A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 de 69 Alguns pontos sobre Metodologia Científica Maurício Delamaro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 de 69 Alguns pontos sobre Metodologia Científica Maurício Delamaro."— Transcrição da apresentação:

1 1 de 69 Alguns pontos sobre Metodologia Científica Maurício Delamaro

2 2 de 69 Como funciona o método científico Formulação de hipóteses Conclusão Explicação Explicação? Problema Novas idéias Novos dados Novas evidências Solução satisfatória? Modelo satisfatório? sim não sim não questão que tenha alguma possibilidade de ser correta e de ser respondida com o auxílio de conhecimento disponível Procura de conhecimentos e instrumentos relevantes

3 3 de 69 Como funciona… Observação / Experimentação (coleta de dados sobre o fenômeno) Tese (comprovação do conhecimento) Modelo (representação do conhecimento) Predição (nova pressuposição sobre o conhecimento) Hipótese / Problema (uma pressuposição sobre o conhecimento)

4 4 de 69 Um exemplo Observação das órbitas dos planetas Experimentação física com corpos Dois corpos se atraem em proporção direta às suas massas e inversa à distância entre si Lei da gravitação: F = g.m 1.m 2 /d 2 Trajetória de uma bola lançada em ângulo Órbita de um foguete ao redor da Lua Existe uma força regular e calculável de atração entre duas massas hipótese observação experimentação tese predição modelo

5 5 de 69 Alguns tipos de trabalhos científicos

6 6 de 69 Dissertação Documento que representa o resultado de um trabalho experimental ou exposição de um estudo científico recapitulativo, de tema único e bem delimitado em sua extensão, com o objetivo de reunir, analisar e interpretar informações. Deve evidenciar o conhecimento da literatura existente sobre o assunto e a capacidade de sistematização do candidato. É feito sob orientação de um pesquisador, visando a obtenção do título de Mestre. (ABNT, 1992; Severino, 1977).

7 7 de 69 Tese Documento que representa o resultado de um trabalho experimental ou teórico de tema específico e bem delimitado. Deve ser elaborado com base em investigação original, constituindo-se em real contribuição para a especialidade em questão. É feito sob orientação de um pesquisador e visa a obtenção do título de Doutor ou Livre- Docente. (ABNT, 1992; Severino, 1977).

8 8 de 69 Monografia Documento que representa o resultado de um trabalho de pesquisa recapitulativa, com abordagem restrita a um só tema. Inicia o estudante nos métodos de investigação e pesquisa, exercitando sua criatividade, iniciativa e reflexão. Estimula sua capacidade de aplicar e ampliar os conhecimentos adquiridos durante o curso. Visa a obtenção do título de Especialista ou do diploma de Graduação. (Severino, 1977)

9 9 de 69 Projeto É um empreendimento planejado que consiste num conjunto de atividades inter- relacionadas e coordenadas, com o fim de alcançar objetivos específicos dentro dos limites de um orçamento e de um período de tempo dados e surge em resposta a um problema concreto. Elaborar um projeto é, antes de mais nada, contribuir para a solução de problemas, transformando IDÉIAS em AÇÕES. (Kisil, 1995)

10 10 de 69 Relatório técnico Documento que representa o resultado de um trabalho experimental ou exposição de um exercício técnico-científico, de tema único e delimitado geralmente a um tópico de uma disciplina / matéria. Deve evidenciar o conhecimento geral da situação e das ferramentas e métodos utilizados, em específico.

11 11 de 69 Uma classificação dos tipos de pesquisa Bibliográfica documental experimental ex-post-facto levantamento estudo de caso pesquisa-ação pesquisa participante

12 12 de 69 Tipos de Trabalho Científico (nossa classificação, hoje) de análise teórica, representada por trabalho teórico-conceitual sobre um assunto pesquisado bibliograficamente; de análise teórico-empírica, que representa uma pesquisa empírica (trabalho de campo ou de laboratório); de estudo de caso

13 13 de 69 Alguns tipos de trabalhos científicos An á lise bibliogr á fica – Trabalho elaborado a partir de material j á publicado, constitu í do principalmente de livros, artigos de peri ó dicos e material (de bom n í vel) disponibilizado na Internet. – Análise, interpretação e organização de informações sobre um tema específico, obtidas bibliograficamente. – Análise crítica ou comparativa de abordagens existentes na literatura sobre um tema bem definido. Pesquisa emp í rica – Trabalho de campo: determina ç ão de um objeto de estudo, sele ç ão de vari á veis capazes de influenciar o objeto de estudo, defini ç ão das formas de controle e de observa ç ão dos efeitos que as vari á veis produzem no objeto de estudo. – Análise interpretativa de dados coletados sobre um tema específico. – Experimentação de modelos ou teorias já existentes, a partir de dados coletados.

