A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG. A QUESTÃO CONCEITUAL Análise Institucional Instituição: Lógica constitutivo-prescritiva que rege todo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG. A QUESTÃO CONCEITUAL Análise Institucional Instituição: Lógica constitutivo-prescritiva que rege todo."— Transcrição da apresentação:

1 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG

2 A QUESTÃO CONCEITUAL Análise Institucional Instituição: Lógica constitutivo-prescritiva que rege todo o tecido de uma formação social; está acima dos estatutos das organizações. Análise da produção: - Discursiva/processos de significação; - Normativa; - Relações de poder. PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG Instituição Educação A QUESTÃO CONCEITUAL

3 Organização: Nível da realidade social em que as relações são regidas por estatutos que acontecem no interior de estabelecimentos, espaços físicos determinados. - Âmbito organizacional realização de ações de interesse social, político etc.; instituição, órgão, organismo, sociedade. O que seria a institucionalização? UFMG PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG

4 Percursos Iniciais e Consolidação Institucional da EaD na UFMG Ações Pontuais entre 1975 e projeto de EaD denominado Atividades Matemáticas que Educam - capacitação de professores, realizados pelo Centro de Ensino de Ciências e Matemática (CECIMIG); implantação da Cátedra UNESCO de Formação Docente na Modalidade de Educação a Distância - desenvolvimento de metodologias de produção e avaliação de materiais didáticos e ambientes virtuais de aprendizagem, além da formação de tutores para cursos nessa modalidade; PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG

5 1998 – criação da Assessoria de Educação a Distância e aprovada a Resolução Complementar nº 1/98 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), que conferia às atividades a distância o status de atividade acadêmica curricular válida para a integralização dos cursos de graduação. final da década de implementação do Curso de Especialização em Informática na Educação, oferecido pela Faculdade de Educação. Integrante do Programa Nacional de Informática na Educação (Proinfo), o curso previa a formação de professores multiplicadores responsáveis pela otimização pedagógica dos laboratórios de informática implementados pelo Governo Federal nas escolas públicas. PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG

6 o Centro de Extensão da Faculdade de Letras passou a ministrar um importante curso on-line, denominado Redigir. Tendo como público inicial os funcionários da própria universidade, sua oferta foi estendida a alunos de diversos cursos de graduação, aprimorando a produção de textos de um público bastante significativo início do chamado Projeto Veredas, resultado de parceria da SEE-MG com a UFMG e outras dezessete instituições de ensino superior de Minas Gerais. Especificamente na Faculdade de Educação, cerca de 560 alunos se matricularam no curso, que objetivava habilitar professores dos primeiros anos do nível fundamental, em atendimento à exigência legal de nível superior para o exercício do magistério. PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG

7 Gandin (1983) – Planejamento como prática educativa - Estabelecimento do Marco Situacional: Compreensão socioeconômica-política-cultural do momento, porque é neste todo que está integrada a educação. (nível da leitura da realidade) Formação Inicial para Professores dos Ensinos Fundamental e Médio que não tinham habilitação legal para o exercício da função (licenciatura); demanda social por oferta de novas alternativas de formação superior a distância para a população do interior do estado, o que significaria inclusão social pela via da interiorização, sem perder de vista, contudo, a reconhecida qualidade acadêmica de seus cursos presenciais;

8 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG a promoção do acesso ao conhecimento científico e tecnológico, instrumento de superação de históricas desigualdades sociais e culturais do estado; Análise diagnóstica das realidades sócio-educacionais (indicadores): baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH); predominância de taxa de analfabetismo superior à média nacional; tempo de escolarização médio inferior a três anos; elevado índice de trabalho infantil; problemas no que tange ao acesso da população ao ensino superior.

9 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG Adesão aos programas do MEC (concomitância) a UFMG foi credenciada pelo MEC para a criação e a oferta de cursos superiores a distância – o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CEPE e o Conselho Universitário aprovaram, intrainstitucionalmente, a criação de cursos de graduação nessa modalidade, apresentando ao MEC projetos para a implantação das Licenciaturas em Ciências Biológicas e Química. em janeiro de foi publicado o resultado do primeiro processo seletivo de cursos para o Pró-Licenciatura. Os cursos a distância de Licenciatura em Ciências Biológicas e Licenciatura em Química propostos pela UFMG foram aprovados.

10 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG No segundo semestre de 2007, sob a coordenação do CAED, a Comissão Permanente do Vestibular da UFMG (Copeve) realizou vestibular específico, no qual foram ofertadas, para cada um dos cinco polos, cinquenta vagas de cada curso. As quinhentas vagas foram destinadas exclusivamente para professores ainda não habilitados e em exercício na rede pública de ensino há, pelo menos, um ano. Em 2008, ocorreram as primeiras ofertas da UFMG no âmbito da UAB, com o início das Licenciaturas em Química, Ciências Biológicas e Pedagogia e do Bacharelado em Geografia. No ano seguinte, foi iniciado o curso de Licenciatura em Matemática. Todos os cursos estão vinculados aos respectivos departamentos ou unidades acadêmicas da universidade, além de contar com autonomia para desenvolver seus projetos político-pedagógicos, que são gerenciados pelos respectivos Colegiados de Curso.

