A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ORIENTE MÉDIO: Um barril de petróleo prestes a explodir.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ORIENTE MÉDIO: Um barril de petróleo prestes a explodir."— Transcrição da apresentação:

1 ORIENTE MÉDIO: Um barril de petróleo prestes a explodir

2

3

4 A região do Oriente Médio é uma das mais conflituosas do mundo. Além da eterna briga entre israelenses e palestinos, outras guerras já assolaram a região. Muitas DElaS entre árabes sunitas (moDeRADoS) e árabes xiitas (mais radicais).

5 Durante a segunda metade do século XX, o mundo estava dividido entre capitalistas liderados pelos Estados Unidos e os socialistas liderados pela União Soviética. Era a chamada Guerra Fria. EUA e URSS nunca chegaram a se enfrentar diretamente, mas tiveram participação em diversos conflitos, inclusive no Oriente Médio.

6 Em 1979 eclodiu uma guerra entre a União Soviética e o Afeganistão. Os Estados Unidos, para se opor ao regime socialista, apoiou o Afeganistão. A guerra durou 9 anos, quando enfim a URSS se retirou dos territórios afegãos.

7 Ainda na década de 1980, o Irã do Aiatolá Komeine e o Iraque de Saddam Hussein, protagonizaram uma grande guerra, onde o Iraque recebeu o apoio norte americano. Não houve vencedores.

8 No início da década de 1990, o Iraque invadiu o Kuwait. Desta vez os norte americanos ficaram do lado do Kuwait. Este conflito ficou conhecido como Guerra do Golfo. Este conflito é considerado como a primeira guerra transmitida ao vivo ao mundo.

9 Após os atentados de 11 de Setembro de 2001, os Estados Unidos dão início a guerra contra o terror. Ainda em 2001, invadiram o Afeganistão em busca do saudita Osama bin Laden e de outros membros da Al Qaeda. Os ametricanos não acharam Bin Laden, mas derrubaram o regime do Taleban, que lideravam o país.

10 Com o fracasso da operação, os norte americanos invadem o Iraque com a desculpa de que o país tem armas nucleares. Nada foi achado, mas o ditador Saddam Hussein foi capturado e entregue às autoridades locais, que o enforcaram.

11 Com a morte de Saddam, a minoria sunita deixará o poder no Iraque quando os EUA retirarem suas tropas e, provavelmente, o poder passará às mãos dos fundamentalistas xiitas.

12 A maior região produtora de petróleo do mundo está em conflito desde sempre. E o fim de tudo isso parece estar muito longe de acontecer...

13

14 ISRAEL X PALESTINA UMA DISPUTA MILENAR

15 Os israelenses defendem que a Terra Santa é posse judaica desde os tempos de seus patriarcas, a mais de 4 mil anos atrás. Após séculos de peregrinações, seca, fome e escravidão, no ano 135 eles foram expulsos da região pelo imperador romano Adriano. O êxodo acontece pela segunda vez E os israelenses se espalham pelo mundo.

16 Em 1895, foi realizado em Basiléia, na Suíça, o 1º Congresso Sionista. Nele, foram traçados os primeiros planos de um novo estado judeu. Na época, a região se chamava palestina e era território do Império Turco Otomano. Com o fim da 1ª Guerra Mundial, passa para o poder dos ingleses...

17 Mas o estado de Israel só se dá de fato após a 2ª Guerra Mundial. Um dos fatos que influenciou tal processo, foi o a perseguição por parte dos alemães, conhecida como holocausto nazista. Seis milhões de judeus morreram.

18 Mesmo com a imensa quantidade de arquivos, fotos, vídeos e outras provas referentes ao holocausto, algumas pessoas negam que ele tenha acontecido. Para o presidente do irã, Mahmoud Ahmadinejad, as historias do holocausto serviram apenas para que fosse criado o Estado de Israel. Este fato tem causado protestos em todo o mundo por parte de todos que, de alguma forma, sofreram com as torturas nazistas.