14 14 de 69 Alguns tipos de trabalhos científicos Estudo de caso – Trabalho que envolve o estudo profundo e exaustivo de um ou de poucos objetos de maneira que se permita o seu amplo e detalhado conhecimento. – Trabalho desenvolvido a partir da análise de uma determinada situação: análise da situação atual e proposta de mudança (melhoria) no contexto analisado. Em qualquer tipo: – Revisão da literatura: leitura da bibliografia para estabelecer o estado atual dos estudos na área, e para justificar os objetivos e contribuições da própria pesquisa. Cuidado com o plágio (roubo de idéias). É importante e honesto preservar os autores.

15 15 de 69 Etapas da pesquisa científica Definição do tema Planejamento da investigação Desenvolvimento metodológico Coleta de dados (observação, experimentação) Análise dos resultados (elaboração de conclusões) Divulgação dos resultados

16 16 de 69 Vamos ao mercado Cada aluno deve ter uma tarjeta; Vá ao mercado e faça uma compra;...

17 17 de 69 Relembrando: O que é uma monografia? É um Projeto em nível profissional, com base em um Problema Prático da área de Engenharia de Produção; Deve conter a aplicação dos conhecimentos adquiridos no curso; Um trabalho monográfico é focado em um único tema;

18 18 de 69 Delimitando o tema Universo: é aquilo que vai ser estudado ou sofrer uma ação Objeto: é a ação ou o estudo Esportes futebol No Brasil Times bons goleiro Verdão Vender o goleiro Demitir o goleiro Dar aumento pro goleiro Treinar o goleiro... Defesa de pênaltis Reposição de bola

19 19 de 69 Definição do tema Delimitar universo e objeto universo de referência é o que se vai estudar, o que se vai conhecer ou sobre o que se vai agir; objeto: consiste no que se quer saber ou fazer a respeito do universo. É o conteúdo do trabalho fixar a extensão do universo: delimitar o número ou categoria de indivíduos ou casos a que o estudo irá se referir fixar a extensão do objeto: é selecionar os setores, áreas ou tópicos do assunto que serão focalizados

20 20 de 69 Relembrando: etapas da pesquisa científica Definição do tema Planejamento da investigação Desenvolvimento metodológico Coleta de dados (observação, experimentação) Análise dos resultados (elaboração de conclusões) Divulgação dos resultados

21 21 de 69 Definição do tema Encontrar um problema que mereça ser investigado cientificamente e tenha condições de ser formulado e delimitado. – Conhecimento anterior do tema – Investigações realizadas anteriormente sobre o mesmo tema – Revisão da literatura científica sobre o tema – Idéias dadas pelo orientador ou colegas – Idéias totalmente originais Revisão da literatura: Coleta de trabalhos importantes já realizados sobre o tema. Ajuda no planejamento do trabalho, evita descobrir a roda, demonstrar o óbvio, preocupar-se com um assunto sem importância e cometer erros. – Levantamento dos trabalhos já realizados sobre o mesmo tema, num determinado período (fornecer dados atuais e relevantes). – Levantamento dos métodos e técnicas a serem utilizadas na investigação. – Realizada com metodologia específica e utilizando publicações e bancos de dados especiais (índices).

22 22 de 69 Orientador / professor Definição do Assunto Projeto Final Anteprojeto Bibliografia Banca Apresentação Levantamento prévio Levantamento detalhado Avaliação Documento Final Elaboração de um trabalho científico

23 23 de 69 Em qualquer circunstância... – Revisão da literatura: leitura da bibliografia para estabelecer o estado atual dos estudos na área, e para justificar os objetivos e contribuições da própria pesquisa. Cuidado com o plágio (roubo de idéias). É importante e honesto preservar os autores.

