A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RESUMÃO Técnicas de Gestão Unidade 1. Cronograma: Turma EMD 0168 Técnicas Gestão DataAtividade 16/08 2º Encontro 1ª Avaliação Disciplina 02/08 1º Encontro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RESUMÃO Técnicas de Gestão Unidade 1. Cronograma: Turma EMD 0168 Técnicas Gestão DataAtividade 16/08 2º Encontro 1ª Avaliação Disciplina 02/08 1º Encontro."— Transcrição da apresentação:

1 RESUMÃO Técnicas de Gestão Unidade 1

2 Cronograma: Turma EMD 0168 Técnicas Gestão DataAtividade 16/08 2º Encontro 1ª Avaliação Disciplina 02/08 1º Encontro 23/08 3º Encontro 2ª Avaliação Disciplina 30/08 4º Encontro 3ª Avaliação Disciplina (FINAL) 09/08 Orientação da Prática

3 Educação a Distância – EaD Professor: Flávio Brustoloni Técnicas de Gestão

4 Objetivos da Disciplina: Discorrer sobre as principais definições em Administração; Capacitar o(a) acadêmico(a) a criticar e analisar as organizações a partir do desempenho das funções administrativas; Conhecer as características das mais importantes Escolas de Administração; 1/66 Compreender as questões contemporâneas da Administração;

5 Unidade 1 A ADMINISTRAÇÃO E OS ADMINISTRADORES 2/66

6 TÓPICO 1 A Administração e os Administradores 3/66

7 1. Introdução Administrar seria o processo de empreender ações utilizando recursos para chegar a determinados objetivos. (Estamos na página 3 da apostila) 4/66

8 1. Introdução A Administração nada mais é do que a condução racional das atividades de uma organização, imprescindível para sua sobrevivência e sucesso (CHIAVENATTO, 2003). (Estamos na página 3 da apostila) 5/66

9 2.1 Conceito e Importância administração [Do latim administratione.] I. Ação de administrar. II. Gestão de negócios públicos ou particulares. III. Governo, regência. IV. Conjunto de princípios, normas e funções que têm por fim ordenar a estrutura e funcionamento de uma organização (empresa, órgão público, etc.). V. Prática desses princípios, normas e funções. VI. Função de administrador; gestão, gerência. VII. Pessoal que administra; direção (FERREIRA, 1999). (Estamos na página 4 da apostila) 6/66

10 2.1 Conceito e Importância Compreender a Administração como um processo que se compõe de outras funções é o propósito do chamado enfoque funcional, criado por Henri Fayol, em (Estamos na página 4 da apostila) 7/66

11 2.1 Conceito e Importância Conceito mais tradicional: [...] administração é o processo de planejamento, organização, liderança e controle do trabalho dos membros da organização e do emprego de todos os outros recursos organizacionais para se atingir os objetivos estabelecidos (STONER, 1985, p.6). (Estamos na página 5 da apostila) 8/66

12 2.1 Conceito e Importância A principal razão para estudarmos a Administração é o seu efeito sobre o resultado das organizações, tendo em vista o papel de importância sem precedentes que elas assumiram na vida das pessoas nos dias de hoje. (Estamos na página 5 da apostila) 9/66

13 2.2 Administração: Arte, Ciência ou Profissão CIÊNCIA Quando definimos ciência como um corpo sistematizado de conhecimento, percebemos claramente que a administração satisfaz seus requisitos, pois vem sendo estudada já há algum tempo e organizada em uma série de teorias. (Estamos na página 5 da apostila) 10/66

14 Assim, a administração é ciência pelo que está escrito e comprovado, indicando o que fazer em situações específicas. (Estamos na página 5 da apostila) 11/ Administração: Arte, Ciência ou Profissão CIÊNCIA

15 A Administração, por tratar com seres humanos, não é uma ciência exata. Assim lida com fenômenos complexos, sobre os quais pouco se sabe. (Estamos na página 6 da apostila) 12/ Administração: Arte, Ciência ou Profissão CIÊNCIA

16 A arte está presente nas atitudes baseadas na intuição, no feeling de certos administradores, nas novas idéias e no desenvolvimento constante da ciência. (Estamos na página 6 da apostila) 13/ Administração: Arte, Ciência ou Profissão ARTE

17 - Eficiência: relacionada ao processo; (fez bem?) - Eficácia: relacionada ao resultado; (atingiu o resultado?) (Estamos na página 6 da apostila) 14/ Eficiência e Eficácia Organizacional

