A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema de Informação sobre a Indústria Química Prof a Adelaide Antunes Escola de Química daUFRJ Nov/ 2005 I Ciclo de Conferências IVFRJ/FAPERJ/UFRJ INFLUÊNCIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema de Informação sobre a Indústria Química Prof a Adelaide Antunes Escola de Química daUFRJ Nov/ 2005 I Ciclo de Conferências IVFRJ/FAPERJ/UFRJ INFLUÊNCIA."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Prof a Adelaide Antunes Escola de Química daUFRJ Nov/ 2005 I Ciclo de Conferências IVFRJ/FAPERJ/UFRJ INFLUÊNCIA ESTRATÉGICA PARA ESTRUTURAÇÃO DE POLÍTICA PÚBLICA NA ÁREA DE SAÚDE E INOVAÇÃO

2 Sistema de Informação sobre a Indústria Química OBJETIVOS ESPECÍFICOS Identificação dos medicamentos com importância para a área de Saúde Pública Identificação dos medicamentos com importância para a área de Saúde Pública Competências do País para desenvolvimento de fármacos e medicamentos estratégicos Competências do País para desenvolvimento de fármacos e medicamentos estratégicos

3 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Foco da Pesquisa Fontes de Informação BASE DE DADOS WORLD PATENTS INDEX Derwent REDE ALICE FÓRUM DE COMPETITIVIDADE MDIC BASE DE DADOS LATTES ABIQUIF, ABIFINA, WORLD PRODUCERS OUTROS DIRETÓRIOS MCT/ CNPq Mapeamento de Competências e Tendências Tecnológicas Aplicadas ao Desenvolvimento de Fármacos e/ou Medicamentos da RENAME WEB JORNAIS NOTÍCIAS FINEP BNDES AGÊNCIAS FOMENTO

4 Sistema de Informação sobre a Indústria Química RENAME Total de drogas = 327 Total de drogas = 327 Classes terapêuticas = 18 Classes terapêuticas = 18 DROGAS SE REPETEM EM CLASSES TERAPÊUTICAS PROPRANOLOL – SISTEMA ENDÓCRINO E CARDIOVASCULAR

5 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Importação e Exportação dos Medicamentos da RENAME por Classe Terapêutica

6 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Importação Consolidada - PA e Int (Cap. 29) - RENAME (kg-x 10 ) Milhões US$ Droga(s) em destaque Classe 1 ANESTÉSICOS 222,293,0 Morfina (2,6% - 2,4 x 10 6 US$ FOB) US$ FOB) Classe 2 ANALGÉSICOS E MEDICAMENTOS ANTIENXAQUECA 113,121,6 Dipirona (50% -11,6 x10 6 US$ FOB ) US$ FOB ) Classe 3 ANTIINFLAMATÓRIOS E ANTIGOTOSOS 102,354,8 Número de Drogas 2003 Classes RENAME Classe 4 ANTIALÉRGICOS E MEDICAMENTOS USADOS EM ANAFILAXIA 31,346,9 Epinefrina 6 (0,12%- 0,057x10US$ FOB) (0,12%- 0,057x10 US$ FOB) Classe 5 ANTIINFECCIOSOS 7421,6412,0 6 Amoxicilina (4,2%-17 x 10 US$ FOB) US$ FOB) Classe 6 MEDICAMENTOS UTILIZADOS NO MANEJO DAS NEOPLASIAS 225,5124,8 6 Prednisona (1% - 1,3 x 10 US$ FOB) US$ FOB) Classe 7 IMUNOMODULADORES E IMUNOTERÁPICOS 51,465,0 Prednisona (2% - 1,3 x 10 6 US$ FOB) US$ FOB) 4.559,0554,2 6 Classe 8 MEDICAMENTOS E ANTÍDOTOS USADOS EM INTOXICAÇÕES EXÓGENAS 1517,788,9 Classe 9 NUTRIENTES Palmitato de retinol US$ US$FOB) (0,4% - 2,3 x 10 6 Furosemida US$ FOB) US$ FOB) (2,4% - 2,2x 10 Succinato sódico de hidrocortisona 1,5 x 10 6 US$ FOB) US$ FOB) Dexametasona 3 x 10 6 US$ FOB) e US$ FOB) e (5,7% - (2,7% -

