A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ME623A Planejamento e Pesquisa. 4. Experimentos em Blocos 1.Blocos Completos Aleatorizados a)Definição b)Análise Estatística c)Decomposição da Soma de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ME623A Planejamento e Pesquisa. 4. Experimentos em Blocos 1.Blocos Completos Aleatorizados a)Definição b)Análise Estatística c)Decomposição da Soma de."— Transcrição da apresentação:

1 ME623A Planejamento e Pesquisa

2 4. Experimentos em Blocos 1.Blocos Completos Aleatorizados a)Definição b)Análise Estatística c)Decomposição da Soma de Quadrados d)Tabela Anova e)Estimação dos Parâmetros 2.Quadrados Latinos 3.Quadrados Greco-Latinos 4.Blocos Balanceados Incompletos 5.Delineamento Cruzados 1

3 Quadrados Latinos Tipo de experimento muito eficiente Permite controlar (ou eliminar) o efeito de dois fatores de perturbação/ruído, isto é, permite blocagem em duas direções Lembre-se que nos experimentos com blocos controlamos um único fator ruído O nome quadrado latino vem do fato que o experimento está disposto na forma de um quadrado e cada tratamento é representado por uma letra do alfabeto latino (A, B, C, D, etc) 2 Vitral em homenagem a Fisher

4 Quadrados Latinos 3 Universidade de Cambridge, Caius College Vitral em homenagem a Fisher No topo, o diagrama de Venn E na parte de baixo, um quadrado latino 7x7

5 Quadrados Latinos Nesse tipo de experimento, as linhas e as colunas representam restrições na aleatorização O número de tratamentos é mesmo que o número de linhas e de colunas De forma geral, um quadrado latinho a x a é um quadrado contendo a linhas e a colunas, sendo que cada uma das a células contém uma das a letras correspondentes aos tratamentos Cada letra ocorre apenas uma vez em cada linha e em cada coluna 4

6 Exemplos de Quadrados Latinos 5 4x45x56x6 A B C DA D B E CA D C E B F B C D AD A C B EB A E C F D C D A BC B E D AC E D F A B D A B CB E A C DD C F B E A E C D A BF B A D C E E F B A D C Para um dado número de tratamentos a, existem vários quadrados latinos possíveis

7 Número Total de Possíveis Quadrados Latinos 6 Um quadrado padrão é um quadrado com a 1ª linha e 1ª coluna com as letras em ordem alfabética

8 Conhecem Sudoku? Baseado num quadrado latino 9x9 7

9 Exemplo – Propulsores de Foguetes Um pesquisador está interessado em estudar os efeitos de diferentes formulações de propulsores de foguetes usados em sistema de fuga da tripulação (assento ejetor, por ex.) em termos velocidade de queima (isto é, o quão rápido o sistema ejeta os tripulantes) Cada formulação é misturada a partir de um lote de matéria-prima, suficiente para testar 5 formulações Além disso, as formulações são preparadas por operadores diferentes Duas fontes de perturbação: operadores e lotes de matéria-prima 8

10 Exemplo - Propulsores de Foguetes Temos 5 tratamentos representados pelas letras A, B, C, D e E Note que cada letra aparece exatamente uma vez em cada linha e coluna 9 Lote de Matéria-Prima Operador A=24B=20C=19D=24E=24 2 B=17C=24D=30E=27A=36 3 C=18D=38E=26A=27B=21 4 D=26E=31A=26B=23C=22 5 E=22A=30B=20C=29D=31

11 Modelo Estatístico – Efeitos Fixos As observações são descritas através do modelo: Modelo completamente aditivo: não interação entre linhas, colunas e tratamentos 10

12 Decomposição da Soma de Quadrados Soma de Quadrados Total ( SS T ) em que, 11

13 Análise de Variância A Análise de Variância decompõe a SS T das N=a 2 observações em com respectivos graus de liberdade Sob a suposição de normalidade dos erros e pelo Teorema de Cochran, são v.a. qui-quadrado independentes 12

14 Teste de Hipóteses Assim como anteriormente, queremos testar se: A estatística do teste é: Podemos também testar se os efeitos das linhas e das colunas são zero, mas como estas são restrições na aleatorização, os testes podem não ser apropriados. 13

15 Tabela ANOVA Quadrados Latinos 14

16 Exemplo - Propulsores de Foguetes 15 Lote de Matéria- Prima Operador y i.. 1 A=24B=20C=19D=24E= B=17C=24 D=3 0 E=27 A= C=18 D=3 8 E=26A=27B= D=26E=31 A=2 6 B=23C= E=22 A=3 0 B=20C=29 D= y..k y... = 635

