A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Onchocerca volvulus “cegueira do rio”

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Onchocerca volvulus “cegueira do rio”"— Transcrição da apresentação:

1 Onchocerca volvulus “cegueira do rio”
FO - Universidade de São Paulo Onchocerca volvulus “cegueira do rio” Parasitologia – Grupo 5 São Paulo, 2014

2 Introdução Onchocerca volvulus é uma espécie de nematóide parasita.
Características: - Secção circular na forma adulta; - Reprodução assexuada; - Pode viver até 14 anos dentro do hospedeiro humano. Onchocerca volvulus

3 Oncocercose Causada pelo Onchocerca volvulus; Raramente fatal;
Chamada de “Cegueira dos rios” ou “Mal do garimpeiro”; Segunda maior causa de cegueira; Onchocerca volvulus

4 Histórico Desde 1915, encontrado na Guatemala;
Posteriormente no México e na Venezuela; 1960 – México Brasil - encontrado ao Norte No México e na Guatemala : manifestação no couro cabeludo Na Venezuela, Colômbia e em países da África: troncos, nádegas e cotovelos Brasil – Depende da região endêmica. Onchocerca volvulus

5 Ciclo de vida Onchocerca volvulus

6 Transmissão A Oncocercose é transmitida por mosquitos do gênero Simulium spp.; Conhecidos no Brasil por: “Pium” : Região Norte Borrachudo : outras regiões Picadas da cintura pra baixo (Simulium guianense) ou no tórax, pescoço e cabeça (S. Oyapockense). Onchocerca volvulus

7 Epidemiologia A doença ocorre na África, Mediterrâneo, América Central e América do Sul; Brasil: Roraima e Amazonas (maioria); Prevalência da Oncocercose é influenciada pela proximidade dos rios e afluentes; Onchocerca volvulus

8 Distribuição geográfica do Onchocerca Volvulus

9 Progressão e sintomas Surgimento de nódulos (móveis) subcutâneos fibrosos; Sobre superfícies ósseas; Em diversas regiões do corpo; Neles estão os parasitas adultos Não causam dor; Complicações: cegueira, hipertrofia ganglionar e lesões dermatológicas graves. Onchocerca volvulus

10 Diagnóstico identificação do verme adulto ou microfilárias por meio de: biopsia de nódulo ou pele; punção por agulha e aspiração do nódulo; exame oftalmoscópico do humor aquoso; exame de urina; testes de imunidade: intradermorreação, imunofluorescência, Elisa, PCR. ? ? ? Onchocerca volvulus

11 Tratamento Específico: ivermectina contra as microfilárias,
periodicidade semestral ou anual (10 anos) Pouco eficaz contra o verme adulto Cirurgico: Utiliza-se remoção cirúrgica dos nódulos dos adultos Onchocerca volvulus

12 Profilaxia O uso de roupas que cobrem a maior parte da pele;
repelentes de insetos e redes; administração de fármacos antiparasíticos; Onchocerca volvulus

13 Referências: http://www.infoescola.com/doencas/oncocercose/
oncocercose.htm?_mobile=off Livro: Neves et al., Parasitologia Humana, 11ª edição, pág. 309, 312 chocerca_volvulus_PLoS_Medicine-IT.jpg

14 Grupo 5 Isabella Vasconcelos Janaína B. Galeazzi Julia Gomes Júlia Ribeiro Juliana L. Carvalho Juliana P. Rodrigues Karina Ichimura Karina Manami Laís Castro Lays Paiva Onchocerca volvulus


Carregar ppt "Onchocerca volvulus “cegueira do rio”"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google