A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP PIC16F877A - Parte IV Jadsonlee da Silva Sá

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP PIC16F877A - Parte IV Jadsonlee da Silva Sá"— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP PIC16F877A - Parte IV Jadsonlee da Silva Sá

2 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Ambiente de Desenvolvimento Integrado - IDE Possibilitam: –Editar, compilar, simular e depurar programas. IDEs PIC. –MPLAB v8.56. Linguagem assembly e C. –CCS. Linguagem C. Disponíveis em

3 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB MPLAB_User_Guide_51519c.pdf. –Disponível no site da disciplina. –Tutorial básico na pg. 41.

4 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB Desenvolvendo o primeiro projeto. –Project Project Wizard.

5 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB Desenvolvendo o primeiro projeto. –Selecione um dispositivo.

6 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB Desenvolvendo o primeiro projeto. –Selecione as ferramentas de linguagem.

7 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB Desenvolvendo o primeiro projeto. –Crie um projeto.

8 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB Desenvolvendo o primeiro projeto. –Adicione arquivos ao projeto. Arquivo assembly (.asm). –C:\Arquivos de programas\Microchip\MPASM Suite\Template\Code\16F877ATEMP.asm

9 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB Desenvolvendo o primeiro projeto.

10 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB Desenvolvendo o primeiro projeto. –Construindo o projeto. Project Build All.

11 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB Adicione código após main ; remaining code goes here Monitorar o conteúdo dos registradores. –View Special Function Registers.

12 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB Selecionar simulador. –Debugger MPLAB SIM Executar. –Debugger Run. Executar passo a passo. –Debugger Step over.

13 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP MPLAB – Assembly Compilador MPASM

14 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - MPASM

15 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - MPASM Comandos que controlam o compilador assembly. Existem 6 tipos de diretivas no MPASM: –Controle Controlam como o código é montado. Ex.: define, end, equ, org, constant,... –Condicional assembly Permitem que seções de códigos sejam montados condicionalmente. Ifdef, ifndef, else, endif,... –Dados Controlam a alocação da memória e fornecem o modo de se referir a itens de dados simbolicamente. Ex.: __config, __maxram, data, res,...

16 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - MPASM Listing Permite a especificação de títulos e paginação. –Ex.: List, page, title,... Macro Controlam a execução e alocação de dados dentro das definições do corpo de uma macro. –Ex.: macro, local, endm,... Arquivo objeto Utilizadas para criação desses arquivos. –Ex.: code, udata, udata_shr, udata_acs,... DS33014K.

17 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Define o processador utilizado. Inclui variáveis específicas do processador – Definição de registradores. Define uma constante. Define a quantidade máxima de RAM. RAM não implementada.

18 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Define os valores dos bits do registrador configuration_word. Definição de variáveis. Declara o início de uma seção de dados não inicializados compartilhados – O endereço da RAM (GPR) pode ser especificado. Reserva memória. Semelhante a UDATA, mas pode ser utilizada somente em partes com memória acessível em vários bancos.

19 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Definição de variáveis. Declara o início de uma seção de dados não inicializados – Códigos relocáveis.

20 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Definição de variáveis. Declara o início de uma seção de dados overlaid não inicializados – Código relocável. É possível declarar múltiplas variáveis temporárias na mesma locação de memória.

21 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Código reset e seleção da página da memória de programa. Declara o início de uma seção do código do programa. Faz com que o linker gere o código de seleção da página, para setar os bits da página (bits 3 e 4 de PCLATH), para a página contendo o rótulo designado.

22 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Programa principal e seleção do banco da RAM. Declara o início do programa principal.. Gera o código para setar/zerar os bits de seleção do banco RP0 e RP1 de STATUS dependendo do valor de count. Vá para linha atual.

23 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Código de Interrupção. Salva W em w_temp, STATUS em status_temp e PCLATH em pclath_temp Restaura contexto. GIE = 0, PC salvo na pilha e PC = PC = TOS e GIE = 1.

24 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Memória de programa. Qual página da memória de dados e qual banco da RAM estão sendo utilizados? Página FFF

25 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Memória de dados - GPR.

26 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Outro template. PCLATH 3:4? Página 0 – CLRF PCLATH entre NOP e GOTO.

27 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Outro template. Qual banco da RAM? BCF STATUS, RP0 BCF STATUS, RP1

28 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Exemplos.

29 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Exemplos. View Special Function Registers e File Registers

30 Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP Diretivas - Template 16F877A Exercícios. 1.Utilizando o código do exemplo anterior, acrescente um código que zera as posições de memória 20h – 2Fh. 2.Faça um programa que implemente uma progressão aritmética crescente com razão 2. 3.Faça um programa que implemente uma progressão geométrica crescente com razão 2. 4.Faça uma ULA que realiza todas as possíveis operações disponíveis no conjunto de instruções do PIC (Soma, subtração, and, xor, rotação,...)


Carregar ppt "Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF Colegiado de Engenharia da Computação – CECOMP PIC16F877A - Parte IV Jadsonlee da Silva Sá"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google