A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANÁLISE DO COMPORTAMENTO APLICADA À RECICLAGEM DE LIXO: UMA REPLICAÇÃO DE AUSTIN, HATFIELD, GRINDLF & BAILEY (1993) Gabriel Augusto Macedo Baldo PIBIC/CNPQ.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANÁLISE DO COMPORTAMENTO APLICADA À RECICLAGEM DE LIXO: UMA REPLICAÇÃO DE AUSTIN, HATFIELD, GRINDLF & BAILEY (1993) Gabriel Augusto Macedo Baldo PIBIC/CNPQ."— Transcrição da apresentação:

1 ANÁLISE DO COMPORTAMENTO APLICADA À RECICLAGEM DE LIXO: UMA REPLICAÇÃO DE AUSTIN, HATFIELD, GRINDLF & BAILEY (1993) Gabriel Augusto Macedo Baldo PIBIC/CNPQ Alexandre Dittrich Introdução: de acordo com a literatura internacional sobre a temática deste estudo, a inserção de prompts é uma técnica muito efetiva quando se fala em intervenções que buscam uma separação mais adequada do lixo. Assim, o presente trabalho tem como objetivo replicar o experimento do artigo Comparação entre medidas da classe de respostas separar o lixo adequadamente para verificar se a inserção de prompts, em ambientes com um índice baixo de separação adequada, possui alguma influência no comportamento de separar adequadamente o lixo. Participantes e cenário: os participantes foram estudantes e funcionários do Colégio Estadual do Paraná. Foram selecionados dois conjuntos de lixeiras, separadas por uma distancia mínima de 30 metros, para a realização do estudo. Procedimento: A coleta consistiu em duas etapas: 1) contagem de itens dispostos diariamente nos contêineres para lixo orgânico e nos contêineres para lixo reciclável em cada ambiente; 2) 12 observações diretas por períodos de uma hora foram realizadas nos dois conjuntos de lixeiras Materiais: foram utilizados Equipamentos de Proteção Individual para evitar contaminação dos pesquisadores e lonas de 200 cm por 200 cm foram estendidas no chão, para evitar contaminação. Variável independente: foram inseridos prompts logo acima da lixeira para rejeitos orgânicos e das lixeiras para materiais recicláveis em cada ambiente. Delineamento de pesquisa: Foi feito um delineamento de linha de base múltipla tipo AB nos dois ambientes. As diferentes condições experimentais tiveram a duração de 30 dias: para um conjunto de lixeiras, 10 dias de linha de base, 20 dias em condição de prompt; para o outro, 20 dias de linha de base, 10 dias em condição de prompt. Métodos Resultados: a partir da análise dos dados obtidos durante os 30 dias de intervenção, pode-se perceber que a inserção de prompts com objetivo de alterar comportamentos de separação adequada do lixo não é muito efetiva, visto que não foi possível alterar o comportamento dos participantes. Tal afirmação é correta, pois não houve diferenças significantes entre os números de materiais separados adequadamente da linha de base e do período de intervenção nos dois ambientes. Discussão: a partir da análise dos dados pode-se perceber que a inserção dos prompts não foram modelos de intervenção muito efetivos para este tipo de comportamento dentro destas circunstâncias, visto que não causaram nenhuma alteração esperada no comportamento estudado. Para justificar tal resultado, criam-se duas hipóteses. A primeira, assim como a apresentada no trabalho de Costa e Oda (2012), questiona a eficácia de prompts quando estes não são acompanhados de estratégias de manipulação de consequências assim como nos trabalhos de (Jacobs, Bailey, & Crews, 1984; Witmer & Geller, 1976); nesses estudos foram obtidos menores índices de reciclagem nas intervenções em que os prompts eram a única estratégia empregada. A segunda hipótese refere-se ao fato de que os prompts utilizados não estariam adequados ao publico alvo. Esta hipótese justificaria o aumento da oscilação entre os números obtidos nos períodos de intervenção de maneira geral, ou seja, durante o período de intervenção, a variação do índice de reciclagem aumentou de um dia para outro, causando o aparecimento de índices de reciclagem muito altos seguidos de baixos. Austin, J., Hatfield, D. B., Grindle, A. C., & Bailey, J. S. (1993) Increasing recycling in office environments: The effects of specific, informative cues. Journal of Applied Behavior Analysis, 23, Costa, R., Oda, F., (2012) Comparação entre medidas da classe de respostas separar o lixo adequadamente. Revista Brasileira de terapia Comportamental Cognitiva, Jacobs, H. E., Bailey, J. S., & Crews, J. I. (1984). Development and analysis of a community-based resource recovery program. Journal of Applied Behavior Analysis, 17,


Carregar ppt "ANÁLISE DO COMPORTAMENTO APLICADA À RECICLAGEM DE LIXO: UMA REPLICAÇÃO DE AUSTIN, HATFIELD, GRINDLF & BAILEY (1993) Gabriel Augusto Macedo Baldo PIBIC/CNPQ."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google