A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Questão Pedagógica no uso de Meios Eletrônicos Interativos na EducaçãoA Questão Pedagógica no uso de Meios Eletrônicos Interativos na Educação Roseli.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Questão Pedagógica no uso de Meios Eletrônicos Interativos na EducaçãoA Questão Pedagógica no uso de Meios Eletrônicos Interativos na Educação Roseli."— Transcrição da apresentação:

1 A Questão Pedagógica no uso de Meios Eletrônicos Interativos na EducaçãoA Questão Pedagógica no uso de Meios Eletrônicos Interativos na Educação Roseli de Deus Lopes Vice-Diretora da Estação Ciência da USP Profa. Dra. do Dep. Eng. Sistemas Eletrônicos da Escola Politécnica da USP Coordenadora do NATE (Núcleo de Aprendizagem/Trabalho/Entretenimento) do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI-EPUSP)

2 CONTEXTO Engenharia há 25 anos atrás Relíquia!

3 Prototipação e Simulação Digital Engenharia Hoje

4 Visualização Científica Representação, Simulação e Visualização Micro ao Macro Tempo Real

5 Animações em Computação Gráfica e Composições de Animações com Vídeo Pixar – Garys Game 1997

6 Simuladores e Jogos para computadores pessoais com qualidade fotorealística

7 Visualização em tempo real de imagens sintéticas sobrepostas ao mundo real (realidade aumentada)

8 E a Escola como tem evoluído? Nossas ferramentas e estratégias evoluíram? Quais são as velhas e novas demandas? Quais as potencialidades dos Meios Eletrônicos Interativos para a Educação ? Estamos vivenciando uma nova revolução no trabalho, na economia, no entretenimento, – a Infoera [Zuffo] –

9 Educação Brasileira em Números Total de Estudantes na E. Básica: ~55Milhões Pop. Total do país: ~180Milhões

10 Situação atual da Educação no Brasil Atingimos a meta de universalização do acesso à Escola, mas.... Último colocado de 32 países no PISA-OECD (Programme for International Student Assessment) em leitura, matemática e ciências Baixos índices no ENEM, SAEB 60% dos professores de Ensino Médio e Fundamental não têm a formação desejada de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (lei 9394/1996) Professores investem poucos recursos na aquisição de livros e em sua formação continuada 70% de analfabetos funcionais

11 Desafios da Nova Educação Educação de Qualidade para Todos O foco da Escola e dos Professores NÃO é a transmissão de conteúdos A Nova Escola deve formar cidadãos criativos, flexíveis, com espírito crítico, capazes de reconhecer e caracterizar problemas, capazes de buscar e criar soluções, que saibam aprender a aprender sempre, que saibam viver e conviver em sociedade. melhores estratégias e as melhores ferramentas

12 As TICs nas Escolas Brasileiras atualmente

13 Laboratórios de Informática Todas as escolas de Ensino Médio com um laboratório de informática com no mínimo 10 computadores, para serem compartilhados por todos os estudantes e professores da Escola Em algumas escolas estes laboratórios permanecem praticamente fechados Professores não têm tempo para se apropriarem das tecnologias e menos ainda de práticas pedagógicas que se beneficiem do uso dessas tecnologias Na maioria das vezes uso muito rápido e superficial dos recursos Necessidade de atualização em menos de cinco anos em razão da baixa durabilidade e sensação de rápida obsolescência Muitos recursos investidos e poucos resultados concretos

14 Alguns exemplos de desenvolvimentos e de experiências adquiridas em Meios Eletrônicos Interativos na Educação e Pedagogia de Projetos

15 Portal EduMusical –

16

17 Estudantes Compositores – Criação em primeiro lugar! EDITOR MUSICAL – Software de composição musical: Composição individual Composição colaborativa (rede local ou à distância) Desafio individual Desafio colaborativo (rede local ou à distância)

18 Portal EduMusical Atividades on-line Interação entre usuários Download de aplicações educativas Submissão de projetos Informações sobre música, compositores, orquestras, músicos, etc.. Serviços de suporte para educadores cadastrados

19 Avaliação do Editor Musical e do Portal

20 Ambientes de Realidade Virtual - Planetário Imersivo Planetário Imersivo

21 Estudantes Criadores de Estórias e Mundos Virtuais FADAS - Software de autoria de estórias e mundos virtuais: modos individual ou colaborativo uma ou múltiplas telas opção de estereoscopia linguagem de programação do tipo LOGO, orientada a objetos

