A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lev Semenovich VIGOTSKI 1896-1934. Sua História Nasce: 5 de novembro de 1896 Local: Bielo-Rússia, da extinta União Soviética. Trabalhou como professor.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lev Semenovich VIGOTSKI 1896-1934. Sua História Nasce: 5 de novembro de 1896 Local: Bielo-Rússia, da extinta União Soviética. Trabalhou como professor."— Transcrição da apresentação:

1 Lev Semenovich VIGOTSKI

2 Sua História Nasce: 5 de novembro de 1896 Local: Bielo-Rússia, da extinta União Soviética. Trabalhou como professor e pesquisador nas áreas de psicologia, pedagogia, filosofia, literatura, deficiência física e mental. Com Leontiev e Luria, formou um grupo de jovens intelectuais da Rússia pós-revolução que buscavam uma nova psicologia que superasse as visões mecanicista e idealista. Morre:11 de junho de 1934, de tuberculose, aos 37 anos.

3 Idéias Marxistas que influenciaram Vigotski

4 1)O modo de produção da vida material condiciona a vida social, política e espiritual do homem; 2)O homem é um ser histórico, que se constrói através de suas relações com o mundo natural e social; 3)A sociedade humana é uma totalidade em constante transformação; 4)As transformações qualitativas ocorrem por meio da chamada síntese dialética.

5 Princípios da Teoria de Vigotski

6 1. As diferenças entre o psiquismo HUMANO e a do ANIMAL. Porque - Todo o comportamento animal conserva a ligação com os motivos biológicos. - O homem diferentemente do animal, transmite suas experiências e o assimila durante muito tempo.

7 2. A linguagem e o pensamento humano tem origem social, pois a cultura faz parte do desenvolvimento humano. - O comportamento humano é histórica e culturalmente determinado. 3. A consciência e o comportamento são aspectos integrados, não podendo ser isolados pela Psicologia.

8 4. As funções psicológicas superiores do homem não podem ser vistas apenas como resultado da maturação de um organismo que já possui tais capacidades. Porque - O ser não nasce predeterminado. - É o resultado de interação dialética entre o sujeito e o meio sócio-cultural. - É a união dos fatores biológicos com os fatores sociais.

9 Funções Psicológicas Superiores São ações intencionais, conscientemente controladas e voluntárias : Exemplos: - o controle do comportamento - a atenção e lembrança voluntária; - memorização ativa; - pensamento; - raciocínio dedutivo; - capacidade de planejamento (intenção)

10 Enfoques de Vigotski Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem Sócio-Cultural –Teoria Interacionista do Desenvolvimento –Teoria Construtivista da Aprendizagem –Relação Sócio - Cultural com as Capacidades Humanas

11 Teoria Interacionista do Desenvolvimento A aprendizagem interage com o desenvolvimento. É no processo de ensino-aprendizagem que o indivíduo se apropria da cultura e se desenvolve. E o desenvolvimento é através: – da maturação do organismo; – do contato com a cultura e – das relações sociais que permitem a aprendizagem

12 Níveis de desenvolvimento identificados por Vigotski: Real É o nível que indica as possibilidades de atuação independente, a criança é capaz de fazer sozinha; Potencial ou Proximal É o nível em que a criança não consegue fazer determinada atividade sozinho, mas sim com ajuda de outra pessoa. Zona de Desenvolvimento Proximal Distância entre o nível de desenvolvimento real e o de desenvolvimento potencial.

13 Conclusão O processo é mais importante que o produto. O professor desempenha o papel de mediador entre aluno e o conhecimento e não apenas o de mero transmissor de conhecimentos; A aprendizagem não é um ato solitário, mas de interação com o outro; A idéia de que a classe deve ser homogênea é abandonada; A aprendizagem exige planejamento e organização de experiências pois o aluno ainda necessita para realizar determinadas atividades independente.

14 Teoria Construtivista da Aprendizagem Social Vigotski enfatizou o papel da comunidade na construção do conhecimento (processo sócio-histórico) Embora, o homem tenha potenciais inatos, as funções psicológicas superiores decorrem, principalmente, da aprendizagem e do desenvolvimento social. A cognição superior do homem surge através da interposição de um intermediário (mediador) entre estímulos e respostas que são captadas e produzidas pelo indivíduo.

