A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Perfil das Lentes Esféricas: Bordas Finas: Bordas Grossas:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Perfil das Lentes Esféricas: Bordas Finas: Bordas Grossas:"— Transcrição da apresentação:

1 Perfil das Lentes Esféricas: Bordas Finas: Bordas Grossas:

2 Comportamento Óptico das Lentes Esféricas: Convergentes: Divergentes:

3 Simbologia e Elementos: EP: eixo principal F O : foco principal objeto F i : foco principal imagem A O : ponto antiprincipal objeto A i : ponto antiprincipal imagem O: centro óptico : raio de curvatura (R) : distância focal (f) R = 2·f AOAO AOAO FOFO FOFO FiFi FiFi AiAi AiAi

4 Propriedades das Lentes Esféricas: 01. Todo raio de luz que incide paralelamente ao eixo principal de uma lente esférica emerge na direção do foco imagem (F i ). Convergente Divergente

5 02. Todo raio de luz que incide na direção do foco objeto (F o ) de uma lente esférica emerge paralelamente ao eixo principal. Convergente Divergente

6 03. Todo raio de luz que incide na direção do centro óptico de uma lente esférica emerge sem sofrer desvio. Convergente Divergente

7 04. Todo raio de luz que incide na direção do ponto antiprincipal objeto (A o ) de uma lente esférica emerge na direção do ponto antiprincipal imagem (A i ). Convergente Divergente

8 Construção de Imagens nas Lentes Esféricas: Em todos os casos, será necessária a construção de pelo menos dois raios de luz que incidam sobre a lente esférica. Imagens formadas na intersecção dos raios refratados são reais. Imagens formadas na intersecção dos prolongamentos dos raios refratados são virtuais.

9 Lentes Convergentes: a) Objeto atrás de A o : - Traçando-se um dos raios a partir do objeto:

10 - Traçando-se o segundo raio a partir do objeto.

11 - A imagem será formada na intersecção dos raios refratados: Imagem: - real; - entre A i e F i ; - reduzida; - invertida. Exemplos: olho humano, máquinas fotográficas.

12 b) Objeto sobre A o : Imagem: - real; - sobre A i ; - igual; - invertida.

13 c) Objeto entre A o e F o : Imagem: - real; - atrás de A i ; - ampliada; - invertida. Exemplos: projetores (slides, cinema).

14 d) Objeto sobre F o : Imagem imprópria ou formada no infinito (não há formação de imagem).

15 e) Objeto entre F o e O: Imagem: - virtual; - atrás do objeto; - ampliada; - direita. Exemplos: lentes de aumento (lupas, microscópios, binóculos).

16 Lentes Divergentes (caso único): Imagem: - virtual; - entre F i e O; - reduzida; - direita.

17 Conclusões e Observações: Imagens virtuais são sempre direitas; Imagens reais são sempre invertidas; Apenas imagens reais podem ser projetadas em anteparos. Apenas lentes convergentes produzem imagens reais. Imagens virtuais podem ser produzidas por lentes convergentes e divergentes.

18 Atividades (pág. 245): 01. a) Lente convergente, pois concentra a luz num ponto. b) Foco principal imagem. c) 15 cm. 02. Expondo a lente diretamente aos raios solares, os raios refratados concentrar- se-ão num único ponto: o foco principal imagem. A distância entre esse ponto e a lente é a distância focal da lente.


Carregar ppt "Perfil das Lentes Esféricas: Bordas Finas: Bordas Grossas:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google