19 Alguns ingleses defendiam a criação de um estado judeu no norte do nosso estado do Paraná, onde havia muitas terras de ingleses e a Companhia de Terras Norte do Paraná (Cianorte) produzia café e desenvolvia a região. Mas a idéia não saiu do papel e o estado judeu foi mesmo criado na Terra Santa. Em 14 de maio de 1948, Israel se declara estado independente. Em janeiro do ano seguinte são realizadas as primeiras eleições parlamentares.

20 Para os israelenses, era tudo o que eles queriam. Para os palestinos, eram os invasores de suas terras chegando, afinal, os palestinos estavam ali a quase 2 mil anos. A partir de então, a região entra num conflito que parece não ter mais fim. Em 1967, diversos países árabes se unem e assinam acordos contra Israel.

21 Temendo um ataque dos árabes, os israelenses, com a ajuda política e militar dos Estados Unidos, atacam os árabes e em 6 dias tomam as Colinas de Golã da Síria, a Península do Sinai do Egito e a Faixa de Gaza e a Cisjordânia da Palestina. Além disso, tomaram Jerusalém, até então, uma cidade internacional. A Guerra dos Seis Dias ficou marcada para os árabes, que agora tinham outro objetivo antes de expulsar os judeus da região: retomar as suas antigas terras.

22 Em 1969 os árabes voltam a atacar Israel, desta vez bem no dia do Yom Kipur, sagrado para os judeus (Dia do Perdão). Com o apoio americano e soviético, Israel vence novamente e expulsa os árabes de suas terras. Mas os árabes vêem no petróleo umamaneira de atacar Israel e seus aliados e impõem um boicote a todos os países que apoiarem os judeus. Isso causa uma grande alta no preço do barril do petróleo.

23 Israel foi aos poucos ganhando territórios...

24 ...enquanto a Palestina foi perdendo território para Israel.

25 No dia 09 de dezembro de 1987 eclode uma rebelião do povo árabe contra todo e qualquer soldado israelense. Esse fato fica conhecido como Intifada.

26 No início da década de 1990 iniciam-se acordos de paz entre Israel e a Palestina. Essas reuniões ficaram conhecidos como Acordo de Oslo. No dia 13 de setembro de 1993, o líder israelense Ytzhak Rabin e o líder palestino Yasser Arafat apertam as mãos com a ajuda do presidente norte americano Bill Clinton. Por este ato, recebem o Prêmio Nobel da Paz juntamente com Shimon Peres.

27 Por apertar a mão da autoridade palestina, Ytzhak Rabin é assassinado por um judeu fanático. Em seu lugar assume Shimon Peres.As brigas entre os dois países voltam aos noticiários.Em 2001 uma nova onda de ataques aos soldados israelenses dá início a Segunda Intifada. Israel então inicia construção de um enorme muro para isolar os dois territórios. Para muitos, a construção é comparada ao Muro de Berlim. Porém, ninguém fala nada do enorme muro que separa os EUA do México.

28 A guerra entre árabes e judeus no Oriente Médio é provavelmente o mais antigo conflito ainda sem fim no planeta. Um conflito religioso que vem sendo alimentado geração após geração e que não precisaria estar acontecendo. Porém, é um conflito parece estar longe do fim...

29

30 CURDOS: O MAIOR POVO SEM PÁTRIA DO MUNDO

31 Os curdos estão localizados no norte do Iraque, leste da Turquia, nordeste da Síria e noroeste do Irã.

32 Por décadas, foram expulsos de onde estavam. No Iraque, foram perseguidos e mortos pelo ditador Saddam Hussein. Palestino: - Você se parece muito comigo. Qual a sua nacionalidade? Curdo: - Eu sou curdo e pareço com todos os pobres do mundo.

33

34 INDIA E PAQUISTÃO: DOIS PAÍSES COM ARMAS NUCLEARES E UMA REGIÃO EM DISPUTA.

35 Desde a independência da Índia junto ao Reino Unido, a Índia e o Paquistão vem brigando por uma região em comum: a Caxemira.

