A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

4º Domingo do Advento A Virgem conceberá o Deus Conosco.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "4º Domingo do Advento A Virgem conceberá o Deus Conosco."— Transcrição da apresentação:

1

2 4º Domingo do Advento A Virgem conceberá o Deus Conosco

3 Amados irmãos e irmãs eleitos em Cristo Jesus! Sejam muito bem-vindos a esta Celebração Eucarística.

4 Estamos aqui reunidos em torno deste altar para fazermos Memória de Jesus o nosso Senhor, a qual é fruto da promessa de Deus,

5 feita aos nossos antepassados na fé. No entanto, é preciso estar disponível à vontade de Deus e aos irmãos a exemplo de Cristo.

6 E, ao mesmo tempo, com a certeza no coração de que Cristo, cumprindo a vontade do Pai, definitivamente nos concedeu a

7 salvação. Por isso, bem-aventurado todo aquele que crê e espera a vinda do Filho de Deus,

8 como Maria acreditou e esperou ansiosamente o Filho de Deus em seu ventre. Cantemos!

9

10 Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

11 Irmãos e irmãs eleitos segundo a presciência de Deus Pai, pela santificação do Espírito para obedecer a Jesus Cristo e participar da

12 bênção da aspersão do seu sangue, graça e paz vos sejam concedidas abundantemente.

13 Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

14

15 Em Jesus Cristo, o Justo, que intercede por nós e nos reconcilia com o Pai, abramos o nosso espírito ao

16 arrependimento para sermos menos indignos de aproximar-nos da mesa do Senhor.

17

18 Senhor, que viestes ao mundo para nos salvar, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

19 Cristo, que continuamente nos visitais com a graça do vosso Espírito, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós.

20 Senhor, que vireis um dia para julgar nossas obras, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

21 Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. - Amém.

22

23 OREMOS: Derramai, ó Deus, a vossa graça em nossos corações para que, conhecendo pela mensagem do Anjo

24 a encarnação do vosso Filho, cheguemos, por sua paixão e cruz, à glória da ressurreição.

25 Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

26

27 PRIMEIRA LEITURA – Mq 5,1-4a Leitura da Profecia de Miqueias

28 Assim diz o Senhor: 1 Tu, Belém de Éfrata, pequenina entre os mil povoados de Judá,

29 de ti há de sair aquele que dominará em Israel; sua origem vem de tempos remotos, desde os dias da eternidade.

30 2 Deus deixará seu povo ao abandono, até ao tempo em que uma mãe der à luz; e o resto de seus irmãos se voltará para os filhos de Israel.

31 3 Ele não recuará, apascentará com a força do Senhor e com a majestade do nome do Senhor seu Deus;

32 os homens viverão em paz, pois ele agora estenderá o poder até aos confins da terra, 4 e ele mesmo será a Paz.

33 Palavra do Senhor. Graças a Deus!

34

35 SALMO RESPONSORIAL – Sl 79(80) Iluminai a vossa face sobre nós, / convertei-nos para que sejamos salvos!

36 1. Ó Pastor de Israel, prestai ouvidos. Vós que sobre os querubins vos assentais, / aparecei cheio de glória e esplendor!

37 Despertai vosso poder, ó nosso Deus / e vinde logo nos trazer a salvação!

38 Iluminai a vossa face sobre nós, / convertei-nos para que sejamos salvos!

39 2. Voltai-vos para nós, Deus do universo! Olhai dos altos céus e observai. / Visitai a vossa vinha e protegei-a!

40 Foi a vossa mão direita que a plantou; / protegei-a, e ao rebento que firmastes!

41 Iluminai a vossa face sobre nós, / convertei-nos para que sejamos salvos!

42 3. Pousai a mão por sobre o vosso Protegido, / o filho do homem que escolhestes para vós!

43 E nunca mais vos deixaremos, Senhor Deus! / Dai-nos vida, e louvaremos vosso nome!

44 Iluminai a vossa face sobre nós, / convertei-nos para que sejamos salvos!

45

46 SEGUNDA LEITURA – Hb 10,5-10 Leitura da Carta aos Hebreus

47 Irmãos: 5 Ao entrar no mundo, Cristo afirma: Tu não quiseste vítima nem oferenda, mas formaste-me um corpo.

48 6 Não foram do teu agrado holocaustos nem sacrifícios pelo pecado.

