A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Divina Misericórdia do Pai... Momento de busca para o amparo do Espírito em turbulência e aflição Palestrante: Karla Henn Abril / 2011 Comunidade Caridade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Divina Misericórdia do Pai... Momento de busca para o amparo do Espírito em turbulência e aflição Palestrante: Karla Henn Abril / 2011 Comunidade Caridade."— Transcrição da apresentação:

1 A Divina Misericórdia do Pai... Momento de busca para o amparo do Espírito em turbulência e aflição Palestrante: Karla Henn Abril / 2011 Comunidade Caridade Sem Fronteiras

2 TURBULÊNCIA : inquietação, desordem, motim. AFLIÇÃO : grande sofrimento, dor profunda, tormento, pena moral, ânsia, mágoa. Todos já vivemos tempos de turbulência em nossas vidas. Momentos de dor, dificuldades que se assemelham a terrível tempestade que ameaçam virar o barco de nossa vida... Situações que muitas vezes parecem espremer o coração.

3 São muitos os agentes que causam essas turbulências e aflições : Doenças, desemprego, fome, desilusão, desencarne de ente querido... Orgulho,vaidade, maldade, poder, egoísmo... Medo, remorso, angústia, materialismo... Maus pensamentos, mentiras, ódio, inveja... Intolerância, individualismo... Falta de fé, oração e perdão.

4 O homem semeia aquilo que colherá. Em meio à correria da vida moderna, é possível ser rico de tudo, menos de paz. Por vezes, as tarefas e os compromissos surgem esmagadores. Na busca de sucesso e de bens materiais, as pessoas perdem a noção do que realmente importa. Somos movidos pelo individualismo doentio, que provoca inveja, orgulho, vaidade, deslealdade, portanto ficamos suscetíveis a todas as circunstâncias negativas do cotidiano,sofremos a crise da falta de autoconhecimento, de disciplina pessoal. Somos o resultado das nossas ações, escolhas e pensamentos. Não se esqueça que a visão humana enxerga as coisas não como elas são, mas como seu interior permite.

5 Servir a matéria, ao dinheiro, ao poder, aos prazeres carnais, é viver no medo, na insegurança, destruição e negação do próprio ser. Não nos esqueçamos que seremos sempre responsáveis por nossa evolução e pela condução de nossa vida. Faça domínio de si mesmo,discipline sua conduta, avalie constantemente a extensão, a força do seu autoconhecimento, só assim você terá liberdade com responsabilidade; não esqueça que você é livre para fazer ou deixar de fazer, tudo depende de sua consciência na caminhada evolutiva. O homem que se auto-conhece se dedica, com visão crítica, construtiva, ao trabalho, está sempre pronto a perdoar, a fazer o bem, compreender, busca a verdade, não se deixa abater pelas mazelas do mundo físico.

6 Quando tudo te parecer perdido, extremamente difícil, deves te lembrar que para Deus tudo é possível. Diante de todas as crises, as incompreensões, as dificuldades, as escuridões, não acuse o teu irmão, tenha esperança, bondade, amor, gratidão, trabalho honesto e FÉ em Deus. O importante, no momento é ter consciência da fé, a força da esperança que tudo transforma, lute para fazer a iluminação, seja feliz. No processo evolutivo só é vencedor quem vence a si mesmo. Ajude o próximo e encontrarás a força abençoada da renovação. Feliz é aquele que, age em harmonia com Deus, pois deixa para traz toda vaidade, orgulho e maldade. Não perca nenhuma oportunidade de aprender na maior escola de todas: a Terra.

7 Quem busca aprender, ilumina-se pela fé em Deus, vence com dignidade os desejos da matéria e os melindres. Percebe que o passado é a experiência, o presente é a vivência e o futuro a construção. Não se prende a qualquer acontecimento que traga sofrimento, angústia, derrotismo, pessimismo ou desilusão. Mantém seu sentimento, seu pensamento, na luz do amor que tudo suaviza, transforma e constrói. Não duvida nunca que a Justiça e a Misericórdia Divina institui o equilíbrio e a ordem universal.

8 A Fé em Deus alimenta todas as necessidades, a lâmpada ilumina, a dor renova, a fonte sacia a sede, o bem abre os caminhos da vida consciente, a verdade liberta, o silêncio interior revela os recursos ao longo do processo reencarnatório. A falta de Fé, facilita o aparecimento do medo, aflição, angústia, ansiedade, dúvidas, desgosto, tristeza, desilusão, egoísmo, infelicidade... Cada um recebe o peso que pode carregar. CORAGEM, é importante que busque o equilíbrio, com serenidade, sem revoltas, com vigor; em todas as experiência do cotidiano. A aurora do novo dia está chegando.

9 O homem que tem Fé em Deus não se angustia pois tem consciência de que ela em breve passará. E quando as tempestades oriundas da Terra fazem pressão, devastam homens e instituições. O homem que crê em Deus, olha com a visão espiritual de amor, perdão, fraternidade e compreensão – sabe que o mal passará e que dos escombros, dos corações dilacerados, da injustiça e da morte, surgirá a vida que nunca deixou de existir. Feliz do homem que pela Fé em Deus, compreende a responsabilidade do trânsito na escolaridade da Terra.

10 Nos comparemos a um diamante bruto, que quando retirado da natureza é lapidado até se transformar em um lindo brilhante ! Mas para nos transformarmos nele, temos que superar todos os golpes do ourives que é a vida, temos que acreditar no nosso potencial. Temos que compreender que há uma Inteligência Superior que nos criou para a felicidade, que será construída diariamente a cada superação, a cada vitória, por menor que seja. É hora de assumirmos o leme do barco de nossa vida, não desesperando diante das tempestades que irão surgir no percurso. É chegado o tempo da confiança, que nos permite enxergar o destino a que nos propomos chegar.

11 Este mundo é impermanente. É como reflexo da lua na água. Todas as nossas realizações serão devastadas pelos ventos da mudança. Buda Bem aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia. Jesus A vida é breve demais para que a façamos pequena. Buda e Cristo no estenderam o convite e... para sair do sono, da letargia é preciso: Ver Ouvir Sentir Amar Servir Despertar

12 Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Todo-Poderoso descansará. Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio. Porque ele te livra do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa. Ele te cobre com as suas penas, e debaixo das suas asas encontras refúgio; a sua verdade é pavês e escudo. Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voa de dia,nem peste que anda na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia. Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido. Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios. Porquanto fizeste do Senhor o teu refúgio, e do Altíssimo a tua habitação, nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. Eles te susterão nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra. Pisarás o leão e a áspide; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. Pois que tanto me amou, eu o livrarei; o porei a salvo, porque ele conhece o meu nome. Quando ele me invocar, eu lhe responderei; estarei com ele na angústia, livrá-lo-ei, e o honrarei. Com lonjura de dias fartá-lo-ei, e lhe mostrarei a minha salvação. (Salmo 91)


Carregar ppt "A Divina Misericórdia do Pai... Momento de busca para o amparo do Espírito em turbulência e aflição Palestrante: Karla Henn Abril / 2011 Comunidade Caridade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google