A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA Prof. Dr.Admar Moraes de Souza.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA Prof. Dr.Admar Moraes de Souza."— Transcrição da apresentação:

1 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA Prof. Dr.Admar Moraes de Souza

2 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA

3 UNIDIMENSIONAL AORTA - AE AORTA - AE

4 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA UNIDIMENSIONAL VALVA MITRAL VALVA MITRAL

5 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA UNIDIMENSIONAL VENTRÍCULOS VENTRÍCULOS

6 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA UNIDIMENSIONAL VENTRÍCULOS VENTRÍCULOS FE= Dd 3 - Ds 3 x 100 Dd 3 % D= Dd-Ds x 100 Dd

7 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA BIDIMENSIONAL CORTE CORTELONGITUDINAL

8 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA BIDIMENSIONAL CORTE CORTE TRANSVERSAL TRANSVERSAL VE VD

9 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA BIDIMENSIONAL BIDIMENSIONAL CORTE CORTE TRANSVERSAL MITRAL TRANSVERSAL MITRAL VD VE VD VE VM

10 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA BIDIMENSIONAL BIDIMENSIONAL CORTE TRANSVERSAL VASOS DA BASE VASOS DA BASE AEAD VSVD VP AO AE AD VSVD VP AO

11 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA BIDIMENSIONAL CORTE CORTE APICAL 4 CÂMARAS VE AE VD AD VE AE VD AD

12 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA. Métodos biplanos preferidos:. Discos de Simpson. Área- comprimento ECOCARDIOGRAFIA BIDIMENSIONAL

13 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA BIDIMENSIONAL CORTE CORTE APICAL 5 CÂMARAS VE AE AO VD AD VE AE AO VD AD

14 NOÇÕES DE ECOCARDIOGRAFIA BIDIMENSIONAL CORTE CORTE SUB-COSTAL SUB-COSTAL VE AE VD AD AE AD VE VD FÍGADO

15 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA Christian Johann Doppler 1842 EFEITO DOPPLER Mudança na freqüência do ultrassom, causada pela movimentação do objeto em relação ao observador em relação ao observador

16 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA EFEITO DOPPLER

17 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL – DOPPLER PULSADO

18 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL FLUXO A CORES

19 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL - ESTENOSE

20 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL - ESTENOSE P = 4V 2 P = 4V 2

21 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL - ESTENOSE Área mitral normal 4 a 6 cm 2 Estenose leve área > 1,5 cm 2 Estenose moderada área de 1cm 2 a 1,4cm 2. 1,4cm 2. Estenose severa área < 1,0 cm 2

22 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL - ESTENOSE Quantificação da severidade da lesão: Quantificação da severidade da lesão: Área valvar Área valvar - Bidimensional Planimetria - Bidimensional Planimetria - Doppler Pressure half- time - Doppler Pressure half- time Gradientes diastólicos AE/VE máx. e médio Gradientes diastólicos AE/VE máx. e médio

23 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL - ESTENOSE Presença de outras lesões orovalvares ou dças congênitas. Presença de outras lesões orovalvares ou dças congênitas. Identificação de trombos intracavitários ( ETE ). Identificação de trombos intracavitários ( ETE ). Determinação da pressão sistólica na artéria pulmonar. Determinação da pressão sistólica na artéria pulmonar.

24 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL - ESTENOSE Eco score: Espessamento Espessamento Mobilidade Mobilidade Aparelho sub-valvar Aparelho sub-valvar Calcificação Calcificação Definição da morfologia do aparelho valvar

25 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL - ESTENOSE TRANSESOFÁGICO

26 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL - INSUFICIÊNCIA

27 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL - INSUFICIÊNCIA

28 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA MITRAL INSUFICIÊNCIA INSUFICIÊNCIA ECOCARDIOGRAMA TRANSESOFÁGICO TRANSESOFÁGICO

29 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA AÓRTICA - ESTENOSE

30 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA AÓRTICA - ESTENOSE P = 4V 2 P = 4V 2 P= 4 x 4,5 2 P= 4 x 4,5 2 P = 4 x 20,25 P = 4 x 20,25 P = 81mmHg P = 81mmHg

31 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA AÓRTICA - ESTENOSE EQUAÇÃO DA CONTINUIDADE A 1 x V 1 = A 2 x V 2 ÁREA VALVAR AÓRTICA ESTENOSE SEVERA < 0.75cm 2 ESTENOSE MODERADA – 0.75 a 1.Ocm 2 ESTENOSE LEVE > 1.0cm 2

32 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA AÓRTICA - INSUFICIÊNCIA

33 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA VALVA AÓRTICA - INSUFICIÊNCIA

34 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA Métodos de Ecocardiografia de Stress Exercícios Pós-esteira Bicicleta supina Bicicleta convencional Pacing Atrial transesofágico Farmacológico Dobutamina Dipiridamol Adenosina Arbutamina Ergonovina

35 NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA

36 Insuficiência Coronariana Perfusão Miocárdica com Microbolhas 2 a Harmônica 2 a Harmônica Modo intermitente Modo intermitente

37 Perfusão Miocárdica com Microbolhas Pré Adenosina Pós Adenosina

38 Perfusão Miocárdica com Microbolhas Pré Adenosina Pós Adenosina

39

40 OBRIGADO PELA ATENÇÃO


Carregar ppt "NOÇÕES DE DOPPLERECOCARDIOGRAFIA Prof. Dr.Admar Moraes de Souza."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google