a um crédito de igual valor. Cada débito deve corresponder a um crédito de igual valor. Por meio deste método, os registros são feitos inicialmente no livro Diário e, depois, no livro Razão. Por meio deste método, os registros são feitos inicialmente no livro Diário e, depois, no livro Razão.

182 BRUNI Luca Pacioli: o frade contador

183 BRUNI Uma idéia inovadora É preciso considerar as origens e os destinos dos dinheiros!! Débito Créditos

184 BRUNI Os registros e demonstrativos contábeis sempre revelam as Origens e Destinos dos recursos da entidade. DestinoOrigem O registro contábil... $

185 BRUNI No Balanço Patrimonial...

186 BRUNI Débitos e créditos... DébitoCrédito Aumento de contas do Ativo Redução de contas do Passivo Aumento de contas do Passivo Redução de contas do Ativo

187 BRUNI Exemplos didáticos do livro... a) Compra de mercadorias com pagamento a vista a) Compra de mercadorias com pagamento a vista débito na conta Mercadorias débito na conta Mercadorias crédito na conta Caixa; crédito na conta Caixa; b) Venda de imóvel a prazo b) Venda de imóvel a prazo débito em Contas a Receber débito em Contas a Receber crédito em Imóveis. crédito em Imóveis.

188 BRUNI Encontre débitos e créditos Compra de imóvel a vista Compra de imóvel a vista Pagamento em espécie a fornecedor Pagamento em espécie a fornecedor Recebimento de financiamento Recebimento de financiamento Imóvel Caixa Fornecedor Caixa Caixa Financiamento

189 BRUNI Entendendo os... Livros da empresa

190 BRUNI Tipos de livros... Livros fiscais: são exigidos pelo Fisco com o objetivo de controle de tributos por meio de legislação específica, nas três esferas de governo, Federal, Estadual e Municipal. Livros fiscais: são exigidos pelo Fisco com o objetivo de controle de tributos por meio de legislação específica, nas três esferas de governo, Federal, Estadual e Municipal. Livros sociais: exigidos pela legislação fiscal e comercial, conforme exposto no art. 100 da Lei 6.404/76. Livros sociais: exigidos pela legislação fiscal e comercial, conforme exposto no art. 100 da Lei 6.404/76. Livros trabalhistas: exigidos pela Consolidação das Leis do Trabalho, estando sujeitos à fiscalização na esfera federal. Livros trabalhistas: exigidos pela Consolidação das Leis do Trabalho, estando sujeitos à fiscalização na esfera federal. Livros contábeis: representam a escrituração e os conjuntos dos lançamentos feitos na contabilidade. São os que, de fato, interessam à Contabilidade. Os dois principais livros são o Diário e o Razão. Livros contábeis: representam a escrituração e os conjuntos dos lançamentos feitos na contabilidade. São os que, de fato, interessam à Contabilidade. Os dois principais livros são o Diário e o Razão.

191 BRUNI Entendendo os... Livros contábeis Livros contábeis Livro Diário Livro Diário Livro Razão Livro Razão

192 BRUNI Livro Diário Apresenta o registro dos fatos contábeis em ordem cronológica. Deve ser encadernado, com folhas numeradas de forma tipográfica e seqüencial. Apresenta o registro dos fatos contábeis em ordem cronológica. Deve ser encadernado, com folhas numeradas de forma tipográfica e seqüencial. A primeira e última páginas devem apresentar, respectivamente, os termos de abertura e encerramento, devidamente datados e assinados por contabilista legalmente habilitado e pelo representante legal da entidade. A primeira e última páginas devem apresentar, respectivamente, os termos de abertura e encerramento, devidamente datados e assinados por contabilista legalmente habilitado e pelo representante legal da entidade.

193 BRUNI Livro Razão Apresenta o resumo e a totalização, por conta e subconta dos lançamentos efetuados no Livro Diário. Os lançamentos contábeis feitos no Razão devem apresentar o número do documento, o que facilita a localização da documentação no caso de fiscalizações e das conciliações das contas. Sua escrituração deve ser feita de forma individualizada e em ordem cronológica, dispensando registro e autenticação. Apresenta o resumo e a totalização, por conta e subconta dos lançamentos efetuados no Livro Diário. Os lançamentos contábeis feitos no Razão devem apresentar o número do documento, o que facilita a localização da documentação no caso de fiscalizações e das conciliações das contas. Sua escrituração deve ser feita de forma individualizada e em ordem cronológica, dispensando registro e autenticação.

