A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

E aí, Pode Dar Certo? Monica Baumgarten de Bolle IEPE/CdG 04/05/2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "E aí, Pode Dar Certo? Monica Baumgarten de Bolle IEPE/CdG 04/05/2012."— Transcrição da apresentação:

1 E aí, Pode Dar Certo? Monica Baumgarten de Bolle IEPE/CdG 04/05/2012

2 A Batalha dos Juros Presidente briga com os bancos e aciona política agressiva das instituições públicas; Presidente insiste que é preciso combater a tríade perversa da economia brasileira: juros, câmbio e carga tributária. Presidente muda as regras da caderneta de poupança para possibilitar uma queda mais acentuada da taxa básica de juros.

3 DDC e a Fadiga Dionisio já dizia: sem as reformas necessárias para fortalecer a estabilização macroeconômica, chegará o dia em que a população se cansará da estratégia de manter a inflação baixa com juros muito elevados. Chegou o dia.

4 E... O ambiente interno é de atividade resfolegante com uma taxa de inflação razoavelmente controlada. As expectativas de inflação para 2012 estão próximas de 5%; para 2013 estão, por enquanto, em 5,5%. O ambiente externo sanciona nossos experimentalismos. Mesmo que, em algum momento, a inflação lá fora volte a ser um risco. Afinal, é sempre possível justificar a inflação importada como um choque exógeno – fizemos isso em 2011 sem problema algum (para a popularidade do governo).

5 Pode dar certo? O que significa dar certo? Significa que, ainda que a inflação se acelere, digamos para uns 6%, desde que não fuja muito disso, a política funcionou (i.e. o BC não precisa voltar subir os juros tão cedo...). E a verdade é que nunca testamos juros baixos em um ambiente de normalidade macroeconômica, coroada pelo grau de investimento e tudo o mais...


Carregar ppt "E aí, Pode Dar Certo? Monica Baumgarten de Bolle IEPE/CdG 04/05/2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google