A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aula 16 – Partidos Políticos e Eleições. Definição geral de Partido (Max Weber) Associação (...) que visa a um fim deliberado, seja ele objetivo, como.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aula 16 – Partidos Políticos e Eleições. Definição geral de Partido (Max Weber) Associação (...) que visa a um fim deliberado, seja ele objetivo, como."— Transcrição da apresentação:

1 Aula 16 – Partidos Políticos e Eleições

2 Definição geral de Partido (Max Weber) Associação (...) que visa a um fim deliberado, seja ele objetivo, como a realização de um plano com intuitos materiais ou ideias, seja pessoal, isto é destinado a obter benefícios, poder e, consequentemente, glória para os chefes e sequazes, ou então voltado para todos esses objetivos conjuntamente. (cf. apostila 3, p. 29) O que há de diferente entre o partido e demais organizações sociais? O Interesse nacional e a luta pelo poder.

3 Partidos políticos no Brasil Atualmente existem 30 partidos registrados oficialmente no Tribunal Superior Eleitoral. SiglaNomeDeferimentoPresidentenº 1PMDBPartido Do Movimento Democrático Brasileiro 30.6.1981VALDIR RAUPP, Em Exercício 15 2PTBPartido Trabalhista Brasileiro 3.11.1981Roberto Jefferson Monteiro Francisco 14 3PDTPartido Democrático Trabalhista 10.11.1981Carlos Lupi12 4PTPartido Dos Trabalhadores 11.2.1982Rui Goethe Da Costa Falcao 13 5DEMDemocratas11.9.1986José Agripino Maia 25 6PCdoBPartido Comunista Do Brasil 23.6.1988José Renato Rabelo 65 7PSBPartido Socialista Brasileiro 1°.7.1988Eduardo Campos40 8PSDBPartido Da Social Democracia Brasileira 24.8.1989Sérgio Guerra45 9PTCPartido Trabalhista Cristão 22.2.1990Daniel S. Tourinho 36 10PSCPartido Social Cristão29.3.1990Víctor Jorge Abdala Nósseis 20

4 SiglaNomeDeferimentoPresidente 11PMNPartido Da Mobilização Nacional 25.10.1990Oscar Noronha Filho 12PRPPartido Republicano Progressista 29.10.1991Ovasco Roma Altimari Resende 13PPSPartido Popular Socialista19.3.1992Roberto Freire 14PVPartido Verde30.9.1993José Luiz De França Penna 15PTdoBPartido Trabalhista Do Brasil 11.10.1994Luis Henrique De Oliveira Resende 16PPPartido Progressista16.11.1995Francisco Dornelles 17PSTUPartido Socialista Dos Trabalhadores Unificado 19.12.1995José Maria De Almeida 18PCBPartido Comunista Brasileiro 9.5.1996Ivan Martins Pinheiro* 19PRTBPartido Renovador Trabalhista Brasileiro 28.3.1995José Levy Fidelix Da Cruz 20PHSPartido Humanista Da Solidariedade 20.3.1997Eduardo Machado E Silva Rodrigues 21PSDCPartido Social Democrata Cristão 5.8.1997José Maria Eymael 22PCOPartido Da Causa Operária30.9.1997Rui Costa Pimenta 23PTNPartido Trabalhista Nacional 2.10.1997José Masci De Abreu 24PSLPartido Social Liberal2.6.1998Luciano Caldas Bivar 25PRBPartido Republicano Brasileiro 25.8.2005Marcos Antonio Pereira 26PSOLPartido Socialismo E Liberdade 15.9.2005Ivan Valente 27PRPartido Da República19.12.2006Alfredo Nascimento 28PSDPartido Social Democrático27.9.2011Gilberto Kassab 29PPLPartido Pátria Livre4.10.2011Sérgio Rubens De Araújo Torres 30PENPartido Ecológico Nacional19.6.2012Adilson Barroso Oliveira

