A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BONECAS Apenas brinquedos infantis?. Gosto de fazer bonecos. Tenho mais de 40 anos, sou uma mulher bem resolvida em tudo o que faço na vida. Um dia me.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BONECAS Apenas brinquedos infantis?. Gosto de fazer bonecos. Tenho mais de 40 anos, sou uma mulher bem resolvida em tudo o que faço na vida. Um dia me."— Transcrição da apresentação:

1 BONECAS Apenas brinquedos infantis?

2 Gosto de fazer bonecos. Tenho mais de 40 anos, sou uma mulher bem resolvida em tudo o que faço na vida. Um dia me questionaram o motivo pelo qual eu me dedico a fazer bonecas, a sentir prazer em fazê-las. Obviamente respondi de imediato que não se tratava de um retorno à infância, mas sim de uma sensação bem mais interessante: a de criar a partir de materiais distintos um objeto encantador, tridimencional e que remete de imediato a formas humanas ou animais. Porém, creio que saber um pouco mais sobre a história cultural das bonecas seria de boa valia.

3 Bonecas: Não são para brincar As bonecas são brinquedos criados para exercitar o instinto.(...) Em outros países, as bonecas tem significados, formas e cores totalmente diferentes. Elas fazem parte da cultura tradicional e são mais que meros brinquedos. Vejamos algumas delas: Matrioshka (Rússia): Na Rússia elas significam fertilidade. Eram dadas as mulheres em idade de casamento como incentivo à maternidade e aquele desejo camarada de saúde e beleza. Também acredita-se que as bonecas trazem sorte. Segundo o site Matrioshka-Matrioshka, curiosamente as bonecas são originárias do Japão e há pouco mais de cem anos integraram o folclore russo. Ainda segundo o site em 1890 um protótipo do brinquedo, representando um sábio budista, foi trazido do Japão e presenteado à legendária família de comerciantes Mamôntov, grandes patrocinadores das artes no virar do século. Usando a boneca japonesa como modelo, o artesão Vassily Zvyôzdotchkin e o pintor Serguei Malútin criaram então a primeira Matryoshka russa, batizando-a apropriadamente com uma variação do nome russo Matryona, que deriva de mat (mãe)Matrioshka-Matrioshka

4 Matrioshka (Rússia)

5 Kokeshi (Japão): As Kokeshis são cilíndricas e tem uma grande cabeça com feições infantis, não tem braços nem pernas e medem uns 15 centímetros. Os japoneses da região de Okinawa acreditam que a alma de crianças com até 12 anos, que morrem, acabam incorporadas nas bonecas. Os japoneses, então, as mantém nos cemitérios ou em suas próprias casas. Adotar uma Kokeshi com alma é sinônimo de boa sorte. Uma pequena oferenda de doces é colocada aos pés dessa boneca no dia do aniversário da criança falecida para trazer prosperidade e afastar o azar e mau agouro.

6 Kokeshi (Japão)

7 Hinamatsuri O Festival de Bonecas (, Hina-matsuri ? ), ou "Dia das Meninas" é uma festa típica japonesa, que ocorre no dia 3 de março - terceiro dia do terceiro mês. Plataformas com panos (, hi-mōsen ? ) vermelhos em degraus são dispostas para expor as bonecas (, hina-ningyō ? ), que representam o Imperador, a Imperatriz, serviçais, músicos com as vestimentas tradicionais do período Heian. O costume de exibirem-se bonecas começou durante o período Edo. Antigamente as pessoas acreditavam que as bonecas possuíam o poder de atrair os maus espíritos, e assim protegeria o dono.O Hinamatsuri traz vestígios de um antigo costume japonês chamado (, Hina-nagashi ?, lit. balsa da boneca) no qual bonecas feitas de papel eram colocadas num rio, que dirige-se ao mar, levando junto consigo os males ou os maus espíritos. ?japonesa3 de março ?bonecas ?período Heianperíodo Edo ? O Hina Matsuri, ou Festival de Bonecas, é uma tradicional celebração japonesa realizada sempre no terceiro dia de março para afastar maus espíritos. Durante as celebrações, as famílias rezam pela felicidade e saúde das meninas do país. Mais de mil bonecas, vindas de diferentes partes do Japão, foram exibidas no salão principal do templo da cidade de Sendai, no norte do país. Tradicionalmente, as bonecas são expostas em cima de um tapete de vermelho.