194 BRUNI Livros contábeis auxiliares Além dos livros contábeis principais, a entidade pode possuir outros livros auxiliares, como o Livro Caixa (que registra fatos com movimentação de dinheiro) ou Livro Contas Correntes (onde normalmente são registrados fatos com clientes, fornecedores e bancos). Além dos livros contábeis principais, a entidade pode possuir outros livros auxiliares, como o Livro Caixa (que registra fatos com movimentação de dinheiro) ou Livro Contas Correntes (onde normalmente são registrados fatos com clientes, fornecedores e bancos).

195 BRUNI Entendo a... Escrituração

196 BRUNI A escrituração consiste em... Técnica empregada para o preciso registro dos fatos contábeis de uma entidade. Quando o método das partidas dobradas é empregado, além dos valores e das contas debitadas e creditadas, o lançamento deve apresentar outros elementos essenciais, descritos como: Técnica empregada para o preciso registro dos fatos contábeis de uma entidade. Quando o método das partidas dobradas é empregado, além dos valores e das contas debitadas e creditadas, o lançamento deve apresentar outros elementos essenciais, descritos como: a) data da operação; b) conta a ser debitada; c) conta a ser creditada (precedido da expressão a); d) histórico; e) valor da operação em dinheiro.

197 BRUNI No Livro Diário Geral Deve preocupar-se em indicar o local e a data, a conta a ser debitada, a conta a ser creditada e o valor da transação, além de um pequeno histórico. Deve preocupar-se em indicar o local e a data, a conta a ser debitada, a conta a ser creditada e o valor da transação, além de um pequeno histórico.

198 BRUNI Analisando a... Patrimonial Pai Rico Ltda. No Livro Diário Geral

199 BRUNI Um exemplo didático... Para ilustrar o uso da escrituração no Livro Diário Geral, veja o exemplo de criação da Patrimonial Pai Rico Ltda., situada na cidade de São Paulo, e apresentado a seguir. Para ilustrar o uso da escrituração no Livro Diário Geral, veja o exemplo de criação da Patrimonial Pai Rico Ltda., situada na cidade de São Paulo, e apresentado a seguir.

200 BRUNI Fato 1. No Livro Diário Criação da empresa em 5. jan com capital igual a $ ,00 São Paulo, 05 de janeiro de Capital a integralizar aCapital subscrito$ ,00 Subscrição de capital da empresa Patrimonial Pai Rico Ltda., conforme contrato social registrado na Junta Comercial.

201 BRUNI Fato 2. No Livro Diário Integralização do capital da empresa em 6. jan São Paulo, 05 de janeiro de Bancos aCapital a integralizar $ ,00 Integralização do capital da empresa, conforme comprovante de depósito BB

202 BRUNI Fato 3. No Livro Diário Compra de imóvel em 10. jan , no valor de $80.000,00, sendo $40.000,00 pagos com cheque e o restante a prazo. São Paulo, 10 de janeiro de Imóveis$80.000,00 aBancos$40.000,00 aDuplicatas a pagar$40.000,00 Compra de imóvel conforme escritura registro número 4587/05, com 50% pago a vista com cheque BB número e o restante vencível em 30. ago

203 BRUNI Escriturando no... Livro Razão

204 BRUNI No Livro Razão A escrituração no Livro Razão possibilita obter, a qualquer momento, o saldo de uma determinada conta contábil. O livro mostra os lançamentos a débito e a crédito em cada conta e, por conseqüência, o seu saldo. A escrituração no Livro Razão possibilita obter, a qualquer momento, o saldo de uma determinada conta contábil. O livro mostra os lançamentos a débito e a crédito em cada conta e, por conseqüência, o seu saldo. Os registros no Livro Razão envolvem o uso de contas T, contas em T, razonetes em T, ou, simplesmente, razonetes. Os razonetes permitem uma simplificação da mecânica do registro das transações contábeis feitas no livro. Os registros no Livro Razão envolvem o uso de contas T, contas em T, razonetes em T, ou, simplesmente, razonetes. Os razonetes permitem uma simplificação da mecânica do registro das transações contábeis feitas no livro.