18 Organização: consiste em estabelecer atribuições e relações entre os recursos e órgãos da empresa, definir seu modo de operação mediante a divisão do trabalho e por meio da hierarquização da autoridade e da responsabilidade (LACOMBE, 2003). (Estamos na página 7 da apostila) 15/ Organizar e Organização

19 Organização Informal: grupos de pessoas unidos por laços de amizade, afinidade, interesses ou conhecimentos comuns. Influenciam nas decisões das organizações formais. Não possuem uma razão específica de existência, pois seu surgimento é espontâneo. (Estamos na página 8 da apostila) 16/ Organizar e Organização

20 Organização Formal: todos os meios criados intencionalmente para uma organização funcionar, sob o controle de pessoas com autoridade, com divisão de trabalho e relações formais entre seus membros. Possui um objetivo específico de existência. (Estamos na página 8 da apostila) 17/ Organizar e Organização

21 As organizações são consideradas sistemas abertos, pois interagem com seu meio ambiente de forma dinâmica. (Estamos na página 8 da apostila) 18/ Organização e Ambiente

22 Organizações (Estamos na página 9 da apostila) 19/ Organização e Ambiente A interação da Organização com os seus Ambientes Microambiente Macroambiente

23 Macroambiente Tecnologia Ecologia Legislação Economia Demografia Sociedade (Estamos na página 9 da apostila) 20/ Organização e Ambiente Microambiente Clientes Concorrência Fornecedores Distribuidores Sindicatos Associações

24 (Estamos na página 10 da apostila) 21/66 3. Os Administradores 3.1 O que os Administradores Fazem Segundo Stoner e Freeman (1985), os administradores: - Trabalham com outras pessoas e por meio delas; - São responsáveis e prestam contas de seus atos; - Equilibram objetivos concorrentes e os priorizam; - Pensam analítica e conceitualmente; - Administram conflitos como mediadores; - São políticos; - São diplomatas; - Tomam decisões difíceis.

25 (Estamos na página 10 da apostila) 22/66 3. Os Administradores 3.2 Tipos de Administradores - Alta Administração: composta por executivos. Estabelecem políticas de funcionamento, estratégias de atuação e metas de cumprimento dos outros níveis da organização.

26 (Estamos na página 11 da apostila) 23/66 3. Os Administradores 3.2 Tipos de Administradores - Média Administração: composta por gerentes de departamentos. São responsáveis pelas atividades de implantação das diretrizes e políticas estabelecidas pela alta administração. Chefiam outros administradores e funcionários operacionais.

27 (Estamos na página 11 da apostila) 24/66 3. Os Administradores 3.2 Tipos de Administradores - Administração Operacional: composta por supervisores, que dirigem o trabalho operacional dos empregados da execução. Também chamados de chefes ou líderes de equipe.

28 (Estamos na página 11 da apostila) 25/66 3. Os Administradores 3.2 Tipos de Administradores Outra denominação dos tipos: Alta AdministraçãoNível Estratégico = Média Administração Adm. Operacional = = Nível Tático Nível Operacional

29 (Estamos na página 12 da apostila) 26/66 3. Os Administradores 3.3 As Habilidades do Administrador Alta Administração Média Administração Adm. Operacional Habilidade Conceitual Habilidade Humana Habilidade Técnica

30 (Estamos na página 13 da apostila) 27/66 3. Os Administradores 3.4 Administrador: Generalista ou Especialista? Os administradores de um modo geral devem ser generalistas, especialmente nos níveis mais altos da organização. Por isso a Administração é uma ciência interdisciplinar, envolvendo diversas outras áreas (psicologia, direito, sociologia, etc).

31 TÓPICO 2 Como tudo começou: Antecedentes históricos e os clássicos da Administração 28/66

32 1. Introdução Existem muitos indícios de prática administrativa em civilizações antigas, como os sumérios e os egípcios, já por volta de a.C. (Estamos na página 19 da apostila) 29/66

33 30/66 Egito

34 2. Antecedentes Históricos As origens de muitas idéias e técnicas da administração são antigas. Grandes civilizações e instituições contribuíram de algum modo para a evolução dos conceitos de Administração. (Estamos na página 19 da apostila) 31/66

35 (Estamos na página 19 da apostila) 32/66 Igreja Católica

36 (Estamos na página 19 da apostila) 33/66 Exército

37 (Estamos na página 19 da apostila) 34/66 Filósofos e Economistas Sócrates Platão Adam Smith Turgot

