A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EXERCÍCIO 10 ESPELHOS ESFÉRICOS =+ 1 f 1 p 1 p EP F C V p p f esp. côncavo => f >0 esp. convexo => f <0 Equação dos pontos conjugados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EXERCÍCIO 10 ESPELHOS ESFÉRICOS =+ 1 f 1 p 1 p EP F C V p p f esp. côncavo => f >0 esp. convexo => f <0 Equação dos pontos conjugados."— Transcrição da apresentação:

1

2 EXERCÍCIO 10

3 ESPELHOS ESFÉRICOS =+ 1 f 1 p 1 p EP F C V p p f esp. côncavo => f >0 esp. convexo => f <0 Equação dos pontos conjugados

4 ESPELHOS ESFÉRICOS = A= EP F C V p p i o f Aumento Linear Transversal

5 Exercício 12 (EQUIVALENTE AO EXERCÍCIO DEZ) Como o raio de curvatura do espelho(R) vale 80cm e a distância focal (f) de um espelho esférico é metade do seu raio de curvatura, temos que a distância focal do espelho vale 40cm. A partir disso, basta substituir os dados nas equações e obter: p (cm)p'(cm)i (cm)Aimagem a) ,5 real, invertida e menor b) real, invertida e do mesmo tamanho c) real, invertida e maior d)40infinito--imprópria e) virtual. direita e maior

6 Exercício 13 Neste caso é importante lembrar que, como o espelho é CONVEXO, sua distância focal é NEGATIVA, logo f = - 40cm p (cm)p'(cm)i (cm)Aimagem a) ,25 virtual, direita e menor b) ,5 virtual, direita e menor

7 Ex. 14, 15 e 16

8 Ex 10 - c) OBJETO ENTRE CENTRO DE CURVATURA e o FOCO EP F C V real invertida maior Ex. 14

9 EP F C V virtual direita maior Ex 10 - c) OBJETO ENTRE O FOCO e O VÉRTICE

10 Ex. 15 EP F C V virtual direita menor CONVEXO

11

12 REFRAÇÃO

13

14 reta NORMAL Raio Incidente Raio Refletido Raio REFRATADO i r ângulo de refração

15 Raio REFRATADO r ângulo de refração REFRAÇÃO reta NORMAL Raio Incidente Raio Refletido i

16 REFRAÇÃO i r ângulo de incidência ângulo de refração NORMAL Como saber se o ângulo de refração vai ser MAIOR ou MENOR do que o ângulo de incidência? Existe alguma relação entre eles?

17 ÍNDICE DE REFRAÇÃO ABSOLUTO (n) n = c v v c Velocidade da Luz no vácuo Velocidade da Luz no meio

18 v2v2 REFRAÇÃO ÍNDICE DE REFRAÇÃO RELATIVO (n 1, 2 ) V1V1 n1n1 n2n2 v v 1 2 v v c c 2 1 v v c c 2 1 n n 2 1 n 2,1 EXERCICIO 18 (pg. 66)

19 ÍNDICE DE REFRAÇÃO n1n1 n2n2 ABSOLUTO RELATIVO n = C V Meios quaisquer Velocidade da luz no VÁCUO Velocidade da luz no MEIO

20 REFRAÇÃO i r ângulo de incidência ângulo de refração NORMAL -...então, o índice de refração é uma espécie de coeficiente de atrito luminoso do meio. Quanto MAIOR o índice, MENOR a velocidade...e a relação disso com os ângulos? n = C V

21 REFRAÇÃO n1n1 n2n2 Será que existe alguma relação entre n 1, n 2, i e r?

22 LEI DE SNELL-DESCARTES n1n1 n = C V n2n2 i r

23 laboratório

24 LEI DE SNELL-DESCARTES n1n1 n = C V n 1.seni = n 2.senr n2n2 i r Quanto MAIOR o índice, MENOR o ângulo!

25 EXERCÍCIO O 60 O n ar = 1 r 60 O Ângulo de incidência Ângulo de reflexão (igual ao ângulo de incidência)

26 LEI DE SNELL-DESCARTES n1n1 n = C V n 1.seni = n 2.senr n2n2 i r Quanto MAIOR o índice, MENOR o ângulo!

27 REFRAÇÃO...mas, se n 2 < n 1, então... r > i LEI DE SNELL-DESCARTES n 1.seni = n 2.senr n1n1 n2n2 i r n 2 < n 1

28 n1n1 n2n2 REFLEXÃO TOTAL L

29 L n 1.seni = n 2.senr n 1.senL = n 2.sen90 o n 1.senL = n 2.1 senL = n2n1n2n1 ÂNGULO LIMITE DE REFRAÇÃO (L)

30 20

31 REFLEXÃO TOTAL n1n1 n2n2 Reflexão Total é o fenômeno no qual a luz, ao incidir numa superfície que separa dois meios transparentes, não consegue atravessar de um meio para o outro, sendo totalmente refletida.

32 FIBRA ÓTICA

33 NÚCLEO JAQUETA MANTA

34 n1n1 n2n2 n 2 < n 1 REFLEXÃO TOTAL L

35 L n 1.seni = n 2.senr n 1.senL = n 2.sen90 o n 1.senL = n 2.1 senL = n2n1n2n1 ÂNGULO LIMITE DE REFRAÇÃO (L) ocorre quando o índice de refração diminui

36 21

37 R Exercício 22 da apostila 2,4m L Não pode ocorrer! REFLEXÃO TOTAL!

38 PRISMAS DE REFLEXÃO TOTAL Exercício o

39 L senL = n2n1n2n1 ÂNGULO LIMITE DE REFRAÇÃO (L) Ex. 25 n 1 = 1,5; n 2 = 1 sen L = 1/1,5 = 0,67 L ~ 42 o

40 PRISMAS DE REFLEXÃO TOTAL Exercício o

41 PRISMAS DE REFLEXÃO TOTAL Exercício 27

42 Lição de casa Apostila: Ler pgs 72 e 76 e 86 exercícios 21, 22, 23, 26 e 27. Livro – cap 5 ler e resumir Pg.293 a 303 Propostas 1, 2, 3, 4 e 5.


Carregar ppt "EXERCÍCIO 10 ESPELHOS ESFÉRICOS =+ 1 f 1 p 1 p EP F C V p p f esp. côncavo => f >0 esp. convexo => f <0 Equação dos pontos conjugados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google