205 BRUNI As contas tês... Genericamente, uma conta T ou razonete representa cada uma das contas da entidade, apresentada como contas analíticas do Plano de Contas. Genericamente, uma conta T ou razonete representa cada uma das contas da entidade, apresentada como contas analíticas do Plano de Contas.

206 BRUNI As contas T Facilitam o processo de registro dos fatos contábeis Entendendo o registro...

207 BRUNI Registro das origens dos recursos Registro dos destinos dos recursos Exemplo didático

208 BRUNI Para fixar ainda mais... Resolva os exercícios do livro

209 BRUNI Tópicos importantes e … Extras!

210 BRUNI Fonte das figuras utilizadas Quase todas as figuras utilizadas neste conjunto de slides foram obtidas das seguintes fontes: Quase todas as figuras utilizadas neste conjunto de slides foram obtidas das seguintes fontes: MultImídia Pack. Revista Expert Premium, São Paulo: CD Expert Editora e Distribuidora Ltda, MultImídia Pack. Revista Expert Premium, São Paulo: CD Expert Editora e Distribuidora Ltda, Multimídia Pack. Revista Expert Premium, São Paulo: CD Expert Editora e Distribuidora Ltda, Multimídia Pack. Revista Expert Premium, São Paulo: CD Expert Editora e Distribuidora Ltda, 2000.

211 BRUNI Dicas de Bruni! Conheça todos os nossos livros!

212 BRUNI Série Desvendando As Finanças Os livros da série abordam da forma mais clara e didática possível os principais conceitos associados às finanças empresariais. Os volumes contêm grande diversidade de exemplos, exercícios e estudos de casos, integralmente resolvidos. Outros recursos importantes dos textos consistem em aplicações na calculadora HP12C e na planilha eletrônica Excel. Os livros da série abordam da forma mais clara e didática possível os principais conceitos associados às finanças empresariais. Os volumes contêm grande diversidade de exemplos, exercícios e estudos de casos, integralmente resolvidos. Outros recursos importantes dos textos consistem em aplicações na calculadora HP12C e na planilha eletrônica Excel.

213 BRUNI A Administração de Custos, Preços e Lucros Apresenta os principais conceitos associados ao processo de registro e apuração de custos e formação de preços, enfatizando os aspectos gerenciais, relativos à tomada de decisão sobre custos e preços. Fornece uma ampla visão da contabilidade financeira dos custos, explorando com maior profundidade a contabilidade gerencial dos lucros e ganhos. Discute os efeitos dos impostos sobre custos, preços e lucros. Por fim, estabelece a relação do preço com o marketing e a estratégia do negócio. Para facilitar a aplicação dos conteúdos, apresenta inúmeros exemplos com o auxílio da calculadora HP12C e da planilha eletrônica Microsoft Excel. Apresenta os principais conceitos associados ao processo de registro e apuração de custos e formação de preços, enfatizando os aspectos gerenciais, relativos à tomada de decisão sobre custos e preços. Fornece uma ampla visão da contabilidade financeira dos custos, explorando com maior profundidade a contabilidade gerencial dos lucros e ganhos. Discute os efeitos dos impostos sobre custos, preços e lucros. Por fim, estabelece a relação do preço com o marketing e a estratégia do negócio. Para facilitar a aplicação dos conteúdos, apresenta inúmeros exemplos com o auxílio da calculadora HP12C e da planilha eletrônica Microsoft Excel. Capítulos: 1. Os custos, a contabilidade e as finanças; 2. Os custos e a contabilidade financeira; 3. Os custos e a contabilidade gerencial; 4. os custos e seus componentes; 5. Os custos e a margem de contribuição; 6. Tributos, custos e preços; 7. Os custos, os preços e os lucros; 8. Os preços, o marketing e a estratégia; 9. O modelo Custofacil.xls. Capítulos: 1. Os custos, a contabilidade e as finanças; 2. Os custos e a contabilidade financeira; 3. Os custos e a contabilidade gerencial; 4. os custos e seus componentes; 5. Os custos e a margem de contribuição; 6. Tributos, custos e preços; 7. Os custos, os preços e os lucros; 8. Os preços, o marketing e a estratégia; 9. O modelo Custofacil.xls.

