A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Subsídio para acompanhamento do Currículo na Unidade Escolar Luciana Funada Maria Dolores.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Subsídio para acompanhamento do Currículo na Unidade Escolar Luciana Funada Maria Dolores."— Transcrição da apresentação:

1 Subsídio para acompanhamento do Currículo na Unidade Escolar Luciana Funada Maria Dolores

2 Por que a Matemática se tornou uma área de conhecimento específico? São três razões: 1- A matemática apresenta um universo próprio muito rico de ideais e objetivos específicos; 2- A matemática se torna enfraquecida quando se junta a outra área de conhecimento; 3- Facilitar a incorporação crítica dos inúmeros recursos tecnológicos atualmente existentes para a representação de dados e o tratamento de informações;

3 O Ensino da Matemática ANTESHOJE Há cinqüenta anos, saber matemática era praticamente sinônimo de fazer contas. As exigências de cálculo na vida do dia a dia são menores do que no passado: as máquinas não só efetuam operações como calculam os trocos e as porcentagens, e em muitos casos registram os próprios valores numéricos. Porém o mundo em que vivemos está cada vez mais matematizado, logo desenvolver competências matemáticas envolve pensar matematicamente, usar ideias matemáticas para darmos sentido eficiente no mundo.

4 MATEMÁTICA construção do conhecimento que trata das relações qualitativas e quantitativas do espaço e do tempo. atividade humana que trata dos padrões, da resolução de problemas, do raciocínio lógico, etc. na tentativa de compreender o mundo e fazer uso deste conhecimento. a grande maioria das profissões e trabalhos técnicos exige conhecimentos de Matemática (Ex.: engenharias, medicina, economia, arquitetura, química, sociologia, arte, música). - caso da Robótica: ramo da tecnologia que envolve mecânica, elétrica, eletrônica e computação e que trata de sistemas compostos por máquinas e partes mecânicas automáticas e controlados por circuitos integrados (micro-processadores), tornando sistemas mecânicos, motorizados, controlados manual ou automaticamente por circuitos elétricos ou mesmo computadores.

5 Dimensões do ensino de matemática * Procedimental (como fazer?) * Conceitual (por que se faz assim?) * Atitudinal (para que serve isso? Qual o valor disso?)

6 TEMAS * Números, operações e funções * Espaço e Forma * Grandezas e Medidas * Tratamento da Informação

7 Competências Gerais Números, Operações e Funções Desenvolver o raciocínio quantitativo e o pensamento funcional, isto é, o pensamento em termos de relações e a variedade de suas representações, incluindo as simbólicas, as algébricas, as gráficas, as tabulares e as geométricas. Aplicar expressões analíticas para modelar e resolver problemas. Espaço e Forma Compreender as propriedades dos objetos e a sua posição relativa e desenvolver o raciocínio espacial por meio de construções e de formas. Grandezas e Medidas Construir e ampliar noções de variação de grandeza para a compreensão da realidade e a solução de problemas do cotidiano. Compreender e fazer uso das medidas, ou sistemas convencionais, para o cálculo de perímetros, áreas, volumes e relações entre as diferentes unidades de medida. Tratamento da Informação Ler, construir e interpretar informações de variáveis expressas em gráficos e tabelas. Fazer uso das ferramentas estatísticas para descrever e analisar dados, realizar inferências e fazer predições. Compreender o caráter aleatório e não determinístico dos fenômenos naturais e sociais e utilizar os conceitos e algoritmos adequados para medidas e cálculos de probabilidade.

8 O que é Habilidade? Na área da educação, habilidade é o saber fazer. É a capacidade do indivíduo de realizar algo, como classificar, montar, calcular, ler, observar e interpretar. A capacidade da pessoa em mobilizar suas habilidades (saber fazer), seus conhecimentos (saber) e suas atitudes (saber ser) para solucionar determinada situação-problema é chamada por alguns educadores como competência. Assim, entender os conceitos é uma coisa, interpretá-los é outra e posicionar-se diante disso é outra (ver Le Bortef e Perrenoud[1]). O que é Competência? Competência é a capacidade de mobilizar conhecimentos, valores e decisões para agir de modo pertinente numa determinada situação. Portanto, para constatá-la, há que considerar também os conhecimentos e valores que estão na pessoa e nem sempre podem ser observados.