24 24 de 69 Áreas da EP 1. GESTÃO DA PRODUÇÃO – Gestão de Sistemas de Produção – Planejamento e Controle da Produção – Logística e Gestão da Cadeia de Suprimentos Arranjo Físico de Máquinas, Equipamentos e Facilidades Movimentação de Materiais – Projeto de Fábrica e de Instalações Industria – Gestão da Manutenção – Simulação da Produção – Gestão de Processos Produtivos Gestão de Processos Produtivos Discretos Gestão de Processos Produtivos Contínuos Gestão da Automatização de Equipamentos e Processos Planejamento de Processos Produtivos – Projeto e Gestão de Operações – Gestão de Desempenho em Sistemas Produtivos – Gestão do Turismo

25 25 de 69 Áreas da EP 2. GESTÃO DA QUALIDADE – Controle Estatístico da Qualidade – Normalização e Certificação para a Qualidade – Organização Metrológica da Qualidade – Confiabilidade de Equipamentos, Máquinas e Produtos – Qualidade em Serviços 3. GESTÃO ECONÔMICA – Engenharia Econômica – Gestão de Custos – Gestão Financeira de Projetos – Gestão de Investimentos

26 26 de 69 Áreas da EP 4. ERGONOMIA E SEGURANÇA DO TRABALHO – Organização do Trabalho – Psicologia do Trabalho – Biomecânica Ocupacional – Segurança do Trabalho – Análise e Prevenção de Riscos de Acidentes – Ergonomia Ergonomia do Produto – Ergonomia do Processo 5. GESTÃO DO PRODUTO – Pesquisa de Mercado – Planejamento do Produto – Metodologia de Projeto do Produto – Engenharia de Produto – Marketing do Produto

27 27 de 69 Áreas da EP 6. PESQUISA OPERACIONAL – Programação Matemática – Decisão Multicriterial – Processos Estocásticos – Simulação – Teoria da Decisão e Teoria dos Jogos – Análise de Demandas por Produtos 7. GESTÃO ESTRATÉGICA E ORGANIZACIONAL – Avaliação de Mercado – Planejamento Estratégico – Estratégias de Produção – Empreendedorismo – Organização Industrial – Estratégia de Marketing – Redes de Empresas e Gestão da Cadeia Produtiva

28 28 de 69 Áreas da EP 8. GESTÃO DO CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL – Gestão da Inovação – Gestão da Tecnologia – Gestão da Informação de Produção Sistemas de Informações de Gestão Sistemas de Apoio à Decisão 9. GESTÃO AMBIENTAL – Gestão de Recursos Naturais – Gestão Energética – Gestão de Resíduos Industriais – Sustentabilidade – Sistemas de Gestão Ambiental 10. EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO – Estudo do Ensino de Engenharia de Produção – Estudo do Desenvolvimento e Aplicação da Pesquisa em Eng. De Produção – Estudo da Prática Profissional em Engenharia

29 29 de 69 Bibliografia Levantamento em bibliotecas, acervos, internet problema: bibliografia enorme problema: bibliografia inexistente devem viabilizar o desenvolvimento da monografia

30 30 de 69 Citação Citação Menção de uma informação de outra fonte. A citação pode ser: a) direta ou transcrição: é a cópia literal de um texto. As transcrições de palavras ou trechos de outro autor devem aparecer entre aspas. – Exemplo:Menção no texto de uma informação colhida em outra fonte. Pode ser uma transcrição ou paráfrase, direta ou indireta de fonte escrita ou oral (ABNT, 1992) – Exemplo:... tese é, evidentemente, um processo de estudo científico que requer a especificação de uma metodologia sistemática de pesquisa com um objetivo claramente estabelecido, (...). A tese exige um objetivo, uma análise, uma conclusão; requer racionalidade e sistematização de procedimentos (Severino, 1977)

31 31 de 69 Citação (2) B) indireta: é a reprodução fiel das idéias do autor citado, sem transcrição. – Exemplo:Segundo Severino (1977) não se pode exigir da dissertação de mestrado o mesmo nível de originalidade exigido da tese de doutorado, pois a primeira é um trabalho ainda vinculado a uma fase de iniciação à ciência. c) ) citação de citação: deve ser indicada pelo sobrenome do autor do documento original, seguido da expressão latina apud (citado por, conforme, segundo) e dados da obra consultada. Neste caso, recomenda-se que a referência bibliográfica seja feita em Nota de Rodapé e não incluída na lista de referências bibliográficas. – Exemplo:Para Salvador apud Severino a tese de doutorado é considerada o tipo mais representativo do trabalho científico. – SALVADOR, A. D. Métodos e técnicas da pesquisa bibliográfica. Porto Alegre: Sulina Ed., 1971 apud SEVERINO, A.D. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez & Morais, 1977

