A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Leocádio José Correia (1848-1886) Conheça um pouco da história deste ilustre parnanguara que viveu durante 38 anos, na segunda metade do século XIX. Ligue.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Leocádio José Correia (1848-1886) Conheça um pouco da história deste ilustre parnanguara que viveu durante 38 anos, na segunda metade do século XIX. Ligue."— Transcrição da apresentação:

1

2 Leocádio José Correia ( ) Conheça um pouco da história deste ilustre parnanguara que viveu durante 38 anos, na segunda metade do século XIX. Ligue o som e tecle p/ avançar

3 Leocádio José Correia, Nasceu em 16 de fevereiro de 1848, na bucólica cidadezinha de Paranaguá no litoral do Paraná, cidade provincial de São Paulo na época. Seus pais foram o Sr. Manoel José Correia (comerciante português) e sua mãe a Srª. Gertrudes Pereira Correia (filha do último Capitão-Mór e 1º prefeito de Paranaguá, Manoel Antônio Pereira). Tiveram oito filhos, sendo Leocádio o terceiro.

4 Alguns de seus irmãos mais conhecidos na história foram o Comendador Manoel Correia e a Baronesa do Serro Azul. Manoel do Rosário, comerciante e jornalista, mais tarde tornou-se Comendador. Pois, a Princesa Isabel quando esteve em Paranaguá, por ocasião da inauguração da Estrada de Ferro, ficou encantada com o trabalho humanitário e a dedicação política do amigo Leocádio. Pediu ao pai, o Imperador D. Pedro II, que nomeasse-o Comendador. Mas Leocádio faleceu antes de receber o título. Assim sendo, coube ao seu irmão mais velho receber a honraria como homenagem. Leocádio José e o irmão Manoel do Rosário

5 Maria José casou-se com o primo-irmão, Ildefonso Pereira Correia. Grande amigo de Leocádio, desde a infância, Ildefonso foi o maior exportador de erva-mate do Paraná e o maior produtor do mundo. Foi também um grande político na história o Paraná, sendo executado durante a Revolução Federalista. Maria José Correia Baronesa do Serro Azul Ildefonso Pereira Correia Barão do Serro Azul * Ildefonso Pereira Correia ( ) por ser abolicionista recebeu o título de Barão do Serro Azul, em agosto de 1888, da Princesa Isabel regente na época.

6 Estudioso e muito religioso, Leocádio encaminhou-se para a vida eclesiástica no Seminário Episcopal de São Paulo, transferindo-se depois para o Colégio Episcopal no Rio de Janeiro. Após terminar os estudos de instrução secundária, às vésperas da primeira unção, desistiu do sacerdócio. Seminário Episcopal de São Paulo

7 Assumiu outro apostolado, na Academia de Medicina do Rio de Janeiro. Como dedicado aluno de um dos maiores vultos da medicina nacional, o Dr. João Vicente Torres Homem. Academia de Medicina do Rio de Janeiro Dr. João Vicente Torres Homem

8 Formou-se em Dezembro de Seus familiares não puderam comparecer à sua formatura devido aos problemas de saúde do seu pai. Representando a família nesta ocasião, apenas esteve presente seu padrinho e parente o Comendador Manuel Guimarães (Visconde de Nácar). Dr. Leocádio, aos 24 anos Manuel A.Guimarães

9 Recusando excelentes oportunidades de trabalho na Corte junto à aristocracia e à nobreza, Leocádio retorna à Paranaguá, como doutor.

10 Instalando-se em sua querida cidade natal, montou seu consultório no Largo da Matriz. Ficando também próximo a casa dos pais, onde também residia, nas mediações da igreja matriz na Rua da Misericórdia, (hoje rua Dr. Leocádio).

11 Casou-se na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário em Agosto de 1874, com sua prima-irmã Carmela Augusta Cysneiros. Tiveram três filhos: Clara, Leocádio e Lucídio. *Carmela e Ildefonso (Barão do Serro Azul) eram irmãos. Camela Augusta, esposa.

12 Dr. Leocádio foi um médico na verdadeira acepção da palavra, tendo clinicado nos municípios de Paranaguá, Guaratuba, Guaraqueçaba, Antonina, Morretes, Curitiba, Ponta Grossa e Castro.

