A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior Welber Barral Secretário FÓRUM NACIONAL DE SECRETÁRIOS ESTADUAIS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior Welber Barral Secretário FÓRUM NACIONAL DE SECRETÁRIOS ESTADUAIS."— Transcrição da apresentação:

1 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior Welber Barral Secretário FÓRUM NACIONAL DE SECRETÁRIOS ESTADUAIS DE DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO (FONSEIC) BRASÍLIA, 29 DE ABRIL DE 2009

2 Balança Comercial Brasileira Janeiro/Março /08 US$ milhões FOB Δ% 2009/0 8 Exportação ,4 Importação ,6 Saldo ,1 Corrente de Comércio ,5

3 Var.% 2009/2002: +161% Evolução da Corrente de Comércio – US$ Milhões Janeiro-Março 2000/2009

4 Principais Produtos Exportados pelo Brasil Janeiro/Março – 2009/2008 US$ Milhões Valor Δ % 2009/08 Part % 1 – Minérios ,611,4 2 – Material de transporte ,211,2 3 – Produtos metalúrgicos ,48,8 4 – Complexo soja ,08,0 5 – Carnes ,87,8 6 – Químicos ,37,2 7 – Petróleo e combustíveis ,66,6 8 – Açúcar e álcool ,35,2 9 – Máqs. e equipamentos ,54,8 10 – Papel e celulose ,43,7

5 Valor Δ % 2009/08 Part % América Latina e Caribe ,622,2 - Mercosul ,29,0 - Demais da AL e Caribe ,213,2 União Européia ,124,1 Ásia ,922,8 Estados Unidos ,811,5 África1.9630,36,3 Oriente Médio ,84,4 Europa Oriental634-33,32,0 Principais Mercados de Destino das Exportações Janeiro/Março – 2009/2008 US$ Milhões

6 Importação por Categorias de Uso Part. % na Pauta - Janeiro/Março 2009 Bens Intermediários 46,3% Bens de Capital 25,0% Petróleo e Combustíveis 12,5% Bens de Consumo 16,2%

7 Valor Δ % 2009/08 Part % 1 – Máquinas e equipamentos ,618,4 2 – Combustíveis ,113,8 3 – Aparelhos e instr. Eletroelet ,211,3 4 – Veículos automóveis e partes ,97,3 5 – Químicos orgânicos ,25,4 6 – Plásticos e suas ,53,8 7 – Inst. de ótica e precisão ,03,6 8 – Produtos farmacêuticos ,33,6 9 – Aeronaves e peças 77454,12,7 10 – Siderúrgicos 69010,22,4 Principais Produtos Importados Janeiro/Março – 2009/2008 US$ Milhões

8 Principais Mercados Fornecedores ao Brasil Janeiro/Março – 2009/2008 US$ Milhões Valor Δ % 2009/08 Part % Ásia ,329,2 União Européia ,622,3 América Latina e Caribe ,716,7 - Mercosul ,59,1 - Demais AL e Caribe ,37,6 Estados Unidos5.3621,619,0 África ,84,9 Oriente Médio540-53,61,9 Europa Oriental248-74,40,9

9 ESTRATÉGIA BRASILEIRA DE EXPORTAÇÃO

10 Objetivos do PDP para a Exportação 1,25% (US$ 209 bilhões) das exportações mundiais 1,25% (US$ 209 bilhões) das exportações mundiais Aumentar o número de empresas exportadoras Aumentar o número de empresas exportadoras Diversificar a pauta exportadora Diversificar a pauta exportadora Diversificar os países de destino das exportações Diversificar os países de destino das exportações Aumentar a participação de produtos com maior conteúdo tecnológico Aumentar a participação de produtos com maior conteúdo tecnológico

11 SECEX – Principais Ações Simplificação dos trâmites administrativos Simplificação dos trâmites administrativos Aprimoramentos operacionais (informatização) Aprimoramentos operacionais (informatização) Cultura exportadora e difusão de informações estratégicas Cultura exportadora e difusão de informações estratégicas Aperfeiçoamento dos mecanismos de defesa da indústria Aperfeiçoamento dos mecanismos de defesa da indústria Negociações comerciais e abertura de mercados (Agenda Internacional DEINT) Negociações comerciais e abertura de mercados (Agenda Internacional DEINT) Estatísticas de Comércio Exterior por Unidade da Federação e Municípios Estatísticas de Comércio Exterior por Unidade da Federação e Municípios

12 SECEX – Principais Ações ENCONTROS DE COMÉRCIO EXTERIOR – ENCOMEX GOIÂNIA – GO (28 a 30 de abril) BELÉM – PA (12 a 14 de maio) VITÓRIA – ES (30 / jun a 02 de julho) BELO HORIZONTE – MG (21 a 23 de julho) FORTALEZA – CE (18 a 20 de agosto) FOZ DO IGUAÇU – PR (Mercosul) (15 a 17 de setembro) SÃO PAULO – SP (20 a 22 de outubro) CAMPINA GRANDE – PB (10 a 12 de novembro) PORTO ALEGRE – RS (01 a 03 de dezembro) (http://www.encomex.desenvolvimento.gov.br) APRENDENDO A EXPORTAR – Unidades da Federação Acordo MDIC-CAIXA para produção de CDs e veiculação pela internet. Primeira fase, 8 Estados: Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Santa Catarina. (http://www.aprendendoaexportar.gov.br)

13 SECEX – Principais Ações REDE CICEX (www.cicex.desenvolvimento.gov.br REDE CICEX (www.cicex.desenvolvimento.gov.br)www.cicex.desenvolvimento.gov.br Centros de Informações de Comércio Exterior: locais disponibilizados pelos parceiros estaduais, nos quais são desenvolvidas atividades voltadas a atender o público interessado em atuar ou que atua em comércio exterior. Estado da Bahia – PROMO Estado da Bahia – PROMO Estado de Goiás – Secretaria da Indústria e Comércio Estado de Goiás – Secretaria da Indústria e Comércio Estado de Minas Gerais – CENTRAL EXPORTAMINAS Estado de Minas Gerais – CENTRAL EXPORTAMINAS Estado do Pará – SEDECT Estado do Pará – SEDECT Estado do Paraná - ACP Estado do Paraná - ACP Estado de Pernambuco – ADDIPER Estado de Pernambuco – ADDIPER Estado do Rio Grande do Sul – SALA DO EXPORTADOR Estado do Rio Grande do Sul – SALA DO EXPORTADOR Estado de São Paulo – CELEX Estado de São Paulo – CELEX VITRINE DO EXPORTADOR (www.vitrinedoexportador.gov.br VITRINE DO EXPORTADOR (www.vitrinedoexportador.gov.br)www.vitrinedoexportador.gov.br REDEAGENTES (www.redeagentes.gov.br) DRAWBACK VERDE-AMARELO CZPE

14 Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior Obrigado Welber Barral Secretário BRASÍLIA, 29 DE ABRIL DE 2009


Carregar ppt "Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio Exterior Welber Barral Secretário FÓRUM NACIONAL DE SECRETÁRIOS ESTADUAIS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google