32 32 de 69 Citação (3) Chamada de autores no texto Deve ser feita de acordo com o sistema adotado pela instituição que segundo a ABNT(1992), poderá ser: numérico, alfabético ou alfanumérico. O sistema adotado pela FEG/UNESP é o ALFABÉTICO. Sistema de chamada Alfabético O autor deve ser citado pelo sobrenome, apenas com a primeira letra em maiúscula, seguido do ano de publicação, separados por vírgula e entre parênteses. – Exemplo:... tendo o conjunto da pesquisa constituído o fulcro da tese de Livre-Docência (Sipavirus, 1990). Um autor: indica-se o sobrenome do autor seguido da data entre parênteses. – Exemplo: Souza (1997) observou que...

33 33 de 69 Citação (4) Dois autores: indica-se os sobrenomes dos autores, separados por & seguido da data entre parênteses. – Exemplo: Schillign & Belove (1987) estudando... Três ou mais autores: indica-se o primeiro autor seguido da expressão latina et al. seguido da data entre parênteses. – Exemplo: Ferreira et al. (1996) já afirmaram... Congressos, conferências, seminários, etc.: menciona-se o nome completo do evento, desde que considerado como um todo. – Exemplo:Os trabalhos apresentados no CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE MÉTODOS COMPUTACIONAIS PARA ENGENHARIA (1997)...

34 34 de 69 Citação (5) Vários autores citados em bloco: devem ser em ordem alfabética pelos sobrenomes ou em ordem cronológica. – Exemplo:Cui (1979), Reinholds (1978) e Serrano (1987) observaram que... – Leite (1978), Severino (1977) e Souza (1978) afirmam que de posse de um roteiro de idéias, é preciso então partir para a análise dos documentos em busca dos elementos que se revelem importantes para o trabalho. Entidades, quando consideradas como autor, podem ser citadas pela respectiva sigla, desde que, na primeira vez em que forem mencionadas, sejam citadas por extenso. – Exemplo:AMERICAN SOCIETY FOR MECHANICAL ENGINEERING (ASME) 1992, apresentou...

35 35 de 69 Citação (6) Quando for necessário especificar no texto a(s) página(s) da obra consultada. Deverá(ão) seguir o ano, separado(s) por vírgula. – Exemplo:A definição do tema a ser focalizado na tese é idéia que também surge do maior contato e familiarização com os problemas, questões e interesses característicos da área de conhecimentos a que o aluno está vinculado. (Leite, 1978, p.7) As citações de diversos documentos de um mesmo autor, publicados em um mesmo ano. São distinguidas pelo acréscimo de letra minúscula do alfabeto após o ano e sem espacejamento. – Exemplo:(Reeside, 1927a) (Reeside, 1927b)

36 36 de 69 Citação (7) Citação de informações obtidas através de canais informais (correspondência pessoal, anotação de aula, comunicação pessoal, evento não impresso, etc.) devem ser mencionadas em nota de rodapé e não incluídas na lista de referência bibliográfica. – Exemplo: Ferreira et al (1997) confirmaram a teoria... – FERREIRA, U. et al. (UNESP. Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá. Departamento de Produção). Comunicação pessoal, 1997.

37 37 de 69 Citação (8) Notas de rodapé As notas de rodapé têm a finalidade de prestar esclarecimentos ou inserir no trabalho considerações complementares, cujas inclusões no texto interromperiam a seqüência lógica da leitura. Devem ser reduzidas ao mínimo e aparecer em local tão próximo quanto possível do texto. A chamada das notas de rodapé deve ser feita com numeração crescente dentro de cada capítulo ou por asterisco, na entrelinha superior, sem parênteses. As notas de rodapé podem ser: – Bibliográficas – utilizadas para indicar a fonte de onde foi tirada uma citação. – Explicativas – utilizadas para apresentar comentários ou observações pessoais do autor, informações obtidas por meio de canais informais. Os nomes científicos de espécies, as palavras em outros idiomas, os termos que se quer enfatizar etc. devem ser grafados em itálico, sem aspas.