22

23 Projeto A CIDADE QUE A GENTE QUER: Workshops com professores e alunos, que desenvolvem projetos transdisciplinares, utilizando material convencional, componentes e recursos eletrônicos e computadores. (ampliação de linguagens, tecnologias simples e avançadas aplicadas a problemas reais) MIT Media Lab LSI–EPUSP SME de São Paulo Agência Estado Fundação Bradesco Estudantes Produtores de Soluções

24 o luxo da sucata Estudantes construindo suas próprias placas microcontroladoras Estudantes Produtores de Soluções

25

26

27 FEBRACE – Feira Brasileira de Ciências e Engenharia - Criatividade e Inovação Organização e Realização: USP (por meio da Escola Politécnica) Diversos patrocínios e apoios: INTEL, PETROBRÁS, MCT, SCT-SP,... Seleção dos finalistas a partir de submissão de relatórios de projetos (+ feiras afiliadas) Estados1220 Projetos Finalistas93180 Estudantes Avaliadores Voluntários65218 Prêmios> R$ 200 mil> R$ 300 mil Projetos Selecionados para a INTEL ISEF > 450 > 200 > R$ 300 mil > 450 > 200 > R$ 300 mil 9

28

29 Mudança de paradigma provocada pela evolução tecnológica

30 Uso Intensivo dos Meios Eletrônicos na Educação Requisitos fundamentais: Diferentes abordagens pedagógicas Diferentes contextos de uso Robustez e durabilidade Baixo custo Intuitividade 100% disponibilidade e 100% conectividade –acesso a conteúdos diversos e de qualidade, socialização e valorização da autoria Flexibilidade –leve, portátil, baixo consumo de energia Mobilidade (redes sem fio - wireless)

31 Uso Intensivo dos Meios Eletrônicos na Educação Aplicações e Serviços Web –foco na aplicação e não na informática Redes sem fio –baixo custo de implantação e operação –flexibilidade Dispositivos de acesso de baixo custo –Janela para o mundo, disponível sempre que necessária

32 2B1 da OLPC Classmate da INTEL

33 Uso Intensivo dos Meios Eletrônicos na Educação Computadores portáteis pessoais de baixíssimo custo ao levar para casa proporcionam a inclusão da família (e-gov) ampliar o número de horas desenvolvendo atividades de aprendizagem significativas e prazerosas Laboratórios de Informática + Telecentros + LanHouses recursos especiais complementares (servidor, câmera, scanner, impressora)

34 Uso Intensivo dos Meios Eletrônicos na Educação Serviços públicos e privados com conteúdos qualificados –Objetos de aprendizagem (livros, revistas, aplicativos, vídeos, animações, imagens, textos,..) Repositórios públicos e privados para armazenamento e publicação de dados -Estudantes e professores produtores de conhecimento -Espaços de valorização e socialização de suas produções

35 Uso Intensivo dos Meios Eletrônicos na Educação Ambientes para Formação Continuada de Professores Ambientes de interação em Rede e Autoria Colaborativa Ambientes para Acompanhamento Individualizado da Aprendizagem de Estudantes foco na criatividade respeito à diversidade instrumentos de auto-avaliação continuada instrumentos de acompanhamento para o professor

36 Algumas recomendações para implantação Processo de implantação gradativo por adesão –Escola deve apresentar seu Projeto Pedagógico e indicar como e porque pretende utilizar computadores portáteis em sala de aula –Associação de Pais deve se manifestar quanto à responsabilidade para que estes equipamentos possam ser levados para casa Desenvolvimento e implantação de um sistema de avaliação de impacto –indicadores, estratégias, coletas on-line e mecanismos de análise Neste caso, como se trata do uso de dispositivos individuais e conectados, as respostas terão mais validade do que em avaliações do PROINFO

37 Algumas recomendações para implantação Estabelecimento de políticas que estimulem a implantação de redes de acesso de baixíssimo custo –mais tempo para atividades de aprendizagem dentro e fora da escola –Inclusão digital da família (serviços de e-gov) Para acelerar o processo estímulo ao desenvolvimento de ferramentas de software livre: –adequadas a este novo paradigma de disponibilidade de acesso –foco na criatividade e respeito à diversidade –Ambientes de formação continuada e instrumentos de auto-avaliação –Ambientes de aprendizagem com instrumentos de acompanhamento individualizado do estudante pelo professor

38 Obrigada!


Carregar ppt "A Questão Pedagógica no uso de Meios Eletrônicos Interativos na EducaçãoA Questão Pedagógica no uso de Meios Eletrônicos Interativos na Educação Roseli."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google