7 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Importação Consolidada - PA e Int (Cap. 29) - RENAME 2003 (kg - x10 6 ) Milhões US$Droga(s) em destaque Classe 10 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA NERVOSO CENTRAL 235,353,4 Clonazepam 6 US$ FOB) Classe 11 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA CARDIOVASCULAR 269,7107,7 Metildopa (5,2% - 5,6 x 10 6 US$ FOB) Classe 12 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA HEMATOPOIÉTICO 194,823,6 Ácido acetilsalicílilco 6 Classe 13 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA DIGESTIVO 14 5,845,0 Amoxicilina Classe 15 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE OS SISTEMAS ENDÓCRINO E REPRODUTOR E PRODUTOS CORRELATOS 29 23,6147,3 Levonorgestrel Classe 16 DERMATOLÓGICOS 186,049,8 Permetrina (4,2% - 2,1 x 10 6 US$ FOB) Classe 17 AGENTES DIAGNÓSTICOS 115,565,7 Fentolamina (3%-0,052x10 6 US$ FOB) Classe 18 PREPARAÇÕES OFTÁLMICAS 104,653,1 Tetraciclina (3,3%- 1,7x10 6 US$ FOB) Número de Drogas 2003 Classes RENAME Classe 14 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA RESPIRATÓRIO 122,242,2 Succinato sódico de hidrocortisona 3,1 x 10 6 US$ FOB) ( 7,3% - 6 US$ FOB) (3,5% - 5,1 x 10 6 (38,6% - 17,4 x 10 US$ FOB) US$FOB) (5,4% - 1,3 x 10 (10,7% - 5,7 x 10

8 Sistema de Informação sobre a Indústria Química (1) = OUTROS ACIDOS 1-FENIL-2,3-DIMETIL-5-PIRAZOLONA (1) = OUTS. ALCALOIDES DO OPIO, SEUS DERIVS. E SAIS Item Genérico Valor Não Específico Importação - RENAME 2002/2003 Classe 2: Analgésicos e medicamentos anti-enxaqueca – Cap NCM (Int / PA) Subclasse ProdutoNCM 2002 Quantidade (Kg) Valor US$ FOB Principais Países Exportadores Quantidade (Kg) Valor US$ FOB Analgésic os não opióides Ácido acetilsalicílico Equador (US$ 682 mil e 196 t) e Tailândia (US$ 670 mil e 231 t) Dipirona China (US$ 8,2 milhões e 1368 t) e Alemanha (US$ 8,1 milhões e 540 t) Dipirona sódica (1) 0 (88.709) 0 ( ) China (US$ 285 mil e 67,6 t) ( ) ( ) Paracetamol Estados Unidos (US$ 2,4 milhões e 382 t) e China (US$ 1,5 milhões e 555 t) Dados de Importação2003 Principais Países Exportadores Colômbia (US$ 471 mil e 127 t) e Equador (US$ 275 mil e 100 t) China (US$ 9,4 milhões e 1580 t) Alemanha (US$ 1,6 milhões e 105 t) Estados Unidos (US$ 1,5 milhões e 258 t) e China (US$ 1,1 milhões e 448 t)