214 BRUNI A Contabilidade Empresarial Ilustra os conceitos associados à Contabilidade, seus principais demonstrativos e informações relevantes no processo de tomada de decisões. Fornece uma visão geral nos números registrados pela Contabilidade e suas relações com o processo de Administração Financeira. Em capítulos específicos, discute o Balanço Patrimonial e a Demonstração de Resultado do Exercício. Traz uma grande variedade de exemplos e exercícios, com muitas questões objetivas. No último capítulo, ilustra alguns usos e aplicações da Contabilidade na planilha eletrônica Microsoft Excel. Ilustra os conceitos associados à Contabilidade, seus principais demonstrativos e informações relevantes no processo de tomada de decisões. Fornece uma visão geral nos números registrados pela Contabilidade e suas relações com o processo de Administração Financeira. Em capítulos específicos, discute o Balanço Patrimonial e a Demonstração de Resultado do Exercício. Traz uma grande variedade de exemplos e exercícios, com muitas questões objetivas. No último capítulo, ilustra alguns usos e aplicações da Contabilidade na planilha eletrônica Microsoft Excel. Capítulos: 1. Conceitos; 2. O Balanço Patrimonial, 3. A Demonstração do Resultado do Exercício; 4. Outros Demonstrativos Contábeis; 5. Contas, Livros e Registros; 6. Operações com Mercadorias; 7. O Modelo CONTAFACIL.XLS. Capítulos: 1. Conceitos; 2. O Balanço Patrimonial, 3. A Demonstração do Resultado do Exercício; 4. Outros Demonstrativos Contábeis; 5. Contas, Livros e Registros; 6. Operações com Mercadorias; 7. O Modelo CONTAFACIL.XLS.

215 BRUNI As Decisões de Investimentos Apresenta e discute os conceitos básicos associados ao processo de avaliação de investimentos em Finanças. Começa com a definição do problema de tomada de decisões em Finanças, e avança pela construção do fluxo de caixa livre e da estimativa do custo médio ponderado de capital. Mostra as principais técnicas de avaliação disponíveis, incluindo payback, valor presente, futuro e uniforme líquido, e as taxas interna e externa de retorno, e a taxa interna de juros. Para facilitar a leitura e o processo de aprendizagem, diversos exercícios apresentam solução completa na HP 12C. Muitos exercícios também apresentam resolução com o apoio da planilha eletrônica Microsoft Excel. O final do livro traz o software Investfácil.xls, que simplifica as operações com o auxílio da planilha eletrônica Microsoft Excel. Apresenta e discute os conceitos básicos associados ao processo de avaliação de investimentos em Finanças. Começa com a definição do problema de tomada de decisões em Finanças, e avança pela construção do fluxo de caixa livre e da estimativa do custo médio ponderado de capital. Mostra as principais técnicas de avaliação disponíveis, incluindo payback, valor presente, futuro e uniforme líquido, e as taxas interna e externa de retorno, e a taxa interna de juros. Para facilitar a leitura e o processo de aprendizagem, diversos exercícios apresentam solução completa na HP 12C. Muitos exercícios também apresentam resolução com o apoio da planilha eletrônica Microsoft Excel. O final do livro traz o software Investfácil.xls, que simplifica as operações com o auxílio da planilha eletrônica Microsoft Excel. Capítulos: 1. Conceitos iniciais, HP12c, Excel e o modelo Investfacil.xls; 2. A estimativa dos fluxos futuros; 3. Custo de capital; 4. O processo de avaliação e análise dos prazos de recuperação do capital investido; 5. A análise de valores; 6. A análise de taxas; 7. A seleção de projetos de investimento; 8. O modelo Investfacil.xls. Capítulos: 1. Conceitos iniciais, HP12c, Excel e o modelo Investfacil.xls; 2. A estimativa dos fluxos futuros; 3. Custo de capital; 4. O processo de avaliação e análise dos prazos de recuperação do capital investido; 5. A análise de valores; 6. A análise de taxas; 7. A seleção de projetos de investimento; 8. O modelo Investfacil.xls.