49 7 Por isso eu disse: Eis que venho. No livro está escrito a meu respeito: Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade.

50 8 Depois de dizer: Tu não quiseste nem te agradaram vítimas, oferendas,

51 holocaustos, sacrifícios pelo pecado – coisas oferecidas segundo a Lei –

52 9 ele acrescenta: Eu vim para fazer a tua vontade. Com isso, suprime o primeiro sacrifício, para estabelecer o segundo.

53 10 É graças a esta vontade que somos santificados pela oferenda do corpo de Jesus Cristo, realizada uma vez por todas.

54 Palavra do Senhor. Graças a Deus!

55

56 O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós. EVANGELHO – Lc 1,39-45

57 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas. Glória a vós, Senhor.

58 39 Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judeia.

59 40 Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel.

60 41 Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo.

61 42 Com um grande grito, exclamou: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!

62 43 Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar?

63 44 Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre.

64 45 Bem-aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido, o que o Senhor lhe prometeu.

65 Palavra da Salvação. Glória a vós, Senhor.

66

67 Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra. E em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor,

68 que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria; padeceu sob Pôncio Pilatos,

69 foi crucificado, morto e sepultado. Desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia,

70 subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo- poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos.

71 Creio no Espírito Santo; na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos;

72 na remissão dos pecados; na ressurreição da carne; na vida eterna. Amém.

73

74 Rezemos: Senhor, glorificado seja o vosso nome!

75 Fazei, Senhor, que o Papa e os bispos cumpram a missão de cuidar e santificar a Igreja para que, no dia

76 derradeiro, nos encontre a todos santos e irrepreensíveis. Senhor, glorificado seja o vosso nome!

77 Fazei, Senhor, que nossa Diocese, sob a orientação do nosso bispo Dom Moacir, nossos padres e diáconos, sejam iluminados pelo seu

78 Espírito para assim produzirmos muitos frutos para vossa Igreja. Senhor, glorificado seja o vosso nome!

79 Fazei, Senhor, que aprendamos a acolher uns aos outros, como Cristo nos acolheu no Pai

80 Senhor, glorificado seja o vosso nome!

81 Ajudai a todos, Senhor, segundo a imensidade de vossa compaixão; ide ao encontro daqueles que vos esperam.

82 Senhor, glorificado seja o vosso nome!

83 Vós chamais e santificais os eleitos; perdoai as nossas culpas e admiti-nos no reino da eterna bem-aventurança.

84 Senhor, glorificado seja o vosso nome!

85

86 Orai, irmãos e irmãs, para que o nosso sacrifício seja aceito por Deus Pai todo- poderoso.

87 Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para nosso bem e toda a santa Igreja.

88

89 Ó Deus, que o mesmo Espírito Santo, que trouxe a vida ao seio de Maria, santifique estas oferendas colocadas sobre o vosso altar.

90 Por Cristo, nosso Senhor. – Amém.

91

92 O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós.

93 Corações ao alto. O nosso coração está em Deus.

94 Demos graças ao Senhor, nosso Deus. É nosso dever e nossa salvação.

95 Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar- vos graças, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo- poderoso.

96 Nós vos louvamos, bendizemos e glorificamos pelo mistério da Virgem Maria, Mãe de Deus.

97 Do antigo adversário nos veio a desgraça, mas do seio virginal da Filha de Sião germinou aquele

98 que nos alimenta com o pão do céu e garante para todo o gênero humano a salvação e a paz.

99 Em Maria, é-nos dada de novo a graça que por Eva tínhamos perdido. Em Maria, mãe de todos os seres humanos,

100 a maternidade, livre do pecado e da morte, se abre para uma nova vida. Se grande era a nossa culpa,

101 bem maior se apresenta a divina misericórdia em Jesus Cristo, nosso Salvador.

102 Por isso, enquanto esperamos sua chegada, unidos aos anjos e a todos os santos,

103 cheios de esperança e alegria, nós vos louvamos cantando (dizendo) a uma só voz:

104 Santo, Santo, Santo, Senhor, Deus do universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas!

105 Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!