9 Sistema de Informação sobre a Indústria Química (1) = OUTROS ACIDOS 1-FENIL-2,3-DIMETIL-5-PIRAZOLONA (1) = OUTS. ALCALOIDES DO OPIO, SEUS DERIVS. E SAIS Item Genérico Valor Não Específico Importação - RENAME 2002/2003 Classe 2: Analgésicos e medicamentos anti-enxaqueca – Cap NCM (Int / PA) Analgésicos opióides e antagonistas Subclasse Produto NCM Dados de Importação Quantidade (Kg) Valor US$ FOB Morfina Cloridrato de morfina Sulfato de morfina Principais Países Exportadores Holanda (100%) Quantidad e (Kg) Valor US$ FOB Principais Países Exportadores Fentanila Citrato de fentanila Bélgica (100%) Bélgica (100%) - Austrália (US$ 2,1 milhões e 4,3 t) e Holanda (US$ 331 mil e 500 kg) (1) NaloxonaItália (US$ 255 mil e 2,8 t) e Estados Unidos (US$ 200 mil e 7kg) Estados Unidos (US$ 371 mil e 13 kg) e Itália (US$ 220 mil e 2,6 t) Cloridrato de naloxona Codeína Fosfato de codeína Reino Unido (US$ 64 mil e 120 kg) e Portugal (US$ 53 mil e 250 kg) Reino Unido (US$ 67 mil e 125 kg), Argentina (US$ 41 mil e 35 kg) e Portugal (US$ 35 mil e 60 kg) Petidina Cloridrato de petidina Espanha (US$ 23 mil e 85 kg) Alemanha (US$ 102 mil e 151 kg) Reino Unido (US$ 66,8 mil e 125 kg) e Argentina (US$ 40,6 mil e 35 kg) Reino Unido (US$ 64,1 mil e 120Kg) e Portugal (US$53 mil e 250Kg

10 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Exportação Consolidada - PA e Int (Cap. 29) - RENAME 2003 Lactato de sódio (84% - 6 x 10 6 US$ FOB) 7,114,521NUTRIENTESClasse 9 Talidomida (15% - 0,378 x 10 6 US$ FOB) 2,40,03735 IMUNOMODULADORES E IMUNOTERÁPICOS Classe 7 Tamoxifeno (0,054% - 0,010 x 10 6 US$ FOB) 18,50,43322 MEDICAMENTOS UTILIZADOS NO MANEJO DAS NEOPLASIAS Classe 6 Ácido salicílico (21% - 8 x 10 6 US$ FOB) 37,548,874ANTIINFECCIOSOSClasse 5 Prometazina (0,007% - 0, x 10 6 US$ FOB) 1,90,0023 ANTIALÉRGICOS E MEDICAMENTOS USADOS EM ANAFILAXIA Classe 4 Hidrocortisona (10,5% - 0,032 x 10 6 US$ FOB) 0,3060,00610 ANTIINFLAMATÓRIOS E ANTIGOTOSOS Classe 3 Dipirona (8% - 0,051 x 10 6 US$ FOB) 0,6240,00511 ANALGÉSICOS E MEDICAMENTOS ANTIENXAQUECA Classe 2 Lidocaína (1% - 0,027 x 10 6 US$ FOB) 2,60,00422ANESTÉSICOSClasse 1 Droga(s) em destaqueMilhões US$(kg - x 10 6 ) 2003 Número de Drogas Classes RENAME

11 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Exportação Consolidada - PA e Int (Cap. 29) - RENAME 2003 Pilocarpina (20% - 4,2 x 10 6 US$ FOB) 20,81,810 PREPARAÇÕES OFTÁLMICAS Classe 18 Sulfato de bário (1,5% - 0,060 x 10 6 US$ FOB) 4,00,61011AGENTES DIAGNÓSTICOSClasse 17 Ácido salicílico (88% - 8 x 10 6 US$ FOB) 9,06,018DERMATOLÓGICOSClasse 16 Insulina (4,6% - 0,415 x 10 6 US$ FOB) 0,0080,60829 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE OS SISTEMAS ENDÓCRINO E REPRODUTOR E PRODUTOS CORRELATOS Classe 15 Hidrocortisona (1,1% - 0,032 x 10 6 US$ FOB) 2,84,412 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA RESPIRATÓRIO Classe 14 Glicerol (7,4% - 1,2 x 10 6 US$ FOB) 17, MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA DIGESTIVO Classe 13 Ácido fólico (0,14% - 0,012 x 10 6 US$ FOB) 8,71,519 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA HEMATOPOIÉTICO Classe 12 Manitol (33% - 7,2 x 10 6 US$ FOB) 21,64,026 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA CARDIOVASCULAR Classe 11 Carbamazepina (80% - 4,4 x 10 6 US$ FOB) 5,50,76223 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA NERVOSO CENTRAL Classe 10 Droga(s) em destaqueMilhões US$(kg - x 10 6 ) 2003 Número de Drogas Classes RENAME