5 O que é preciso para fundar um partido? Dirigir um requerimento de registro do partido ao Cartório do Registro Civil das Pessoas Jurídicas, em Brasília. O documento deve ser assinado por no mínimo 101 pessoas com domicílio eleitoral em pelo menos nove Estados. Coletar assinaturas de apoio ao Partido, correspondentes a 0,5% do número de votos (excluídos, portanto, brancos e nulos) válidos para a câmara dos deputados na última eleição. Cerca de 470.000 assinaturas. As assinaturas devem ser colhidas em, no mínimo, 9 Estados e corresponder a 10% do eleitorado de cada um deles. Uma vez colhidas passa-se a averiguação de sua autenticidade. Constituído, definitivamente, na forma do estatuto, os órgãos de direção municipais, regional e nacional, o presidente regional do partido solicitará o registro no respectivo Tribunal Regional Eleitoral. Registrados os órgãos de direção regional em, pelo menos, um terço dos Estados, o presidente do partido solicitará perante o Tribunal Superior Eleitoral o registro do estatuto partidário e do respectivo órgão de direção nacional. Organizações que buscam ser partidos: Movimento Negação da Negação. Partido Pirata Fontes http://extra.globo.com/noticias/brasil/o-passo-passo-da-criacao-de-um-partido-politico-no-brasil-229485.html#ixzz28ANWpev8 http://extra.globo.com/noticias/brasil/o-passo-passo-da-criacao-de-um-partido-politico-no-brasil-229485.html#ixzz28ANWpev8 http://www.tre-mg.gov.br/partidos_politicos/criacao_registro_partido2tri.htm http://www.justicaeleitoral.jus.br/arquivos/lei-dos-partidos-politicos-lei-9.096-1995

6 Trechos do Programa do Partido Nazista (NSDAP). 1. Exigimos a reunião de todos os alemães numa grande Alemanha, fundamentados no direito dos povos a dispor de si mesmos. 2. Exigimos igualdade de direitos entre o povo alemão e as demais nações, e a abolição dos tratados de paz de Versalhes e de Saint-Germain. 3. Exigimos terras (colônias) para alimentar o nosso povo e nelas instalar a nossa população excedente. 4. Somente os membros do povo podem ser cidadãos do Estado. Só pode ser membro do povo aquele que possui sangue alemão, sem consideração de credo. Nenhum judeu, portanto, pode ser membro do povo. 5. Quem não é cidadão só pode viver na Alemanha como hóspede e deve submeter-se à legislação relativa a estrangeiros. 7. Exigimos que o Estado se comprometa a assegurar, antes de qualquer outra coisa, condições de vida e de subsistência aos seus cidadãos. Se não é possível alimentar o conjunto da população do Estado, cumpre expulsar do Reich os súditos das nações estrangeiras (não-cidadãos). 8. Toda imigração suplementar de não-alemães deve ser impedida. Exigimos que todos os não-alemães, entrados na Alemanha desde 2 de agosto de 1914 sejam obrigados a deixar o Reich imediatamente.

7 Trechos do Programa do Partido Nazista (NSDAP). 18. Exigimos uma luta impiedosa contra aqueles cujas atividades prejudicam o interesse geral. Os infames criminosos contra o povo, agiotas, traficantes etc., devem ser punidos com pena de morte, sem consideração de credo ou raça. 19. Exigimos que se substitua o direito romano, que serve à ordem materialista, por um direito alemão. 23. Exigimos que se lute pela lei contra a mentira política deliberada e a sua divulgação através da imprensa. Para que se torne possível a constituição de uma imprensa alemã, exigimos: a) que todos os redatores e colaboradores de jornais editados em língua alemã sejam obrigatoriamente membros do povo (Volksgenossen); b) que os jornais não-alemães sejam submetidos à autorização expressa do Estado para poderem circular. Que eles não possam ser impressos em língua alemã; c) que toda participação financeira e toda influência de não-alemães sobre os jornais alemães sejam proibidas por lei, e exigimos que se adote como sanção para toda e qualquer infração o fechamento da empresa jornalística e a expulsão imediata dos não-alemães envolvidos para fora do Reich. Os jornais que colidirem com o interesse geral devem ser interditados. Exigimos que a lei combata as tendências artísticas e literárias que exerçam influência debilitante sobre a vida do nosso povo, e o fechamento dos estabelecimentos que se oponham às exigências acima. 24. Exigimos liberdade dentro do Estado para todos os credos religiosos, na medida em que não ponham em risco a sua existência e não contrariem o espírito dos costumes e da moral da raça germânica. Quanto ao partido, defende a idéia de um cristianismo positivo, sem, no entanto, vincular-se a um credo determinado. Combate o espírito judeu-materialista em nós e em tomo de nós, e está convencido de que um saneamento duradouro do nosso povo só pode realizar-se internamente com base no seguinte princípio: o interesse coletivo prevalece sobre o interesse individual.

8 Exercício de Pesquisa Eleitoral Lado ALado B

9 Exercício de Pesquisa Eleitoral

10 Fonte das pesquisas: http://www1.folha.uol.com.br/poder/115 7902-inclinacao-conservadora-em-sao- paulo-impulsiona-russomanno.shtml http://www1.folha.uol.com.br/poder/115 7905-analise-russomanno-combina- protesto-e-tradicao.shtml


Carregar ppt "Aula 16 – Partidos Políticos e Eleições. Definição geral de Partido (Max Weber) Associação (...) que visa a um fim deliberado, seja ele objetivo, como."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google