A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MASSA ESPECÍFICA Laboratório de solos 2012 Prof.: João Guilherme Rassi Almeida Disciplina: Laboratório de Solos Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MASSA ESPECÍFICA Laboratório de solos 2012 Prof.: João Guilherme Rassi Almeida Disciplina: Laboratório de Solos Pontifícia Universidade Católica de Goiás."— Transcrição da apresentação:

1 MASSA ESPECÍFICA Laboratório de solos 2012 Prof.: João Guilherme Rassi Almeida Disciplina: Laboratório de Solos Pontifícia Universidade Católica de Goiás

2 MASSA ESPECÍFICA É a relação entre a massa dos grãos de um solo e o seu volume real. É uma característica física dos solos, sendo função dos seus constituintes mineralógicos. NBR 6508: Grãos de solo que passam na peneira de 4,8 mm – Determinação da massa específica Aparelhagem: estufa; aparelho de dispersão; picnômetro (balão volumétrico); bomba de vácuo (chapa para aquecimento); termômetro graduado em 0,1 °C; balança; funil de vidro; conta gotas. 2 Laboratório de Solos ,0mm (Sedimentação)

3 MASSA ESPECÍFICA Calibração do balão: Pesar o balão com água destilada completo até a marca de referência o menisco (M3). Execução do ensaio: (1) Tomar 250g da amostra preparada segundo a NBR 6457; (2) Homogeneizar e pesar com resolução de 0,01g uma quantidade em torno de 50g (argiloso e siltosos) ou de 60g (arenosos), para balão de 500cm³; (M1) 3 Laboratório de Solos 2012

4 MASSA ESPECÍFICA Execução do ensaio: (3) Colocar em um recipiente e imergir em água destilada (12 horas); (4) Determinar a umidade higroscópica; (5) Transferir amostra para o copo dispersor e agitar por 15min.; (6) Transferir para o balão e colocar na chapa aquecedora por 30min. (substituindo o vácuo); (7) Utilizar banho-maria por 30min. até equilibrar com temperatura ambiente; (8) Utilizar conta-gotas para colocar no nível da base do menisco na marca do balão; 4 Laboratório de Solos 2012

5 MASSA ESPECÍFICA Execução do ensaio: (9) Pesar o conjunto (Balão, solo e água) (M2) e determinar a temperatura; (10) Fazer duas determinações e tomar a média. 5 Laboratório de Solos 2012 M 1 = Solo úmido; M 2 = Balão + solo + água, T. M 3 = Balão + água; w = umidade inicial; ρ w,T = massa específica da água na temperatura de ensaio, T.

6 MASSA ESPECÍFICA OBS.: Para o ensaio se considerado válido, os valores das massas específicas obtidas não podem diferir mais que 0,02g/cm³. 6 Laboratório de Solos

7 MASSA ESPECÍFICA 7 Laboratório de Solos

8 MASSA ESPECÍFICA 8 Laboratório de Solos


Carregar ppt "MASSA ESPECÍFICA Laboratório de solos 2012 Prof.: João Guilherme Rassi Almeida Disciplina: Laboratório de Solos Pontifícia Universidade Católica de Goiás."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google