12 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Exportação - RENAME 2002/2003 Classe 2: Analgésicos e medicamentos anti-enxaqueca – Cap NCM (Int / PA) Angola (105kg e US$1.462) e República Dominicana (134kg e US$1.739) Angola (2.260kg e US$6.546) e Argentina (2.500kg e US$44.725) Angola (100%) Analgésicos não opióides Dipirona Dipirona sódica Paracetamol Dados de Exportação Quantidade (Kg) Valor US$ FOB Principais Países Importadores Quantidade (Kg) Valor US$ FOB Principais Países Importadores SubclasseProdutoNCM Angola (102kg e US$5.969) e Argentina (2.000kg e US$6.832) 030Argentina Ácido acetilsalicílico Estados Unidos (15.700kg e US$ ) e China (9.000kg e US$30.420)

13 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Exportação - RENAME 2002/2003 Classe 2: Analgésicos e medicamentos anti-enxaqueca – Cap NCM (Int / PA) Dados de Exportação Quantidad e (Kg) Valor US$ FOB Principais Países Importad ores Quantidad e (Kg) Valor US$ FOB Principais Países Importado res Subclasse Analgésicos opióides e antagonista s Argentina República Dominican a (100%) Países Baixos (100%) Produto CodeínaFentanila Morfina Naloxona Petidina NCM China 100kg e US$20.63 e Banglades h 50kg e US$ Taiwan 150kg e US$ e Bangladesh 30kg e US$5.763

14 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Importação Consolidada - PA e Int (Cap. 30) - RENAME 2003 Classes RENAMENúmero de Drogas 2003 Milhões US$Droga(s) em destaque Classe 1 Classe 2 Classe 3 Classe 4 Classe 5 Classe 6 Classe 7 Classe 8 Classe 9 ANESTÉSICOS ANALGÉSICOS E MEDICAMENTOS ANTIENXAQUECA ANTIINFLAMATÓRIOS E ANTIGOTOSOS ANTIALÉRGICOS E MEDICAMENTOS USADOS EM ANAFILAXIA ANTIINFECCIOSOS MEDICAMENTOS UTILIZADOS NO MANEJO DAS NEOPLASIAS IMUNOMODULADORES E IMUNOTERÁPICOS MEDICAMENTOS E ANTÍDOTOS USADOS EM INTOXICAÇÕES EXÓGENAS NUTRIENTES (kg - x 10 6 ) 0,076 0,310 0, ,9 0,160 1,7 0,004 0,020 1,4 19,9 0, ,8 21, ,2 0,383 0,401 Lidocaína (80% - 1,1 x 10 6 US$ FOB) Paracetamol (5% - 0,947 x 10 6 US$ FOB) Ácido acetilsalicílico (100%) - Amoxicilina (6,4% - 5,4 x 10 6 US$ FOB) Etoposido (4,7% - 1 x 10 6 US$ FOB)) Vacina tríplice víral (17% - 22,4 x 10 6 US$ FOB)) Folinato de cálcio (99% - 0,379 x 10 6 US$ FOB)) Retinol (100%)

