A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ÁLBUM SERIADO MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ÁLBUM SERIADO MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006."— Transcrição da apresentação:

1 ÁLBUM SERIADO MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

2 COMO FUNCIONA A CIRCULAÇÃO DO SANGUE EM NOSSO CORPO?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

3 Esta força é o que chamamos de PRESSÃO ARTERIAL4
O sangue leva para nossas células todo o combustível necessário para manter a nossa vida: açúcar (glicose), oxigênio e hormônios; e retira das células o que não é necessário para o organismo: ácidos e gás carbônico. Para realizar este trabalho, o sangue precisa circular por todo o organismo. Ele sai com força do coração, percorre as artérias e volta ao coração trazido pelas veias. Para que o sangue possa circular pelo corpo é necessário que uma bomba – O CORAÇÃO, faça força – PRESSÃO, para empurrar este sangue por dentro das artérias. Esta força é o que chamamos de PRESSÃO ARTERIAL4 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

4 O QUE É A HIPERTENSÃO ARTERIAL?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

5 A hipertensão, ou pressão alta existe quando a pressão, medida várias vezes, é igual a 14 por 9 ou maior. Isso acontece quando ocorre um estreitamento do calibre das artérias (e conseqüente aumento de pressão), o que obriga o coração a também aumentar sua pressão para poder empurrar o sangue por dentro destas. Ao passar dentro das artérias o sangue encontra uma resistência (PRESSÃO), provocada pelo atrito. Quanto mais estreita é a artéria, maior a resistência (PRESSÃO) à passagem do sangue4. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

6 Quando sua pressão é 120 por 8O (12 por 8), a pressão (força) exercida pelo seu coração para empurrar o sangue pelas artérias é igual a 120 (12) milímetros de mercúrio (mmHg) e que a pressão (resistência) que suas artérias estão oferecendo à passagem do sangue é de 80 (8) mmHg4. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

7 Para entendermos melhor, podemos comparar o coração e os vasos a uma torneira aberta ligada a vários esguichos. Ao fecharmos a ponta dos esguichos, a pressão irá subir. Da mesma maneira, quando o coração bombeia o sangue e os vasos estão estreitados, a pressão dentro dos vasos aumenta2 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

8 QUEM TEM PRESSÃO ALTA? Costuma-se dizer que a
pressão alta é uma doença “democrática”, porque ataca homens e mulheres, brancos e negros, ricos e pobres, idosos e crianças, gordos e magros, pessoas calmas e nervosas6. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

9 QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA HIPERTENSÃO ARTERIAL?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

10 ALGUNS SINTOMAS DA HIPERTENSÃO ARTERIAL
A hipertensão em muitos casos não causa sintomas o que dificulta seu diagnóstico e tratamento! ALGUNS SINTOMAS DA HIPERTENSÃO ARTERIAL Sensação de mal-estar; Ansiedade e agitação; Cefaléia (dor de cabeça); Tontura; Borramento de visão; Dor no peito; Tosse e falta de ar; Formigamento dos membros; Sangramento do nariz3; MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

11 QUAIS HÁBITOS PRECISO MUDAR EM MINHA VIDA?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

12 PRATICAR EXERCÍCIOS FÍSICOS REGULARES
MANTER PESO SAUDÁVEL PRATICAR EXERCÍCIOS FÍSICOS REGULARES EVITAR O CONSUMO DE BEBIDA ALCOÓLICA E CIGARRO EVITAR ALIMENTOS COM MUITO SAL E GORDURA CONTROLAR ESTRESSE MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

13 QUAL ALIMENTAÇÃO IDEAL PARA CONTROLAR A PRESSÃO ARTERIAL?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

14 ALIMENTAÇÃO EQUILIBRADA1
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

15 QUAL A INFLUÊNCIA DA OBESIDADE NO AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

16 A obesidade e o excesso de peso aumentam o risco de pressão alta e de outras doenças.
Os grandes segredos para a redução de peso são dieta e atividade física7. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

17 DICAS MANTER OU PERDER PESO7
EVITE: Carnes gordurosas; Vísceras (fígado, coração, rins); Embutidos (lingüiça, paio, salsicha, toicinho defumado); Frios (mortadela, presunto, salame); Leite integral, creme de leite, manteiga, margarina sólida, iogurte integral, queijos cremosos e maioneses; Consumo excessivo de ovos; Frituras, banha de porco, toicinho defumado, gordura de coco e óleo de dendê; Açúcar e doces; Bebidas alcoólicas; MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

18 DICAS MANTER OU PERDER PESO7 E pratique Exercícios Físicos.
CONSUMA: Dieta planejada individualmente; Peixes, frango sem pele ou carnes magras; Margarina com óleo vegetal e pouca quantidade de gordura saturada; Óleos vegetais (girassol, milho, soja, canola, azeite de oliva); Pães e cereais integrais (aveia, trigo, farelo); Ervilha, feijão, grão-de-bico; Batata simples cozida ou assada; Arroz e mandioca; Verduras, legumes e frutas; Leite desnatado, iogurte desnatado, queijo branco ou ricota; E pratique Exercícios Físicos. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

