A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Processos de Fabricação I Prof. Jorge Marques.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Processos de Fabricação I Prof. Jorge Marques."— Transcrição da apresentação:

1 Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Processos de Fabricação I Prof. Jorge Marques dos Anjos Aula 11 Torneamento – Cabeçote móvel, furação, acessórios Slides gentilmente cedidos pelo prof. Vitor, com adaptações minhas.

2 Torneamento – cabeçote móvel O cabeçote móvel é a parte do torno que se desloca sobre o barramento

3 Cabeçote Móvel - Funções Suporte para contra-ponta: apoia uma das extremidades da peça. O contra-ponta é usado para evitar vibração em peças de médio comprimento.

4 Cabeçote Móvel - Funções Fixar mandril, que, por sua vez fixa um broca, um alargador ou macho de rosca.

5 Cabeçote Móvel - Funções Suporte para operações de rosqueamento manual

6 Cabeçote Móvel - Funções Deslocamento da contra-ponta para usinagem de formatos cônicos

7 Tipos de furos Furos de centro Furos para fixar a peça entre duas pontas do torno Passo prévio para fazer furo com broca comum Na furação com torno, o movimento de rotação é aplicado na peça e o movimento de avanço, na broca, por meio do cabeçote móvel.

8 Tipos de furos Furos cilíndrico Furo de preparação para rosquementos internos e broqueamentos

9 Tipos de furos Alargamento de superfícies cilíndricas internas Furos cilíndricos para buchas, polias, engrenagens

10 Rebaixos Internos 1.Utilizar ferramenta especial 2.Movimento de profundidade de corte invertido

11 Rebaixos e alargamentos Internos 1.Acabamento com profundidade de 0,2mm. 2.Verificação das medidas com paquímetro

12 Acessórios de fixação Contrapontas Placas arrastadoras Arrastador Lunetas fixas e móveis

13 Contra-pontas Cone de aço temperado Possuem ponta com ângulo de 60º São lubrificados para reduzir o atrito. Permite apenas torneamento externo Usados na usinagem de peças de médio comprimento, recuperação de eixos, fabricações de concentricidade elevada, etc.

14 Contra-pontas Tipos: 1.Ponta Fixa: básica 2.Ponta rotativa: reduz o atrito 3.Ponta rebaixada: completo façeamento de topo

15 Placas arrastadoras Acessório utilizado quando se utiliza o sistema de fixação entre pontas. As pontas fixam a peça numa posição e a placa transmite o movimento de rotação. O parafuso externo é que fixa a peça e faz esta girar com a placa. A placa de arraste é fixada ao eixo árvore do torno.

16 Arrastadores Tipos de arrastadores: 1.Haste reta: empregado na placa com pino 2.Haste curva: empregado na placa com ranhura 3.Haste de dois parafusos: suporta grandes esforços (usinagem de passes profundos)

17 Luneta Acessório para garantir a estabilidade de peças longas e finas no processo de usinagem Permite usinagem externa e interna Necessário a lubrificação no contato da luneta com a peça Necessário utilizar um relógio comprarador para centralização da peça Podem ser fixas ou móveis

18 Luneta Fixa 1.Presa no barramento, possui três castanhas reguláveis por parafusos 2.Utilizada para torneamento internos como furos, rasgos

19 Luneta Móvel 1.Possui duas castanhas e apoia a peça durante o avanço da ferramenta 2.Presa no carro principal do torno 3.Utilizada para torneamentos externos

20 Como usinar peças de formatos assimétricos?

21 Acessórios de usinagem Castanhas independentes Placa lisa Centro postiço

22 Castanhas Independentes (placa lisa) Função de fixar peças assimétricas Fixação com cantoneiras

23 Centro postiço Dispositivo de fixação provisório Colocados nos furos da peça para apoio

24 Centro postiço Usar discos colocados nas extremidades da peça Usar calços (de madeira) para evitar flambagem

25 Placa quatro castanha É necessário colocar pesos no lado oposto para manter o equilíbrio

26 Castanhas independentes (4 castanhas)

27 Usinar peças com eixo de simetria deslocado Calcular pela fórmula o centro e = (a – h)/2


Carregar ppt "Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Engenharia Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Processos de Fabricação I Prof. Jorge Marques."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google