A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema Reprodutor. Finalidade: -Realizar a transmissão dos caracteres genéticos maternos e paternos. -Secreção de hormônios que irão desenvolver sexualmente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema Reprodutor. Finalidade: -Realizar a transmissão dos caracteres genéticos maternos e paternos. -Secreção de hormônios que irão desenvolver sexualmente."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema Reprodutor

2 Finalidade: -Realizar a transmissão dos caracteres genéticos maternos e paternos. -Secreção de hormônios que irão desenvolver sexualmente o corpo (dimorfismo sexual).

3 Na espécie humana, a reprodução é sexuada. O que isso quer dizer? Encontro de células sexuais

4 Dimorfismo sexual: Ocorrência de indivíduos do sexo masculino e feminino de uma espécie com características físicas diferentes. Dimorfismo em humanos: Células sexuais Cromossomos sexuais Hormônios sexuais Genitália externa Anatomia interna

5 Puberdade feminina: Ocorre entre os 8 e 13 anos Os ovários passam a produzir os hormônios progesterona e estrógeno.

6 Progesterona: Hormônio responsável por preparar o corpo para uma possível gravidez. Crescimento da parede do útero, que receberá o óvulo fecundado. Evita a descamação do endométrio Uma vez fecundado um óvulo, a progesterona estimula a produção de leite ao estimular a produção da prolactina.

7 Estrógeno: Hormônio responsável por manifestar as características sexuais secundárias. Presença de pelos nas axilas e região pubiana Aumento do volume nas pernas e nádegas Desenvolvimento das mamas e seus ductos de leite Alargamento dos ossos do quadril

8 Puberdade masculina: Ocorre entre os 11 e 14 anos Os testículos produzem o hormônio testosterona.

9 Atuação da testosterona: Desenvolvimento das características sexuais secundárias: Pelos espalhados pelo corpo Crescimento dos testículos e pênis Aumento da massa muscular Alargamento dos ombros Engrossamento da voz Aumento em altura

10 Anatomia dos aparelhos sexuais: Feminino:

11 Vagina: Recebe o pênis durante a relação sexual, libera o fluxo menstrual e recebe o bebê em seu caminho final durante o parto. Útero: órgão oco, muito muscular. Sua cobertura interna chama-se endométrio que é uma mucosa rica em vasos sanguíneos. A implantação do zigoto (e seu desenvolvimento) acontece dentro do útero.

12 Tubas Uterinas: Tubos cilíndricos e ocos revestidos com cílios. Conectam o útero aos ovários, através das fímbrias. A fecundação ocorre nas tubas uterinas. Ovários: Responsáveis pela produção dos hormônios sexuais, produção dos óvulos e pela ovulação. Possuem o tamanho de uma azeitona.

13 Masculino: Epidídimo

14 Pênis: órgão responsável pela liberação da urina para o meio externo e pela liberação dos espermatozoides durante a relação sexual. Todos os dois processos ocorrem através da uretra. Testículos: produzem a testosterona e estimulam o início da produção dos espermatozoides que serão direcionados para o epidídimo.

15 Epidídimo: órgão localizado acima dos testículos, responsável por amadurecer e dar mobilidade aos espermatozoides. Próstata e Vesícula seminal: responsáveis pela produção de líquidos que irão compor o sêmen. Sêmen: União dos líquidos secretados pelas glândulas, mais os espermatozoides.

16

17 Ovogênese x Espermatogênese Nome dado ao processo de produção dos gametas sexuais, tanto feminino (ovogênese) quanto o masculino (espermatogênese).

18 Espermatogênese: A produção de espermatozoides ocorre desde a puberdade até a idade adulta, sem limite de idade. Ovogênese: Os óvulos das mulheres são produzidos quando ainda são um feto. Estes ficam armazenados até a puberdade onde, mês a mês, são amadurecidos e liberados para a fecundação. Para que isso ocorra, o corpo da mulher lança mão da ovulação.

19 Ovulação e ciclo menstrual:

20

21 Chamamos de ciclo menstrual o período de 28/30 dias que compreende a ovulação e a menstruação. 1- Preparação do útero para uma possível gravidez. 2- Liberação o óvulo (ovulação). 3- Sem a fecundação do óvulo, há descamação do endométrio (menstruação). 4- O útero volta a se preparar para uma possível gravidez.

22

23 Fecundação : União do núcleo do espermatozoide com o óvulo, formando o zigoto. O zigoto é a primeira célula do futuro embrião, já com 46 cromossomos. Sucessivas mitoses transformam o zigoto em embrião, que continua o processo até o fim da gestação. A implantação do embrião ocorre no útero.

24 Com a implantação do embrião, temos o início da gravidez. Esse processo faz com que alguns hormônios sejam liberados para evitar a descamação do endométrio. Há uma interrupção total do ciclo menstrual.

25 Anexos embrionários: Estruturas que ajudam no desenvolvimento e sobrevivência do feto. Placenta, cordão umbilical e bolsa amniótica.

26 Placenta: Permite a troca de substâncias entre a mãe e o embrião. Cordão umbilical: Faz a conexão entre a placenta e o feto. Bolsa amniótica: Contém o líquido amniótico, que evita a desidratação do bebê e o protege contra choques mecânicos.


Carregar ppt "Sistema Reprodutor. Finalidade: -Realizar a transmissão dos caracteres genéticos maternos e paternos. -Secreção de hormônios que irão desenvolver sexualmente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google