A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Clareamento e Clínica Antonio F. Monnerat FO-UERJ CEO Penedo Antonio F. Monnerat FO-UERJ CEO Penedo Curso Especialização em Dentística 2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Clareamento e Clínica Antonio F. Monnerat FO-UERJ CEO Penedo Antonio F. Monnerat FO-UERJ CEO Penedo Curso Especialização em Dentística 2008."— Transcrição da apresentação:

1 Clareamento e Clínica Antonio F. Monnerat FO-UERJ CEO Penedo Antonio F. Monnerat FO-UERJ CEO Penedo Curso Especialização em Dentística 2008

2

3 Avaliação Inicial

4 Anamnese, Radiografias Queixa Tipo de Paciente Modelos e Fotografias Planejamento Anamnese, Radiografias Queixa Tipo de Paciente Modelos e Fotografias Planejamento

5 CLAREAMENTO TÉCNICAS CLAREAMENTO CASEIRO CLAREAMENTO PROFISSIONAL SALA DE ESPERA CONSULTÓRIO CLAREAMENTO NÃO VITAL

6 Opções de Clareamento Clareamento como procedimento principal –Solicitação do Paciente Clareamento como procedimento principal –Solicitação do Paciente Clareamento como procedimento complementar –Otimização do Tratamento Estético Clareamento como procedimento complementar –Otimização do Tratamento Estético

7 Opções de Clareamento Clareamento como procedimento principal –Caseiro Diurno ou Noturno com placa rígida –Profissional Não-vital Sala de Espera Consultório Clareamento como procedimento principal –Caseiro Diurno ou Noturno com placa rígida –Profissional Não-vital Sala de Espera Consultório Clareamento como procedimento complementar –Caseiro Diurno ou Noturno com placa flexível –Profissional Não vital Sala de Espera (caso necessário) Clareamento como procedimento complementar –Caseiro Diurno ou Noturno com placa flexível –Profissional Não vital Sala de Espera (caso necessário)

8

9 Materiais Peróxido de Hidrogênio 30 a 38% Em Gel ou Líquido Clareamento Vital em Consultório Clareamento Não Vital Externo H 2 O 2 H 2 O + O ++

10 Materiais Peróxido de Hidrogênio 6 a 9 % Em Gel Clareamento Vital Caseiro Diurno H 2 O 2 H 2 O + O ++

11 Materiais Peróxido de Carbamida 10% Em Gel Clareamento Vital Caseiro Noturno Pacientes Jovens Peróxido de Carbamida H 2 O 2 + Uréia

12 Materiais Peróxido de Carbamida 15 ou 16% Em Gel Clareamento Vital Caseiro Noturno Pacientes acima de 25 anos Peróxido de Carbamida H 2 O 2 + Uréia

13 Materiais Peróxido de Carbamida 35 a 38% Em Gel Clareamento Não Vital Clareamento Vital em Sala de Espera Peróxido de Carbamida H 2 O 2 + Uréia

14 Materiais Perborato de Sódio Sal Inerte Clareamento Não Vital Clareamento Seguro Técnica muito lenta Per. Sódio + H 2 O H 2 O 2 + Metaborato de Sódio

15

16 Seleção do Paciente – Estrutura remanescente – Sem história de trauma recente - 4 anos – Etiologia – Avaliação do t to Endodôntico) Seleção do Paciente – Estrutura remanescente – Sem história de trauma recente - 4 anos – Etiologia – Avaliação do t to Endodôntico) Técnicas para Clareamento Não -Vital

17 Registro inicial da cor – Fotografia inicial – Escala de Cor Medição da coroa clínica Remoção de cárie Remoção da restauração – necessidade estética Penetração no conduto Registro inicial da cor – Fotografia inicial – Escala de Cor Medição da coroa clínica Remoção de cárie Remoção da restauração – necessidade estética Penetração no conduto Técnicas para Clareamento Não -Vital

18 Clareamento Não -Vital 12 mm 15 mm 12 mm

19 Isolamento com Barreira Gengival Vedamento do conduto – Fosfato de Zinco ou CIV quim. ativado – no nível da medição externa – remoção de excessos – Conferência com sonda milimetrada Isolamento com Barreira Gengival Vedamento do conduto – Fosfato de Zinco ou CIV quim. ativado – no nível da medição externa – remoção de excessos – Conferência com sonda milimetrada Técnicas para Clareamento Não -Vital

20 Selamento externo – Resina composta – Reconstrução da parede palatina – Abertura da via de inserção (broca nº2) – Inserção do Per. Carbamida 35% (Super-Endo FGM) Selamento externo – Resina composta – Reconstrução da parede palatina – Abertura da via de inserção (broca nº2) – Inserção do Per. Carbamida 35% (Super-Endo FGM) Técnicas para Clareamento Não -Vital

21 Troca do Clareador – Retorno em 48 horas – Registro da cor, fotografia – Troca do agente clareador ou – Resultado final satisfatório Técnicas para Clareamento Não -Vital

22 Resultado satisfatório – Remoção do selamento do conduto Restauração final após 2 semanas Acompanhamento semestral (6 anos ) – Registro da cor – Integridade marginal da restauração – Rx periapical Resultado satisfatório – Remoção do selamento do conduto Restauração final após 2 semanas Acompanhamento semestral (6 anos ) – Registro da cor – Integridade marginal da restauração – Rx periapical Técnicas para Clareamento Não -Vital