36 O maior problema é que tanto a Índia como o Paquistão possuem armas nucleares.

37

38 TIBET

39 O Tibete é hoje uma província incorporada na República Popular da China, considerada por esta como região autónoma. Possui uma área de aproximadamente 1,2 milhões de quilômetros quadrados (com uma pequena parte, ainda a ser definida, de controle e domínio da Índia). Sobre a questão da soberania tibetana, o governo da República Popular da China e o governo do Tibete em exílio discordam quanto à legitimidade de sua incorporação pela China.

40 O Governo Central da China tem exercido a soberania sobre o Tibete. A região Tibete nunca foi um estado independente. Nenhum país do mundo reconheceu o Tibete como independente. A suposta "independência do Tibete" foi instigada por imperialistas e neo-imperialistas que cobiçam a usurpação do Tibete. O Dalai Lama, após a fuga ao exílio no estrangeiro, cercado pelas forças anti- chinesas e separatistas tibetanos, traiu completamente a sua posição patriótica original, tem-se dedicado a grande quantidade de atividades separatistas da Pátria. Mesmo assim, o Governo Central ainda espera que Dalai Lama acorde já nesse perigoso momento final, e mude a sua idéia. Desde que Dalai Lama abandone a sua posição separatista, e reconheça que Tibete é uma parte inalienável da China, o Governo Central está disposto, em qualquer momento, a realizar negociações com ele. O seu retorno à Pátria mais cedo possível será bem-vindo, para que ele possa trabalhar em prol da defesa da unificação do País e da unidade nacional, assim como o bem-estar e ventura dos tibetanos. Fonte: Consulado Geral da Republica Popular da China no Rio de Janeiro

41

42

43

44 A IMPORTÂNCIA GEOPOLITICA DO CÁUCASO E DO MAR CÁSPIO

45 O Mar Cáspio é uma região que possui grandes reservas de gás natural e petróleo. Os países ao redor desta região veem no Mar Cápio uma grande fonte econômica, que foi perdida pela União Soviética após a sua separação. Países como Cazaquistão, Turcomenistão e Azerbaijão possuem fronteiras com este mar interior.

46 Com o fim da União Soviética, a Rússia, o maior país do mundo perdeu muito do seu território.

47 E ainda existem muitas outras repúblicas que tentam a sua independência. Se todas elas conseguirem, a Rússia diminui seu território pela metade.

48 A Rússia possui 85 subdivisões, sendo 21 repúblicas, 48 províncias ou oblasts, 07 territórios ou krais, 01 província autônoma, 06 distritos autônomos e 02 cidades autônomas.

49 A principal região em conflito com a Mãe Rússia é a Chechênia, no sudoeste do país. Em 1991, com o fim da URSS, a Chechênia declara a sua independência. Mas até hoje nenhum país reconheceu isso de fato.

50 Diversos atentados terroristas fazem centenas de vítimas, principalmente do lado checheno.

51 Em 1º de setembro de 2004, terroristas chechênos tomam uma escola em Beslan. Prometem liberar todos se for dada a independência ao país. No dia 03/09/04 o exército russo invade a escola. O resultado: 344 mortos, sendo 186 crianças.

52

53

54 Para saber mais sobre todos este conflitos, assista aos documentários sugeridos abaixo. FAHRENHEIT 11 DE SETEMBRO O diretor Michael Moore mostra os Estados Unidos, antes, durante e depois dos ataques terroristas às torres gêmeas. Um documentário que te levará a entender melhor o que é geopolítica. PROMESSAS DE UM NOVO MUNDO O diretor B.Z. tenta unir 7 crianças israelenses e palestinas que vivem a alguns minutos uma da outra na cidade de Jerusalém, mas que são separadas por cercas, muros e pelo ódio que se renova a cada geração.

55 Professor Jorge Luís Bilek


Carregar ppt "ORIENTE MÉDIO: Um barril de petróleo prestes a explodir."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google