8 Hinamatsuri (japão)

9 Maia (Algarve-Portugal): As Maias e os Maias são bonecos confeccionados a partir de palha de centeio, farelos e trapos, vestidas com traje branco, cercadas de flores. A tradição da confecção dos bonecos foi esquecida com o passar do tempo, já que os mais novos não se interessavam em aprender a técnica (mais ou menos como aconteceu com a profissão de barbeiro e sapateiro). Mas ainda não foi extinta. Originalmente, a festa com as Maias visava celebrar a Primavera. A celebração da Flora fica evidente nos materiais que compões os bonecos. Posteriormente eles são ornamentados com jóias, roupas e até uma maquiagem… Entrementes, eram (e ainda são) entoados cantos humorísticos e com críticas ácidas à sociedade que promete e não cumpre.

10 Maia (Algarve-Portugal):

11 Bonecas brasileiras: Os bonecos gigantes de Olinda, a Calunga do Maracatu, Bonecas de barro de Pernambuco, a própria Emília e a boneca de Piche. Os modos de fazer as Bonecas Karajá foram inscritos no livro das Formas de Expressão e dos Saberes, reconhecidos como Patrimônio Cultural Brasileiro em 25 de janeiro de 2012, em reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural. De acordo com o DPI, além de ser uma importante fonte de renda, as Bonecas Karajá representam uma expressão cultural e artística que reproduz aspectos identitários de extrema importância para este grupo étnico. São consideradas representações culturais que carregam significados sociais profundos e representam o ordenamento sociocultural e familiar dos Karajá. Devido a razões mitológicas, ritualísticas e ligadas à vida cotidiana e a fauna, as bonecas Karajá são também instrumentos de socialização das crianças que se enxergam nesses objetos e aprendem a ser Karajá. Ao brincar com as bonecas e observarem o modo como são produzidas, as meninas recebem importantes lições e aprendem as técnicas e saberes associados à sua confecção.

12 BONECAS KARAJÁS (Brasil)

13 Bonecas africanas: Na cultura ocidental a definição atual de um boneco é muito estreita, significa um brinquedo para uma criança. Nem sempre tem sido assim. Na Itália renascentista um boneco fazia parte da lista como fazendo parte do dote da noiva. A mulher era encorajada a dar banho, alimentar a boneca com a esperança de que ela futuramente poderia gerar uma criança agradável e saudável. Isto demonstra que não são só as culturas africanas a utilizarem os seus bonecos como rituais. Existem exemplos semelhantes em muitas outras culturas em todo o mundo. A boneca africana também não é considerada um brinquedo. Ela tem um significado bastante diferente e é utilizada com uma finalidade bem determinada. Uma lenda ashanti conta que há muitos anos uma mulher grávida, um dia, esculpiu e aprimorou uma linda estatueta de madeira. Trouxe-a consigo durante meses, até dar à luz uma menina muito linda, semelhante à estatueta que havia esculpido. Desde então, todas as mulheres grávidas andam com uma estatueta às costas, que reproduz as formas anatômicas perfeitas, pelo menos segundo as tradições de beleza próprias da cultura.

14 A boneca pode ser mais ou menos estilizada, e a sua forma varia conforme se deseja ter um menino ou uma menina. Terá um rosto achatado e oval se a mulher desejar um rapaz, quase retangular se desejar uma menina. A boneca pode servir para muita coisa.Primeiramente, tem o poder de favorecer, pelo menos simbolicamente, a fertilidade feminina. Afasta os espíritos malignos, pois se pensa que são eles a causa da infertilidade da mulher. Depois, serve para augurar à mulher grávida que a criança que vai nascer seja saudável e linda.A beleza não é coisa natural, mas cultural; por exemplo, para os ashanti, ser belos significa ter o pescoço alongado e o rosto arredondado. Por isso, as bonecas são geralmente esculpidas com um pescoço longo e o rosto redondo e achatado. Pensamos que podemos, desta forma, influenciar a estrutura física da criança que vai nascer. Como ritual de ancestralidade e valores, as bonecas produzidas tradicionalmente na África são utilizadas para representar pessoas falecidas e entes queridos. São também usadas para agradecer aos deuses pela boa saúde, riqueza, as boas colheitas e incentivar a fertilidade.Elas são feitas a partir de materiais encontrados em seu ambiente natural, tem como base os desenhos das paredes de caverna pré histórica ou estatuetas de madeira e até mesmo de argila, e agora representadas por restos de tecido. Estas bonecas ou ídolos foram usados como ícones religiosos ou mágicos por muitos povos. Para muitas meninas negras tem um significado de afeto, pois elas são feitas pelas mães, tias, avós a fim de presentear com algo mais significativo do que um simples brinquedo é um presente que conta um pouco da vida, um gesto de perpetuação e amor. Os materiais utilizados, as cores, e o design dos tarjes são uma reprodução fiel dos costumes de cada povo, não só de cada país africano, mas mais especificamente de cada tribo.