38 38 de 69 Outros Apresentação gráfica e tabular Fórmulas e equações Numerais Frações Porcentagem Ordinais Quantias Algarismos romanos Horários Datas Ilustrações Figuras Tabelas Abreviaturas, siglas e símbolos Preparo do original: Papel, Margens e parágrafos, Paginação Reprodução e encadernação

39 39 de 69 Prática Montar grupos de n pessoas; Analisar 2 dos n trabalhos científicos disponíveis na biblioteca; Preencher a ficha 2, para cada trabalho; Preencher a ficha 3, individualmente. (primeira nota da disciplina). Entregar até....

40 40 de 69 Estrutura de um trabalho científico

41 41 de 69 Estrutura de um trabalho científico

42 42 de 69 Pré-texto (1) Capa As capas, no padrão adotado pela FEG, são fornecidas pela Seção de Pós-Graduação e Coordenação dos cursos de Graduação. Folha de rosto Deve conter os elementos essenciais à identificação da obra, na seguinte ordem: Título da dissertação, tese, monografia ou projeto (centralizado) Subtítulo, se houver Número do volume, se houver mais de um Nome do autor (centralizado) Instituição à qual o trabalho é submetido, título pretendido e área de concentração (para Pós-graduação) (alinhado à direita) Nome do(s) orientador(es) (alinhados à direita) Nome do(s) co-orientador(es), se houver (alinhado à direita) Local (centralizado) Ano (centralizado) Obs: No verso deve conter a ficha catalográfica do trabalho, preparada pelo Serviço de Biblioteca e Documentação.

43 43 de 69 Pré-texto (2) Folha de aprovação A folha de aprovação, a ser inserida na versão final, é fornecida pela Seção de Pós-Graduação, Conselho de curso ou Departamento. Deve conter os seguintes dados: nome da instituição à qual está sendo submetida, autor, título do trabalho, termo de aprovação, grau, área de concentração, nome do coordenador da área, nome e instituição dos integrantes da Banca Examinadora e data de defesa. Dados Curriculares Página obrigatória para os trabalhos de pós-graduação (especialização, mestrado, doutorado e livre-docência), opcional para os trabalhos de graduação. De dicatória Página opcional na qual o autor presta uma homenagem ou dedica seu trabalho. Agradecimentos Página opcional na qual o autor agradece àqueles que contribuíram de maneira relevante à elaboração do trabalho. Deve restringir-se ao mínimo necessário.

44 44 de 69 Pré-texto (3) Apoio financeiro Página opcional na qual o autor cita o nome da entidade financiadora da pesquisa. Epígrafe Página opcional na qual o autor cita um pensamento. Sumário Enumeração das principais divisões, seções e partes do trabalho, feita na ordem em que as mesmas se sucedem no texto. Havendo mais de um volume, cada um deve conter o sumário completo do trabalho. (ABNT 1989a, 1989b) Lista de figuras As figuras devem ser relacionadas em lista à parte, na mesma ordem em que aparecem no texto, devendo constar número, legenda e página. Lista de Tabelas As tabelas devem ser relacionadas em lista à parte, na mesma ordem em que aparecem no texto, devendo constar número, legenda e página.

45 45 de 69 Pré-texto (4) Lista de abreviaturas, siglas e símbolos As abreviaturas, siglas e símbolos devem ser relacionados em ordem alfabética, em lista à parte, acompanhadas de seu respectivo significado. Resumo O resumo deve possibilitar uma visão rápida e clara do conteúdo e das conclusões do trabalho, em uma seqüência corrente de frases e não de enumeração de tópicos, redigido em um só parágrafo de no máximo 1400 caracteres. Deve-se evitar o uso de fórmulas, equações, abreviaturas etc que, se imprescindíveis, devem ser escritas por extenso. Para efeito de indexação, recomenda-se a inclusão de palavras-chave (no máximo sete), no final do resumo. (ABNT, 1990; UNESP, 1994) Abstract A NBR 6028/90 recomenda que o Abstract seja colocado após as referências bibliográficas, mas na FEG-UNESP optou-se por colocar o Abstract logo após o Resumo O abstract é a tradução para o inglês do resumo em português. Para efeito de indexação, recomenda-se a inclusão de Keywords no final do abstract.