15 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Importação Consolidada - PA e Int (Cap. 30) - RENAME 2003 (kg - x 10 6 ) Milhões US$ Droga(s) em destaque Classe 10 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA NERVOSO CENTRAL 40,0202,2 Levodopa/Carbid opa (39% - 0,892 x 10 6 US$ FOB)) Classe 11 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA CARDIOVASCULAR 80,32427,4 Nifedipina (8,4% - 2,3 x 10 6 US$ FOB) Classe 12 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA HEMATOPOIÉTICO 70,41737,9 Albumina humana (38,2% - 14,5 x 10 6 US$ FOB)) Classe 13 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA DIGESTIVO 43,474,9 Amoxicilina (7% - 5,4 x 10 6 US$ FOB)) Classe 14 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE O SISTEMA RESPIRATÓRIO Classe 15 MEDICAMENTOS QUE ATUAM SOBRE OS SISTEMAS ENDÓCRINO E REPRODUTOR E PRODUTOS CORRELATOS 212,4312,8 Estrogênios conjugados (8% - 25,2 x 10 6 US$ FOB) Classe 16 DERMATOLÓGICOS 10,0080,072 Permetrina (100%) Classe 17 AGENTES DIAGNÓSTICOS 10,4020,419 Tuberculina (100%) Classe 18 PREPARAÇÕES OFTÁLMICAS 10,0060,066 Gentamicina (100%) Classes RENAME Número de Drogas 2003

16 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Exportação Consolidada - PA e Int (Cap. 30) - RENAME 2003 Classes RENAME Nº de Droga s ANESTÉSICOS ANALGÉSICOS E MEDICAMENTOS ANTIENXAQUECA Classe 1 Classe 2 Classe 3 Classe 4 Classe 5 Classe 6 Classe 7 Classe 8 Classe 9 ANTIINFLAMATÓRIOS E ANTIGOTOSOS ANTIALÉRGICOS E MEDICAMENTOS USADOS EM ANAFILAXIA ANTIINFECCIOSOS MEDICAMENTOS UTILIZADOS NO MANEJO DAS NEOPLASIAS IMUNOMODULADORES E IMUNOTERÁPICOS MEDICAMENTOS E ANTÍDOTOS USADOS EM INTOXICAÇÕES EXÓGENAS NUTRIENTES (kg - x 10 6 )Milhões US$Droga(s) em destaque 0,028 1,7Prilocaína (72% - 1,2 x 106 US$ FOB) 0,1888,5 Ácido acetilsalicílico (1,3% - 0,116 x 106 US$ FOB) 0,0130,116Ácido acetilsalicílico (100%) ,83715,6 Cefalexina (5,3% - 0,842 x 106 US$ FOB) 0,178 9,8 Asparaginase (14,8% - 1,4 x 106 US$ FOB) 0,74215,4 Vacina antimeningocócica (0,4% - 0,064 x 106 US$ FOB) 0,0090,213 Furosemida (93% - 0,200 x 106 US$ FOB) 0,004 0,108 Retinol (100%)

17 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Exportação Consolidada - PA e Int (Cap. 30) - RENAME 2003

18 Sistema de Informação sobre a Indústria Química MEDICAMENTOS DE ALTO CUSTO – IMPORTAÇÃO (2003) A importação de medicamentos de alto custo totalizou A importação de medicamentos de alto custo totalizou US$ (FOB) US$ (FOB)

19 Sistema de Informação sobre a Indústria Química MEDICAMENTOS DE ALTO CUSTO – EXPORTAÇÃO A exportação de medicamentos de alto custo totalizou A exportação de medicamentos de alto custo totalizou US$ (FOB) US$ (FOB) Quantidade (Kg) Valor US$ FOB Principais Países que Importam do Brasil Acetato de desmopressina (1) Azatioprina Alemanha (100%) Biperideno Fenoterol Sulfato de salbutamol Calcitriol (1) Cloridrato de ciprofloxacina (1) Venezuela (100%) Cloroquina (1) Suiça (100%) Deferoxamina (1) Espanha (38.976kg e US$ ) Eritropoietina (1) Nova Zelândia (80.480kg e US$ ) Fosfato de codeína (1) Os dados de exportação apresentados incluem todos os produtos incluídos neste item da NCM. Dipropionato de beclometasona India (100%) Dados de Exportação (1) Canadá (12.800kg e US$23.680) (1) ProdutoNCM 2003