17 Exemplo - Propulsores de Foguetes Aparentemente, a velocidade de queima difere para diferentes formulações Vamos olhar também os gráficos de velocidade de queima por lote de máteria- prima e operador 16 Figura: Velocidade de Queima por Formulação

18 Exemplo - Propulsores de Foguetes 17 Figura: Velocidade de Queima por Lote Figura: Velocidade de Queima por Operador

19 18 Análise Estatística Exemplo dos Propulsores de Foguetes

20 19 Exemplo dos Propulsores de Foguetes Letra Latina Total Tratamento A y.1. = 143 B y.2. = 101 C y.3. = 112 D y.4. = 149 E y.5. = 130 Calculando as médias de cada tratamento

21 20 Tabela ANOVA Exemplo dos Propulsores de Foguetes Conclusão: Existe uma diferença significativa na médias da velocidade de queima causadas pelas diferentes formulações E existe diferença entre os lotes de matéria- prima? E entre operadores?

22 No R > dados <- read.table("DadosFoguete.txt", header=TRUE) > fit <- lm(Rate ~ factor(Formulation) + factor(Batch) + factor(Operator), data=dados) > anova(fit) Analysis of Variance Table Response: Rate Df Sum Sq Mean Sq F value Pr(>F) factor(Formulation) ** factor(Batch) factor(Operator) * Residuals Signif. codes: 0 *** ** 0.01 * Análise Estatística Exemplo dos Propulsores de Foguetes

23 22 Análise dos Resíduos Exemplo dos Propulsores de Foguetes Como em qualquer experimento, devemos investigar a adequacidade do modelo através da inspeção dos resíduos No caso dos Quadrados Latinos, os resíduos são: Os gráficos dos resíduos são apresentados a seguir

24 23 Análise dos Resíduos Exemplo dos Propulsores de Foguetes

25 24 Análise dos Resíduos Exemplo dos Propulsores de Foguetes

26 25 Análise dos Resíduos Exemplo dos Propulsores de Foguetes Parece haver um problema com as suposições do modelo Resíduos não parecem seguir uma distribuição normal Variância aumenta com a magnitude dos dados Exercício: Desconsiderar os diferentes lotes de matéria-prima e ajustar o modelo novamente, usando apenas operador como bloco

27 Replicação dos Quadrados Latinos Quadrados Latinos pequenos: poucos graus de liberdade para o erro Nesse caso, é aconselhável replicar os quadrados latinos A replicação pode ser feita de várias formas e a Análise de Variância depende de como isso é feito 26

28 Replicação dos Quadrados Latinos No exemplo dos foguetes, suponha que iremos replicar 3 vezes. As formas possíveis são: 1.Usar os mesmos lotes e operadores em cada replicação 2.Usar os mesmos operadores, mas lotes diferentes em cada replicação (ou mesmos lotes, mas operadores diferentes) 3.Usar lotes e operadores diferentes 27

29 Replicação dos Quadrados Latinos – Caso 1 28 operadores lotes 1 ABCDE 2 BCDEA 3 CDEAB 4 DEABC 5 EABCD Replicação 1 operadores lotse 1 EABCD 2 ABCDE 3 BCDEA 4 CDEAB 5 DEABC Replicação 2 operadores lotes 1 DEABC 2 EABCD 3 ABCDE 4 BCDEA 5 CDEAB Replicação 3

30 Tabela ANOVA Quadrados Latinos Replicados – Caso 1 29

31 Replicação dos Quadrados Latinos – Caso 2 30 operadores lotes 1 ABCDE 2 BCDEA 3 CDEAB 4 DEABC 5 EABCD Replicação 1 operadores lotes 6 EABCD 7 ABCDE 8 BCDEA 9 CDEAB 10 DEABC Replicação 2 operadores lotes 11 DEABC 12 EABCD 13 ABCDE 14 BCDEA 15 CDEAB Replicação 3

32 Tabela ANOVA Quadrados Latinos Replicados – Caso 2 31

33 Replicação dos Quadrados Latinos – Caso 2 32 operadores lotes 1 ABCDE 2 BCDEA 3 CDEAB 4 DEABC 5 EABCD Replicação 1 operadores lotes 6 EABCD 7 ABCDE 8 BCDEA 9 CDEAB 10 DEABC Replicação 2 operadores lotes 11 DEABC 12 EABCD 13 ABCDE 14 BCDEA 15 CDEAB Replicação 3

34 Tabela ANOVA Quadrados Latinos Replicados – Caso 3 33

35 ME623A – Aula 10 – 09/09/201334


Carregar ppt "ME623A Planejamento e Pesquisa. 4. Experimentos em Blocos 1.Blocos Completos Aleatorizados a)Definição b)Análise Estatística c)Decomposição da Soma de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google