46 46 de 69 Texto Introdução Parte do trabalho que apresenta o problema investigado, a delimitação do assunto e objetivos propostos. Corpo do trabalho O corpo do trabalho geralmente divide-se em Capítulos, Seções e Subseções, que variam em função da natureza do problema e da metodologia adotada. Cabe ao orientador a recomendação da divisão adequada ao trabalho em andamento.

47 47 de 69 Texto (2) Considerando a natureza e características, os trabalhos podem ter a seguinte divisão: Revisão de literatura: consiste no levantamento da literatura relevante existente na área, que serve de base ao trabalho. Não deve ser um resumo de outros trabalhos, mas incluir a contribuição do autor demonstrando que os trabalhos foram examinados e criticados objetivamente; Proposição: parte do trabalho onde o autor especifica o que foi apresentado na Introdução; Metodologia: descrição dos materiais, métodos e procedimentos utilizados; Resultados: apresentação detalhada dos resultados obtidos; Discussão: consideração objetiva dos resultados obtidos. Conclusões – Devem ser fundamentadas no texto, contendo deduções lógicas e correspondentes aos objetivos propostos.

48 48 de 69 Estrutura: sugestão Apresentação – Apresentação do problema ou caso (resumidamente) – Justificativa da importância do estudo – Resumo da metodologia Referencial teórico – Apresentação da teoria / literatura pertinente (sem enrolação, só a pertinente) Descrição do problema ou caso e seu ambiente A solução do problema – Metodologia utilizada – Resultados obtidos – Discussão dos resultados Consideração finais – Conclusões do trabalho – Indicação de futuros estudos

49 49 de 69 Pós-texto Anexos Material complementar indispensável à compreensão do texto. Havendo mais de um anexo, a identificação deve ser feita por letras maiúsculas consecutivas e seus respectivos títulos. As páginas devem ser numeradas consecutivamente ao texto. Relação das referências bibliográficas das publicações citadas no texto. (ABNT, 1989; FEG, 1998) A relação das referências bibliográficas deve obedecer ao sistema de chamada escolhido. Para a FEG recomenda-se o Sistema Alfabético de autor sem numeração dos ítens. Publicações consultadas não citadas no texto, podem ser relacionadas após as Referências Bibliográficas, sob o título de Bibliografia Consultada.

50 50 de 69 Pós-texto (2) Apêndices Material elucidativo e ilustrativo, porém, não essencial à compreensão do texto. A paginação não deve ser contínua a do texto principal. Havendo mais de um apêndice, a identificação deve ser feita por algarismo arábico e seu respectivo título. Glossário Vocabulário que fornece o significado de palavras ou expressões utilizadas no texto, específicas da área, de uso regional ou sentido obscuro. Item opcional que, se necessário, deve ser incluído no final do trabalho, sem numeração de páginas.

51 51 de 69 Algumas coisas sobre normas

52 52 de 69 Características desejáveis num trabalho científico

53 53 de 69 Características de um trabalho científico Língua: – correção, – clareza, – sem prolixidade. Bibliografia: – suficiente ou rica, – atualizada, – clássicos. Objetivos: – enunciados claramente, – especificados, – atingidos ou não? Metodologia: – pertinente, – detalhada em passos / etapas, – replicável. Apresentação escrita: – dentro das normas da instituição; – sem prolixidade. Justificativa: – enunciação dos ganhos esperados, – clareza de porque e para quem o estudo interessa.

54 54 de 69 Características de uma boa apresentação de trabalho Clareza, Síntese, máximo de 10 transparências; Sem minúcias ou detalhes; Percepção do conhecimento dos ouvintes sobre o assunto (Exemplo: se for apresentação para uma banca, os membros são da área e já leram o trabalho!!!!); Objetivos, métodos e resultados claros, quando for o caso; Indicação de futuros estudos, quando for o caso.

55 55 de 69 Prática Montar grupos de 4 pessoas; Analisar 2 dos n trabalhos científicos disponíveis na sala; Preencher a ficha 2, para cada trabalho; Socializar as impressões, com discussão em grupo.

