A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A dinâmica do aconselhamento não-diretivo

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A dinâmica do aconselhamento não-diretivo"— Transcrição da apresentação:

1 A dinâmica do aconselhamento não-diretivo

2 A prática de Aconselhamento Psicológico depende de dois fatores que se apresentam de forma interligada: atitude de orientador, técnicas utilizadas por este orientador; Para o devido controle de suas atitudes o orientador deve: Conhecer com precisão a natureza da técnica que usa e as atitudes que ele objetivará na sua relação com o orientando; Compreender qual o clima psicológico que a técnica determina;

3 Atitudes do orientador
Avaliativa: consiste em um julgamento daquilo que o orientando expressou; Interpretativa: intenção em atribuir um significado ao que o orientando diz; Apoio: pretensão de animar o cliente, reduzindo a intensidade das suas vivências emocionais; Inquisitiva: tem por intenção buscar maiores informações e mesmo provocar uma discussão sobre o problema; Compreensiva: intenção de transmitir ao orientando a sua compreensão;

4 “ na verdade não sei o que fazer, se devo ou não continuar a ser professora primária. Não suporto mais este trabalho que me põe tão nervosa. É verdade que tenho uma posição estável e um bom salário. Mas é possível que o mais certo seja largar tudo e me dedicar àquilo que realmente desejo. Porém, isso implicaria em começar a fazer tudo outra vez, partindo da estaca zero, conformar-me com pequenos salários...e não sei se poderia fazer isso”

5 Inquisitiva: a senhora poderia me falar um pouco mais sobre o seu novo campo de interesse? Acho que isso seria importante para podermos conversar melhor sobre o assunto; Avaliativa: antes que a senhora tome uma decisão como esta é preciso saber se realmente vale a pena. É preciso considerar se sua nova atividade lhe garantirá ao menos a segurança que lhe dá o magistério primário;

6 Apoio: Acho que poderemos auxiliá-la em sua decisão
Apoio: Acho que poderemos auxiliá-la em sua decisão. A senhora se submeterá a alguns testes e através deles nos será possível avaliar suas possibilidades de sucesso nesse novo campo de interesse; Interpretativa: sua indecisão é muito compreensível. Por um lado, a senhora sente incerteza com relação ao seu novo campo de interesse. Por outro lado, há o conflito entre a insatisfação com o magistério e a segurança que daí advém;

7 Compreensiva: é uma decisão difícil não é
Compreensiva: é uma decisão difícil não é? Continuar um trabalho seguro que a irrita ou arriscar-se em uma nova atividade;

8 Características das respostas compreensivas
Adoção de um centro de referência do orientando; É a reflexão das vivências emocionais do orientando pelo orientador, que as percebe da mesma forma que seu cliente; O orientador funciona como um “ego substituto”, despindo-se de suas próprias vivências emocionais; Tem como objetivo propiciar a autocompreensão do orientando;

9 Centros de referência interno x externo
A adoção de um centro de referência interno consiste em uma tentativa de penetrar no mundo psíquico do orientando e viver as atitudes expressas por ele ao invés de simplesmente observá-las; Ao seguirmos uma atitude tipicamente social adotamos um centro de referência externo. Orientador e orientando perguntam e respondem, cada um seguindo seu próprio fio de pensamento;

10 Independente da adoção de um dos centros de referência, temos um orientador que se atenta para as percepções e sentimentos íntimos do orientando; Na adoção de um centro de referência externo, o orientador se utiliza de sua compreensão em termos da significação que ele atribui às questões do outro; Na adoção de um centro de referência interno, o orientador procura eliminar seu próprio julgamento;

11 Respostas utilizadas no aconselhamento não-diretivo
As respostas não se limitam a respostas compreensivas. Encontramos também outros tipos de resposta, tais como: (em ordem de importância) Clarificação das vivências emocionais; Interpretação; Aceitação; Apoio; Perguntas; Informação;


Carregar ppt "A dinâmica do aconselhamento não-diretivo"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google