A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. 2 História do C e C++ O C (e actualmente também o C++) é a linguagem que está na base do sistema operativo Unix (e todos os seus clones). Foi inventada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. 2 História do C e C++ O C (e actualmente também o C++) é a linguagem que está na base do sistema operativo Unix (e todos os seus clones). Foi inventada."— Transcrição da apresentação:

1 1

2 2 História do C e C++ O C (e actualmente também o C++) é a linguagem que está na base do sistema operativo Unix (e todos os seus clones). Foi inventada por Dennis M. Ritchie em 1970 e foi estendida (com o nome C++) por Bjarne Stroustrup entre Quer uma, quer outra produzem código muito eficiente e próximo da máquina. O C (e actualmente também o C++) é a linguagem que está na base do sistema operativo Unix (e todos os seus clones). Foi inventada por Dennis M. Ritchie em 1970 e foi estendida (com o nome C++) por Bjarne Stroustrup entre Quer uma, quer outra produzem código muito eficiente e próximo da máquina. Existem muitas clonagens de estilo (embora não de performance) das quais as mais conhecidas são o Java e o PHP

3 3 Para bem perceber como funcionam o C e o C++ convém perceber como funciona esquematicamente um PC: Para bem perceber como funcionam o C e o C++ convém perceber como funciona esquematicamente um PC: Máquina de von Neumann Funções de intervalo. Primeiro contacto com o C e o C++

4 4 Algumas consequências importantes para C e o C++ Uma operação pouco usual Uma operação pouco usual x=a*x

5 5 Primeiro contacto com o C e o C++ Uma função de intervalo muito simples: Lei de Malthus Uma função de intervalo muito simples: Lei de Malthus O valor de x vai sendo actualizado sempre no mesmo lugar. Exemplo: como traduzir o seguinte conjunto de operações: O valor de x vai sendo actualizado sempre no mesmo lugar. Exemplo: como traduzir o seguinte conjunto de operações: Põe x 0 =.7 e a=.5; enquanto n < 10 calcula x n+1 =a*x n x n+1 =a*x n

6 6 Primeiro contacto com o C e o C++ Em C++ isto dá: Em C++ isto dá: Inteiros (int) e reais (float) são codificados de forma diferente e por isso têm de ser declarados de forma diferente Inteiros (int) e reais (float) são codificados de forma diferente e por isso têm de ser declarados de forma diferente O C e C++ distinguem minúsculas de maiúsculas (case sensitive); O C e C++ distinguem minúsculas de maiúsculas (case sensitive); As instruções terminam normalmente com ponto e vírgula; As instruções terminam normalmente com ponto e vírgula; Chavetas ({ }) são usadas para agrupar instruções; Chavetas ({ }) são usadas para agrupar instruções; int n; float a, x; n=0; x=.7; a=.5; while( n < 10 ){ x=a*x; n=n+1; }

7 7 Primeiro contacto com o C e o C++ Finalização: incluir tudo numa função main e juntar bibliotecas para poder usar outras funções (printf). Exemplo em C: Finalização: incluir tudo numa função main e juntar bibliotecas para poder usar outras funções (printf). Exemplo em C: #include int main(){ int n; float a, x; n=0; x=.7; a=.5; while( n < 10 ){ x=a*x; n=n+1; printf(x(%d)=%f\n, n, x); } return 0; }

8 8 Primeiro contacto com o C e o C++ Simplificar... Simplificar... #include int main(){ int n=0; float a=.7, x=.5; while( n < 10 ) printf(x(%d)=%f\n, ++n, x*=a); return 0; }

9 9 Primeiro contacto com o C e o C++ Comentários Comentários /********************************************* * Programa para estudar a Lei de Malthus * * * * Copyright J. Seixas 2005, Versao 1.0 * *********************************************/ #include /* aqui comeca a funcao main */ int main(){ int n=0; /* n e o contador de iteradas */ float a=.7, x=.5; /* a e o parametro de controle*/ while( n < 10 ) /* ciclo das iteradas */ printf(x(%d)=%f\n, ++n, x*=a); return 0; }

10 10 Noções de estilo. Algumas convenções de escrita. Regras de boa escrita: Regras de boa escrita: Antes de começar a programar fazer um esquema do que se pretende e como se pensa lá chegar Antes de começar a programar fazer um esquema do que se pretende e como se pensa lá chegar Indentar correctamente o código Indentar correctamente o código Comentar o código Comentar o código Não deixar números sem definição Não deixar números sem definição Usar nomes para as variáveis (e as funções) que reflictam o seu significado Usar nomes para as variáveis (e as funções) que reflictam o seu significado Usar um esquema para os nomes de variáveis que permita saber qual as suas características Usar um esquema para os nomes de variáveis que permita saber qual as suas característicasExemplo: /************************************ * Programa para estudar a Lei de Malthus * * x_n+1=a*x_n * * * Copyright J. Seixas 2005, Versao 1.1 * ************************************/ #include int main(){ int n=0, n_max=10; // n e o contador de iteradas < n_max float a=.7, x=.5; while( n < n_max ) // ciclo das iteradas printf(x(%d)=%f\n, ++n, x*=a); return 0; }

11 11 Noções de estilo. Algumas convenções de escrita. Alguns conceitos e notações: Alguns conceitos e notações: Existem dois tipos de expressões em C e C++: Existem dois tipos de expressões em C e C++: lvalues podem aparecer em ambos os lados de uma igualdade lvalues podem aparecer em ambos os lados de uma igualdade rvalues só podem aparecer do lado direito de uma igualdade rvalues só podem aparecer do lado direito de uma igualdadeExemplo: float x=3., y=4., z=0.; // 3., 4., 0., sao rvalues x+y = z; // erro: x+y nao e um lvalue

12 12 Noções de estilo. Algumas convenções de escrita. Alguns conceitos e notações: Alguns conceitos e notações: Coding conventions estão definidos em vários sítios na web, em particular em Coding conventions estão definidos em vários sítios na web, em particular em Em grandes projectos (em particular os que têm muita gente envolvida) costuma-se usar um conjunto de regras para os nomes das funções, variáveis, classes, etc... Ver o exemplo em Em grandes projectos (em particular os que têm muita gente envolvida) costuma-se usar um conjunto de regras para os nomes das funções, variáveis, classes, etc... Ver o exemplo em Habituem-se a usar tais convenções JÁ. Sigam as do link anterior, com a excepção do prefixo Ali que pode ser substituído por TFC.

13 13 Noções de estilo. Algumas convenções de escrita. Variante para I/O em C++: a biblioteca iostream Variante para I/O em C++: a biblioteca iostream /************************************ * Programa para estudar a Lei de Malthus * * * Copyright J. Seixas 2005, Versao 1.0 * ************************************/ #include int main(){ int n_max=10; float a=.7, x=.5; // a e o parametro de controle while( int n < n_max ) { /* ciclo das iteradas */ x *= a; std::cout << x( << ++n << )= << x << std::endl; } return 0; }

14 14 Noções de estilo. Algumas convenções de escrita. Como correr o programa (Linux) Como correr o programa (Linux)


Carregar ppt "1. 2 História do C e C++ O C (e actualmente também o C++) é a linguagem que está na base do sistema operativo Unix (e todos os seus clones). Foi inventada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google