19 QUAL A INFLUÊNCIA DO SAL NO AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

20 EVITE O EXAGERO DE SAL! O sal faz o corpo reter mais líquidos, e o aumento do volume de líquido faz a pressão subir. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

21 DICAS PARA EVITAR O CONSUMO DE SAL8
EVITE: O consumo excessivo de sal; Acrescentar sal aos alimentos já prontos; Ter um saleiro à mesa; Carnes salgadas (bacalhau, charque, carne-seca e defumados); Temperos industrializados (ketchup, mostarda, molho shoyu e caldos concentrados); Embutidos (salsicha, mortadela, lingüiça, presunto, salame); Queijos em geral; Conservas (picles, azeitona, aspargo, patês e palmito, enlatados como extrato de tomate, milho e ervilha); Salgadinhos (batata frita, amendoim salgado); MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

22 DICAS PARA EVITAR O CONSUMO DE SAL8
O QUE DEVO FAZER: Substituir o sal por temperos naturais (salsinha, cebola, orégano, hortelã, limão, alho, manjericão e coentro); Consumir os alimentos em seu estado natural. Consumir queijo branco ou ricota sem sal. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

23 QUAL A INFLUÊNCIA DO ÁLCOOL NO AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

24 As bebidas alcoólicas elevam a pressão arterial devido a lesão das artérias decorrentes das substâncias tóxicas do etanol. A redução do consumo de álcool é eficaz para diminuir e prevenir a pressão alta9. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

25 DICAS SOBRE CONSUMO DE BEBIDA ALCOÓLICA9
Deve-se evitar ingerir bebidas alcoólicas; A quantidade de 10 g de etanol equivale: a uma lata de 330 ml de cerveja (4% de etanol), a um copo de 110 ml de vinho (12% de etanol) ou a uma dose de 30 ml de um destilado (40% de etanol) como uísque, pinga ou vodca. As bebidas alcoólicas podem aumentar os efeitos dos remédios que baixam a pressão. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

26 QUAL A INFLUÊNCIA DO FUMO NO AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

27 O fumo agrava as doenças cardíacas porque pode aumentar o ritmo das batidas do coração e a pressão, ou ainda piora a aterosclerose, endurecendo as artérias. Além disso, o fumo também pode provocar câncer10. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

28 DICAS PARA EVITAR O CONSUMO DE SAL
PARA PARAR DE FUMAR10 Parar de fumar é muito difícil, mas não desanime. Reduza o número de cigarros de acordo com as suas possibilidades. Não fique com o maço de cigarros; Existem recursos que podem ajudá-lo a parar de fumar, informe-se na unidade de saúde; Sinta aos poucos o benefício de parar de fumar para sua saúde e seu bolso. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

29 QUAL A INFLUÊNCIA DO ESTRESSE NO AUMENTO DA PRESSÃO ARTERIAL?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

30 O estresse pode dificultar o controle da pressão alta
O estresse pode dificultar o controle da pressão alta. O ideal seria eliminar o estresse, mas, como isso é difícil, o melhor é aprender a controlá-lo10. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

31 DICAS PARA REDUZIR O ESTRESSE10
Aprenda a identificar as situações que provocam tensão; Planeje melhor as atividades; Diminua o nível de exigência consigo mesmo(a) e com os outros; Procure ter momentos de lazer e descanso; Planeje férias; Divida as atividades com familiares e/ou amigos; Pratique exercícios físicos e técnicas de relaxamento; Estabeleça prioridades. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

32 QUAL A RELAÇÃO ENTRE HEREDITARIEDADE E HIPERTENSÃO ARTERIAL?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

33 Caso seus pais, avós ou alguém da família tenha alguma dessas doenças, isso pode significar um risco maior para você, já que a Hipertensão Arterial é muitas vezes hereditária. Nestes casos a sua preocupação com a prevenção e controle da Hipertensão Arterial deve ser ainda mais intensa12. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

34 QUAL A IMPORTÂNCIA DO EXERCÍCIO FÍSICO PARA REDUÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

35 E ainda favorece a auto auto-estima11.
O exercício físico traz vários benefícios para a saúde, pois ajuda a controlar: A pressão arterial; O peso; As taxas de gordura e açúcar no sangue; A tensão emocional; E ainda favorece a auto auto-estima11. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

36 QUAIS SÃO AS CONSEQUÊNCIAS DA PRESSÃO ALTA?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

37 Os vasos são recobertos internamente por uma camada muito fina e delicada, que é machucada quando o sangue está circulando com pressão muito alta. Com isso, os vasos se tornam endurecidos e estreitados e podem, com o passar dos anos, entupir ou romper-se6. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