216 BRUNI A Matemática das Finanças Apresenta de forma simples e clara os principais conceitos da Matemática Financeira. Inicia com a definição dos diagramas de fluxo de caixa e avança pelos regimes de capitalização simples e composta. Discute, com muitos exemplos, as séries uniformes e não uniformes e os sistemas de amortização. Para tornar o aprendizado mais fácil, explica o uso da calculadora HP 12C, mostrando quase todos os exercícios solucionados com seu auxílio. Também aborda o uso da planilha eletrônica Microsoft Excel em Matemática Financeira, apresentado o software Matemágica.xls - que torna ainda mais simples as operações algébricas em finanças. Apresenta de forma simples e clara os principais conceitos da Matemática Financeira. Inicia com a definição dos diagramas de fluxo de caixa e avança pelos regimes de capitalização simples e composta. Discute, com muitos exemplos, as séries uniformes e não uniformes e os sistemas de amortização. Para tornar o aprendizado mais fácil, explica o uso da calculadora HP 12C, mostrando quase todos os exercícios solucionados com seu auxílio. Também aborda o uso da planilha eletrônica Microsoft Excel em Matemática Financeira, apresentado o software Matemágica.xls - que torna ainda mais simples as operações algébricas em finanças. Capítulos: 1. Conceitos iniciais e diagramas de fluxo de caixa; 2. A HP 12c e o Excel; 3. Juros simples; 4. Desconto comercial e bancário; 5. Juros compostos; 6. Taxas nominais e unificadas; 7. Anuidades ou séries; 8. Sistemas de amortização; 9. Séries não uniformes; 10. A planilha Matemagica.xls. Capítulos: 1. Conceitos iniciais e diagramas de fluxo de caixa; 2. A HP 12c e o Excel; 3. Juros simples; 4. Desconto comercial e bancário; 5. Juros compostos; 6. Taxas nominais e unificadas; 7. Anuidades ou séries; 8. Sistemas de amortização; 9. Séries não uniformes; 10. A planilha Matemagica.xls.

217 BRUNI Série Finanças na Prática Oferece uma idéia geral das Finanças, desmistificando as eventuais dificuldades da área. Aborda de forma prática, com muitos exemplos e exercícios, as principais tarefas associadas às Finanças. Oferece uma idéia geral das Finanças, desmistificando as eventuais dificuldades da área. Aborda de forma prática, com muitos exemplos e exercícios, as principais tarefas associadas às Finanças.

218 BRUNI Gestão de Custos e Formação de Preços Fornece ao leitor elementos de gestão de custos, com o objetivo de, principalmente, demonstrar como administrá-los. Além de identificar os componentes dos custos empresariais, os sistemas de custeio, o efeito dos tributos sobre preços e custos, focaliza os aspectos estratégicos que determinam a existência de custos em condições de minimizá-los e obter deles, quando controlados, os melhores benefícios. Dividido em 20 capítulos, inclui 150 exercícios resolvidos, a planilha CUSTOS.XLS e o conjunto de apresentações CUSTOS.PPT. Acompanha o livro um CD com as transparências e planilhas eletrônicas. Fornece ao leitor elementos de gestão de custos, com o objetivo de, principalmente, demonstrar como administrá-los. Além de identificar os componentes dos custos empresariais, os sistemas de custeio, o efeito dos tributos sobre preços e custos, focaliza os aspectos estratégicos que determinam a existência de custos em condições de minimizá-los e obter deles, quando controlados, os melhores benefícios. Dividido em 20 capítulos, inclui 150 exercícios resolvidos, a planilha CUSTOS.XLS e o conjunto de apresentações CUSTOS.PPT. Acompanha o livro um CD com as transparências e planilhas eletrônicas. Capítulos: 1. Introdução à gestão de custos; 2. Material direto; 3. Mão-de-obra direta; 4. Custos indiretos de fabricação; 5. Custeio por departamentos; 6. Custeio por processos; 7. Custeio por ordens de produção; 8. Custeio-padrão; 9. Custeio baseado em atividades; 10. Custos da produção conjunta; 11. Custeio variável; 12. Custos para decisão; 13. Efeito dos tributos sobre custos e preços; 14. Formação de preços: aspectos quantitativos; 15. Formação de preços: aspectos qualitativos; 16. Custos e estratégia; 17. Métodos quantitativos aplicados a custos; 18. Aplicações da calculadora HP 12c; 19. Aplicações do Excel: usos genéricos; 20. Aplicações do Excel: usos em custos e preços. Capítulos: 1. Introdução à gestão de custos; 2. Material direto; 3. Mão-de-obra direta; 4. Custos indiretos de fabricação; 5. Custeio por departamentos; 6. Custeio por processos; 7. Custeio por ordens de produção; 8. Custeio-padrão; 9. Custeio baseado em atividades; 10. Custos da produção conjunta; 11. Custeio variável; 12. Custos para decisão; 13. Efeito dos tributos sobre custos e preços; 14. Formação de preços: aspectos quantitativos; 15. Formação de preços: aspectos qualitativos; 16. Custos e estratégia; 17. Métodos quantitativos aplicados a custos; 18. Aplicações da calculadora HP 12c; 19. Aplicações do Excel: usos genéricos; 20. Aplicações do Excel: usos em custos e preços.

