A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ETOSP. A tosse é causada por: fator exógeno (vento frio, vento calor ou secura calor) e endógeno (órgãos e vísceras). Onde se estagna o Qi do P ou por.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ETOSP. A tosse é causada por: fator exógeno (vento frio, vento calor ou secura calor) e endógeno (órgãos e vísceras). Onde se estagna o Qi do P ou por."— Transcrição da apresentação:

1 ETOSP

2 A tosse é causada por: fator exógeno (vento frio, vento calor ou secura calor) e endógeno (órgãos e vísceras). Onde se estagna o Qi do P ou por desordens energéticas de outros órgãos como a umidade pela deficiência do BP que estagna o Qi do P e converte em fogo.

3 VENTO CALOR – tosse com catarro amarelo, febre, dor de cabeça, sede e dor de garganta, pulso superficial e rápido, saburra delgada e amarela. VENTO FRIO – tosse com ardor na garganta, catarro aquoso e branco, dor de cabeça, febre, temor ao frio sem sudorese, pulso superficial e retardado, saburra delgada e branca. Tto – B3, P7, IG4.

4 UMIDADE PULMÃOFOGO Debilidade BP Mucosidade RTosse

5 UMIDADE CALOR QUE AGRIDE P – tosse com catarro pegajoso, plenitude torácica e nos hipocôndrios, anorexia, saburra branca e pegajosa, pulso escorregadio. Tto: camada Tai Yin da mão – B13, P9, F13, BP3, E40.

6 FOGO DO F QUE AGRIDE O P – tosse que causa dor torácica e nos hipocôndrios, tosse provocada pelo Qi contracorrente, catarro escasso e pegajoso, face vermelha, secura na garganta, saburra amarela, pouca saliva, pulso em corda. Tto: TaiYin da mão e Jue Yin do pé: B13, P5, VB34, F3.

7 Xiao = sibilação (assobio, ronco), dispnéia e dificuldade de respirar ao deitar. O princípio de tratamento é tonificar o Qi do corpo e nos casos agudos expelir os fatores patogênicos (que permanecem no interior e nos P, aparece em crises. O principal fator é a mucosidade oculta armazenada nos P, onde o Qi rebelde causa estreitamento da passagem de ar.

8 Broncospasmo e dispnéia crônica são devidos a: obstrução do Qi no interior, ataque de fator patogênico externo, catarro pegajoso no diafragma. É importante distinguir a fase aguda (manifestação) e a fase crônica (raiz). Na aguda expelir os fatores patogênicos, eliminar a mucosidade e restabelecer a descida do Qi do P. Na fase crônica tonificar o Qi, principalmente dos P, BP e R.

9 Fase aguda – MUCOSIDADE FRIO, MUCOSIDADE CALOR. Mucosidade frio: respiração rápida, broncospasmo, sensação de plenitude e opressão torácica, tosse catarro escasso, tez branco-azulada, ausência de sede ou desejo de líquidos quentes, sensação de frio, piora com o frio. Língua inchada e revestimento branco e pegajoso. Tto: P7, P6, B13, VC22, VC17, E40, CS6

10 Mucosidade calor: broncospasmo com produção de ruído alto, dispnéia, tórax distendido, tosse, escarro amarelo e pegajoso, irritabilidade, transpiração, face vermelha, sabor amargo, sede, sensação de calor. Língua vermelha com revestimento amarelo e pegajoso. P5, P10, P6, P1, IG11, CS5, E40, VC22, B13.

11 É uma inflamação da traquéia e do brônquio, as manifestações clínicas incluem: tosse de escarro produtivo, mucoso e viscoso no início (transforma-se em copioso e purulento), dispnéia, broncospasmo, sensação de aperto no tórax, febre.

12 É caracterizada por crises repetidas de tosse durante o inverno, a frequencia das crises é gradualmente aumentada até a tosse se tornar quase constante. Além de broncospasmo, aperto torácico, escarro mucoso e purulento, dispnéia.

13 Significa nariz empoçado. Na visão Ocidental são congestão nasal, secreção nasal aquosa e espirro, pode afetar a conjuntiva e os olhos que se tornam vermelhos e acompanhados de prurido. Decorrente de uma reação antígeno anticorpo na mucosa nasal. Se for apenas partículas de pólen = rinite alergia sazonal, se são poeira, ácaros, fungos e pêlos de animais = rinite alérgica perene (reativo a fumaça e cheiro).

14 O tratamento ocidental consta de antihistamínicos e os efeitos colaterais são: sedação, tontura, cansaço, insônia,nervosismo, distúrbios gastrointestinais. A Bi Yuan é proveniente de repetidas invasões de vento frio no meridiano de P não tratadas e depois se transforma em calor, não descende o Qi do P e estagna Qi e sangue no local. O meridiano de VB carrega calor para cima VG, cérebro e nariz = secreção amarela e purulenta.

15 O baço pode ser envolvido e aumenta a umidade, piorando os sintomas. A manifestação consiste em sintomas de vento frio ou calor, def do P e calo na VB. Alguns sintomas são similares ao da sinusite.

16 Seios paranasais são o etmoidal, frontal, maxilar e esfenoidal. Os frontais e maxilares são os mais propensos a infecção e inflamação. Também chamada de BiYuan=nariz empoçado, ou Não Lou = secreção do cérebro, pois a secreção antigamente vinha do cérebro.