38 2.1 O Egito O maior exemplo de administração no Egito pode ser percebido por blocos de pedra com peso médio de 2,5 toneladas, envolvendo mão de obra de mais de homens durante 23 anos, entre e a.C. (Estamos na página 20 da apostila) 35/66

39 (Estamos na página 20 da apostila) 36/66

40 (Estamos na página 20 da apostila) 37/66 Influência de Outros Povos: Chineses

41 (Estamos na página 20 da apostila) 38/66 Influência de Outros Povos: Gregos

42 (Estamos na página 20 da apostila) 39/66 Influência de Outros Povos: Romanos

43 (Estamos na página 20 da apostila) 40/66 Influência de Outros Povos: Hebreus

44 2.2 A Organização Eclesiástica e Militar Certos princípios administrativos foram transferidos, com o tempo, do Exército e Igreja Católica para as organizações. A organização formal mais velha do mundo, a Igreja Católica, se estruturou estabelecendo uma hierarquia de autoridade, um estado- maior e uma coordenação funcional. (Estamos na página 20 da apostila) 41/66

45 2.2 A Organização Eclesiástica e Militar A escala hierárquica produz o princípio da unidade de comando – receber ordens de uma pessoa, e a organização linear são aspectos típicos da organização militar. (Estamos na página 21 da apostila) 42/66

46 2.3 Adam Smith ( ) Mais importante teórico do liberalismo econômico. Seu livro A Riqueza das Nações serviu de fundamento para a Administração Científica de Taylor. (Estamos na página 21 da apostila) 43/66

47 2.4 A Revolução Industrial Antes da Revolução Industrial, as atividades eram exercidas artesanalmente, através das corporações de ofício. Com a invenção da máquina a vapor por James Watt, surgiram as primeiras indústrias com funcionários especializados. (Estamos na página 22 da apostila) 44/66

48 2.4 A Revolução Industrial (Trecho do filme de Charles Chaplin – Tempos Modernos) (Estamos na página 23 da apostila) 45/66

49 3. Contribuições Clássicas 3.1 Administração Científica Iniciada pelo engenheiro americano Frederick Winslow Taylor ( ) com suas publicações Administração de Oficinas (1903) e Princípios da Administração Científica (1911). (Estamos na página 23 da apostila) 46/66

50 3. Contribuições Clássicas 3.1 Administração Científica Taylor trabalhou em um sistema de trabalho mais justo e que remunerasse por produtividade. Naquela época descobriu-se que os trabalhadores estavam desmotivados e eram mal remunerados. (Estamos na página 24 da apostila) 47/66

51 3. Contribuições Clássicas 3.1 Administração Científica Esse trabalho envolveu a Organização Racional do Trabalho (ORT), onde estudou- se a melhor forma de execução das tarefas. (Estamos na página 24 da apostila) 48/66

52 3. Contribuições Clássicas Administração Científica (Estamos na página 24 da apostila) 49/66

53 3. Contribuições Clássicas 3.1 Administração Científica - Padronização das tarefas via ETMF; - Seleção de trabalhadores por habilidades; - Especialização de mão de obra; - Incentivos salariais e prêmios de produção. (Estamos na página 24 da apostila) 50/66

54 3. Contribuições Clássicas 3.2 Escola Normativista Surgiu do engenheiro francês Henri Fayol ( ) e destacou a administração como uma função distinta das demais da empresa. Sugere 14 princípios gerais para uma administração eficaz. (Estamos na página 25 da apostila) 51/66

55 3. Contribuições Clássicas 3.2 Escola Normativista Elementos essenciais da administração: - Planejamento - Organização - Coordenação - Comando - Controle (Estamos na página 25 da apostila) 51/66

56 TÓPICO 3 A história continua: da burocracia Weberiana à Teoria Contingencial 52/66

57 1. Introdução A história da Administração não são compostas apenas dos pioneiros Taylor e Fayol, mas de outras fases passando pela burocracia de Weber, a humanística de Elton Mayo e a Teoria Contingencial. (Estamos na página 33 da apostila) 53/66

58 2. Organizações Burocráticas Forma de organização humana baseada na racionalidade, ou seja, a melhor forma de fazer alguma coisa com os meios disponíveis. (Estamos na página 34 da apostila) 54/66