15 Elementos Mediadores Instrumentos (Ferramentas / Objetos) São os artefatos construídos pelo ser humano, e utilizados para auxiliá-lo em alguma tarefa ou trabalho. Signos (Símbolos) São estímulos artificiais auxiliares para solucionar um dado problema psicológico. (escrita, gestos, marcas, desenhos, gráficos) É análoga ao uso de instrumentos, só que no campo psicológico.

16 A função do instrumento é servir como condutor da influência humana sobre o objeto da atividade, é orientado externamente. O signo constitui um meio da atividade interna para o controle do próprio indivíduo, é dirigido internamente.

17 Exemplo Uma operação de soma numa criança é possível pelo uso de instrumentos (dedos, objetos), na medida que essa operação é internalizada os instrumentos são substituídos por signos internos (representações mentais de objetos).

18 Os elementos centrais da Teoria A natureza das "ferramentas" cognitivas (jogos, brinquedos, família, cultura, símbolos e linguagem) com as quais o estudante interage determinam o padrão e o ritmo de desenvolvimento do aprendizado. Como a Zona de Desenvolvimento Proximal só pode ser explorada pelo estudante com o auxílio de outras pessoas, o processo é necessariamente social.

19 As habilidades necessárias à solução de problemas que o estudante se depara se situam em 3 categorias: a) são dominados (internalizados) pelo estudante; b) não são dominados pelo estudante, e não pode ser realizado com o auxílio de adultos; c) são intermediários e pode ser realizado com o auxílio ou o acompanhamento de outras pessoas. A internalização envolve uma atividade externa que é modificada para tornar-se uma atividade interna.

20 Conclusão A comunidade onde o estudante está inserido influencia na construção do conhecimento. Aprendizado não pode ser ensinado, tem que ser construído em sociedade. As situações pedagógicas mais proveitosas são aquelas nas quais o aluno precisa de auxílio para solucionar o problema, com apoio adequado dos educadores, pais ou colegas. Aluno + Problema + Auxílio Solução + Aprendizado

21 A Linguagem É o sistema simbólico dos grupos humanos, representa uma evolução da espécie. É ela que fornece os conceitos, as formas de organização do real, a mediação entre o sujeito e o objeto do conhecimento. É por meio dela que as funções mentais superiores são socialmente formadas e culturalmente transmitidas, portanto, sociedades e culturas diferentes produzem estruturas diferenciadas.

22 A Cultura Fornece ao indivíduo os sistemas simbólicos de representação da realidade, ou seja, o universo de significações que permite construir a interpretação do mundo real. Há um constante processo de recriação e reinterpretação de informações, conceitos e significações.

23 A Escola e o Professor O docente têm o papel explícito de interferir no processo de aprendizagem, sua obrigação é provocar avanços nos alunos, interferir a zona proximal. É essencial no processo de desenvolvimento a atuação dos outros membros do grupo social na mediação entre a cultura e o indivíduo, ou seja, o aluno é aquele que aprende junto com seu grupo social. Os processos pedagógicos são intencionais, sendo o objeto dessa intervenção : a construção de conceitos. A formação de conceitos espontâneos ou cotidianos desenvolvidos no decorrer das interações sociais, diferenciam-se dos conceitos científicos adquiridos pelo ensino, parte de um sistema organizado de conhecimentos.

24 Leontev LuriaVigotski

25 TROIKA Vigotski, Luria e Leontev formaram um grupo chamado de Troika (grande trenó puxado por 3 cavalos usado na Rússia) Eles tinham um propósito de criar um novo estilo de estudar com compreensão os processo psicológicos humanos. Discutiu as suas idéias em várias conferencias e escreveu seu livro durante sua internação em Psicologia do Séc.XX era mais formal e científica. Psicologia do Séc.XIX era mais natural e vivenciada.

26 Bibliografia: Livros Oliveira, M.K., Vigotski - Aprendizagem e desenvolvimento - Um processo sócio-histórico, São Paulo, Scipione, Ana Bock - Psicologias - Uma introdução ao estudo de psicologia, págs (86,107,123) Fotos images/vygotsky.jp images/luria.jpg images/leontiev1.jpg Construtivismo Interacionismo Mediação Outros


Carregar ppt "Lev Semenovich VIGOTSKI 1896-1934. Sua História Nasce: 5 de novembro de 1896 Local: Bielo-Rússia, da extinta União Soviética. Trabalhou como professor."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google