A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Introdução Histórico 1799 – Primeira Patente que se tem notícia;

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Introdução Histórico 1799 – Primeira Patente que se tem notícia;"— Transcrição da apresentação:

0 Energia das Ondas do Mar
X Congresso Brasileiro de Energia Rio de Janeiro, outubro 2004 Energia das Ondas do Mar Prof. Segen F. Estefen Laboratório de Tecnologia Submarina COPPE/UFRJ

1 Introdução Histórico 1799 – Primeira Patente que se tem notícia;
1909 – Iluminação Pública no Cais da Praia de Huntington; 1945 – Segunda Guerra, desembarque na Normandia; 1973 – Ressurgimento com a Primeira Crise do Petróleo; 1990 – Mudança climática leva ao interesse em renováveis 2000 – Ameaça de esgotamento dos combustíveis fósseis, Aumento no preço do petróleo, crises no Afeganistão, Iraque.

2 As Ondas Formação Ação dos ventos sobre o mar
Seguem as direções do vento Os oceanos funcionam como acumuladores solar e eólico

3 Propagação Arrebentação
As ondas viajam por quilômetros desde o seu nascimento mesmo após cessar os ventos que as geraram; Perdas da energia das ondas durante seu trajeto são insignificantes Arrebentação Perda acelerada de energia, proporcional a profundidade; Muitos de nós só conhecemos os últimos segundos da vida de uma onda.

4 A Energia Contida nas Ondas
1 m A energia contida em uma onda é proporcional ao quadrado de sua amplitude e ao seu período.

5 O Potencial Energético
A energia disponível nas ondas é maior quanto mais ao largo; A intensidade de energia diminui proporcionalmente à profundidade devido a interação da onda com o leito marinho; A energia contida nas ondas em águas profundas é 3-8 vezes maior que na costa; Os custo da conversão e transmissão de energia são diretamente proporcionais à distância da costa;

6 Classificação Quanto à Localização
Onshore Offshore Nearshore Acesso por terra 8-20m >25m

7 Potencial Energético das Ondas 1 TW

8 Fonte: Mapa Eólico RJ

9 OWC (400 kW) Açores / Portugal

10 PELAMIS (750 kW) - UK

11 Archimedes Wave Swing (2 MW) Holanda

12 Mighty Wale (450 kW) Japão

13 Wave Dragon (4 MW) Protótipo 1:4 - Dinamarca

14 Fatores que Influenciam as Diferentes Concepções
Característica do Sítio Mar local, Clima de Ondas; Batimetria; Geomorfologia, etc. Especialização do Grupo de Pesquisa e Desenvolvimento Matriz Energética (dependência, importação, etc.)

15 Concepção de Usina das Ondas em Teste na COPPE

16

17

18

19 Impactos Ambientais · Barulho – Não maior que o próprio som das ondas.
·         Barulho – Não maior que o próprio som das ondas. ·         Perturbação da Vida Marinha – somente durante o período de construção. ·         Impacto Visual – Como se trata de estrutura parcialmente submersa, sua visualização não é tarefa das mais fáceis e só será possível se desejada pelo projeto. ·         Risco à Navegação – Devido a sua flexibilidade de localização pode ser facilmente desviadas de rotas das linhas marítimas. As demais possibilidades são tratadas com sinalização adequada. ·         Área de Recreação – Com a instalação da usina tanto poderiam ser criadas áreas abrigadas para recreação como áreas mais adequadas à prática do surfe.

20 Vantagens Estratégicas
·         Recurso Renovável e Auto-sustentável – Inexaurível. ·         Recurso Bem-caracterizado – Fácil estimativa do potencial . ·         Abundante – Apesar de sua variação nas estações climáticas. ·         Nativa – Produção pontual. ·         Limpa – Totalmente livre de poluição. ·         Localização Flexível – onshore, nearshore, offshore. ·         Proteção à Costa – Em solução compartilhada na dissipação da força das ondas. ·         Harmônica à Vida Marinha – Se desejado pode funcionar como recife artificial. ·       Independência Energética Local e/ou Regional – Aplicação local eliminando a dependência de combustível fóssil.

21 Mercados Remotos e Pontos Isolados
Povoados Ilhas Unidades Offshore Bases Científicas e Militares

22 Conclusões ZEE 50% da área territorial Recurso Abundante
2/3 da superfície da terra Extenso Litoral Brasileiro 8,5 mil Km de litoral ZEE 50% da área territorial Potencial Energético 65 GW

23 • Energia previsível, com estimativas seguras
• Energia renovável e limpa • Custo estimado comparável às hidrelétricas • Não há custos de aquisição de área / desapropriação, assim como disputa por terra


Carregar ppt "Introdução Histórico 1799 – Primeira Patente que se tem notícia;"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google