20 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Patentes de Fármacos e Medicamentos da RENAME por Classe Terapêutica patentes que expiram até 2005 (depósitos em 1984/1985) patentes que expiram até 2005 (depósitos em 1984/1985) patentes atuais (depósitos em 2002/2003) patentes atuais (depósitos em 2002/2003)

21 Sistema de Informação sobre a Indústria Química PATENTES (DERWENT) - Classe Terapêutica SIST.NERV.CENTRAL (10) CT 1 – AnalgésicosT1 - TOTAL FOCADO NA DROGAEQ - EQUIPAMENTOS, DISPOSITIVOS, ARTEFATOS, KITS CT 4 – AntialérgicosD - A PRÓPRIA DROGADS - DROGAS SUBSTITUTAS CT 10 – Sist. NervosoDD - DERIVADOS DA DROGAAT - AUXILIARES NO TRATAMENTO CT 13 – Sist. DigestivoDI - INTERMEDIÁRIOS DA DROGAVET - USO VETERINÁRIO CO - COADJUVANTES DA DROGA

22 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Fenobarbital 84/85 Total de Patentes - 7 Patentes da Droga Nova Formulação -1 patente Nova Formulação -1 patente Outras Patentes Determinação de Fenobarbital por imunoensaio – 3 patentes Determinação de Fenobarbital por imunoensaio – 3 patentes Substitutos do Fenobarbital – 3 patentes Substitutos do Fenobarbital – 3 patentes02/03 Total de Patentes – 6 (1 da droga) Patentes da Droga Nova Formulação - 1 patente Nova Formulação - 1 patente Outras Patentes Tratamento de Efeitos colaterais (Dependência) - 5 patentes Tratamento de Efeitos colaterais (Dependência) - 5 patentes Tendências de Patenteamento Classe terapêutica: Sist. Nervoso Central Classe terapêutica: Sist. Nervoso Central

23 Sistema de Informação sobre a Indústria Química PATENTES (Derwent) Classe Terapêutica ANALGÉSICOS (2) DIPIRONA Droga: DIPIRONA (Sal Sódico) Classes: ANALGÉSICOS (2) Patentes Depositadas em 1984/85: Patentes Focadas – Total: 1 (Patente da própria droga) Patentes Depositadas em 2002/03: Patentes Focadas – Total: 4 (1 Patente da própria droga; 3 Patentes relativas à equipamentos, dispositivos, artefatos, kits.) PROPANOLOL Droga: PROPANOLOL Classes: ANALGÉSICOS (2), CARDIOVASCULAR (11), SIST. ENDÓCRINO (15) Patentes Depositadas em 1984/85: Patentes Focadas – Total: 8 (7 Patentes da própria droga; 1 Patente de coadjuvantes da droga) Patentes Correlacionadas – Total: 0 Patentes Depositadas em 2002/03: Patentes Focadas – Total: 5 (5 Patentes da própria droga)

24 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Tendências de Patenteamento Classe terapêutica: Analgésicos Classe terapêutica: Analgésicos DROGA Patentes a expirar em 2005 (depósitos 84/85) Patentes atuais (depósitos 02/03) ÁCIDO ACETIL- SALICÍLICO (Não Opióide e Antienxaqueca) 17 patentes 7 são de composição com outras substâncias 3 são de liberação controlada da droga 2 são de derivados da droga 1 kit Diagnóstico 1 droga substituta compara com o AAS tendo menor efeito colateral gástrico Outros usos – oftálmico e arteriosclerose 11 patentes 1 de derivado da droga 2 são amplas – várias drogas 6 são mundiais e de composição 1 diminui efeito colateral Outro uso – cosmético

