A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

História e Caracterização da Psicologia Hospitalar Enquanto Área de Atuação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "História e Caracterização da Psicologia Hospitalar Enquanto Área de Atuação."— Transcrição da apresentação:

1 História e Caracterização da Psicologia Hospitalar Enquanto Área de Atuação.

2 Durante séculos, a atenção psicológica aos enfermos confundiu-se com a atenção religiosa. O acompanhamento em clínicas e hospitais era realizado por Freiras. Após a Segunda guerra mundial, onde grandes mudanças se fizeram necessárias no cenário mundial, os hospitais começaram a constituir equipes interdisciplinares, buscando ofertar respostas diferenciadas às complexas demandas da sociedade e lentamente, começaram a construir sistemas de atenção integral ao individuo.

3 Os primeiros psicólogos brasileiros começaram a trabalhar em hospitais nos anos 60, é sabido que não havia um método claro a ser seguido, pois eram pioneiros no país, e de outro lado neste mesmo momento a psicologia estava ainda sendo reconhecida como ciência nos países desenvolvidos. Assim muitos profissionais passaram a utilizar práticas do consultório psicológico no atendimento hospitalar, ou até mesmo a trabalhar como assessor de psiquiatras, sem uma interação entre os profissionais, sendo que cada um contribuía com seus conhecimentos específicos, porém isolados.

4 A entrada de psicólogos nos hospitais deu-se por mudanças dos paradigmas na saúde, várias circunstâncias podem ser citadas para o desenvolvimento da psicologia no contexto hospitalar como: desencadeamento de transtornos psicológicos devido a novas drogas; a intensificação de realização de procedimentos cirúrgicos, sendo que o paciente necessita ficar em unidades de terapia intensiva e unidades de recuperação; número freqüente de pacientes que necessitam de atendimento médico e psicológico simultaneamente (tentativa de suicídio, alcoolismo, drogadição, episódios psicóticos agudos, etc.); reconhecimento dos fatores psicossociais da doença bem como nos aspectos preventivos em saúde; desenvolvimento tecnológico da medicina visto que, as ações diagnósticas e terapêuticas estão cada vez mais refinadas, mas também despersonalizadas e desumanizadas; descompensações psicológicas referentes à doença e hospitalização, aumento dos trabalhos em equipe e habilidade para trocas interdisciplinares

5 A psicóloga Mathilde Neder, diplomada na Universidade de São Paulo (USP), foi a pioneira nos trabalhos interdisciplinares e humanistas oferecidos na área da saúde Hospitalar. Ela foi à responsável pela revolução no atendimento médico e hospitalar.

6 O paciente era visto como uma m á quina a ser reparada. Havia certa frieza e distanciamento no procedimento m é dico. A interven ç ão médica era considerada objetiva. Nessa é poca j á se questionava o modelo biom é dico, os trabalhos de Freud, Lacan e Jung, mostravam claramente a intera ç ão entre mente, corpo e ambiente. Os problemas humanos residiam para além dos sintomas verbalizados.

7 Na P ó s-modernidade surgia um modelo biopsicossocial, no qual levava em conta todos os aspectos inerentes ao sujeito. Com os grandes acontecimentos da p ó s- modernidade, onde surgia um homem complexo, o homem se distanciava do ideal positivista, tornava-se mais complexo e punha-se a questionar o seu lugar no mundo.

8 Entre os anos 50 e 60 fundamentos filosóficos conduziram a uma ampliação do conceito de psicologia hospitalar. Antes de ser registrado como doente, condição passageira, o individuo pode ser pai, filho, político, etc.

9 Caracterização da Psicologia Hospitalar

10 Com relação ao psicólogo da saúde que atua especificamente em hospitais, é indispensável um bom treinamento em três áreas básicas: clínica, pesquisa e programação.

11 Com relação à a área clínica, o psicólogo deve ser capaz de realizar avaliações e intervenções psicológicas; Na área de pesquisa e comunicação, é necessário saber conduzir pesquisas e comunicar informações de cunho psicológico a outros profissionais; quanto à área de programação, o profissional deve desenvolver habilidades para organizar e administrar programas de saúde. Com essa formação integrada, é possível melhorar a qualidade da atenção prestada, garantir que as intervenções implantadas sejam as mais eficazes para cada caso, diminuir custos e aumentar os conhecimentos sobre o comportamento humano e suas relações com a saúde e a doença.

12 O papel do psicólogo hospitalar é de apoiar o paciente, esclarecê-lo, informá-lo, levar a equipe a se relacionar efetivamente com o mesmo, dar- lhe todas as informações do seu estado patológico e seu diagnóstico, com isso o psicólogo hospitalar adquire um papel importante para a harmonia da equipe e para a saúde do paciente. O psicólogo da saúde deve efetuar intervenções para prevenir doenças ou auxiliar no enfrentamento das mesmas, bem como se aperfeiçoar através de pesquisas sobre o desenvolvimento das doenças e os comportamentos associados às mesmas

13 * O profissional deve ser visto como um observador qualificado; * Um porta voz dos anseios do paciente e da fam í lia; * Um interprete privilegiado das normas da institui ç ão; * Ele deve atuar como um guardião da pessoa na rela ç ão com as tecnologias; * E como agente de transforma ç ão, capaz de apresentar as possibilidades para o surgimento de um novo ser no processo de reabilitação.

14 De acordo com a defini ç ão do ó rgão que rege o exerc í cio profissional do psic ó logo no Brasil, o CFP (2003a), o psic ó logo especialista em Psicologia Hospitalar tem sua fun ç ão centrada nos âmbitos secund á rio e terci á rio de aten ç ão à sa ú de, atuando em institui ç ões de sa ú de e realizando atividades como: atendimento psicoterapêutico; grupos psicoterapêuticos; grupos de psicoprofilaxia; atendimentos em ambulat ó rio e unidade de terapia - intensiva; pronto atendimento; enfermarias em geral; psicomotricidade no contexto hospitalar; avalia ç ão diagn ó stica; psicodiagn ó stico; consultoria e interconsultoria.


Carregar ppt "História e Caracterização da Psicologia Hospitalar Enquanto Área de Atuação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google