219 BRUNI Matemática Financeira com HP 12C e Excel Traz os principais conceitos de Matemática Financeira. Aborda tópicos referentes às operações com juros simples, compostos, descontos, equivalência de capitais e taxas, séries uniformes e não uniformes e sistemas de pagamento. Para facilitar o aprendizado, traz exercícios propostos, todos com respostas e vários com soluções integrais. Apresenta e discute ainda ferramentas aplicadas à Matemática Financeira, como a calculadora HP12C e a planilha eletrônica Excel. Em relação ao Excel, diversos modelos prontos, com fácil utilização e aplicabilidade prática, estão na planilha MATFIN.XLS, presente no CD que acompanha o livro. Todos os modelos e as instruções para serem utilizados também estão disponíveis no decorrer do texto. Destaca-se também o conjunto de apresentações MATFIN.PPT, igualmente apresentado no CD, elaborado no Microsoft PowerPoint, e que ilustra com recursos audiovisuais alguns dos conceitos abordados no livro. Docentes poderão empregá-lo como material adicional das atividades de classe e estudantes poderão aplicá-lo na revisão dos conteúdos da obra. Traz os principais conceitos de Matemática Financeira. Aborda tópicos referentes às operações com juros simples, compostos, descontos, equivalência de capitais e taxas, séries uniformes e não uniformes e sistemas de pagamento. Para facilitar o aprendizado, traz exercícios propostos, todos com respostas e vários com soluções integrais. Apresenta e discute ainda ferramentas aplicadas à Matemática Financeira, como a calculadora HP12C e a planilha eletrônica Excel. Em relação ao Excel, diversos modelos prontos, com fácil utilização e aplicabilidade prática, estão na planilha MATFIN.XLS, presente no CD que acompanha o livro. Todos os modelos e as instruções para serem utilizados também estão disponíveis no decorrer do texto. Destaca-se também o conjunto de apresentações MATFIN.PPT, igualmente apresentado no CD, elaborado no Microsoft PowerPoint, e que ilustra com recursos audiovisuais alguns dos conceitos abordados no livro. Docentes poderão empregá-lo como material adicional das atividades de classe e estudantes poderão aplicá-lo na revisão dos conteúdos da obra. Capítulos: 1. Matemática financeira e diagrama de fluxo de caixa; 2. Revisão de matemática elementar; 3. A calculadora HP 12c; 4. O Excel e a planilha Matfin.xls; 5. Juros simples; 6. Juros compostos; 7. Operações com taxas de juros; 8. Séries uniformes; 9. Sistemas de amortização; 10. Séries não uniformes; 11. Capitalização contínua. Capítulos: 1. Matemática financeira e diagrama de fluxo de caixa; 2. Revisão de matemática elementar; 3. A calculadora HP 12c; 4. O Excel e a planilha Matfin.xls; 5. Juros simples; 6. Juros compostos; 7. Operações com taxas de juros; 8. Séries uniformes; 9. Sistemas de amortização; 10. Séries não uniformes; 11. Capitalização contínua.