25 Sistema de Informação sobre a Indústria Química PATENTES DEPOSITADAS NO BRASIL NO PERÍODO 1992/2004 RENAME - CLASSE TERAPÊUTICA ANALGÉSICOS (2) DROGASRequerente Nº da patenteTítuloInventor (se brasileiro) ÁCIDOACETIL-SALICÍLICO Libbs Farmacêutica PI UMA NOVA ASSOCIAÇÃO MEDICAMENTOSA DE LIBERAÇÃO PROGRAMADA Alcebíades de MendonçaAthayde PI CONJUNTO COMPREENDENDO ACONDICIONAMENTO E COMPOSIÇÃO MULTIPARTICULADA CONTENDO ÁCIDO ACETILSALICÍLICO HoechstAktiengesellschaftPI APLICAÇÃO DE UMA COMBINAÇÃO DE UM DIURÉTICO DE ALÇA E DE UM MEDICAMENTO ANTI-INFLAMATÓRIO NÃO ESTERÓIDE E A DITA COMBINAÇÃO SebastianoBianco Sebastiano Bianco PI APLICAÇÃO DE MEDICAMENTO ANTI- INFLAMATÓRIO NÃO ESTERÓIDE E O DITO MEDICAMENTO Nicox S.A. PI SAIS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS, USO DOS MESMOS, FORMULAÇÕES FARMACÊUTICAS PARA USO ORAL E PARENTAL, E, COMPOSTOS Sanofi-SynthelaboPI COMPOSIÇÃO FARMACÊUTICA SOB A FORMA UNITÁRIA, CONTENDO O ÁCIDO ACETILSALICÍLICO E HIDROGENOSSULFATO DE CLOPIDOGREL DIPIRONA Patentes

26 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Produtores de Fármacos RENAME por Classe Terapêutica nacionais nacionais internacionais internacionais

27 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Produtores de Fármacos: Sistema Digestivo

28 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Laboratórios Farmacêuticos no Brasil Medicamentos da RENAME por Classe Terapêutica

29 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Nª DE LABORATÓRIOS NO PAÍS POR CLASSE TERAPÊUTICA CT 5 - Antinfecciosos CT 11 - Cardiovascular CT 13 - Sist. Digestivo CT 10 - Sist. Nervoso CT 9 - Nutrientes Nº DE LABORATÓRIOS

30 Sistema de Informação sobre a Indústria Química RELAÇÃO GENÉRICO/APRESENTAÇÃO COMERCIAL POR CLASSE TERAPÊUTICA DA RENAME CT 5 - Antinfecciosos CT 11 - Cardiovascular CT 15 - Sist. Endócrino CT 2 - Analgésicos CT 13 - Sist. Digestivo CT 3 - Antinflamatórios CT 6 - Antineoplásicos CT 14 - Sist. Respiratório CT 16 - Dermatológicos CT 10 - Sist. Nervoso CT 9 - Nutrientes CT 12 - Sist. Hematopoiético CT 8 - Antídotos CT 1 - Anestésicos CT 7 - Imunoterápicos CT 4 - Antialérgicos CT 18 - Prep. Oftálmicas CT 17 - Agentes Diagnósticos MEDICAMENTOS Nº DE GENÉRICOS Nº DE MEDICAMENTOS

31 Sistema de Informação sobre a Indústria Química MAPEAMENTO DAS COMPETÊNCIAS DO PAÍS ESPECIALISTAS CADASTRADOS no LATTES / CNPq

32 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Mapeamento das Competências do País Busca realizada no diretório LATTES/CNPq em 3 níveis: Busca realizada no diretório LATTES/CNPq em 3 níveis: Síntese de moléculas Síntese química Fitomedicamentos Fitofármacos Plantas Medicinais Biofármacos Medicamento ou Fármaco + DNA, genoma, gene, genética, proteômico SÍNTESE - SAÚDE FITO BIO