9 Articulação do Currículo, Caderno do Aluno, Caderno do Professor, livros Didáticos e materiais diversificados... Levando em consideração que o Currículo tem como um dos objetivos, a unificação do ensino básico em toda rede, ele deve ser trabalhado de modo a garantir os conteúdos e habilidades. O caderno do Professor e do Aluno é um suporte pedagógico, onde é proposto atividades diversificadas, garantindo o conteúdo com suas respectivas habilidades.

10 ESTRUTURA DO CURRÍCULO Princípios da organização curricular: * Currículo é cultura. * Currículo referido a competências. * Currículo que tem como prioridade a competência leitora e escritora. * Currículo que articula as competências para aprender. * Currículo contextualizado no mundo do trabalho.

11 Cadernos do Professor * Propõe atividades docentes para todas as aulas, em todas as séries e disciplinas. * Organização por semestre com: * Indicação clara das competências e habilidades a ser desenvolvidas pelos alunos, em cada tema ou tópico dos conteúdos. * Sugestão de aulas. * Sugestões de material complementar. * Propostas de avaliação. * Projetos de recuperação paralela. Cadernos do Professor * Propõe atividades docentes para todas as aulas, em todas as séries e disciplinas. * Organização por semestre com: * Indicação clara das competências e habilidades a ser desenvolvidas pelos alunos, em cada tema ou tópico dos conteúdos. * Sugestão de aulas. * Sugestões de material complementar. * Propostas de avaliação. * Projetos de recuperação paralela.

12 CADERNO DO ALUNO Orientação de estudos * Proposta de atividades: * exercícios em sala de aula. * roteiro para o trabalho individual e em grupo. * roteiro de experimento/estudo de campo * lição de casa * textos e imagens de apoio * Referências: remissão a outros materiais remissão aos livros didáticos adotados na rede.

13 Ação que representa a Situação de Aprendizagem. Quando determinamos uma palavra de ação para representar a Situação de Aprendizagem proposta, estamos concretizando a habilidade mais explícita.

14 Exemplo: 6º Ano do Ensino Fundamental. Caderno do 4º Bimestre. Situação de Aprendizagem TemaFoco???? 1 Organização Tabelando a informação Organizar e apresentar dados estatísticos por meio de tabelas. 2 Leitura A linguagem dos gráficos Leitura de informações 3 Construção Construção de gráficos Investigar aspectos relacionados a construção de gráficos 4 Aplicação Medidas de tendência central Desenvolver a habilidade de calcular essas medidas e compreeder alcances e limites de cada uma delas em situações reais

15 1ª Série do ensino Médio Caderno do 4º Bimestre Situação de Aprendizagem TemaFoco????? 1 Noção Rampas, cordas,parsecs Razões para estudar triângulo retângulo Capacidade de expressar e compreender os fenômenos naturais por meio da trigonometria 2 Ampliação Dos triângulos à circunferência – vamos dar uma volta? Ampliar o uso da linguagem trigonométrica 3 Relação Polígonos e circunferências- regularidades na inscrição e na circunscrição Compreender algumas relações essenciais entre a geometria e a trigonometria 4 Generalização A hora e a vez dos triângulos não retângulos Entrelaçamento entre a geometria e a trigonometria

16 Avaliação Na elaboração da avaliação, refletir sobre: 1- Avaliar para que (finalidade) 2- Avaliar o que (habilidades) 3- Como Avaliar ( métodos)


Carregar ppt "Subsídio para acompanhamento do Currículo na Unidade Escolar Luciana Funada Maria Dolores."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google