220 BRUNI Um conjunto de … Outros livros

221 BRUNI Mercados Financeiros para a Certificação Profissional Anbid 10 Apresenta uma introdução aos mercados financeiros, adequada às normas apresentadas pela Associação Nacional de Bancos de Investimentos (Anbid) para o seu Exame de certificação Profissional Anbid -Série 10 (CPA- 10), que faz parte do Programa de Certificação Continuada da Anbid e tem como principal objetivo a contínua elevação da capacitação técnica dos profissionais alocados em agências bancárias e que têm contato direto com o público na comercialização de produtos de investimento. Apresenta uma introdução aos mercados financeiros, adequada às normas apresentadas pela Associação Nacional de Bancos de Investimentos (Anbid) para o seu Exame de certificação Profissional Anbid -Série 10 (CPA- 10), que faz parte do Programa de Certificação Continuada da Anbid e tem como principal objetivo a contínua elevação da capacitação técnica dos profissionais alocados em agências bancárias e que têm contato direto com o público na comercialização de produtos de investimento. Constituído de sete capítulos, o texto apresenta inicialmente os conceitos gerais sobre o tema, como poupar e investir, intermediação e segmentação dos mercados financeiros. Os capítulos seguintes são: sistema financeiro nacional, ética e regulamentação, noções de economia e finanças, princípios de investimento, fundos de investimento, que incluem ações, letras hipotecárias, swaps, certificados de depósito bancário, debêntures, notas promissórias e títulos públicos. Constituído de sete capítulos, o texto apresenta inicialmente os conceitos gerais sobre o tema, como poupar e investir, intermediação e segmentação dos mercados financeiros. Os capítulos seguintes são: sistema financeiro nacional, ética e regulamentação, noções de economia e finanças, princípios de investimento, fundos de investimento, que incluem ações, letras hipotecárias, swaps, certificados de depósito bancário, debêntures, notas promissórias e títulos públicos. Capítulos: 1. Conceitos gerais; 2. Sistema Financeiro Nacional; 3. Ética e regulamentação; 4. Noções de economia e finanças; 5. Princípios de investimentos; 6. Fundos de investimento; 7. Demais produtos de investimento. Capítulos: 1. Conceitos gerais; 2. Sistema Financeiro Nacional; 3. Ética e regulamentação; 4. Noções de economia e finanças; 5. Princípios de investimentos; 6. Fundos de investimento; 7. Demais produtos de investimento.

222 BRUNI Estatística Aplicada à Gestão Empresarial Apresenta de forma clara e simples os principais conceitos de Estatística aplicada à gestão empresarial. Ilustra seus conceitos e usos com muitos exemplos fáceis e didáticos. Inicia com a apresentação da Estatística, suas definições e classificações. Avança pela tabulação dos dados e construção de gráficos. Discute as probabilidades e as distribuições binomial, de Poisson e normal com grande variedade de aplicações. Aborda inferências, estimações, intervalos de confiança e testes paramétricos e não paramétricos de hipóteses. Traz as análises de regressão e correlação, com muitas aplicações práticas. Por fim, discute os números índices e as séries temporais. Ao todo, propõe e responde mais de 650 exercícios. Apresenta de forma clara e simples os principais conceitos de Estatística aplicada à gestão empresarial. Ilustra seus conceitos e usos com muitos exemplos fáceis e didáticos. Inicia com a apresentação da Estatística, suas definições e classificações. Avança pela tabulação dos dados e construção de gráficos. Discute as probabilidades e as distribuições binomial, de Poisson e normal com grande variedade de aplicações. Aborda inferências, estimações, intervalos de confiança e testes paramétricos e não paramétricos de hipóteses. Traz as análises de regressão e correlação, com muitas aplicações práticas. Por fim, discute os números índices e as séries temporais. Ao todo, propõe e responde mais de 650 exercícios. Capítulos: 1. Estatística e análise exploratória de dados, 2. Gráficos, 3. Medidas de posição central, 4. Medidas de dispersão, 5. Medidas de ordenamento e forma, 6. Probabilidade, 7. Variáveis aleatórias e distribuições de probabilidades, 8. Amostragem, 9. Estimação, 10. Testes paramétricos, 11. Testes não paramétricos, 12. Correlação e regressão linear, 13. Números índices, 14. Séries e previsões temporais. Capítulos: 1. Estatística e análise exploratória de dados, 2. Gráficos, 3. Medidas de posição central, 4. Medidas de dispersão, 5. Medidas de ordenamento e forma, 6. Probabilidade, 7. Variáveis aleatórias e distribuições de probabilidades, 8. Amostragem, 9. Estimação, 10. Testes paramétricos, 11. Testes não paramétricos, 12. Correlação e regressão linear, 13. Números índices, 14. Séries e previsões temporais.


Carregar ppt "BRUNI Slides de apoio ao livro Todo o conteúdo dos slides está apresentado no livro A Contabilidade Empresarial, publicado pela Editora Atlas. Adriano."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google