A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006 ÁLBUM SERIADO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006 ÁLBUM SERIADO."— Transcrição da apresentação:

1 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006 ÁLBUM SERIADO

2 COMO FUNCIONA A CIRCULAÇÃO DO SANGUE EM NOSSO CORPO? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

3 O sangue leva para nossas células todo o combustível necessário para manter a nossa vida: açúcar (glicose), oxigênio e hormônios; e retira das células o que não é necessário para o organismo: ácidos e gás carbônico. Para realizar este trabalho, o sangue precisa circular por todo o organismo. Ele sai com força do coração, percorre as artérias e volta ao coração trazido pelas veias. Para que o sangue possa circular pelo corpo é necessário que uma bomba – O CORAÇÃO, faça força – PRESSÃO, para empurrar este sangue por dentro das artérias. Esta força é o que chamamos de PRESSÃO ARTERIAL 4 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

4 O QUE É A HIPERTENSÃO ARTERIAL? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

5 A hipertensão, ou pressão alta existe quando a pressão, medida várias vezes, é igual a 14 por 9 ou maior. Isso acontece quando ocorre um estreitamento do calibre das artérias (e conseqüente aumento de pressão), o que obriga o coração a também aumentar sua pressão para poder empurrar o sangue por dentro destas. Ao passar dentro das artérias o sangue encontra uma resistência (PRESSÃO), provocada pelo atrito. Quanto mais estreita é a artéria, maior a resistência (PRESSÃO) à passagem do sangue 4. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

6 Quando sua pressão é 120 por 8O (12 por 8), a pressão (força) exercida pelo seu coração para empurrar o sangue pelas artérias é igual a 120 (12) milímetros de mercúrio (mmHg) e que a pressão (resistência) que suas artérias estão oferecendo à passagem do sangue é de 80 (8) mmHg 4. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

7 Para entendermos melhor, podemos comparar o coração e os vasos a uma torneira aberta ligada a vários esguichos. Ao fecharmos a ponta dos esguichos, a pressão irá subir. Da mesma maneira, quando o coração bombeia o sangue e os vasos estão estreitados, a pressão dentro dos vasos aumenta 2 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

8 QUEM TEM PRESSÃO ALTA? Costuma-se dizer que a pressão alta é uma doença democrática, porque ataca homens e mulheres, brancos e negros, ricos e pobres, idosos e crianças, gordos e magros, pessoas calmas e nervosas 6. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

9 QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA HIPERTENSÃO ARTERIAL? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

10 ALGUNS SINTOMAS DA HIPERTENSÃO ARTERIAL Sensação de mal-estar; Ansiedade e agitação; Cefaléia (dor de cabeça); Tontura; Borramento de visão; Dor no peito; Tosse e falta de ar; Formigamento dos membros; Sangramento do nariz 3 ; A hipertensão em muitos casos não causa sintomas o que dificulta seu diagnóstico e tratamento! MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

11 QUAIS HÁBITOS PRECISO MUDAR EM MINHA VIDA? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

12 MANTER PESO SAUDÁVEL PRATICAR EXERCÍCIOS FÍSICOS REGULARES EVITAR O CONSUMO DE BEBIDA ALCOÓLICA E CIGARRO EVITAR ALIMENTOS COM MUITO SAL E GORDURA CONTROLAR ESTRESSE MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

13 QUAL ALIMENTAÇÃO IDEAL PARA CONTROLAR A PRESSÃO ARTERIAL? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

14 ALIMENTAÇÃO EQUILIBRADA 1 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

15 QUAL A INFLUÊNCIA DA OBESIDADE NO AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

16 A obesidade e o excesso de peso aumentam o risco de pressão alta e de outras doenças. Os grandes segredos para a redução de peso são dieta e atividade física 7. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

17 1)Carnes gordurosas; 2)Vísceras (fígado, coração, rins); 3)Embutidos (lingüiça, paio, salsicha, toicinho defumado); 4)Frios (mortadela, presunto, salame); 5)Leite integral, creme de leite, manteiga, margarina sólida, iogurte integral, queijos cremosos e maioneses; 6)Consumo excessivo de ovos; 7)Frituras, banha de porco, toicinho defumado, gordura de coco e óleo de dendê; 8)Açúcar e doces; 9)Bebidas alcoólicas ; DICAS MANTER OU PERDER PESO 7 EVITE: MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