106

107 Na verdade, vós sois santo, ó Deus do universo, e tudo o que criastes proclama o vosso louvor, porque por Jesus Cristo,

108 vosso Filho e Senhor nosso, e pela força do Espírito Santo, dais vida e santidade a todas as coisas e não cessais de reunir o vosso povo,

109 para que vos ofereça em toda parte, do nascer ao pôr-do-sol, um sacrifício perfeito. Santificai e reuni o vosso povo!

110 Por isso, nós vos suplicamos: santificai pelo Espírito Santo as oferendas que vos apresentamos para serem consagradas,

111 a fim de que se tornem o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que nos mandou celebrar este mistério.

112 Santificai nossa oferenda, ó Senhor!

113

114 Eis o mistério da fé! Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice,

115 anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda.

116 Celebrando agora, ó Pai, a memória do vosso Filho, da sua paixão que nos salva, da sua gloriosa ressurreição e da sua ascensão ao céu

117 e enquanto esperamos a sua nova vinda, nós vos oferecemos em ação de graças este sacrifício de vida e santidade.

118 Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!

119 Olhai com bondade a oferenda da vossa Igreja, reconhecei o sacrifício que nos reconcilia convosco e concedei que, alimentando-nos com

120 o Corpo e o Sangue do vosso Filho, sejamos repletos do Espírito Santo e nos tornemos em Cristo um só corpo e um só espírito.

121 Fazei de nós um só corpo e um só espírito!

122 Que ele faça de nós uma oferenda perfeita para alcançarmos a vida eterna com os vossos santos: a Virgem Maria, Mãe

123 de Deus, os vossos Apóstolos e Mártires, e todos os santos, que não cessam de interceder por nós na vossa presença.

124 Fazei de nós uma perfeita oferenda!

125 E agora, nós vos suplicamos, ó Pai, que este sacrifício da nossa reconciliação estenda a paz e a salvação ao mundo inteiro.

126 Confirmai na fé e na caridade a vossa Igreja, enquanto caminha neste mundo: o vosso servo o papa Bento, o nosso bispo Moacir

127 com os bispos do mundo inteiro, o clero e todo o povo que conquistastes. Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!

128 Atendei às preces da vossa família, que está aqui, na vossa presença. Reuni em vós, Pai de misericórdia,

129 todos os vossos filhos e filhas dispersos pelo mundo inteiro. Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!

130 Acolhei com bondade no vosso reino os nossos irmãos e irmãs que partiram desta vida e todos os que morreram na vossa amizade.

131 Unidos a eles, esperamos também nós saciar-nos eternamente da vossa glória, por Cristo, Senhor nosso.

132 A todos saciai com vossa glória!

133 Por ele dais ao mundo todo bem e toda a graça.

134

135 PAI NOSSO...

136 Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai- nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre

137 livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto vivendo a esperança, aguardamos a vinda do Cristo Salvador.

138 Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre!

139 Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz.

140 Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade.

141 Vós, que sois Deus com o Pai e o Espírito Santo. – Amém.

142 A paz do Senhor esteja sempre convosco! O amor de Cristo nos uniu!

143

144 Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. (2x)

145 Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz.

146

147 Senhor, eu não sou digno(a) de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo(a).

148

149 Ó Deus todo- poderoso, tendo nós recebido o penhor da eterna redenção, fazei que, ao aproximar-se a festa da salvação,

150 nos preparemos com maior empenho para celebrar dignamente o mistério do vosso Filho. Que vive e reina para sempre. – Amém.

151

152 O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós.

153 Que o Deus onipotente e misericordioso vos ilumine com o advento do seu Filho,

154 em cuja vinda credes e cuja volta esperais, e derrame sobre vós as suas bênçãos. Amém.

155 Que durante esta vida ele vos torne firmes na fé, alegres na esperança, solícitos na caridade. Amém.

156 Alegrando-vos agora pela vinda do Salvador feito homem, sejais recompensados

157 com a vida eterna, quando vier de novo em sua glória. Amém.

158 Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai, e Filho, e Espírito Santo. Amém.

159 Em nome do Senhor; ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus!

160


Carregar ppt "4º Domingo do Advento A Virgem conceberá o Deus Conosco."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google