56 56 de 69 O projeto de monografia (1) Aula 3

57 57 de 69 Monografia de análise teórica pode ser... uma simples organização coerente de idéias originadas de bibliografia de alto nível, em torno de um tema específico; uma análise crítica ou comparativa de uma obra, teoria ou modelo já existente, a partir de um esquema conceitual bem definido; o desenvolvimento de uma monografia realmente inovadora, a partir de fontes bibliográficas;

58 58 de 69 Modelo metodológico de monografia de análise teórica Escolha do assunto / delimitação do tema Bibliografia pertinente ao tema / área específica Levantamento de dados específicos da área de estudo Fundamentação teórica Metodologia e modelos aplicáveis Análise e interpretação das informações Conclusões e resultados

59 59 de 69 Monografia de análise teórico-empírica pode ser... uma simples análise interpretativa de dados primários em torno de um tema, com apoio bibliográfico; um teste de hipóteses, modelos ou teorias, a partir de dados primários e secundários; um trabalho realmente inovador, a partir de dados primários e/ou secundários.

60 60 de 69 Modelo metodológico de monografia de análise teórico empírica Realidade observável Pergunta problema e objetivo proposto Bibliografia e dados secundários Teoria pertinente ao tema (conceitos, técnicas, construtos) e dados secundários Instrumento de pesquisa Pesquisa empírica Análise Conclusões e resultados

61 61 de 69 Monografia de estudo de caso É uma análise específica da relação entre um caso real e hipóteses, modelos e teorias. É desenvolvida a partir da análise de uma determinada organização retrata a situação encontrada na organização e propõe soluções / mudanças no contexto analisado.

62 62 de 69 Modelo metodológico de monografia de estudo de caso Escolha do assunto / delimitação do tema Bibliografia pertinente ao tema / área específica Levantamento de dados específicos da área de estudo Fundamentação teórica Caracterização das informações Análise e interpretação das informações Conclusões e resultados

63 63 de 69 Monografia de análise teórica pode ser... uma simples organização coerente de idéias originadas de bibliografia de alto nível, em torno de um tema específico; uma análise crítica ou comparativa de uma obra, teoria ou modelo já existente, a partir de um esquema conceitual bem definido; o desenvolvimento de uma monografia realmente inovadora, a partir de fontes bibliográficas;

64 64 de 69 Monografia de análise teórico-empírica pode ser... uma simples análise interpretativa de dados primários em torno de um tema, com apoio bibliográfico; um teste de hipóteses, modelos ou teorias, a partir de dados primários e secundários; um trabalho realmente inovador, a partir de dados primários e/ou secundários.

65 65 de 69 Monografia de estudo de caso É uma análise específica da relação entre um caso real e hipóteses, modelos e teorias. É desenvolvida a partir da análise de uma determinada organização retrata a situação encontrada na organização e propõe soluções / mudanças no contexto analisado.

66 66 de 69 Escolha de um assunto ou tema Definição do assunto critério de seleção escolha do tema delimitação do tema e formulação do problema Anteprojeto deAnteprojeto de monografiamonografia

67 67 de 69 A aplicação dos critérios de seleção resultam num tema que... Corresponda ao gosto e interesse do pesquisador propicie experiências duráveis e de valor para o pesquisador possua importância corresponda às possibilidades de tempo e de recursos seja viável quanto ao levantamento de dados

68 68 de 69 Estudo exploratório Levantamento bibliográfico do assunto leitura da bibliografia e seleção / anotação de conceitos aplicáveis ao tema coleta de dados e informações complementares sobre o assunto pesquisa e levantamento de dados na Internet, se houver

69 69 de 69 Relembrando: O que é uma monografia? É um Projeto em nível profissional, com base em um Problema Prático da área de Engenharia de Produção; Deve conter a aplicação dos conhecimentos adquiridos no curso; Um trabalho monográfico é focado em um único tema;

70 70 de 69 Áreas da EP Gerência da Produção Qualidade Gestão Econômica Ergonomia Saúde e Segurança do Trabalhador Engenharia de Produto Pesquisa Operacional Estratégia e Organizações Gestão Tecnológica Sistemas de Informação Gestão Ambiental Gestão de Recursos Humanos

71 71 de 69 Fatores Chaves para o Sucesso Boa elaboração do projeto de monografia: – Justificativa do tema escolhido – Descrição das atividades a serem desenvolvidas – Exequibilidade e delimitação da monografia – Metodologia – Resultados esperados – Cronograma de execução Interação entre os Agentes

72 72 de 69


Carregar ppt "1 de 69 Alguns pontos sobre Metodologia Científica Maurício Delamaro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google