15

16 Na França as bonecas se tornaram uma febre entre os nobres, elas eram enviadas às cortes pelos mais famosos estilistas de Paris para apresentar suas novas coleções, eram usadas como as revistas de moda nos dias de hoje. As bonecas em geral são uma forma de trazer para a vida de uma pessoa o registro, é o retrato dos costumes de uma família ou de um povo. Seja ela sua utilidade brincar ou decorar, sempre terá algo para contar de uma vida de uma pessoa a partir do momento que descobrirmos a simbologia que nela carrega. BONECAS DE PORCELANA As bonecas de porcelana são objetos de cobiça de qualquer colecionador. Não é para menos. A beleza da escultura das cabeças, a expressão angelical e o cuidado com os detalhes colocam essas bonecas na categoria de obras de arte.Deveriam vir com uma etiqueta: mantenha fora do alcance de crianças! As bonecas Armand Marseille são as mais comuns de serem encontradas e de preço mais acessível, se comparadas com as bonecas francesas.Em geral as bonecas são encontradas no mercado em condições precárias,necessitando de um bom trabalho de restauração,especialmente na limpeza e na confecção de roupas novas, réplicas das originais, com tecidos de algodão, seda, rendas antigas e tudo cuidadosamente costurado à mão.

17 Bonecas Francesas

18 Colecionadores de bonecas chegam a gastar R$ 500 mil com o hobby. Coleções das chamadas 'fashion dolls' movimentam mercado. Dá para se perguntar por que quem aprecia e coleciona bonecas é capaz de se dar ao luxo de pagar essa quantia, ou até mais, para adquirir bonecas raras? Primeiro, porque esse hobby é caro, então não é para qualquer bolso. Depois, porque quem tem esse tipo de hobby apresenta um grau de sofisticação e bom gosto bem elevado, além, é claro de ter muita sensibilidade e valorizar o processo de confecção de cada boneca referente à época de produção da mesma. Refinamento cultural e estético seria o traço que identifica esse tipo de pessoa!

19 Artistas lituanos criam bonecas de porcelana para adultos As bonecas costumam liderar o ranking dos brinquedos preferidos das meninas. Com o passar do tempo, muitas acabam deixando de brincar de boneca – mas não todas. Pensando nas mulheres que, mesmo depois de crescidas, ainda gostam de colecionar bonecas, a empresa lituana Jolanta & Robert apostou em uma coleção artística e delicada. Feitas de porcelana, as bonecas são produzidas artesanalmente e nenhum detalhe é esquecido pelos talentosos artistas: desde a espessura dos cílios até a textura do batom, sem falar nas roupas, confeccionadas com tecidos finos. Mais de uma dezena de modelos impressionam até os colecionadores mais exigentes.Jolanta & Robert

20

21 Bonecas de pano Essas não poderiam ficar de fora de jeito nenhum! As bonecas atravessaram épocas e civilizações. A boneca mais conhecida do Brasil é a chamada "bruxinha de pano", de fabricação caseira, precária e tradicional na época colonial, utilizada pelas crianças de baixa renda. Tornou-se, com o passar do tempo, uma marca forte da arte popular e do folclore, indicando sua regionalidade e sua etnia por meio dos tecidos e das cores das vestimentas, tipos humanos e indumentária. As primeiras bonecas, como as que temos hoje, aportadas no Brasil vieram com a família real em 1808, mas eram restritas às famílias mais ricas. As bonecas de pano eram, a princípio, objetos de magia negra herdadas da cultura africana trazida pelos escravos. Posteriormente, passaram a ser utilizadas como brinquedos pelas crianças das famílias de baixa renda e foram se popularizando com a passagem do tempo. Essas bonecas de pano serviram de modelo para Emília, a boneca de pano mais famosa do Brasil, personagem dos livros de Monteiro Lobato. A partir das bonecas de pano, foram produzidas bonecas de plástico e vinil, cada vez com mais movimentações. Fonte: das-bonecas.htmlhttp://oficinadebonecas.blogspot.com/2007/08/curiosidade-histria- das-bonecas.html

22

23 Texto adaptado de sites encontrados na internet. Imagens: retiradas da net. Música: Jim Brickman - Cloudy Day


Carregar ppt "BONECAS Apenas brinquedos infantis?. Gosto de fazer bonecos. Tenho mais de 40 anos, sou uma mulher bem resolvida em tudo o que faço na vida. Um dia me."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google