A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 1 Prof. Afonso C. Medina Prof. Leonardo Chwif Anexo III Páginas 219-226 Este material.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 1 Prof. Afonso C. Medina Prof. Leonardo Chwif Anexo III Páginas 219-226 Este material."— Transcrição da apresentação:

1 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 1 Prof. Afonso C. Medina Prof. Leonardo Chwif Anexo III Páginas Este material é disponibilizado para uso exclusivo de docentes que adotam o livro Modelagem e Simulação de Eventos Discretos em suas disciplinas. O material pode (e deve) ser editado pelo professor. Pedimos apenas que seja sempre citada a fonte original de consulta. Verifique sempre a atualização deste material no site Divirta-se! Versão /05/06 Geração de Números Aleatórios

2 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 2 Brincando com Números 1.Cada estudante deve anotar um número entre 0 e 9 em um pedaço de papel. 2.Qual o número que m ais ocorreu? É fácil gerar números aleatórios de cabeça?

3 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 3 Deu... 7 Geradores de números aleatórios não devem ser escolhidos aleatoriamente (Ronald Knuth)

4 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 4 Geração de Números Aleatórios Um número é aleatório pode representar decisões arbitrárias ou servir como entrada para geração de tempos segundo várias distribuições. Como produzir números aleatórios ? Dispositivos físicos (Ex. dados, roleta, moeda etc.) Tabela de números aleatórios (livros) Processos matemáticos No Excel: =ALEATORIO() (gera um número aleatório maior ou igual a 0 e menor do que 1)

5 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 5 Geração de Números Aleatórios Sorteia-se um número aleatório uniformemente distribuído entre 0 e 1. Utilizando-se a função repartição da distribuição de probabilidade desejada, transforma-se o número aleatório uniformemente distribuído em um valor segundo a distribuição probabilística desejada.

6 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 6 Método do Meio Quadrado Von Neumann (1946) r1 = 76 =>76 2 = 5776 r2 = 77 =>77 2 = 5929 r3 = 92…. Seqüência gerada (76,77,92,46,11,12,14, …) Quando resultar em 0, deve-se utilizar outra semente.

7 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 7 Método da Congruência (LCG) x o é a semente do número aleatório mod é a função módulo = mostra o resto da divisão inteira. Ex.: 10 mod 6 = 4 gera números inteiros entre 0 e m-1

8 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 8 Método da Congruência (LCG)

9 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 9 Gerar números aleatórios pelo método da congruência, com a = 9, c = 1, m =17 e x o = 7. números pseudo- aleatórios inteiros entre 0 e 16 (=17-1) números pseudo- aleatórios inteiros entre 0 e 1 Exemplo

10 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 10 Método da Transformada Inversa

11 Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 11 Simulação de Monte Carlo John von Neumann (1946) - Los Alamos National Laboratory


Carregar ppt "Modelagem e Simulação de Eventos Discretos – Chwif e Medina (2006)Slide 1 Prof. Afonso C. Medina Prof. Leonardo Chwif Anexo III Páginas 219-226 Este material."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google