13 Médico, Inspetor da Santa Casa de Misericórdia, Sanitarista dos Portos de Paranaguá e Antonina, Diretor do Clube Literário...

14 ...Poliglota, Tradutor, Orador, Ator, Escritor, Inspetor Paroquial de Ensino, Jornalista, Político, Democrata, Abolicionista e acima de tudo um grande Humanitarista.

15 Dr. Leocádio, como político também teve importante participação na construção da Estrada de Ferro Paranaguá – Curitiba. Serviu de tradutor para os engenheiros italianos e foi o responsável pela recepção da Corte em Paranaguá, quando aqui estiveram para formalizar o início das obras da ferrovia, participando depois da viagem inaugural.

16 Após tantas realizações, Leocádio José Correia faleceu no dia 18 de maio de 1886, vítima de febre perniciosa. Foi um fato enormemente pranteado, especialmente pelos mais pobres e necessitados, os quais, em sua breve vida, visitava diariamente.

17 Poucos anos depois de seu desencarne, Leocádio José Correia começou a manifestar-se espiritualmente. Primeiro, no litoral do Estado de Santa Catarina; posteriormente, no Estado do Paraná, num trabalho fraterno de atendimento à pessoa humana e na divulgação da mensagem de Jesus Cristo, à luz da Doutrina dos Espíritos.

18 Balduína Lobo de Andrade, mais conhecida por Baduca, foi a médium por quem o Dr. Leocádio José Correia fez suas primeiras manifestações no Paraná. Nasceu em Paranaguá, em 16 de abril de 1884, casou aos 16 anos. Foi com o marido Décio da Costa Lobo que conheceu o espiritismo (...). Aos 31 anos ficou viúva com seis filhos para criar. Nessa época ocorreram as primeiras manifestações de Leocádio, que prescrevia e assinava receitas homeopáticas, para dezenas de pessoas que diariamente procuravam ajuda. (...) Mesmo enfrentando dificuldades financeiras, Baduca nunca permitiu que se fizesse comércio dos receituários, não aceitando nenhum pagamento. Dizia ela: Não faço nada por dinheiro. Tragam então flores para dedicar a Jesus e ao irmão Leocádio... Mas saibam que nem Jesus e nem o irmão Leocádio precisam delas, porque as flores espirituais são mais bonitas que as flores da Terra. (...) É preciso estar sempre atento, pois temos muito a agradecer a Deus e praticamente nada a pedir. Aos 70 anos, Baduca ficou cega em decorrência do glaucoma. À partir daí, com exceção da rotina do lar em que insistia ajudar de alguma forma, seus dias foram de recolhimento e preces. Desencarnou aos 73 anos, em 22 de junho de 1957, deixando exemplos de desprendimento, abnegação e caráter. Saiba também que...

19 Esta foi uma singela homenagem ao ilustre médico e amigo paranaense, que desencarnou há 125 anos. Mas que nunca nos deixou desamparados, pois desde então, está sempre intercedendo por nós na espiritualidade. Nenhum homem é feliz sem o exercício pleno do amor. Leocádio José Correia

20 Há mais de 50 anos, Leocádio vem desempenhando importante papel na execução do projeto ligado à Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas, em Curitiba - PR, no sentido de reconceituar o Espiritismo no Brasil. No exercício de suas atribuições, o espírito Leocádio José Correia vem trabalhando através do médium Maury Rodrigues da Cruz, realizando uma intensa e extensa atividade assistencial voltada para a saúde física, mental e espiritual de quem o procura. Fontes de Pesquisa : SBEE - Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas Livros: A vida do Dr.Leocádio (Valério Hoerner Jr.) e Brumas do Passado (Rubens Correia) Revista Ser Espírita: Quando o amor se faz presente matéria sobre Baduca / ed. Nº3 Ano 2009 Fotos: Livro A vida do Dr.Leocádio, Revista Ser Espírita, Google e doação da Sr ª Euricléia Lobo, presidente do Clube Renascer da 3ª Idade (neta de D. Baduca). Formatação e restauração digital de fotos: Helen Thomaz Lopes (Centro Experimental de Estudos Espíritas de Paranaguá-PR / Núcleo filiado a SBEE)


Carregar ppt "Leocádio José Correia (1848-1886) Conheça um pouco da história deste ilustre parnanguara que viveu durante 38 anos, na segunda metade do século XIX. Ligue."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google