18 7)Dieta planejada individualmente; 8)Peixes, frango sem pele ou carnes magras; 9)Margarina com óleo vegetal e pouca quantidade de gordura saturada; 10)Óleos vegetais (girassol, milho, soja, canola, azeite de oliva); 11)Pães e cereais integrais (aveia, trigo, farelo); 12)Ervilha, feijão, grão-de-bico; 13)Batata simples cozida ou assada; 14)Arroz e mandioca; 15)Verduras, legumes e frutas; 16)Leite desnatado, iogurte desnatado, queijo branco ou ricota; E pratique Exercícios Físicos. DICAS MANTER OU PERDER PESO 7 CONSUMA: MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

19 QUAL A INFLUÊNCIA DO SAL NO AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

20 EVITE O EXAGERO DE SAL! O sal faz o corpo reter mais líquidos, e o aumento do volume de líquido faz a pressão subir. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

21 1)O consumo excessivo de sal; 2)Acrescentar sal aos alimentos já prontos; 3)Ter um saleiro à mesa; 4)Carnes salgadas (bacalhau, charque, carne-seca e defumados); 5)Temperos industrializados (ketchup, mostarda, molho shoyu e caldos concentrados); 6)Embutidos (salsicha, mortadela, lingüiça, presunto, salame); 7)Queijos em geral; 8)Conservas (picles, azeitona, aspargo, patês e palmito, enlatados como extrato de tomate, milho e ervilha); 9)Salgadinhos (batata frita, amendoim salgado); DICAS PARA EVITAR O CONSUMO DE SAL 8 EVITE: MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

22 1)Substituir o sal por temperos naturais (salsinha, cebola, orégano, hortelã, limão, alho, manjericão e coentro); 7)Consumir os alimentos em seu estado natural. 8)Consumir queijo branco ou ricota sem sal. DICAS PARA EVITAR O CONSUMO DE SAL 8 O QUE DEVO FAZER: MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

23 QUAL A INFLUÊNCIA DO ÁLCOOL NO AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

24 As bebidas alcoólicas elevam a pressão arterial devido a lesão das artérias decorrentes das substâncias tóxicas do etanol. A redução do consumo de álcool é eficaz para diminuir e prevenir a pressão alta 9. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

25 1)Deve-se evitar ingerir bebidas alcoólicas; 2)A quantidade de 10 g de etanol equivale: a uma lata de 330 ml de cerveja (4% de etanol), a um copo de 110 ml de vinho (12% de etanol) ou a uma dose de 30 ml de um destilado (40% de etanol) como uísque, pinga ou vodca. 3)As bebidas alcoólicas podem aumentar os efeitos dos remédios que baixam a pressão. DICAS SOBRE CONSUMO DE BEBIDA ALCOÓLICA 9 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

26 QUAL A INFLUÊNCIA DO FUMO NO AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

27 O fumo agrava as doenças cardíacas porque pode aumentar o ritmo das batidas do coração e a pressão, ou ainda piora a aterosclerose, endurecendo as artérias. Além disso, o fumo também pode provocar câncer 10. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

28 1)Parar de fumar é muito difícil, mas não desanime. 2)Reduza o número de cigarros de acordo com as suas possibilidades. 3)Não fique com o maço de cigarros; 4)Existem recursos que podem ajudá-lo a parar de fumar, informe-se na unidade de saúde; 5)Sinta aos poucos o benefício de parar de fumar para sua saúde e seu bolso. DICAS PARA EVITAR O CONSUMO DE SAL PARA PARAR DE FUMAR 10 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

29 QUAL A INFLUÊNCIA DO ESTRESSE NO AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

30 O estresse pode dificultar o controle da pressão alta. O ideal seria eliminar o estresse, mas, como isso é difícil, o melhor é aprender a controlá-lo 10. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

31 1)Aprenda a identificar as situações que provocam tensão; 2)Planeje melhor as atividades; 3)Diminua o nível de exigência consigo mesmo(a) e com os outros; 4)Procure ter momentos de lazer e descanso; 5)Planeje férias; 6)Divida as atividades com familiares e/ou amigos; 7)Pratique exercícios físicos e técnicas de relaxamento; 8)Estabeleça prioridades. DICAS PARA REDUZIR O ESTRESSE 10 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

32 QUAL A RELAÇÃO ENTRE HEREDITARIEDADE E HIPERTENSÃO ARTERIAL? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

33 Caso seus pais, avós ou alguém da família tenha alguma dessas doenças, isso pode significar um risco maior para você, já que a Hipertensão Arterial é muitas vezes hereditária. Nestes casos a sua preocupação com a prevenção e controle da Hipertensão Arterial deve ser ainda mais intensa 12. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

34 QUAL A IMPORTÂNCIA DO EXERCÍCIO FÍSICO PARA REDUÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

35 O exercício físico traz vários benefícios para a saúde, pois ajuda a controlar: A pressão arterial; O peso; As taxas de gordura e açúcar no sangue; A tensão emocional; E ainda favorece a auto auto-estima 11. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

