A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

11/03/2011 Argumentos, verdade e validade 2 Jerzy A. Brzozowski.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "11/03/2011 Argumentos, verdade e validade 2 Jerzy A. Brzozowski."— Transcrição da apresentação:

1 11/03/2011 Argumentos, verdade e validade 2 Jerzy A. Brzozowski

2 Cenas do último capítulo... Um argumento pode ser definido como um conjunto não-vazio e finito de sentenças declarativas, das quais uma é chamada de conclusão, as outras de premissas, e pretende-se que as premissas justifiquem, garantam ou forneçam evidências em favor da conclusão. Uma sentença é uma sequência bem-formada de palavras de uma língua o qualquer que contenha ao menos um verbo flexionado.

3 Cenas do último capítulo... Um argumento é válido se qualquer circunstância que torna suas premissas verdadeiras faz com que sua conclusão seja automaticamente verdadeira. A validade de um argumento está ligada à forma que ele tem.

4 Cenas do último capítulo... Um argumento é válido se qualquer circunstância que torna suas premissas verdadeiras faz com que sua conclusão seja automaticamente verdadeira. A validade de um argumento está ligada à forma que ele tem.

5 Validade e forma Argumento 1 (P1) Todo gato é mamífero. (P2) Miau é um gato. (C) Miau é um mamífero.

6 Cenas do último capítulo... O argumento 1 tem a seguinte forma (válida): (P1) Todo A é um B. (P2) c é um A. (C) c é um B.

7 Validade e forma Argumento 2 (P1) Todo gato é mamífero. (P2) Lulu é um mamífero. (C) Lulu é um gato.

8 Validade e forma O argumento 2 tem a seguinte forma (inválida): (P1) Todo A é um B. (P2) c é um B. (C) c é um A.

9 Validade e correção

10 Definição: Um argumento é correto se for válido e, além disso, tiver premissas verdadeiras.

11 Validade e correção Diante de cada argumento, devemos fazer duas perguntas: Pergunta 1: Se todas as premissas forem verdadeiras, a conclusão será obrigatoriamente verdadeira? Isto é, o argumento é válido? Pergunta 2: Todas as premissas do argumento são verdadeiras? Apenas se a resposta para ambas perguntas for sim, o argumento pode ser considerado correto.

12 Exemplos Nenhum solteiro é casado. João é um solteiro. João não é casado.

13 Exemplos Nenhum solteiro é casado. Alguns oftalmologistas são solteiros. Algumas pessoas que não são casados são oftalmologistas.

14 Exemplos Todos os marcianos são cor-de-rosa. Alguns marcianos passam as férias em Saturno. Algumas pessoas que passam as férias em Saturno são cor-de-rosa.

15 Dedução e indução

16 Qual a diferença entre argumentos dedutivos e indutivos? A princípio, um argumento dedutivo é não-ampliativo, isto é, tudo o que está dito na conclusão já foi dito, de modo implícito, nas premissas. Entretanto, essa definição não é muito clara.

17 Dedução e indução Uma saída seria dizer que a conclusão diz o que já está contido nas premissas se ela for consequência lógica das premissas. Aí, estaríamos identificando argumento dedutivo com argumento válido. Porém, há casos em que seria mais interessante separar as duas definições.

18 Dedução e indução Podemos definir, então, um argumento dedutivo como aquele em que há a intenção, da parte de quem apresenta o argumento, de que sua conclusão seja consequência lógica das premissas, ou seja, a pretensão de que a verdade das premissas garanta a verdade da conclusão. Dessa forma, argumentos inválidos podem ser ainda considerados dedutivos.

19 Dedução e indução Porém, nem sempre pretendemos que a conclusão de um argumento seja consequência lógica das premissas. Muitas vezes raciocinamos por analogia, ou usando probabilidades.

20 Dedução e indução Por exemplo: (P1) 80% dos entrevistados vão votar no candidato X. (C) 80% de todos eleitores vão votar em X.

21 Dedução e indução Outro exemplo: (P1) Esta vacina funcionou bem em macacos. (P2) Esta vacina funcionou bem em porcos. (C) Esta vacina vai funcionar bem em seres humanos.

22 Dedução e indução Nesses argumentos, que são indutivos, não há a pretensão de que a conclusão seja verdadeira caso as premissas o forem. Uma indução é uma generalização feita a partir da observação de alguns casos particulares. Questão: quantas observações têm de ser feitas? Nos argumentos indutivos, a conclusão é sempre provavelmente verdadeira.

23 Dedução e indução Pela definição que demos de validade, os argumentos indutivos são sempre inválidos. Pelo fato de que é difícil elaborar uma definição análoga à de validade para os argumentos indutivos, a lógica contemporânea é dedutiva.

24 Exercícios de Estudo 1

25 Analise os argumentos a seguir e diga, para cada um deles: 1) se é válido; 2) se for válido, se é também correto.

26 Exercícios de Estudo 1 Nenhum ser humano pode sobreviver sem respirar. Você é um ser humano. Logo, você não pode sobreviver sem respirar.

27 Exercícios de Estudo 1 Não há nenhum registro fóssil de dinossauros de duas cabeças. Logo, nunca existiram dinossauros de duas cabeças.

28 Exercícios de Estudo 1 Alguns peixes têm asas. Todas as coisas aladas têm pelo menos quatro asas. Logo, alguns peixes têm pelo menos quatro asas.

29 Exercícios de Estudo 1 O remédio X é quimicamente muito parecido com o remédio Y. Logo, o remédio X cura as mesmas doenças que o remédio Y.

30 Exercícios de Estudo 1 Tudo o que é bom é imoral, ilegal ou engorda. Comer pizza de quatro queijos é bom. Comer pizza de quatro queijos não é imoral. Comer pizza de quatro queijos não é ilegal. Logo, comer pizza de quatro queijos engorda.

31 Exercícios de Estudo 1 Todos os marcianos são cor-de-rosa. Alguns marcianos passam as férias em Saturno. Logo, alguns indivíduos que passam as férias em Saturno são cor-de- rosa.

32 Exercícios de Estudo 1 A maioria dos papagaios é verde. A maioria dos papagaios tem duas asas. Logo, há pelo menos um papagaio que é verde e tem duas asas.

33 Recapitulando...

34 Um argumento é correto se for válido e, além disso, tiver premissas verdadeiras. Um argumento dedutivo é aquele em que há a intenção, da parte de quem apresenta o argumento, de que sua conclusão seja consequência lógica das premissas, ou seja, a pretensão de que a verdade das premissas garanta a verdade da conclusão.

35 Recapitulando... Uma indução é uma generalização feita a partir da observação de alguns casos particulares. Nos argumentos indutivos, a conclusão é sempre provavelmente verdadeira.

36 Tarefa Ler capítulos 1 e 2 de Introdução à Lógica (Cezar Mortari) e resolver os exercícios de estudo que estão na página (e no xerox).


Carregar ppt "11/03/2011 Argumentos, verdade e validade 2 Jerzy A. Brzozowski."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google