17 Os sintomas são: secreção nasal amarela e purulenta proveniente da frente e de trás do nariz (para a garganta), obstrução nasal, cefaléia frontal, dor facial e sensação de atordoamento e peso na cabeça.

18 Invasão repetida de vento calor ou frio – prejudica o Qi do P e estagna os fluidos = mucosidade e calor = secreção nasal amarela e purulenta. Dieta – consumo de alimentos quentes e gordurosos = mucosidade, umidade calor no E e no BP que pode levar para cima pelo meridiano do E.

19 ASMA – é uma afecção reincidente. Inclui asma brônquica, bronquite asmática e enfizema pulmonar obstrutivo. A asma pode ter início precoce ou extrínseca. A asma pode ser alérgica (precoce) ou atópica (com eczema - tardio) que tem aumentado nos países desenvolvidos. A asma severa é ainda uma doença crônica debilitante muito comum na infância.

20 O tratamento é com uso de drogas broncodilatadoras e o índice de óbito aumentou em 45% nos EUA. A MTC concentra-se mais nos sintomas do que na doença (ocidental). A asma alérgica é caracterizada por obstrução parcial do fluxo de ar na árvore brônquica (por espasmo muscular e edema da mucosa). O estreitamento = resistência fluxo de ar +expiração = retendo ar nos P.

21 A mucosa inflamada e edemaciada mediante infiltração de células inflamatórias. A asma precoce – início na infância, hereditária, eczema a partir do nascimento, reações de pele. Os fatores da tardia: ácaros, pólen, fungos, penas, saliva animal, fumaça, cheiro de gasolina, perfumes, e alimentos como: marisco, peixe, ovos, leite, trigo.

22 A asma é caracterizada por crises de broncospasmo e respiração curta – piores a noite. Pode haver presença de tosse seca sendo súbita e com aperto no peito. A dispnéia ocorre na expiração – fixa o ombro e a cintura. Preferência por ficar sentado.

23 A afecção das vias aéreas superiores = vento frio ou vento calor – antibióticos. Se o vento não for expelido –P= prejuízo da descida do Qi = dispnéia e muco e predispõe a novos episódios de vento externo, debilita a cça. Na asma não conceito de alergia como fator etiológico. Presença de vento frio ou calor.

24 A mucosidade causa obstrução das vias aéreas e o sibilo é proveniente do Qi rebelde ao longo das vias aéreas obstruído pelo muco que pode ser decorrente de reação alérgica. Mesmo eliminando muco pode permanecer apresentando asma pela constrição brônquica. As crises são iniciadas por exposição ao vento, a alérgenos, a clima frio ou estresse emocional.

25 A asma tardia – entre 30 e 40 anos = def do BP e língua edemaciada. O fator responsável pela raiz da doença é a deficiência dos sistemas de defesa do Qi do P e do R. O responsável pela manifestação é o vento.

26 Deficiência dos sistemas de defesa do Qi do P e do R – o Qi de defesa é Yang – aquece pele e músculos. O R e ligado a B = Qi para a B transformar os fluidos. Os meridianos de B e o de VG difundem o Qi de defesa. Também de fraqueza hereditária constitucional, vícios da mãe, sofrimento fetal e imunizações. Bebês nascidos de cesariana há maior incidência de asma.

27 A alma corpórea é responsável pela sensação, prurido e emoção e relacionada com a pele. E calor tóxico vindo da superfície pelo útero em bebês. Se a essência for deficiente falha em enraizar a alma corpórea e os P.

28 Vento como principal fator patogênico da asma. A mucosa brônquica pode ser vista como extensão da pele. A asma tardia está relacionada com a def do BP, do Qi do P e do R e com o F (por estresse emocional).

29 Bronquite = hipertrofia das glândulas secretoras de muco na árvore brônquica, podem estar inflamados e com pus – dispnéia e tosse, borncospasmo e tosse com escarro. Enfisema = distensão e destruição dos brônquios e/ou alvéolos, dispnéia e broncospasmo constante. Bronquiectasia = dilatação dos brônquios com grande quantidade de escarro – febre ou pneumonia.

30 ASMABRONQUITE CRÔNICAENFISEMA PatologiaBroncospasmoEstreitamento dos brônquios pelo muco Distensão dos alvéolos ou bronquíolos SinaisSibilaçãoTosse produtiva com escarro profuso Tórax magro SintomasCrises de dispnéiaDispnéia, plenitude do tóraxDispnéia constante FrequenciaCrises de dispnéiaCrises de dispnéia com infecções do tórax Dispnéia constante TempoPiora a noitePiora pela manhãTodo o tempo AlergiasSimNão EscarroNãoSim, abundanteSim EczemaSimNão diferenciação

31 Durante as crises = Vento frio e/ou Vento calor. Entre as crises = deficiência dos sistemas de defesa do Qi do P e do R. Nos casos agudos deve-se acalmar a mente = VG24 muito utilizado. Durante as crises o vento é o principal fator.


Carregar ppt "ETOSP. A tosse é causada por: fator exógeno (vento frio, vento calor ou secura calor) e endógeno (órgãos e vísceras). Onde se estagna o Qi do P ou por."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google