A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DE ÁLGEBRA ELEMENTAR NO CURRÍCULO ESCOLAR ÁLGEBRA NOS PCNS VIVÊNCIAS POSITIVAS E NEGATIVAS EM RELAÇÃO AO ENSINO DE ÁLGEBRA ELEMENTARVIVÊNCIAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DE ÁLGEBRA ELEMENTAR NO CURRÍCULO ESCOLAR ÁLGEBRA NOS PCNS VIVÊNCIAS POSITIVAS E NEGATIVAS EM RELAÇÃO AO ENSINO DE ÁLGEBRA ELEMENTARVIVÊNCIAS."— Transcrição da apresentação:

1 CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DE ÁLGEBRA ELEMENTAR NO CURRÍCULO ESCOLAR ÁLGEBRA NOS PCNS VIVÊNCIAS POSITIVAS E NEGATIVAS EM RELAÇÃO AO ENSINO DE ÁLGEBRA ELEMENTARVIVÊNCIAS POSITIVAS E NEGATIVAS EM RELAÇÃO AO ENSINO DE ÁLGEBRA ELEMENTAR CONCEPÇÕES ALGÉBRICAS PROPOSTAS POR FIORENTININI, MIORIM E MIGUELCONCEPÇÕES ALGÉBRICAS PROPOSTAS POR FIORENTININI, MIORIM E MIGUEL CATEGORIZAÇÃO DAS CONCEPÇÕES DE ÁLGEBRA SEGUNDO USISKINCATEGORIZAÇÃO DAS CONCEPÇÕES DE ÁLGEBRA SEGUNDO USISKIN CONCEPÇÕES DA ÁLGEBRA QUE O PROFESSOR POSSUI SEGUNDO PESQUISA DE PINTO (1998)CONCEPÇÕES DA ÁLGEBRA QUE O PROFESSOR POSSUI SEGUNDO PESQUISA DE PINTO (1998) CONCLUSÕES

2 ÁLGEBRA NOS PCNS O professor de possibilitar ao aluno, o reconhecimento de diferentes funções de álgebra (generalizar padrões aritméticos, estabelecer relação ente duas grandezas, modelizar, resolver problemas aritmeticamente difíceis), representar problemas por meio de equações e inequações e compreender as regras de resolução de uma equação. O professor deve apresentar situações que levem os alunos a construir noções algébricas pela observação de regularidades em tabelas e gráficos, estabelecendo relações.

3 VIVÊNCIAS POSITIVAS E NEGATIVAS EM RELAÇÃO AO ENSINO DE ÁLGEBRA ELEMENTAR VIVÊNCIAS POSITIVAS: resolução de exercícios relacionados ao cotidiano, desenvolvimento de fórmulas, uso de jogos variados e apresentação de gráficos, proporciona futura facilidade de resolvermos outros assuntos onde a álgebra se torna uma ferramenta. VIVÊNCIAS NEGATIVAS: apresentação de fórmulas sem sentido, professor sem didática, falta de relação com o cotidiano, apresentação de conceitos e definições sem demonstração gráfica.

4 CONCEPÇÕES ALGÉBRICAS PROPOSTAS POR FIORENTININI, MIORIM E MIGUEL LINGUÍSTICO-PRAGMÁTICA: vincula o papel pedagógico da álgebra como instrumento de resolução de problemas. FUNDAMENTALISTA-ESTRUTURAL: o papel pedagógico da álgebra é o fundamentador dos vários campos da matemática escolar, focaliza o trabalho com propriedades estruturais das operações. FUNDAMENTALISTA-ANALÓGICA: busca recuperar o valor instrumental da álgebra e a manutenção do caráter fundamentalista, apoiada em recurssos analógicos geométricos.

5 CATEGORIZAÇÃO DAS CONCEPÇÕES DE ÁLGEBRA SEGUNDO USISKIN A ÁLGEBRA COMO ARITMÉTICA GENERALIZADA: generaliza-se as relações conhecidas entre números e assim não se tem a sensação de incógnitas. Exemplo: 3+5*7=5*7+3 (generalizando para a+b=b+a) propriedade comutativa. A ÁLGEBRA COMO UM ESTUDO DE PROCECEDIMENTOS PARA RESOLVER CERTOS TIPOS DE PROBLEMAS: as são ou incógnitas ou constantes e as intruções são simplificar ou resolver. Exemplo: adicionando 3 ao quíntuplo de um certo número, a soma é 40, achar o número. A ÁLGEBRA COMO ESTUDO DE RELAÇÕES ENTRE GRANDEZAS: o estudo pode começar por fórmulas e as variáveis variam. Exemplo: A=bh fórmula da área de um retangula que expressa relação entre três grandezas. A ÁLGEBRA COMO ESTUDO DAS ESTRUTURAS: as variáveis são tratadas como símbolos arbitrários desvinculados de resolução de problemas, espera-se que o aluno manipule expressões, justificando os procedimentos. Exemplo: fatore 2a + 2b – 50ma – 14nb.

6 CONCEPÇÕES DA ÁLGEBRA QUE O PROFESSOR POSSUI SEGUNDO PESQUISA DE PINTO (1998) A maioria dos professores identifica o início do ensino da álgebra com equações do primeiro grau. 37,5% dos professores concordam que o ensino da álgebra deve começar mais cedo. 50,0% acham que deve continuar como está proposto no currículo de Matemática. A respeito de o ensino da álgebra não possuir significação em sala de aula, 6,25% concordam com esta afirmação. Em relação ao destaque atribuído à álgebra no currículo, 43,75% concordam que é exagerado.

7 CONCLUSÕES As concepções ao nível da álgebra elementar tem conexões com as diferentes concepções construídas historicamente. Assim o professor deve ter tempo e condições para ampliar a sua formação continuada, onde possa problematizar sua prática, percebendo limites e contribuições de cada uma.


Carregar ppt "CONCEPÇÕES E PRÁTICAS DE ÁLGEBRA ELEMENTAR NO CURRÍCULO ESCOLAR ÁLGEBRA NOS PCNS VIVÊNCIAS POSITIVAS E NEGATIVAS EM RELAÇÃO AO ENSINO DE ÁLGEBRA ELEMENTARVIVÊNCIAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google