23 CLAREAMENTO NÃO-VITAL EXTERNO Caseiro Recorte na moldeira dos dentes vizinhos Peróxido de Carbamida 16% por 3 horas Consultório Peróxido Hidrogênio 35%

24 Pontos a serem avaliados – Idade – Etiologia Um elemento mais escuro? vital ou não? Manchas Opacas Cor da Cervical Transparência do Dente Pontos a serem avaliados – Idade – Etiologia Um elemento mais escuro? vital ou não? Manchas Opacas Cor da Cervical Transparência do Dente

25 CLAREAMENTO CASEIRO

26 Moldagem Moldagem – Alginato com Silicone Obtenção do modelo – Gesso Tipo IV Recorte – Palato e Fundo Vestíbulo Placas - Acetato 0,5 mm - Silicone 1 mm Remoção de Bolhas Plastificação Recorte das moldeiras - Cervical - Acetato - Reto - Silicone Moldagem – Alginato com Silicone Obtenção do modelo – Gesso Tipo IV Recorte – Palato e Fundo Vestíbulo Placas - Acetato 0,5 mm - Silicone 1 mm Remoção de Bolhas Plastificação Recorte das moldeiras - Cervical - Acetato - Reto - Silicone

27 CLAREAMENTO INSTRUÇÕES Aplicação 1 x ao dia por 90 min. Higienização pré e pós aplicação Manter dieta de corantes Avaliação semanal Fotografia Seleção da cor Seguir protocolo de dessensibilização

28 –Caseiro – 1 semana antes até 1 semana após Creme Dental CREST Sensitivity 3x dia Solução Flúor 0,05% 2x dia Protocolo Dessensibilização Para todas as técnicas

29 –Profissional - após cada aplicação Gel Nitrato Potássio – Ultra EZ ou DesensibilizeGel Nitrato Potássio – Ultra EZ ou Desensibilize Protocolo Dessensibilização Para Técnicas Sala de Espera e Consultório

30 CLAREAMENTO CONSULTÓRIO / SALA DE ESPERA Dessensibilização –Retração Recortar Moldeira aquém da retração Sensi Kill Semanalmente nos locais CLAREAMENTO CONSULTÓRIO / SALA DE ESPERA Dessensibilização –Retração Recortar Moldeira aquém da retração Sensi Kill Semanalmente nos locais Para todas as técnicas

31 CURSO PRÁTICO DE CLAREAMENTO 14/11 e 15/11 de 2008 (6ª e Sábado) CEO Penedo CURSO PRÁTICO DE CLAREAMENTO 14/11 e 15/11 de 2008 (6ª e Sábado) CEO Penedo

32 ISOLAMENTO E PROTEÇÃO DO PACIENTE Opções ao Isolamento Absoluto Afastadores de Lábio / Bochecha / Língua Expandex Optra-Dam Afastador Triplo J. Morita

33 ISOLAMENTO E PROTEÇÃO DO PACIENTE Opções ao Isolamento Absoluto Barreira Gengival Top Dam - FGM Opal Dam – Ultradent Protetor Labial Farmácia de Manipulação (Fórmula e Ação)

34 Sala de Espera Peróxido de Carbamida 35% em gel – Whiteness Super; Opalescence Quick, Review, F. Nóbrega Consultório Peróxido de Hidrogênio 30% + Corante – Opalescence Extra, Whiteness HP, Whiteness HP Max Sala de Espera Peróxido de Carbamida 35% em gel – Whiteness Super; Opalescence Quick, Review, F. Nóbrega Consultório Peróxido de Hidrogênio 30% + Corante – Opalescence Extra, Whiteness HP, Whiteness HP Max Clareamento Vital - Consultório

35 Técnica Sala de Espera Proteção Gengival (Protetor ou Barreira) Moldeira Silicone (Barreira) Moldeira Acetato (Protetor) Recorte 3 mm acima da cervical Aplicação do gel - 50 minutos Dessensibilização Imediata Técnica Sala de Espera Proteção Gengival (Protetor ou Barreira) Moldeira Silicone (Barreira) Moldeira Acetato (Protetor) Recorte 3 mm acima da cervical Aplicação do gel - 50 minutos Dessensibilização Imediata

36 Clareamento em Consultório LED ou Fotopolimerizador Clareamento em Consultório LED ou Fotopolimerizador Aplicação de Fina Película Total 30 minutos Aguardar 5 minutos Aplicação da luz por 6 minutos Aguardar mais 4 minutos Reaplicação mesma sequência Aplicação de Fina Película Total 30 minutos Aguardar 5 minutos Aplicação da luz por 6 minutos Aguardar mais 4 minutos Reaplicação mesma sequência

37 Clareamento Interno em Dentes Fragilizados Perborato de Sódio – Segurança Manutenção de pH 5,0 – Lento Trocas a cada 48 horas Clareamento Interno em Dentes Fragilizados Perborato de Sódio – Segurança Manutenção de pH 5,0 – Lento Trocas a cada 48 horas

38


Carregar ppt "Clareamento e Clínica Antonio F. Monnerat FO-UERJ CEO Penedo Antonio F. Monnerat FO-UERJ CEO Penedo Curso Especialização em Dentística 2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google