36 QUAIS SÃO AS CONSEQUÊNCIAS DA PRESSÃO ALTA? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

37 Os vasos são recobertos internamente por uma camada muito fina e delicada, que é machucada quando o sangue está circulando com pressão muito alta. Com isso, os vasos se tornam endurecidos e estreitados e podem, com o passar dos anos, entupir ou romper-se 6. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

38 Quando isso acontece no coração, o entupimento de um vaso leva à angina e pode ocasionar INFARTO. No cérebro, o entupimento ou rompimento de um vaso, leva ao AVC ou DERRAME CEREBRAL Nos rins também pode ocorrer entupimento, levando à paralisação dos rins ou INSUFICIÊNCIA RENAL TODAS ESSAS SITUAÇÕES SÃO MUITO GRAVES E PODEM SER EVITADAS COM O CONTROLE DA PRESSÃO ALTA 6 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

39 A HIPERTENSÃO ARTERIAL TEM CURA? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

40 Os portadores de hipertensão necessitam tratar-se durante o resto de suas vidas para evitar complicações. NÃO EXISTE CURA PARA A HIPERTENSÃO! MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

41 QUAL O TRATAMENTO ANTI- HIPERTENSIVO INDICADO? MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

42 O tratamento para pressão alta deve ser feito com remédios (tratamento medicamentoso) e com hábitos de vida saudáveis (tratamento não-medicamentoso) 6. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

43 TRATAMENTO NÃO MEDICAMENTOSO Envolve mudanças de hábitos de vida: Diminuir a ingestão de sal; Controlar o peso; Praticar exercícios físicos, Evitar o fumo e bebidas alcoólicas Controlar o estresse. 6 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

44 TRATAMENTO MEDICAMENTOSO 5 Remédios escolhidos de acordo com a classificação de risco da doença, podendo ser divididos em: Diuréticos: hidroclorotiazida e furosemida; Inibidores adrenérgicos: propranolol e reserpina; Bloqueadores dos canais de cálcio: diltiazem e verapamil; Inibidores da ECA: captopril e enalapril; MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

45 QUEM TEM PRESSÃO ALTA DEVE TOMAR SEUS REMÉDIOS TODOS OS DIAS! Não adianta tomar medicamentos durante um certo tempo e achar que está curado, pois, não está. Quando a pessoa para de tomar os medicamentos a pressão volta a ficar alta 4. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

46 SE VOCÊ NÃO TEM, CUIDE PARA EVITAR. SE VOCÊ TEM, CUIDE PARA CONTROLAR. A SAÚDE É O MAIOR BEM DE TODOS NÓS. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

47 REFERÊNCIAS 1.BRASIL, MINISTÉRIO DA SAÚDE, Secretaria de Políticas de Saúde. Manual de Hipertensão arterial e Diabetes mellitus. Brasília, 2002. 2.CHASE DIAGNOSTICS. O que é a pressão alta?. Disponível em:. Acesso em 22 ago. 2006. 3.INFOMED. Hipertensão Arterial: um inimigo silencioso. Disponível em:. Acesso em: 22 ago. 2006. 4.RHVIDA. Entendendo a pressão alta. Disponível em: . Acesso em 15 ago. 2006. 8.SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO. Hipertensão ou pressão alta: influência do sal. Disponível em: http://www.sbh.org.br>. Acesso em: 15 ago. 2006. 9.SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO. Hipertensão ou pressão alta: influência do álcool. Disponível em: http://www.sbh.org.br>. Acesso em: 15 ago. 2006. 10.SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO. Hipertensão ou pressão alta: influência do fumo/estresse. Disponível em: http://www.sbh.org.br>. Acesso em: 15 ago. 2006. 11.SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO. Hipertensão ou pressão alta: importância do exercício físico. Disponível em: http://www.sbh.org.br>. Acesso em: 15 ago. 2006. 12.MSD. Fatores de risco: fator genético. Disponível em: http://www.msd-brasil.com/. Acesso em: 05 set. 2006.

48 GEMSA MATERIAL ELABORADO POR: Maria de Fátima Mantovani Verônica de Azevedo Mazza Suzana Pinotti Alexandra Lunardon Universidade Federal do Paraná Grupo de Estudos Multiprofissional em Saúde do Adulto (GEMSA). http://www.enfermagem.ufpr.br/gemsa UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM GRUPO DE ESTUDOS MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE DO ADULTO COLOBARADORES Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC) http://www.proec.ufpr.br Programa de Articulação Interinstitucional na Área da Saúde. Projeto: Sistematização da Assistência a Portadores de Hipertensão Arterial


Carregar ppt "MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006 ÁLBUM SERIADO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google