A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Camila Tábata Cardoso Teles. Abordagem Infecções em áreas cirúrgicas Antibióticoprofilaxia: -Definição -Indicação -Exemplos Tétano: -Prevenção -Feridas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Camila Tábata Cardoso Teles. Abordagem Infecções em áreas cirúrgicas Antibióticoprofilaxia: -Definição -Indicação -Exemplos Tétano: -Prevenção -Feridas."— Transcrição da apresentação:

1 Camila Tábata Cardoso Teles

2 Abordagem Infecções em áreas cirúrgicas Antibióticoprofilaxia: -Definição -Indicação -Exemplos Tétano: -Prevenção -Feridas -Uso de toxóide e Imunoglobulina

3 Infecções em áreas cirúrgicas Definição Ocorrem em alguma localização ao longo da área cirúrgica, após o procedimento cirúrgico A IAC é a infecção hospitalar mais comum 38% de todas as infecções em pacientes cirúrgicos 0-30 dias após a operação, ou além de um ano após um procedimento que tenha envolvido implantação de material estranho.

4 Infecções em áreas cirúrgicas Epidemiologia Infecções incisionais: 60-80% Infecções orgão/espaço: 93% mortalidade das IACs Staphylococcus aureus mais comum ( gram +) Staphylococcus (coagulase -), Enterococcus e E.Coli

5 Tratamento das Infecções

6 Antibioticoprofilaxia Uso de drogas para impedir doenças causadas por agentes sensíveis a sua ação Infecções Cirúrgicas: assepsia e antissepsia insubstitiíveis Definição Deve-se ter em mente que os antibióticos não suprem aos cuidados habituais de assepsia e anti-sepsia, nem dispensam os princípios fundamentais de tratamento das infecções cirúrgicas (Pedro Abdala,1956)

7 Antibioticoprofilaxia Riscos e Desvantagens Profilaxia Indiscriminada Resistência Modificação na microbiota normal Efeitos Colateriais Custo Benefícios e Vantagens Redução: mortalidade morbidade Tempo de Internação Complicações não infecciosa Menor seleção de estirpes bacterianas resistentes

8 Antibioticoprofilaxia Benefícios maior que desvantagens Profilaxia X Infecção no pós operatório Esquema e dose adequada uso no pré operatório imediato e no máximo até 24 hras Antibiótico ativo contra o microrganismo envolvido na infecção Avaliação do risco da infecção (defesa, tempo de cirurgia,predisposição à infecção) Critérios para uso

9 Antibioticoprofilaxia na cirurgia Classificação das cirurgias: - Limpas (< 5 %) - Potencialmente contaminadas (8-15%) - Contaminadas (15-20%) - Infectadas (50%)

10 Profilaxia em Cirurgias Limpas Cirurgia Cardiovascular - Cirurgias cardíacas com CEC e operações de enxerto e próteses -Endocardite, endarterite, mediastinite, sepse ( letalidade de 50%) -Agente: S. aureus, S. epidermidis, enterobactérias - Cefazolina: Dose inicial de 2g +1g/ 4hrs - Cefalotina: Dose inicial de 2g + 1g/ 2hrs *Vancomicina: Dose inicial de mg/Kg IV ( repetida a cada 4h de pré e a cada 8h de pós operatório)

11 Profilaxia em Cirurgias Limpas Cirurgia Pulmonar - Ressecção Pulmonar - Cefazolina: dose única de 2g

12 Profilaxia em Cirurgias Limpas Cirurgia Ortopédica - Inserção de próteses, parafusos e fios metálicos - Estafilococos e estreptococos anaeróbicos e aeróbicos - Esquema semelhante a CAC - Amoxilina com ac. Calvulânico: dose única de 2g IV Cirurgia Ginecológica - Cesariana após ruptura de MA (>6h), trabalho de parte > 12h, histerectomia em pcte com obesidade/ anemia/DM/ > 3h - Estafilococos, Escherichia Coli, Proteus e Bacterioides fragilis - Cefalotina ou cefazolina: dose única 2g

13 Profilaxia em Cirurgias Potencialmente Contaminadas Cirurgia de esôfago, estômago e duodeno - Esôfago: cocos gram +, enterobactérias anaeróbica cefalotina, cefazolina ou clindamicina -Gastroduodenal: acloridria, hemorragias, obstrução cefazolina ou cefalotina: dose inicial 2g+ 1 ou 2 doses 1g

14 Profilaxia em Cirurgias Potencialmente Contaminadas Cirurgia de Vesícula Biliar ->60 a ou DM, com icterícia obstrutiva ou cálculos biliares em colédoco, cirurgia prévia de TB, episódio de colecistite (1 mês) -Escherichia coli e Klebsiella -Cefazolina (dose única 2g) ou 2g ampicilina + 80g de gentamicina: dose única Cirurgias urológicas

15 Profilaxia em cirurgias contaminadas Apendicectomia - Enterobactéria e B. fragilis -Sem supuração: dose única -Supuradas: 4-5 dias -Amoxilina/clavulanato; sulbactam/ampicilina; Clindamicina + cefa. 1ª Traumatismos Recentes ( < 6hrs) - Lesões extensas com tec. Desvitalizado,feridas puntiformes profundas ou penetrantes, que atinjam tendões, articulação, CT, CAB e cérebro.

16 Cirurgias Infectadas Tec. com supuração local, trauma >6h, ferida contaminada com sujeira ambiental ou fezes, fraturas expostas, perfuração de vísceras ocas. TERAPÊUTICA Fraturas expostas ou laceradas, penetrantes> 6h -Estafilococos e Clostrídios: cefalotina e cefalozina IV ou cefalexina ou cefadroxil VO (1-5 dias) Feridas abdominais com perfuração de alça -Enterobactérias, anaeróbicos intestinais -Gentamicina/ceftriaxona + clindamicina/metronidazol (24 hrs)

17 Tétano Definição Doença extremamente grave e de mortalidade elevada causada pelo Clostridium tetani Prevenção: Vacinação ( DPT ou DT) Duração da imunidade: 10 anos Quem vacinar?

18 Tétano Medidas a serem instituídas diante de um tratamento ESTADOFERIMENTOMEDIDAS IALimpeza, desbridamento IBLimpeza, desbridamento, toxóide IIALimpeza, desbridamento, toxóide IIBLimpeza, desbridamento, toxóide, antibiótico IIIALimpeza, desbridamento, toxóide, imunoglobulina IIIBLimpeza, desbridamento, toxóide, imunoglobulina

19 Tétano Uso do Toxóide Tetânico História de vacinação com toxóides (doses) Feridas pequenas e limpas Todas as outras feridas TdTIGTdTIG Desconhecida ou menos de 3 SimNãoSim Mais de 3Não Não*Não

20 Referências Bibliográficas TAVARES, Walter. Antibióticos e quimioterápicos para o clínico. 2 ed., rev. e atual. São Paulo, SP: Atheneu, 2009 SILVA, Penildon. Farmacologia. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1985 Manual do centro de referência para imunobiológicos especiais, 2006 SABISTON, David C. Tratado de cirurgia: as bases biologicas da pratica cirurgica moderna. 14. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1993


Carregar ppt "Camila Tábata Cardoso Teles. Abordagem Infecções em áreas cirúrgicas Antibióticoprofilaxia: -Definição -Indicação -Exemplos Tétano: -Prevenção -Feridas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google