59 2. Organizações Burocráticas -Trabalho dividido com claras definições de autoridade e responsabilidade; - Posições organizadas em hierarquia de autoridade; - Promoções baseadas em qualificações técnicas, treinamento e experiência; - Atos administrativos e decisões registradas por escrito; - Administração separada da propriedade da organização; - Administradores sujeitos a regras e procedimentos; - Regras impessoais e aplicadas a todos os empregados. (Estamos na página 34 da apostila) 55/66

60 3. A Perspectiva Humanística Começa-se a destacar o comportamento humano nas organizações. A prioridade passa a ser as pessoas e os grupos sociais. (Estamos na página 35 da apostila) 56/66 Mary Parker Follet Robert Owen

61 3. A Perspectiva Humanística 3.1 O Movimento das Relações Humanas Surge na década de 30, apoiada em um experimento do psicólogo australiano Elton Mayo ( ): a experiência de Hawthorne, em 1927 nas instalações da Western Electric Company. (Estamos na página 35 da apostila) 57/66

62 3. A Perspectiva Humanística 3.1 O Movimento das Relações Humanas (Estamos na página 35 da apostila) 58/66 Prof. Elton Mayo Experiência de Hawthorne

63 3. A Perspectiva Humanística 3.1 O Movimento das Relações Humanas (Estamos na página 36 da apostila) 59/66 - A capacidade física e fisiológica não são determinantes exclusivos de produtividade do indivíduo; - Incentivos financeiros não são determinantes exclusivos de produtividade do indivíduo; - O comportamento do indivíduo dentro das organizações não é isolado – é apoiado totalmente no grupo; - O conteúdo e a natureza do trabalho influencia em muito a moral do trabalhador.

64 3. A Perspectiva Humanística 3.2 Contribuições da Ciência Comportamental (Estamos na página 36 da apostila) 60/66 A Escola do Comportamento Humano, ou Behaviorismo, desenvolveu-se nos Estados Unidos como um desdobramento da Teoria das Relações Humanas. Behavior = comportamento (em inglês)

65 3. A Perspectiva Humanística 3.2 Contribuições da Ciência Comportamental (Estamos na página 37 da apostila) 61/66 Herbert Simon Kurt Lewin Chester Barnard Douglas McGregor

66 3. A Perspectiva Humanística 3.2 Contribuições da Ciência Comportamental (Estamos na página 37 da apostila) 62/66 A Escola do Comportamento Humano enfatiza as pessoas, como integrar seus objetivos com os da organização, quais as melhores formas de motivá- las e de administrar e liderar, considerando que são as pessoas que constituem a organização (LACOMBE; HEILBORN, 2003, p. 41).

67 3. A Perspectiva Humanística 3.2 Contribuições da Ciência Comportamental (Estamos na página 37 da apostila) 63/66 Teoria X e Y de McGregor, onde a Teoria X trata as pessoas como preguiçosas, precisando ser controladas. A administração é feita por imposição arbitrária de cima para baixo.

68 3. A Perspectiva Humanística 3.2 Contribuições da Ciência Comportamental (Estamos na página 37 da apostila) 63/66 Já a Teoria Y trata as pessoas diferente. Nela os indivíduos querem e gostam de trabalhar. Administrar é crescer continuamente, liberando potenciais e dando condições de trabalho.

69 3. A Perspectiva Humanística 3.2 Contribuições da Ciência Comportamental (Estamos na página 37 da apostila) 64/66 Pirâmide de Maslow

70 4. Abordagens Contemporâneas 4.1 Organização como Sistema Aberto (Estamos na página 38 da apostila) 65/66 Influencia e sofre influências do ambiente externo, além de ser ela própria um sistema. Aparece por volta de 1960 a TGS (Teoria Geral dos Sistemas) do biólogo alemão Ludwig von Bertalanffy.

71 4. Abordagens Contemporâneas 4.2 Teoria das Contingências (Estamos na página 39 da apostila) 66/66 Não existe um modelo ideal de administração. Nada é certo nas organizações e as ações administrativas dependem (são contingentes) das características do ambiente para que se consiga chegar a um resultado.

72 Parabéns!!! Terminamos a Unidade.

73 PRÓXIMA AULA: Técnicas Gestão Orientação da Prática


Carregar ppt "RESUMÃO Técnicas de Gestão Unidade 1. Cronograma: Turma EMD 0168 Técnicas Gestão DataAtividade 16/08 2º Encontro 1ª Avaliação Disciplina 02/08 1º Encontro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google