A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Apoio à Prevenção de Desastres Naturais Marcelo Jorge Medeiros São Paulo, SP 29 de novembro de 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Apoio à Prevenção de Desastres Naturais Marcelo Jorge Medeiros São Paulo, SP 29 de novembro de 2012."— Transcrição da apresentação:

1 Apoio à Prevenção de Desastres Naturais Marcelo Jorge Medeiros São Paulo, SP 29 de novembro de 2012

2 ANO POPULAÇÃO (MI HAB) % POP URBANA ,155, ,067, ,875, ,081, ,784,4 BRASIL Área: – 8,57 milhões Km² População: – 192 milhões (2010)

3 Maior número de eventos: estiagens Maiores danos devido às chuvas: – movimentos de massa – enxurradas – inundações Eventos críticos no Brasil Atlas Brasileiro de Desastres Naturais, Defesa Civil Nacional Afetados por desastres entre 1991 e 2010: hab.

4 Atlas Brasileiro de Desastres Naturais, Defesa Civil Nacional

5

6 Atribuição legal de planejar e promover ações destinadas a prevenir ou minimizar os efeitos de secas e inundações, no âmbito do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, em articulação com o órgão central do Sistema Nacional de Defesa Civil, em apoio aos Estados e Municípios Agência Nacional de Águas

7 Atlas de Vulnerabilidade a Inundações Indicação das áreas mais críticas a inundações Em elaboração pelo DAEE, Defesa Civil do Estado e ANA Indicação das áreas mais críticas a inundações Em elaboração pelo DAEE, Defesa Civil do Estado e ANA

8 Atlas de Vulnerabilidade a Inundações Trechos inundáveis: – Ocorrência de inundações em n anos Alta: ocorrem cheias a cada 5 anos; Média: ocorrem cheias a cada 10 anos; Baixa: somente ocorrem cheias em intervalos superiores a 10 anos.

9 Trechos inundáveis: – Estimativa dos impactos sociais e econômicos decorrentes das inundações: Danos à vida ou à propriedade e interrupção dos serviços públicos Atlas de Vulnerabilidade a Inundações

10 Mapeamento de risco – Trechos de rios vulneráveis a inundações Alta vulnerabilidade Média vulnerabilidade Baixa Vulnerabilidade

11 Rede hidrometeorológica nacional Dados de níveis, vazão e chuva Acesso público universal

12

13

14 UHEs PCHs Reservatórios do setor elétrico

15 Sala de Situação

16 Foco regional ANA fornece equipamentos, estações automáticas, software e capacitação Estados provêm espaço físico e pessoal especializado Salas de Situação Estaduais

17 Uso e ocupação Características físicas Hidrologia Topografia Pontos críticos Barragens Uso e ocupação Características físicas Hidrologia Topografia Pontos críticos Barragens 354 seções transversais Seção 129 (SJC) PLANO DE CONTROLE DE CHEIAS DA BACIA DO PARAÍBA DO SUL

18 MANCHAS DE INUNDAÇÃO Cataguases MANCHAS DE INUNDAÇÃO Cataguases 2 anos 10 anos 25 anos 50 anos 100 anos 500 anos

19 CEMADEN DEFESA CIVIL CENAD Alarme e Articulação Monitoramento e Alerta MS, GSI, MT, FORÇAS ARMADAS INMET, INPE, DECEA/MD e CENTROS ESTADUAIS Informações meteorológicas MI, MCid e IBGE Análise de Risco e Vulnerabilidade a Desastres CPRM Mapeamento geológico-geotécnico Mobilização e Resposta ANA Informações hidrológicas Fornecimento de Dados

20 Obrigado! Marcelo Jorge Medeiros Gerente de Eventos Críticos | (+55) (61) 2109 –5207


Carregar ppt "Apoio à Prevenção de Desastres Naturais Marcelo Jorge Medeiros São Paulo, SP 29 de novembro de 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google