33 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Mapeamento das Competências do País Análise dos resultados do LATTES/CNPq: Análise dos resultados do LATTES/CNPq: 79 INSTITUIÇÕES GRUPOS DE PESQUISAS 200 ESPECIALISTAS (LÍDERES) 319 SÍNTESE = 171 FITO = 95 BIO = 32 SÍNT & FITO = 13 SÍNT + BIO = 5 FITO + BIO = 1 SÍNT + FITO + BIO = 2

34 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Instituições Top – Visão Global Instituições com mais de 10 pesquisadores líderes: Instituições com mais de 10 pesquisadores líderes:

35 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Mapa de Líderes – Exemplo GRUPOLÍDERUNIDADEINST. A Química de Compostos Organocalcogênio Claudio da Cruz Oliveira Antonio Luiz Braga Depto. de Química UFSM Análise e Desenvolvimento de Fármacos de Origem Natural Claudia Maria O. Simões Mareni Rocha Farias Depto. de Ciências Farmacêuticas UFSC Aproveitamento da Flora Medicinal do Maranhão Terezinha de Jesus A. Silva Rêgo Ana Zélia Silva Depto. de Farmácia UFMA Atividade Biológica de Produtos Naturais Celso Vataru NakamurarDepto. de Análises ClínicasUEM Biocatalisadores na Produção de Fármacos Paulo José Samenho Moran Depto. de Química Orgânica UNICAMP Bioconversão, Metabolismo e Biossíntese Valéria de Oliveira Mariângela Fontes Santiago Lab. de P&D de Fármacos UFGUFG Biofármacos Laila Salmen Espíndola José Elias de Paula Lab. de Farmacognosia UNBUNB Biofármacos Tania Toledo de Oliveira Tanus Jorge Nagem Depto. de Bioquímica e Biologia Molecular UFVUFV Biofármacos de Células Animais Ana Maria Moro Lab. Esp. de Biofármacos em Células Animais IBU Biofármacos Derivados de Toxinas Animais Nanci do Nascimento José Roberto Rogero ---- CNEN CNEN Lab. de Avaliação de Substâncias Bioativas (LassBio) Eliezer Jesus de Lacerda Barreiro Faculdade de Farmácia UFRJ

36 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Indústria Farmacêutica Fomento/Financiamento Fórum de Competitividade - Farmacêutica (MDIC) PROFARMA (BNDES) FINEP – Juro Zero (micro e pequena empresa) – Proinovação (P&D, I em empresas nacionais) – Proinovação (P&D, I em empresas nacionais)

37 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Profª Adelaide M S Antunes Claudia Canongia Ana Amélia Martini Simone Alencar Fernando Tibau Max Arnor Andressa Gusmão Flávia Mendes Daniel Hoefle Apoio: Priscila Araújo Pedro Martins Equipe SIQUIM: Coordenadora SIQUIM EQ/UFR Quim, DSc Eng, DSc Eng, Doutoranda Estagiário EQ/UFRJ Estagiário Ciências Atuariais/UFRJ Estagiária EQ/UFRJ Estagiário EQ/UFRJ

38 Sistema de Informação sobre a Indústria Química Prof a Adelaide Antunes Escola de Química daUFRJ Nov/ 2005 I Ciclo de Conferências IVFRJ/FAPERJ/UFRJ INFLUÊNCIA ESTRATÉGICA PARA ESTRUTURAÇÃO DE POLÍTICA PÚBLICA NA ÁREA DE SAÚDE E INOVAÇÃO


Carregar ppt "Sistema de Informação sobre a Indústria Química Prof a Adelaide Antunes Escola de Química daUFRJ Nov/ 2005 I Ciclo de Conferências IVFRJ/FAPERJ/UFRJ INFLUÊNCIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google