A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REFRAÇÃO DA LUZ IVAN SANTOS. 1ª Lei da Refração: O raio incidente, o raio refratado e a reta normal são coplanares. 2ª Lei de Refração (Snell-Descartes)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REFRAÇÃO DA LUZ IVAN SANTOS. 1ª Lei da Refração: O raio incidente, o raio refratado e a reta normal são coplanares. 2ª Lei de Refração (Snell-Descartes)"— Transcrição da apresentação:

1 REFRAÇÃO DA LUZ IVAN SANTOS

2 1ª Lei da Refração: O raio incidente, o raio refratado e a reta normal são coplanares. 2ª Lei de Refração (Snell-Descartes) n A.sen i = n B.sen r VARIAÇÃO DA VELOCIDADE DA LUZ, AO MUDAR DE MEIO, EM GERAL ALTERANDO A SUA DIREÇÃO DE PROPAGAÇÃO.

3 ÍNDICE DE REFRAÇÃO c velocidade da luz no vácuo m/s v velocidade da luz no meio em questão. n ar = n vácuo = 1 O índice de refração sempre será maior ou igual a 1. Nunca menor que 1!!! Fique atento!

4 LEIS DA REFRAÇÃO

5 SITUAÇÕES n A < n B Incide em um meio mais refringente

6 SITUAÇÕES n A > n B Incide em um meio menos refringente

7 SEMPRE SOFRE DESVIO? Nem sempre! São duas as situações em que isso acontece! Quando os índices de refração são iguais, e quando o raio incide perpendicularmente a superfície!!!

8 SITUAÇÕES DE DESVIO DO NOSSO DIA

9

10 REFLEXÃO TOTAL (OU INTERNA) (PASSO A PASSO) Nº 1

11 REFLEXÃO TOTAL (OU INTERNA) (PASSO A PASSO) Nº 2

12 REFLEXÃO TOTAL (OU INTERNA) (PASSO A PASSO) PROPRIAMENTE DITA

13 CÁLCULO DO ÂNGULO LIMITE (L) SENDO ASSIM... O fenômeno da Reflexão Total (ou Reflexão Interna ) só pode acontecer quando o raio incidir em um meio menos refringente. E só acontece quando o ângulo de incidência for maior que o ângulo limite (L)

14 EXEMPLOS DA PRESENÇA DA REFLEXÃO TOTAL (OU INTERNA) NO NOSSO DIA.

15

16 LÂMINAS DE FACES PARALELAS

17 DIÓPTRO PLANO 1º CASO (OLHANDO PARA A ÁGUA)

18 DIÓPTRO PLANO 2º CASO (OLHANDO DA A ÁGUA)

19 EQUAÇÃO Uma equação que funciona qualquer situação. di profundidade ou altura da imagem. do profundidade ou altura do objeto. n passa meio no qual a luz incide n provém meio na qual a luz veio

20 PRISMA ÓPTICO A A i1i1 i2i2 r1r1 r2r2

21 VARIÁVEIS i 1 e r 1 ângulo de incidência e refração na primeira face. r 2 e i 2 ângulo de incidência e refração na segunda face (respectivamente). α desvio na primeira face. β desvio na segunda face. δ desvio total. A abertura do prisma.

22 AS EQUAÇÕES Para desvio mínimo

23 DISPERSÃO DA LUZ BRANCA Acontece devido cada freqüência (entenda cor) ter um índice de refração diferente dentro do prisma. FIM DA AULA


Carregar ppt "REFRAÇÃO DA LUZ IVAN SANTOS. 1ª Lei da Refração: O raio incidente, o raio refratado e a reta normal são coplanares. 2ª Lei de Refração (Snell-Descartes)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google