38 Quando isso acontece no coração, o entupimento de um vaso leva à angina e pode ocasionar INFARTO.
No cérebro, o entupimento ou rompimento de um vaso, leva ao AVC ou “DERRAME CEREBRAL” Nos rins também pode ocorrer entupimento, levando à paralisação dos rins ou INSUFICIÊNCIA RENAL TODAS ESSAS SITUAÇÕES SÃO MUITO GRAVES E PODEM SER EVITADAS COM O CONTROLE DA PRESSÃO ALTA6 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

39 A HIPERTENSÃO ARTERIAL TEM CURA?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

40 NÃO EXISTE CURA PARA A HIPERTENSÃO!
Os portadores de hipertensão necessitam tratar-se durante o resto de suas vidas para evitar complicações. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

41 QUAL O TRATAMENTO ANTI-HIPERTENSIVO INDICADO?
MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

42 O tratamento para pressão alta deve ser feito com remédios (tratamento medicamentoso) e com hábitos de vida saudáveis (tratamento não-medicamentoso)6. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

43 TRATAMENTO NÃO MEDICAMENTOSO
Envolve mudanças de hábitos de vida: Diminuir a ingestão de sal; Controlar o peso; Praticar exercícios físicos, Evitar o fumo e bebidas alcoólicas Controlar o estresse.6 MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

44 TRATAMENTO MEDICAMENTOSO5
Remédios escolhidos de acordo com a classificação de risco da doença, podendo ser divididos em: Diuréticos: hidroclorotiazida e furosemida; Inibidores adrenérgicos: propranolol e reserpina; Bloqueadores dos canais de cálcio: diltiazem e verapamil; Inibidores da ECA: captopril e enalapril; MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

45 QUEM TEM PRESSÃO ALTA DEVE TOMAR SEUS REMÉDIOS TODOS OS DIAS!
Não adianta tomar medicamentos durante um certo tempo e achar que está curado, pois, não está. Quando a pessoa para de tomar os medicamentos a pressão volta a ficar alta4. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

46 SE VOCÊ NÃO TEM, CUIDE PARA EVITAR.
HIPERTENSÃO SE VOCÊ NÃO TEM, CUIDE PARA EVITAR. SE VOCÊ TEM, CUIDE PARA CONTROLAR. A SAÚDE É O MAIOR BEM DE TODOS NÓS. MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006

47 REFERÊNCIAS BRASIL, MINISTÉRIO DA SAÚDE, Secretaria de Políticas de Saúde. Manual de Hipertensão arterial e Diabetes mellitus. Brasília, 2002. CHASE DIAGNOSTICS. O que é a pressão alta?. Disponível em: <http://www.chasebr.com.br/hipertensao.htm>. Acesso em 22 ago INFOMED. Hipertensão Arterial: um inimigo silencioso. Disponível em: <http://www.infomedgrp15.famerp.br/default.asp?id=4&mnu=4>. Acesso em: 22 ago RHVIDA. Entendendo a pressão alta. Disponível em: <http://www.rhvida.com.br/. Acesso em: 15 ago SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA; SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO; SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEFROLOGIA. V Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial. São Paulo, 2006. SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO. Hipertensão Arterial ou Pressão Alta: o que é?. Disponível em: <http://www.sbh.org.br>. Acesso em: 15 ago SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO. Hipertensão ou pressão alta: influência da obesidade. Disponível em: Acesso em 15 ago SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO. Hipertensão ou pressão alta: influência do sal. Disponível em: Acesso em: 15 ago SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO. Hipertensão ou pressão alta: influência do álcool. Disponível em: Acesso em: 15 ago SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO. Hipertensão ou pressão alta: influência do fumo/estresse. Disponível em: Acesso em: 15 ago SOCIEDADE BRASILEIRA DE HIPERTENSÃO. Hipertensão ou pressão alta: importância do exercício físico. Disponível em: Acesso em: 15 ago MSD. Fatores de risco: fator genético. Disponível em: Acesso em: 05 set

48 MATERIAL ELABORADO POR:
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM GRUPO DE ESTUDOS MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE DO ADULTO GEMSA Universidade Federal do Paraná Programa de Articulação Interinstitucional na Área da Saúde. Projeto: Sistematização da Assistência a Portadores de Hipertensão Arterial MATERIAL ELABORADO POR: Maria de Fátima Mantovani Verônica de Azevedo Mazza Suzana Pinotti Alexandra Lunardon COLOBARADORES Grupo de Estudos Multiprofissional em Saúde do Adulto (GEMSA). Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC)


Carregar ppt "ÁLBUM SERIADO MANTOVANI, M.F.; MAZZA, V.A.; PINOTTI,S.; LUNARDON, A. HIPERTENSÃO. Curitiba: PROEC/UFPR, 2006."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google