A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

. ANÁLISE DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÕES FISCAIS COMO FERRAMENTA DE GESTÃO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: ". ANÁLISE DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÕES FISCAIS COMO FERRAMENTA DE GESTÃO."— Transcrição da apresentação:

1 . ANÁLISE DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÕES FISCAIS COMO FERRAMENTA DE GESTÃO.

2 INTRODUÇÃO O problema objeto de estudo é o excesso de sistemas de informações no setor fiscal, a hipótese levantada é que os mesmos ocasionam impactos econômicos e retrabalhos aos escritórios contábeis, a justificativa da escolha do tema em estudo, é avaliar as implicações dos sistemas de informação seja nos aspectos fiscais, tributários e econômicos.

3 INTRODUÇÃO O objetivo consiste em mapear os sistemas de Informações Fiscais e suas implicações nos custos com mão-de-obra especializada e retrabalhos na CCG Assessoria e Empreendimentos Ltda., foram definidos objetivos específicos como: Levantar e analisar os custos de mão - de - obra e retrabalhos; Avaliar os custos de implementação e utilização dos aplicativos e Avaliar freqüência e periodicidade das informações.

4 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA A intensificação das atividades comerciais desencadeou a necessidade de controle. A contabilidade despontou como o instrumento capaz de fornecer as informações necessárias para o gerenciamento dos negócios OLIVEIRA,(2003,p.21).

5 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA Na verdade, o desenvolvimento do conhecimento humano, além de exigir continua especialização, acaba por provocar também crescente necessidade de gente capaz de relacionar as partes como o todo,... capaz de sintetizar complexidades BIO (1996, p. 17).

6 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA O sistema de informação é uma ferramenta integrada ao processo de gerenciamento das informações, depois de analisar varias situações, Padoveze (2002) afirma que a produção de informações pode gerar até a criação de atividades desnecessárias à empresa no cumprimento de sua missão.

7 METODOLOGIA QUANTO A NATUREZA – Qualitativa e Quantitativa. QUANTO AOS FINS – Pesquisa Descritiva e Explicativa. QUANTO AOS MEIOS – Bibliográfica e Estudo de Caso. UNIVERSO E AMOSTRA. Universo. As Empresas de Serviços Contábeis de Manaus. Amostra. CCG Assessoria e Empreendimentos Ltda. > Por acessibilidade.

8 ANALISE DOS RESULTADOS Em relação ao impacto dos custos na receita da empresa, na hipótese de mudança na coleta de dados onde houvesse a massificação de informações, teríamos uma redução nos custos operacionais? Segundo os respondentes, sim, principalmente quando falamos de obrigações acessórias, hoje, por exemplo, o fisco mudou a recepção DACON, antes eram quatro declarações, ou seja, (trimestral), hoje são doze passou a ser (mensal). O fisco poderia trabalhar somente com a DIPJ, instrumento este necessário onde todas as informações do ano fossem descritas, nos possibilitaria maior tempo para atualização e qualificação profissional.

9 CONCLUSÕES Conforme pesquisa realizada, verificou-se que os sistemas de informações não podem ficar limitados apenas aos fatos que registram, o impacto financeiro na empresa deve merecer atenção especial, e, assim prover os conhecimentos e desenvolvimentos tecnológicos que facilitem a curto prazo o controle financeiro do futuro.

10 RECOMENDAÇÕES Recomenda-se ainda, a elaboração de novas ferramentas, com o objetivo de auxiliar os gestores das empresas contábeis no que tange ao processo de tomada de decisão, motivando as empresas contábeis com isso, a utilizar-se de instrumentos mais seguros e mais dinâmicos capazes de determinar corretamente os impactos econômicos e retrabalhos nas empresas contábeis.


Carregar ppt ". ANÁLISE DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÕES FISCAIS COMO FERRAMENTA DE GESTÃO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google