A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Ciências 7º Ano Profª: Gleice Os animais desse grupo tem o corpo cilíndrico e dividido em anéis. São representados pelas minhocas, sanguessugas e poliquetos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Ciências 7º Ano Profª: Gleice Os animais desse grupo tem o corpo cilíndrico e dividido em anéis. São representados pelas minhocas, sanguessugas e poliquetos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Ciências 7º Ano Profª: Gleice

3 Os animais desse grupo tem o corpo cilíndrico e dividido em anéis. São representados pelas minhocas, sanguessugas e poliquetos. Vivem em solo úmido, e ambientes de água doce e marinho. Podem ser parasitas ou de vida livre.

4 » A digestão é extracelular e o tubo digestório é completo, ou seja, tem boca e ânus. » De modo geral, respiram pela pele, que é muito fina e úmida. » Alguns são hermafroditas e outros apresentam sexos separados. » Muitos anelídeos podem apresentar cerdas, pequenos filamentos que auxiliam na locomoção. A classificação desse grupo é feito com base no número de cerdas. As três classes principais são: Oligoquetos, hirudíneos e Poliquetos.

5 » As minhocas são Oligoquetos que apresentam poucas cerdas. Vivem no interior do solo e se movimentam por contração da musculaturas, auxiliado pelas cerdas. » A respiração é cutânea. A pele deve permanecer sempre úmida para facilitar as trocas gasosas com o meio externo. » O sistema digestório é composto de boca, faringe, papo, intestino e ânus. Alimentam-se de restos de plantas e animais. » Apresentam sensibilidade a luz. Possuem um par de gânglios cerebrais e um longo cordão nervoso. » A circulação é fechada, pois o sangue está sempre circulando nos corações ou nos vasos. » Possuem um anel mais largo, denominado Clitelo, órgão importante na reprodução.

6 » As minhocas são hermafroditas, realizam fecundação cruzada. Após a fecundação, um casulo formado no clitelo é eliminado do organismo das minhocas, liberando os ovos que darão origem a pequenas minhocas (desenvolvimento direto).

7 » Os Hirudíneos, representado pelas sanguessugas tem o corpo achatado dorsoventralmente, não possuem cerdas. Apresentam duas ventosas, uma em cada extremidade do corpo, que auxiliam no deslocamento do animal e na absorção de alimento. »São parasitas, nutrem-se de sangue de outros animais. Fixa-se à pele do hospedeiro por meio das ventosas. São capazes de sugar uma quantidade de sangue cerca de oito vezes superior a seu peso. Produzem substâncias anticoagulante e anestésica. Antigamente eram muito usadas na medicina, para o controle da pressão arterial alta. » Vivem principalmente em água doce e solos úmidos, mas há espécies marinhas. » São hermafroditas e a reprodução é semelhante à das minhocas.

8 » A classe dos Poliquetas são anelídeos marinhos que possuem corpo com muitas cerda. » Apresentam espécies de vida livre, como os nereis e espécies sésseis, como as sérpulas. » A sérpula se aloja num tubo calcário, fixo em rochedos. Da extremidade desses tubos partem diversos filamentos branquiais. Já a nereida é encontrada na maré baixa, sobre as pedras. A respiração é branquial. São animais filtradores. » Podem ser hermafroditas e de sexos separados. Fecundação interna e externa, o desenvolvimento é indireto, formam larvas.

9

10 MOLUSCOS » Alguns representantes Representantes : Lulas, Polvos, lesmas, caracóis, mariscos, ostras, mexilhões, sépias, náutilos, quíton... Depois de artrópodes, é o segundo maior filo do Reino Animal. Lula Polvo Sépia mariscosNáutiloQuíton

11 Características gerais do grupo * São animais que possuem o corpo mole, característica que dá nome ao filo. *Apresentam tubo digestório completo. A digestão é extracelular e intracelular. Na boca dos moluscos, exceto dos bivalves, há uma estrutura exclusiva do grupo: a rádula. Essa estrutura corresponde a um conjunto de pequenos dentes quitinosos, usados para obtenção de alimento. O molusco raspa o substrato para obtenção das partículas alimentares.