11 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG - Estabelecimento do Marco Doutrinal: (fundamento teórico para a ação e axiológico) crenças e valores comuns, ideais, a forma de ver o mundo, a filosofia educacional que defendem, a forma de atuação frente aos desafios, bem como a intenção dos componentes em relação ao trabalho que realizam. (nível dos fins) Inclusão (a sociedade precisa ser funcional) – reestruturação/demanda social/publ. Interiorização; Democratização/Universalização (acesso, permanência, percurso); Qualidade (qual qualidade? Mercadológica ou cidadã); Republicanismo (modelo de negócio x intervenção político-educacional) Federalismo; Inovação Educacional (incremento tecnológico/convergência modal - Portaria nº 4.059, de 10 de dezembro de oferta de 20% da carga horária total dos cursos de graduação na modalidade semipresencial).

12 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG - Estabelecimento do Marco Operativo: enunciar os grandes posicionamentos que guiarão a ação da instituição como um todo e das pessoas que compõem seus quadros. (nível dos meios) PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL (PDI) UFMG EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Objetivo Ampliar e consolidar os projetos de Educação a Distância da UFMG. Metas Desenvolver sistemas de informação para dar apoio à execução de cursos de Educação a Distância.

13 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG Expandir os polos de Educação a Distância da UFMG em Minas Gerais, para oferta de cursos em regiões carentes de profissionais especializados. Desenvolver modelos de Educação a Distância, em consonância com os projetos pedagógicos dos cursos oferecidos na UFMG. Produzir recursos instrucionais impressos e de mídia, em consonância com as propostas pedagógicas dos cursos oferecidos na UFMG. Divulgar o processo de criação, implantação e avaliação dos cursos oferecidos pela UFMG na modalidade a distância. Ampliar parcerias e convênios com o Estado, municípios e entidades de representação pública para a oferta de cursos na modalidade a distância. Consolidar o Centro de Apoio à Educação a Distância (CAED) na estrutura da UFMG.

14 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG - Definição do peso estratégico da EaD na Instituição (fins, diagnóstico/distância, intervenção): Universidade Federal de Minas Gerais Plano de Desenvolvimento Institucional 2008 – 2012 Outro eixo de sustentação da política de inovação educacional desenvolvida na UFMG diz respeito à expansão de oportunidades e de programas de qualidade ofertados na Instituição,na modalidade de Educação a Distância (EAD), que envolve cursos de Graduação, Extensão e Pós-Graduação. Além de possibilitar que populações, hoje excluídas da Universidade Pública, nela venham a ingressar, o desenvolvimento dessa modalidade de ensino permitirá que seja ampliado o âmbito da ação educacional da UFMG.

15 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG - Criação de uma instância administrativa autônoma e de um aparato técnico-burocrático. (planejamento, articulação, execução e apoio) O Centro de Apoio à Educação a Distância (CAED) 2003 – criação Vinculação - ligado diretamente ao Gabinete do Reitor, tarefa inicial - fornecer assessoria para o credenciamento de cursos de graduação a distância junto ao Ministério da Educação (MEC).

16 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG O Centro de Apoio à Educação a Distância (CAED) Consolidação da institucionalização – tornou-se uma unidade administrativa ligada à Pró-Reitoria de Graduação, objetivos: administrar, coordenar e assessorar o desenvolvimento de cursos de graduação, pós-graduação e extensão a distância; desenvolver estudos e pesquisas sobre EaD; promover a articulação da UFMG com os polos de apoio presencial; assessorar, produzir e editar livros acadêmicos e livros didáticos impressos e digitais sobre EaD na UFMG.

17 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG recente ampliação de suas instalações (localizadas na Unidade Administrativa III – Campus Pampulha) e de seu corpo de profissionais, outros passos importantes têm colaborado para a realização dos objetivos do CAED: oferta de cursos de formação de tutores e aperfeiçoamento em EaD; a realização de seminários sobre EaD; obtenção de seu cadastramento como editora na Agência Brasileira do International Standard Book Number – ISBN (Fundação Biblioteca Nacional), com vistas à publicação de livros e materiais didáticos relativos à modalidade.

18 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG A Diretoria de Educação a Distância da UFMG criada em 2010, paralelamente à consolidação do CAED como unidade administrativa da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD). Finalidade: implantar, estruturar e articular a EaD na UFMG, oferecendo cursos de graduação, especialização, aperfeiçoamento e atualização. encontram-se subordinados a essa diretoria o CAED, o Colegiado Especial da Educação a Distância (CEGEAD).

19 PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG O Colegiado Especial de Educação a Distância - CEGEAD criado pela Resolução nº 04/2009, de 25 de agosto de Responsável pela administração acadêmica dos cursos de graduação a distância da UFMG, o CEGEAD é composto por um coordenador e um subcoordenador, supervisores dos cursos de graduação e um representante discente Coordenação da Universidade Aberta do Brasil (UAB). Coordenação Geral do Programa Escola de Gestores da Educação Básica. Coordenação de Projetos Especiais.

20 A UFMG e a UAB A UFMG está presente em 24 polos UAB em MG:

21 A UFMG e a UAB Cursos oferecidos:

22 A UFMG e a UAB Oferta de vagas:

23 OBRIGADO!


Carregar ppt "PANORAMA DA INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EAD NA UFMG. A QUESTÃO CONCEITUAL Análise Institucional Instituição: Lógica constitutivo-prescritiva que rege todo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google