12 Detalhe de uma rádula

13 MORFOLOGIA DE UM MOLUSCO Apesar da grande variedade de formas, os moluscos apresentam um padrão básico de organização corporal. O corpo dos moluscos está dividido em 3 regiões básicas: cabeça, pé e massa visceral. Apesar do nome molusco = corpo mole, muitos moluscos apresentam uma concha calcária, produzida pelo manto (órgão constituindo pela parede dorsal do corpo, cobrindo a massa visceral). É a epiderme desse órgão que secreta o carbonato de cálcio, formador da concha. Em algumas espécies interna e reduzida (ex.: lulas) e em outras, como a lesma, a concha é ausente.

14 Classe Gastropoda: Possui o maior número de espécies dentre os moluscos, com cerca de espécies. Único grupo de moluscos com representantes na água doce, no mar e no ambiente terrestre. Grande diversidade de hábitos alimentares: há espécies carnívoras, espécies herbívoras e espécies detritívoras. A conquista do ambiente terrestre foi possível graças a algumas adaptações, tais como: * Concha cônica e mais leve, mais fácil de ser carregada. * Fecundação interna * Respiração pulmonar Biomphalaria Escargot Lesma marinha Quanto à reprodução, há espécies monóicas e espécies dióicas. A fecundação pode ser interna ou externa. Algumas espécies possuem larva. Os gastrópodes pulmonados são hermafroditas e o desenvolvimento é direto.

15 IMPORTÂNCIA DOS MOLUSCOS Integrantes de um grande número de cadeias alimentares; Muitos bivalves atuam como bioindicadores, pois são capazes de concentrar toxinas e poluentes presentes nas brânquias; Alimentícia (ostras, mariscos, lulas) Econômica ( exportação do molusco para culinária; exportação de pérolas) Algumas espécies participam do ciclo biológico de determinados vermes; Comprometimento da estrutura de embarcações (ex.: teredo).

16 . Classe dos bivalves: Apresentam corpo envolvido por uma concha constituída de 2 valvas. Ocorrem tanto na água doce como no ambiente marinho. Na evolução do grupo houve redução da cabeça e desaparecimento da rádula. Os bivalves são animais filtradores e conseguem o alimento pelas brânquias. Como representantes do grupo temos as ostras, os mariscos, as vieiras e os mexilhões. Um bivalve exótico é o teredo, que vive em madeira e atacam embarcações. Ostra Vieiras Teredo Pécten

17 PRODUÇÃO DE PÉROLA Certos bivalves são capazes de produzir pérolas com valor comercial – são as ostras perlíferas. A formação da pérola inicia-se quando algum corpo estranho entra no espaço entre a concha e o manto. Este, então, secreta sucessivas camadas de nácar (madrepérola material orgânico, brilhante, presente na superfície interna da concha, usado para fazer botões) sobre o invasor. Trata-se, portanto, de um mecanismo de defesa do molusco. Ostra perlífera

18 Classe Cephalopoda: Grupo de moluscos mais evoluídos. Representantes: lulas, sépias, náutilo, polvo, argonauta. São moluscos com sistema circulatório fechado e sistema nervoso bem com gânglio cerebróide bem desenvolvido. Possuem olhos com visão em cores e são considerados os mais inteligentes, pois possuem grande capacidade de aprendizagem. Há espécies com concha calcária externa (ex.:náutilo), com concha interna e reduzida (ex.: lula) e sem concha (ex.: polvo). A pele possui células denominadas cromatóforos, dotadas de pigmentos, cuja alteração de distribuição promove alterações na cor do animal. Lulas e polvos possuem glândula de tinta. Sempre que ameaçados eliminam o conteúdo dessa glândula, o que torna o ambiente turvo, possibilitando-os fugir. Náutilo Polvo argonauta

19 Até mais galera!!!!! Tenham uma ótima semana. Bjusssssssssssss Profª Gleice


Carregar ppt "Ciências 7º Ano Profª: Gleice Os animais desse grupo tem o corpo cilíndrico e dividido em anéis. São representados pelas minhocas, sanguessugas e poliquetos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google